Cap 10

147 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
147
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cap 10

  1. 1. Folhas deOUTONO Não podia acreditar no queacabara de ouvir, aquela revelação feitapor minha mãe era totalmente inesperada.O dia passa e a noite chega, todos nósnos dirigimos para a senzala.
  2. 2. Folhas deOUTONO Logo começo meu momento dereflexão na madrugada. Confesso queestava feliz por ter uma chance de fugirdaquele lugar e viver novamente uma vidanormal, mas e Sean? O que seria delenaquele lugar sem mim? Quem zelariapor ele? E nossa amizade, nossossentimentos? Eu tinha apenas duasescolhas, fugir com minha mãe ou ficarcom Sean.
  3. 3. Folhas deOUTONO O esperado dia da fuga haviachegado, estava trabalhando ao lado deSean quando vejo mamãe se aproximar _É hoje filha, está preparada? –Questiona, esperançosa _Mas é... Claro – Respondotristonha de pensar na possibilidade deabandonar Sean
  4. 4. Folhas deOUTONO _Mas, que olhar tristonho é esteRachel? – Questiona novamente minhamãe _Não é nada, não se preocupe...– Respondo, tentando ser o mais naturalpossível _É ele não é? –Questiona minhamãe _Ele quem? – Respondo comoutra pergunta, me fazendo dedesentendida
  5. 5. Folhas deOUTONO _O menino irlandês que acabarade chegar, roubou seu coração –Responde ela _Mas, do que esta falando,somos apenas bons amigos – Respondoa minha mãe, que retribui com um olharque apenas nós sabíamos o significado –Ok, sim é ele, estava morta, seca, semvida e sem esperança, daí ele chegou eme mostrou o como é bom ter fé na vida –Respondo
  6. 6. Folhas deOUTONO _Filha, essa é nossa únicachance, não podemos jogá-la fora! –Exclama ela, olhando fixamente em meusolhos„ _Mas... – Sou interrompida porela _Olha, assim que estivermosbem longe daqui, denunciamosMackenzie, assim, Sean estará livredaqui, podendo viver conosco –Responde ela, me enchendo de alegria eme tirando o peso da consciência
  7. 7. Folhas deOUTONO Mais um dia se passa, a noitefria agora reina e a luz da lua domina oescuro céu sem estrelas. Me encontro emmeu pequeno momento de reflexão namadrugada, pensando em que minha mãehavia me dito “Denunciamos Mackenzie,assim Sean estará livre daqui, podendoviver conosco” essa fala não desgrudavade minha mente, será que ela havia ditoisso, apenas para confortar-me econvencer-me a fugir com ela? Ou serámesmo que denunciaria Mackenzie edepois acolheria Sean? Realmente nossodestino era uma incógnita
  8. 8. Folhas deOUTONO Os dias iam passandonormalmente, continuava trabalhando ezelando por Sean, que a cada dia notavaainda mais que eu agia de formadiferente, como se escondesse algo
  9. 9. Folhas deOUTONO _Porque estar triste? –Questiona, ainda tentando dominar oportuguês _Por nada – Respondonaturalmente _Mentir não, Sean sabe quevocê estar escondendo algo – Diz Sean,como se pudesse ver através de minhaalma
  10. 10. Folhas deOUTONO _Está bem Sean – Decido contara verdade a ele, aliás, ele havia feitotantas coisas boas por mim, que escondera verdade dele era de certa forma, injusto– Eu e minha mãe iremos fugir, mas nãotenho certeza se devo, não posso deixá-losozinho... – Sean me interrompe
  11. 11. Folhas deOUTONO _Fuja! Não pensar duas vezes,Sean ficar aqui – Responde Sean _Mas... – Sou novamenteinterrompida _Deixar disso Rachel! –Responde, segurando em meus ombros –Sean ficar bem – Diz Sean _Está bem – Respondo aindaindecisa. _Mas prometer uma coisa – DizSean, respondo com o balançar dacabeça – Iremos nos reencontrar? –Questiona Sean, com um sorrisoesperançoso em seu rosto
  12. 12. Folhas deOUTONO _Mas, claro! – Respondoemocionada, o abraçando logo emseguida, acreditando que em algum dia,poderíamos nos encontrar, mesmo queesta possibilidade seja praticamenteimpossível. A noite chega, todos nós nosdirigimos para a senzala. Estou ansiosa,aliás, amanhã seria o dia de nossaesperada fuga, mas confesso que a idéiade deixar Sean sozinho aindaatormentava minha alma e mente. Logo omeu momento de reflexão é interrompidopor Sean, que me chama com um breveaceno, prontamente o sigo.
  13. 13. Folhas deOUTONO Fugimos da senzala e corremosrumo aquela mangueira a beira do rio,palco de nossa primeira fuga _Lembrar daqui Rachel? -Questiona Sean _Mas, claro – Respondo,recebendo em troca um lindo sorriso deSean
  14. 14. Folhas deOUTONO E por ali ficamos por algunsminutos, apenas observando o curso dorio, Sean vira-se para mim, e começa aolhar meu rosto por alguns segundos,curiosa pergunto o porquê: _O que há Sean? – Questiono _Sean... – ele pareceenvergonhado, mas consegue superar atimidez – Amar você – Diz Sean, medando um doce e rápido selinho.
  15. 15. ©2013 Portal Machado de

×