Apres. ed. física 2014

373 visualizações

Publicada em

Formação - SEIT

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apres. ed. física 2014

  1. 1. FORMAÇÃO PARA COORDENADORES E PROFESSORES DE ED. FÍSICA
  2. 2. Orientação Técnica e Pedagógica para Educação Física
  3. 3. PAUTA PARA O ENCONTRO APRESENTAÇÃO DOS PROFESSORES (ACOLHIDA) AVALIAÇÃO E ANÁLISE DE 2013 MATRIZ CURRICULAR E PLANO DE CURSO. PLANEJAMENTO E REPLANEJAMENTO INTERVALO REGISTRO E AVALIAÇÃO - SUPERVISÃO FORMAÇÃO CONTINUADA PROJETOS EXTRACURRICULARES ESPAÇO FÍSICO E MATERIAL
  4. 4. Leis de Diretrizes e Bases – LDB ART 26º - § 3º A educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular da Educação Básica, ajustando-se às faixas etárias e às condições da população escolar, sendo facultativa nos cursos noturnos. Art. 31º-Na educação infantil a avaliação far-se-á mediante acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental Conselho Federal de Ed. Física - CONFEF Art. 1o O exercício das atividades de Educação Física e a designação de Profissional de Educação Física é prerrogativa dos profissionais regularmente registrados nos Conselhos Regionais de Educação Física. Art. 3o Compete ao Profissional de Educação Física coordenar, planejar, programar, supervisionar, dinamizar, dirigir, organizar, avaliar e executar trabalhos, programas, planos e projetos, bem como prestar serviços de auditoria, consultoria e assessoria, realizar treinamentos especializados, participar de equipes multidisciplinares e interdisciplinares e elaborar informes técnicos, científicos e pedagógicos, todos nas áreas de atividades físicas e do desporto. FUNDAMENTOS LEGAIS
  5. 5. FUNDAMENTOS LEGAIS Referenciais O trabalho com movimento contempla a multiplicidade de funções e manifestações do ato motor, propiciando um amplo desenvolvimento de aspectos específicos da motricidade das crianças, abrangendo uma reflexão acerca das posturas corporais implicadas nas atividades cotidianas, bem como atividades voltadas para a ampliação da cultura corporal de cada criança. Parâmetros Curriculares Nacionais – PCNs ...no que diz respeito às habilidades motoras, os alunos devem vivenciar os movimentos numa multiplicidade de situações, de modo que construam um repertório amplo. A especialização mediante treinamento não é adequada para a faixa etária que se presume para esta etapa da escolaridade, pois não é momento de restringir as possibilidades dos alunos. ...proporcionar a participação de diferentes atividades corporais, procurando adotar uma atitude cooperativa e solidária, sem discriminar os colegas pelo desempenho ou por razões sociais, físicas, sexuais ou culturais
  6. 6. FORMAÇÃO CONTINUADA  Cursos e Seminários  Artigos e atividades via email  Formações pedagógicas  Visitas nas Escolas
  7. 7. A AULA DE ED. FÍSICA Preparação
  8. 8. Aquecimento e Alongamento A AULA DE ED. FÍSICA
  9. 9. Desenvolvimento do Conteúdo A AULA DE ED. FÍSICA
  10. 10. Retomada e Volta à Calma A AULA DE ED. FÍSICA
  11. 11. Necessidades Especiais A AULA DE ED. FÍSICA
  12. 12. Projetos A AULA DE ED. FÍSICA
  13. 13. PLANEJAMENTO PARA 2014 Planejamento anual e replanejamento bimestral Registro •Semanário e Diário •Fotos e Filmagens •Portifólio Como avaliar o aluno em Educação Física
  14. 14. MATRIZ DE HABILIDADES PARA ED. FÍSICA  Desenvolvimento Integral do aluno, motor, cognitivo, social e emocional  Referenciais e PCNs  Temas transversais  Educação Infantil  Fundamental I e II
  15. 15. RECURSOS  Material  Espaço Físico  Ampliação das HAPs nas escolas
  16. 16. “Muda, que quando a gente muda, o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a gente muda à gente anda pra frente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura. Na mudança de postura a gente fica mais seguro, na mudança do presente a gente molda o futuro”. Gabriel Pensador
  17. 17. Bibliografia: 1988 – CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA LEI FEDERAL N° 9.696 - DE 01/9/1998: Dispõe sobre a regulamentação da Profissão de Educação Física e cria os respectivos Conselho Federal e Conselhos Regionais de Educação Física; LEI MUNICIPAL Nº 4.217 - DE 17/12/1998: Dispõe sobre o "Estatuto dos Funcionários Públicos e do Magistério do Município de Ribeirão Pires" e dá outras providências; LEI DE DIRETRIDEZ E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL no 9.394 - 20 /12/1996: Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. LEI FEDERAL Nº 8.069 – ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – 13/07/1990: Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências; PARAMETROS CURRICULARES NACIONAIS – Brasilia: MEC/SEF, 1997 – Educação Física, Temas transversais (Pluralidade Cultural, Saúde e Orientação Sexual). EDUCAÇÃO DE CORPO INTEIRO-TEORIA E PRÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA - FREIRE, João Batista. São Paulo : Scipione,. 1989
  18. 18. RODA DE CONVERSA

×