Texto resumo

226 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto resumo

  1. 1. TEDx- contextualização“TEDTalks é um podcast de videos das melhores palestras e apresentações do TED Conference, onde osprincipais pensadores do mundo são convidados a defender um tema em 18 minutos (aprox.). TEDsignifica Tecnologia, Entretenimento e Design, e TEDTalks engloba estes temas, bem como a Ciência,Negócios, Política e Artes”.Biomimicry - definição“A biomimética é uma área da ciência que tem por objetivo o estudo das estruturas biológicas e dassuas funções, procurando aprender com a Natureza (e não sobre ela) e utilizar esse conhecimento emdiferentes domínios da ciência. A designação desta recente e promissora área de estudo científicoprovém da combinação das palavras gregas bíos, que significa vida e mímesis que significa imitação”. Innovation inspired by natureVideo – resumo"Nesta palestra inspiradora sobre os recentes desenvolvimentos da biomimética, Janine Benyus forneceexemplos estimulantes de maneiras em que a natureza tem vindo a influenciar os produtos e edificiosque construímos".Janine Benyus, introduz a palestra com um exemplo de umas aves (western grebes) que andam a parese têm a capacidade de patinar de uma maneira tão rápida que começam a sobrevoar a água. Enquantoela estava a fazer canoagem o macho aproximou-se dela e fez a dança do acasalamento durante milhas.Isto tudo para referir que a vida pode nos ensinar muitas coisas. Como tal, nesta conferência ela recorrea diversos exemplos para demonstrar que a vida nos pode ainda ensinar muito na área do design etecnologia.Arquitectos, engenheiros, designers, pessoas que concebem o nosso mundo, têm vindo a aperceber-secada vez mais da importância da multidisciplinaridade destas tecnologias, como tal começaram asolicitar aos biólogos a sua colaboração de forma a conciliar conhecimentos e resolver problemas quesurgem. As saídas de campo organizadas surgem, assim, como uma oportunidade para fomentar ainspiração de ambos e aumentar a produção de objetos e resolução de problemas em conjunto.Problema apresentado: Calcário nas canalizações comparado com a cristalização das conchas. Ou seja,as conchas estão cobertas por proteínas e os iões da água do mar cristalizam-nas. Esta interligação deconhecimentos ajuda a resolver causas comuns. "This isn’t a lack of information, it’s a lack of integration".TPA é apresentada como uma solução amiga do ambiente que tem a capacidade de acabar com oprocesso de cristalização. Como tal, pode ser usado nas canalizações para evitar a presença do calcáriosem que seja necessário o uso de químicos.A autora conta que se realizou uma visita às ilhas Galápagos e, com a atividade de mergulho realizada,estas pessoas conseguiram mudar a sua perspectiva do mundo e perceberam que grande parte doproblema que tinham tentado resolver durante as suas carreiras, estava resolvido, e sem inventar algode novo. Pois, já existe na natureza. "Learning about the nature world is one thing, learning from the nature that’s the switch!"
  2. 2. "A solução não é inventar cada vez mais coisas mas, aprender o que a natureza tem para nos oferecer. Retirar o que ela tem de melhor, as suas invenções de génio, e aprender algo sobre isso".Janine apresenta 3 questões-chave. Para ela as invenções tecnológicas não a surpreendem, poisqualquer coisa que o Homem faça requer transformar algo através de calor, altas pressões e uso dequímicos, (com 96% de desperdício e 4% de produto utilizado). E na natureza como se fazem coisas?Qualquer ser vivo tem uma função, e através da forma transmitem determinada informação que seencontra na matéria. Como faz a natureza para transformar e fazer desaparecer matéria dentro do seuecossistema? Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.A autora refere que tem vindo cada vez mais a informar-se sobre estes assuntos que podem estarligados entre a biologia e a economia, pois há temáticas bastante interessantes que merecemdesenvolver-se e aprofundar conhecimentos mutuamente, sendo assim, a chave para o sucesso.12 adaptações/funções/capacidades da Natureza1. Self - Assembly (Auto-construção)a) Uma concha tem a capacidade de se construir a si própria pois é constituída por minerais e polímeros,que estão presentes na água do mar, do seu habitat. Este objeto que por sua vez tem no seu interiorcamadas de pérolas, que são duas vezes mais resistentes que as cerâmicas produzidas pelo Homem,estas que envolvem um processo bastante mais complexo com recurso a químicos. O objetivo propostoé criar rochas semelhantes a estas mas, alterando o processo elaborado até ao momento, recorrendo atemperaturas mais baixas e formando-as em moldes. Pretende-se, assim, mergulhar estas rochas emágua salgada e depois ao retirar-se, a água evapora à temperatura normal e, formam-se estassubstâncias sem prejudicar o meio ambiente.b) Existe um mineral na natureza que produz silícios, sendo estes constituintes do silicone. E, assim, oHomem está a tentar recriar este processo para produzir silicone de uma maneira mais sustentável. Jáexistem resultados deste processo de biomineralização, exemplo disso, são as lentes e fibras ópticasusadas na nano tecnologia. Por conseguinte, conclui-se que estas estruturas feitas através desteprocesso são mais resistentes e eficazes (a luz transporta-se a uma velocidade superior) em relaçãoaquelas que o Homem tem produzido artificialmente.2. CO2 as a feedstock - Geoff Coates, descobriu uma fórmula que permite o CO2 se transformar empolicarbonatos biodegradáveis, semelhantes a uma folha de planta que, por sua vez, imita o processo defotossíntese. Ou seja, estes plásticos vão produzir Oxigenio e Glicose como fazem as plantas. Podendodaqui a uns tempos ajudar as plantas nesta missão (quase impossível) de filtrar o ar que respiramos.3. Solar Transformations – The most exciting one were, people are mimicking the energie harvestingdevice inside of purple bacterium, the people in ASU. Even more interesting, lately in the last coupleweeks, people have seen that theres an enximium poli hidrogenium? thats able to envolve hydrogen,from proton and electrons, and its able to take hydrogen up. Basically whats happening in a fuel cell, inthe atom? of a fuel cell, and in a reversible fuel cells. In our fuel cells we do it with plankton, life does itwith a very very common, iron. And a team has now just been able to mimicke that hydrogen jugglinghidrogenis?, that’s very exciting for fuel cells to do that without plankton.4. Power of Shapea) Tanto as baleias como as asas dos aviões têm uma textura com relevo. Estas que permitem cortarmelhor o ar, formando assim uma aerodinâmica mais eficaz na sua deslocação, sendo esta realizada auma velocidade superior, (com uma melhoria de 32%).
  3. 3. b) Colour withour pigments – As penas do pavão estão distribuídas de uma maneira estratégica, quepermite à luz solar incidir sobre a sua textura irregular e reproduzir o efeito de cores.c) Clean without detergents – o objetivo é reproduzir nos edifícios uma textura irregular na suasuperfície semelhante às plantas, esta que permite executar um processo de auto-limpeza. Por isso,uma empresa conseguiu criar uma tinta que depois de seca nas paredes do edifício, forma uma texturairregular e, permite que a agua da chuva retire partículas de sujidade.Consequentemente, Janine alerta para o facto de a agua ser um dos maiores problemas que iremosenfrentar ao longo do século.5. Quenching thirst – o primeiro insecto suga a agua do nevoeiro e o outro utiliza o vapor de agua parase refrigerar, não sendo agua potável.6. Metals without minning – os micróbios filtram da agua poluida metais, e acumulam dentro do seuorganismo estes residuos. Por conseguinte, o Homem aproveita os resíduos e cria objetos.7. Green chemistry – é uma teoria em fase ascendente que procura substituir a forma como produzimosos objetos do nosso quotidiano. Sendo que, esta visa reproduzir os processos naturais que a MãeNatureza utiliza. Visto que, ela apenas utiliza os químicos necessários para elaboração de qualquerobjecto, enquanto o Homem utiliza todos para fazer o mesmo efeito, porque não sabe criar objectos tãobem como a natureza.8. Timed degradation – o desperdício da natureza não polui, transforma-se e tem outra função.Reutilização é um hábito inato que faz parte do meio natural.9. Resilience and Healing - este tópico refere-se para a validade das coisas. Nomeadamente, as vacinastambém passam por este processo de vida. Ou seja, a autora alerta para o facto de haver pessoas quemorrem por não terem acesso a vacinas refrigeradas. Como tal, um cientista inventou uma forma demanter as vacinas isoladas em cápsulas, e que apenas são retiradas de la quando são precisas.A autora reforça a ideia de que na natureza as transformações criadas não prejudicam os outros seresvivos nem o meio ambiente. Isto é, cuidam-se uns aos outros, protegem o seu habitat, mantendo ofuturo das gerações vindouras. O mesmo não se sucede com os humanos que ao inventarem algo estãoa prejudicar o ciclo de vida, estão a poluir e criam conflitos entre si. O maior desafio do design é que esta modalidade seja sustentável e que permita ao mesmo tempo inventarmos algo que não prejudique o ecossistema.10. Sensing and responding – os animais imitem sons que permitem que estes comuniquem entre si,mesmo a longa distancia ou até de noite. Como é de facto curioso, é que por exemplo, nos insetos elespodem ser milhões num enxame mas nunca colidem entre si.11. Growing fertility – não significa que se tenha que criar mais comida, mas sim mais condições quepermitam manter a vida no planeta. Tem que se evitar gastar agua, usar químicos nas plantas, desgastara terra, etc – neste caso especifico intitulam-se os agricultores como os principais responsáveis destefenomeno. Se a natureza ao longo de biliões de anos sobreviveu sem este tipo de coisas, é porque nãosão realmente necessárias.12. Life creates conditions conducive to life – a sustentabilidade surge como um fenómeno original danatureza. Pois, ela nasce, morre e renasce com os seus próprios recursos. Ou seja, sustenta-se a siprópria sem prejudicar terceiros.

×