Pesquisa de campo

610 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa de campo

  1. 1. PESQUISA DE CAMPODefiniçãoO interesse da pesquisa de campo está voltado para o estudo deindivíduos, grupos, comunidades, instituições, entre outros campos.Objetivo- Compreender os diversos aspectosda sociedade;•- Conseguir informações e/ou conhecimentos acerca de um problema;;- Descobrir novos fenômenos e suas relações.Fases da Pesquisa1ª fase: pesquisa bibliográfica2ª fase: determinação, de acordo com a natureza da pesquisa, dastécnicas que serão empregadas na coleta de dados e na seleção daamostra;3ª fase: definição das técnicas de registro destes dados e das técnicasque serão utilizadas em sua análise.
  2. 2. PESQUISA DE CAMPOMétodos de Coleta de MateriaisQUALITATIVA- A observação direta e intensiva, que possui a observaçãosistemática e assistemática, participante, não-participante,individual, em equipe, em laboratório, na realidade;- As entrevistas estruturadas, não estruturadas, focalizadas, clínicas,não dirigidas, em painel.QUANTITATIVA- A observação direta extensiva, realizada através de aplicação dequestionários e/ou formulários.
  3. 3. ESTUDO DE CASODefiniçãoÉ a realização de uma pesquisa sobre um fenômeno em seu contexto real,através de uma exploração intensiva de uma ÚNICA unidade deestudo. Quando existir mais que uma unidade de estudo, trata-se deuma análise comparativa.Finalidades- Explorar situações da vida real, cujos limites não estão claramentedefinidos;- Descrever situações da realidade em que está sendo feita a pesquisa;- Explicar variáveis causais de fenômenos específicos em situações quenão possibilitam a realização de experimentos e levantamentos.
  4. 4. ESTUDO DE CASOFases para um estudo de caso1ª fase: elaboração de um projeto de pesquisa consistente;(objetivando a clareza de definições e justificativas relativas aos objetivos, tema eproblema contextualizado)2ª fase: elaboração de um protocolo de estudo;(objetivando a sistematização do processo de registro do material coletado)3ª fase: tratamento do material coletado;(e registrado para viabilizar sua análise de conteúdo)4ª fase: elaboração do relatório de pesquisa.(indicando claramente seus objetivos, recursos metodológicos, caracterização da(s)unidade(s) de estudo(s), discussão do material coletado e apresentação dosresultados)
  5. 5. PESQUISASTIPOS MÉTODOS TÉCNICAS- bibliográfica; - quantitativa; - entrevista- documental; - qualitativa. - observação- Estudo de caso; - questionários/- Pesquisa de campo. Formulários.
  6. 6. TÉCNICAS DE PESQUISA1 – OBSERVAÇÃOUtiliza especialmente os sentidos do observador, através “do ver” e “do ouvir”. Apóscada observação, deve-se elaborar uma ficha de registro previamente planejadapara que os fenômenos observados sejam registrados.2 – ENTREVISTASÈ utilizada para obtenção de informações sobre o que as pessoas sentem, pensamou fazem. Pode verificar fatos, opiniões e sentimentos, determinar condutas,averiguar planos de ações. Toda entrevista deve ser preparadaantecipadamente e o registro das resposta tem que ser feito no momento daentrevista, para que não se perca.3 – QUESTIONÁRIOSSão usados nas pesquisas de campo quantitativas.Construir um questionário consiste em traduzir os objetivos(geral e específico) emquestões específicas. As respostas a essas questões é que irão proporcionar osdados requeridos para testar as hipóteses ou esclarecer o problema dapesquisa.
  7. 7. PESQUISAELEMENTOS SIGNIFICAÇÃODados de identificação Quem fará?Objeto O que será feito?Objetivos Com que finalidade?Justificativa Por que será feito este trabalho?Revisão bibliográfica Com que fundamentos teóricos?Metodologia Como será feito?Cronograma Em que período de tempo?Orçamento Com que recursos?Referências Com que fontes de consulta?
  8. 8. PESQUISAOBJETIVOSGeral – dão uma visão abrangente daquilo que se pretende alcançar.Específicos – são as aplicações dos objetivos gerais a situações bemparticulares, concretas.JUSTIFICATIVASSaber o PORQUÊ dessa escolha. Existem quatro perspectivasfundamentais para avaliação do problema:- Importância teórica ou prática do estudo;- Originalidade na forma de abordagem do conteúdo, no enfoque ounas condições de realização;- O interesse dos executores;- Viabilidade, ou seja, possibilidade de verificação empírica.

×