Renascimento Comercial Renascimento Urbano
RENASCIMENTO COMERCIAL <ul><li>Rotas Comerciais: </li></ul><ul><li>Marítimas: Mar do Norte </li></ul><ul><li>  Mar Báltico...
Rotas Comerciais
 
RENASCIMENTO URBANO <ul><li>Problemas das Feiras: </li></ul><ul><li># Somente 7 ou 15 dias </li></ul><ul><li># Itinerantes...
RENASCIMENTO URBANO <ul><li>Comunas: </li></ul><ul><li>Junção dos burgueses para libertação  </li></ul><ul><li>do Burgo e ...
Cidade - Baixa Idade Média
RENASCIMENTO URBANO <ul><li>Organização e Fiscalização: </li></ul><ul><li>Corporações de Ofício (Artesãos):   </li></ul><u...
RUMO AO FIM DO FEUDALISMO <ul><li>CRISE DO SÉCULO XIV ACELEROU O DECLÍNIO DO FEUDALISMO: </li></ul><ul><ul><li>CRISE AGRÁR...
<ul><li>FOME  (1315-1317):  </li></ul><ul><li>consequência do crescimento demográfico, das más colheitas e da alta dos pre...
GUERRA DOS CEM ANOS:  1337-1453 <ul><li>conflito interfeudal: disputa por terras entre França e Inglaterra, monarquias feu...
REVOLTAS RURAIS e URBANAS <ul><li>rebeliões camponesas : jacqueries  – Jacques Bonhomme </li></ul><ul><ul><li>mais importa...
CENTRALIZAÇÃO DO PODER <ul><li>aliança entre rei e burguesia </li></ul><ul><li>formação das   MONARQUIAS NACIONAIS </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ren-comercial-e-urbano (história - módulo 3 - 2 bim) 13.05.2011

2.210 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
107
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ren-comercial-e-urbano (história - módulo 3 - 2 bim) 13.05.2011

  1. 1. Renascimento Comercial Renascimento Urbano
  2. 2. RENASCIMENTO COMERCIAL <ul><li>Rotas Comerciais: </li></ul><ul><li>Marítimas: Mar do Norte </li></ul><ul><li> Mar Báltico </li></ul><ul><li>Terrestres : Champagnhe Flandres </li></ul><ul><li>Caravanas </li></ul><ul><li>Comércio nos Nós de Trânsito </li></ul><ul><li>Feiras: </li></ul><ul><li># Comércio dos Produtos </li></ul><ul><li># Trocas, letras, moedas, bancos </li></ul><ul><li># Aumento da circulação monetária </li></ul><ul><li># Sedentarização do Comércio </li></ul><ul><li># Impostos p/ donos da terra. </li></ul>
  3. 3. Rotas Comerciais
  4. 5. RENASCIMENTO URBANO <ul><li>Problemas das Feiras: </li></ul><ul><li># Somente 7 ou 15 dias </li></ul><ul><li># Itinerantes </li></ul><ul><li># Assaltos </li></ul><ul><li># Estradas Ruins </li></ul><ul><li># Inverno </li></ul><ul><li>Criação dos Burgos (Favorece sedentarização do comércio) </li></ul><ul><li>* BURGUESIA * </li></ul><ul><li>Burgo: Terras do Senhor Feudal </li></ul><ul><li>Problemas: </li></ul><ul><li># Impostos </li></ul><ul><li># Senhor feudal = justiça </li></ul><ul><li># Pesos e medidas variadas </li></ul>
  5. 6. RENASCIMENTO URBANO <ul><li>Comunas: </li></ul><ul><li>Junção dos burgueses para libertação </li></ul><ul><li>do Burgo e conquista do direito de </li></ul><ul><li> Auto-Governo! </li></ul><ul><li>Carta de Franquia: Compra ou Guerras </li></ul><ul><li>Burgueses conseguem apoio do Rei contra Senhores Feudais </li></ul><ul><li> Cidades = Centros de Comércio </li></ul><ul><li>Divisão do Trabalho: </li></ul><ul><li># Mestres </li></ul><ul><li># Oficiais </li></ul><ul><li># Aprendizes </li></ul><ul><li># Jornaleiros </li></ul>
  6. 7. Cidade - Baixa Idade Média
  7. 8. RENASCIMENTO URBANO <ul><li>Organização e Fiscalização: </li></ul><ul><li>Corporações de Ofício (Artesãos): </li></ul><ul><li># Qualidade </li></ul><ul><li># Quantidade </li></ul><ul><li># Preços </li></ul><ul><li># Justiça/ Trabalho. </li></ul><ul><li>Guildas (comerciantes) </li></ul><ul><li>Hansas (intermunicípio) </li></ul><ul><li>Confrarias (Festas Religiosas) </li></ul>
  8. 9. RUMO AO FIM DO FEUDALISMO <ul><li>CRISE DO SÉCULO XIV ACELEROU O DECLÍNIO DO FEUDALISMO: </li></ul><ul><ul><li>CRISE AGRÁRIA E FOME (1315-1317) </li></ul></ul><ul><ul><li>PESTE NEGRA (1347-1350) </li></ul></ul><ul><ul><li>REVOLTAS CAMPONESAS – JACQUERIES </li></ul></ul><ul><ul><li>GUERRA DOS CEM ANOS (1337-1453) </li></ul></ul>
  9. 10. <ul><li>FOME (1315-1317): </li></ul><ul><li>consequência do crescimento demográfico, das más colheitas e da alta dos preços (inflação) </li></ul><ul><li>despovoou grqande número de cidades e desorganizou a vida urbana </li></ul><ul><li>PESTE NEGRA (1347-1350): </li></ul><ul><li>originária do Oriente </li></ul><ul><li>peste bubônica provocou epidemia generalizada devido às péssimas condições de higiene e alimentação </li></ul><ul><li>morte de um terço da população europeia </li></ul>FOME e PESTE NEGRA
  10. 11. GUERRA DOS CEM ANOS: 1337-1453 <ul><li>conflito interfeudal: disputa por terras entre França e Inglaterra, monarquias feudais já constituídas à época </li></ul><ul><li>motivações de ordem política: sucessão do trono francês era reivindicada pelo rei da Inglaterra (EDUARDO III, PARENTE PELO LADO MATERNO DO REI FRANCÊS FELIPE IV, FALECIDO EM 1314) </li></ul><ul><li>motivações de ordem econômica: disputa pelo controle sobre a rica região de Flandres (BÉLGICA), estratégico polo têxtil e financeiro do continente </li></ul><ul><li>resultados: devastação da agricultura, desarticulação das feiras e do comércio na região central da Europa </li></ul>
  11. 12. REVOLTAS RURAIS e URBANAS <ul><li>rebeliões camponesas : jacqueries – Jacques Bonhomme </li></ul><ul><ul><li>mais importante jacquerie eclodiu em 1358: milhares de camponeses rebelaram-se contra seus senhores; contra-ofensiva dos nobres: sufocaram a rebelião executando mais de vinte mil pessoas </li></ul></ul><ul><li>revoltas rurais e urbanas colocaram em xeque o poder da nobreza feudal </li></ul>
  12. 13. CENTRALIZAÇÃO DO PODER <ul><li>aliança entre rei e burguesia </li></ul><ul><li>formação das MONARQUIAS NACIONAIS </li></ul>

×