ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
1/18
ENGENHARIA DA CONFIABILIDADE
HISTÓRICO
♦ESP...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
2/18
DÉCADA DE 40
(SEGUNDA GUERRA MUNDIAL)
PRIME...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
3/18
1945
EUA ABSORVE TÉCNICA ALEMÃ (FORÇAS ARMA...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
4/18
CONFIABILIDADE DE COMPONENTES
⇒TAXA DE FALH...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
5/18
1952
O COMITÊ DA DoD VIROU O AGREE
“ADVISOR...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
6/18
DÉCADA DE 60
APLICAÇÕES EM COMPONENTES:
MEC...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
7/18
1965
ÁRVORE DE FALHAS APLICADAS À SISTEMAS ...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
8/18
♦NORMALIZAÇÃO: MACIÇA INSTRUÇÃO
GOVERNAMENT...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
9/18
MILITAR
QUÍMICA
PETROQUÍMICA
MINERAÇÃOELETR...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
10/18
PUBLICAÇÕES SOBRE MANTENABILIDADE E
CONFIA...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
11/18
DÉCADA DE 80
ANÁLISE DE CONFIABILIDADE, AN...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
12/18
CERTIFICAÇÃO EM 1989 SUBGRUPOS:
⇒SOFTWARE
...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
13/18
MODELAGEM DE SISTEMAS
TÉCNICAS DE MODELAGE...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
14/18
TIPOS:
♦DIAGRAMA DE BLOCOS
♦ÁRVORE DE FALH...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
15/18
CLIENTE
♦TESTES DE QUALIFICAÇÃO
(DURAÇÃO O...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
16/18
♦PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS ADEQUADOS
⇒MOD...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
17/18
AÇÕES GERENCIAIS
PRIMEIRA AÇÃO: CONSCIENTI...
ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO
Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE
18/18
JAPÃO
♦ALTA CONFIABILIDADE É META (APLICAÇ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Histórico confiabilidade

119 visualizações

Publicada em

Histórico sobre engenharia da confiabilidade

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
119
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Histórico confiabilidade

  1. 1. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 1/18 ENGENHARIA DA CONFIABILIDADE HISTÓRICO ♦ESPECIALIDADE DA ENGENHARIA RELATIVAMENTE NOVA ♦IMPORTÂNCIA CADA VEZ MAIOR EM: ⇒PLANEJAMENTO ⇒ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ⇒PROJETO ⇒DESENVOLVIMENTO ⇒FABRICAÇÃO ⇒MONTAGEM ⇒OPERAÇÃO ⇒MANUTENÇÃO ANTES DE 1940 CONCEITO INTUITIVO SUBJETIVO QUALITATIVO
  2. 2. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 2/18 DÉCADA DE 40 (SEGUNDA GUERRA MUNDIAL) PRIMEIRO DESENVOLVIMENTO DE MODELOS MATEMÁTICOS MÍSSIL V1 (10 PRIMEIROS FALHARAM) EQUIPE WERNHER VON BRAUN - ALEMANHA MATEMÁTICO ROBERT LUSSER - CONSULTOR (SISTEMA SÉRIE x ELO CORRENTE)
  3. 3. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 3/18 1945 EUA ABSORVE TÉCNICA ALEMÃ (FORÇAS ARMADAS) COMITÊ DE CONFIABILIDADE DEPARTMENT OF DEFENSE (DoD) DÉCADA DE 50 IMPORTÂNCIA ATRIBUÍDA À SEGURANÇA (AEROESPACIAL E NUCLEAR BÉLICO)
  4. 4. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 4/18 CONFIABILIDADE DE COMPONENTES ⇒TAXA DE FALHAS ⇒EXPECTATIVA DE VIDA ⇒ADEQUAÇÃO PROJETOS ⇒PREDIÇÃO DE SUCESSO DoD VERIFICOU QUE: AS FORÇAS ARMADAS GASTAVAM US$ 2/ANO PARA MANTER CADA US$ 1 INVESTIDO EM EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS. EXEMPLO: TEMPO DE VIDA ESTIMADO: 10 ANOS INVESTIMENTO = 1 MILHÃO MANTER = 20 MILHÕES. CONCLUSÃO: “É MAIS BARATO PROJETAR CONFIABILIDADE DO QUE ESPERAR PARA REPARAR APÓS A FALHA”
  5. 5. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 5/18 1952 O COMITÊ DA DoD VIROU O AGREE “ADVISORY GROUP ON THE RELIABILITY OF ELETRONIC EQUIPMENT ” 1957 O AGREE PUBLICA ESPECIFICAÇÃO DA CONFIABILIDADE IEEE TRANSACTIONS ON RELIABILITY NATIONAL SYMPOSIUM ON RELIABILITY AND QUALITY CONTROL SUGIRAM COMO TRABALHO DE CONSCIENTIZAÇÃO NO EUA.
  6. 6. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 6/18 DÉCADA DE 60 APLICAÇÕES EM COMPONENTES: MECÂNICOS, ELÉTRICOS E HIDRÁULICOS ÊNFASE EM ESTUDOS DOS EFEITOS DAS FALHAS “ERA DOS MÍSSEIS BALÍSTICOS INTERCONTINENTAIS” ESFORÇO PARA O SUCESSO DESENVOLVIDO ANÁLISES DE SISTEMAS POR DIAGRAMAS DE BLOCOS COMPLEXIDADE DOS SISTEMAS ORIGINOU: 1961 ANÁLISE POR ÁRVORE DE FALHAS - H.A. WATSON BELL TELEPHONE LABORATORIES PLANO AVALIAR A SEGURANÇA DE SISTEMAS DE CONTROLE
  7. 7. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 7/18 1965 ÁRVORE DE FALHAS APLICADAS À SISTEMAS INDUSTRIAIS (SEG. E CONF.) - D.F. HAASH LANÇADO COMERCIALMENTE PUBLICAÇÕES DE LIVROS E JORNAIS SOBRE CONFIABILIDADE (PERGAMON PRESS) DÉCADA DE 70 PROBLEMAS ASSOCIADOS COM: ♦RESPONSABILIDADE SOBRE O PRODUTO ♦AGRESSÕES AMBIENTAIS
  8. 8. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 8/18 ♦NORMALIZAÇÃO: MACIÇA INSTRUÇÃO GOVERNAMENTAL EM PROJETO, CONSTRUÇÃO E PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS A CONFIABILIDADE COMEÇOU A SER UTILIZADA PELOS SEGUINTES SETORES NAS INDUSTRIAS: AERONÁUTICO ESPACIAL NUCLEAR ELÉTRICO
  9. 9. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 9/18 MILITAR QUÍMICA PETROQUÍMICA MINERAÇÃOELETRÔNICO
  10. 10. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 10/18 PUBLICAÇÕES SOBRE MANTENABILIDADE E CONFIABILIDADE TRANSPORTES
  11. 11. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 11/18 DÉCADA DE 80 ANÁLISE DE CONFIABILIDADE, ANÁLISE DE RISCOS E SEGURANÇA SE DESENVOLVERAM MUITO ENGa DA MANTENABILIDADE LCC - LIFE CYCLE COST FORMAÇÃO ESPECIALISTAS E GERENTES EM CONFIABILIDADE (CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO) ASQC (AMERICAN SOCIETY FOR QUALITY CONTROL) COMEÇOU A CERTIFICAR ENGos DE CONFIABILIDADE
  12. 12. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 12/18 CERTIFICAÇÃO EM 1989 SUBGRUPOS: ⇒SOFTWARE ⇒MECÂNICA ⇒HUMANA ⇒SISTEMAS POTÊNCIA CERTIFICAÇÃO NO BRASIL PELA ABCQ (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA CONTROLE QUALIDADE) BANCO DE DADOS DE CONFIABILIDADE ♦CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS E OPERACIONAIS ♦OPINIÃO DE ESPECIALISTAS ♦TESTES - ENSAIOS EM LOTES ♦INFORMAÇÕES PUBLICADAS ♦DADOS DE CAMPO ⇒FALHAS (EQUIPAMENTOS) - MODOS ⇒EVENTOS (SISTEMAS) - EFEITOS
  13. 13. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 13/18 MODELAGEM DE SISTEMAS TÉCNICAS DE MODELAGEM FUNÇÃO: ⇒GERAÇÃO DE INFORMAÇÕES COMPARATIVAS ⇒DETERMINAÇÃO DE PONTOS FRACOS E FORTES ⇒SUBSÍDIO PARA OTIMIZAÇÃO DADOS DE FALHA DOS EQUIPAMENTOS ESTIMATIVA DA CONFIABILIDADE DO SISTEMA TRATAMENTO ANÁLISE CONCLUSÕES MODELO MATEMÁTICO DO SISTEMA
  14. 14. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 14/18 TIPOS: ♦DIAGRAMA DE BLOCOS ♦ÁRVORE DE FALHAS ♦ÁRVORE DE EVENTOS ♦MARKOV ♦MONTE CARLO (SIMULAÇÃO) TESTES DE CONFIABILIDADE FABRICANTE ♦TESTES ACELERADOS (STRESS, BURN IN) ♦TESTES DE DESENVOLVIMENTO (PROCESSO INTERATIVO: ENSAIAR/ ANALISAR / ALTERAR / ENSAIAR...)
  15. 15. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 15/18 CLIENTE ♦TESTES DE QUALIFICAÇÃO (DURAÇÃO OU FALHAS PRÉ-FIXADOS, SEQÜENCIAIS OU COMPLETOS) ♦TESTES DE ACEITAÇÃO (GARANTIA QUALIDADE) BENEFÍCIOS DOS ESTUDOS DE CONFIABILIDADE ♦LCC - OTIMIZADO ⇒CUSTO INICIAL (SISTEMA, EQUIPAMENTOS, AUTOMAÇÃO, ETC.) ⇒CUSTO OPERACIONAL (EXPLORAÇÃO - O &&&& M) ⇒CUSTO ECONÔMICO SUBSTITUIÇÃO (INDISPONIBILIDADE) ♦REDUÇÃO DE ESTOQUES SOBRESSALENTES (ITENS E QUANTIDADE) ♦DIMENSIONAMENTO E ESPECIALIZAÇÃO DE RH’S
  16. 16. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 16/18 ♦PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS ADEQUADOS ⇒MODOS DE FALHAS ⇒EFEITO DE FALHAS (CONSEQÜÊNCIAS) ⇒DISPONIBILIDADE E SEGURANÇA (PLANOS DE CONTINGÊNCIA) ⇒REDUÇÃO DE PRAZOS E CUSTOS DE DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO ⇒RETROALIMENTAÇÃO - APERFEIÇOAMENTO CONTÍNUO (ABORDAGEM INTERATIVA) ⇒REFERÊNCIA PARA DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO ⇒ELIMINAÇÃO DE PONTOS FRACOS/CRÍTICOS (POLÍTICA DE DERATING) ⇒AÇÕES CORRETIVAS POR PREVENTIVAS (CUSTOS NÃO CONFIABILIDADE) ⇒TRADE-OFF’S ENTRE CONFIABILIDADE, COMPLEXIDADE, PERFORMANCE E PREÇO
  17. 17. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 17/18 AÇÕES GERENCIAIS PRIMEIRA AÇÃO: CONSCIENTIZAÇÃO “TEM UM OBJETIVO ECONÔMICO QUE BUSCA REDUZIR CUSTOS GLOBAIS” NECESSIDADE DE REALIMENTAÇÃO SISTEMÁTICA EM BUSCA DE EFICIÊNCIA CUIDADO COM RISCOS E CUSTOS DE FALHAS ATENÇÃO ESTRATÉGICA (ALTA GERÊNCIA) ESTIMAR, GARANTIR, MANTER E VERIFICAR A CONFIABILIDADE DOS SISTEMAS INCENTIVO À COLETA, TRATAMENTO E DIVULGAÇÃO DOS DADOS DE CONFIABILIDADE NA EMPRESA (BDC) EVITAR PRESSÕES DE TEMPO E CUSTO POLÍTICA DE CONFIABILIDADE DELINEADOS EM DOCUMENTOS, TAIS COMO: ♦ MIL-STD 785 ♦ DEFENSE STANDARD-00-40 ♦ BS-5760
  18. 18. ADMINISTRAÇÃO DA MANUTENÇÃO Prof. Luis Cordeiro - Escola Politécnica -UPE 18/18 JAPÃO ♦ALTA CONFIABILIDADE É META (APLICAÇÃO) ♦QUALIDADE É OBJETO NACIONAL ♦TREINAMENTO À NÍVEL EXECUTIVO SENIOR ESTENDENDO-SE À NÍVEIS MAIS BAIXOS ♦É PARTE DO DESENVOLVIMENTO DO PRODUTO ♦DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICA DE MANUTENÇÃO ♦FOI DECISIVA PARA COMPETIÇÃO TECNOLÓGICA Q

×