Relações interpessoais

208 visualizações

Publicada em

Cidadania 6º ano

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relações interpessoais

  1. 1. RELAÇÕES Entre os relacionamentos que temos na vida, os de trabalho são diferenciados por dois motivos: • um é que não escolhemos nossos colegas e professores; • o outro é que, independentemente do grau de afinidade que temos com as pessoas do ambiente corporativo, precisamos funcionar bem com elas para realizar algo juntos.
  2. 2. PILARES • Esses ingredientes da convivência no trabalho nos obrigam a lidar com diferenças de opinião, de visão, de formação, de cultura, de comportamento…
  3. 3. AUTOCONHECIMENTO • Fundamental para administrar bem os relacionamentos, autoconhecimento implica reconhecer nossos traços de comportamento, o impacto que causamos nos outros e que comportamentos dos outros nos incomodam. Por exemplo: uma pessoa objetiva e dinâmica, que gosta de agir com independência e rapidez para atingir seus objetivos, pode ter conflitos na interação com um colega de perfil mais cauteloso.
  4. 4. EMPATIA • Trata-se de considerar os outros, suas opiniões, sentimentos e motivações. Sem isso, não há como chegar a uma negociação .A empatia também nos torna capazes de enxergar além do próprio umbigo e ampliar nossa percepção da realidade com os pontos de vista dos outros. Entre as várias coisas que se pode fazer para praticá-la, a mais básica é saber ouvir.
  5. 5. ASSERTIVIDADE • Para ter relacionamentos saudáveis, não basta ouvir: é preciso também falar, expressar nossas opiniões, vontades, dificuldades. É aí que entra a assertividade, a habilidade para nos expressar de forma franca, direta, clara, serena e respeitosa.
  6. 6. ÉTICA Ser ético é ter atitudes que não prejudiquem os outros, não quebrem acordos e não contrariem o que se considera certo e justo. Podemos ter muito autoconhecimento, ser altamente empáticos e assertivos, mas, se não nos conduzirmos pela ética, não conseguiremos manter relacionamentos equilibrados.
  7. 7. CONCLUSÃO • FORTALECER ESSES PILARES TRAZ MELHORIAS NÃO SÓ PARA NOSSAS INTERAÇÕES NO TRABALHO, MAS TAMBÉM PARA AS DE OUTRAS ÁREAS DA VIDA– FAMILIAR, AFETIVA, SOCIAL, DE AMIZADE. VALE A PENA INVESTIR NISSO – AFINAL, OS RELACIONAMENTOS SÃO A MELHOR ESCOLA PARA O NOSSO DESENVOLVIMENTO PESSOAL.
  8. 8. REFLEXÃO • A FÁBULA DO PORCO- ESPINHO
  9. 9. A FÁBULA DO PORCO ESPINHO • DURANTE A ERA GLACIAL, MUITOS ANIMAIS MORRIAM POR CAUSA DO FRIO.
  10. 10. A FÁBULA DO PORCO ESPINHO • OS PORCOS-ESPINHOS, PERCEBENDO A SITUAÇÃO, RESOLVERAM SE JUNTAR EM GRUPOS, ASSIM SE AGASALHAVAM E SE PROTEGIAM MUTUAMENTE, MAS OS ESPINHOS DE CADA UM FERIAM OS COMPANHEIROS MAIS PRÓXIMOS, JUSTAMENTE OS QUE OFERECIAM MAIS CALOR. POR ISSO DECIDIRAM SE AFASTAR UNS DOS OUTROS E VOLTARAM A MORRER CONGELADOS.
  11. 11. A FÁBULA DO PORCO ESPINHO • ENTÃO PRECISAVAM FAZER UMA ESCOLHA: OU DESAPARECERIAM DA TERRA OU ACEITAVAM OS ESPINHOS DOS COMPANHEIROS.
  12. 12. A FÁBULA DO PORCO ESPINHO • COM SABEDORIA, DECIDIRAM VOLTAR A FICAR JUNTOS. APRENDERAM ASSIM A CONVIVER COM AS PEQUENAS FERIDAS QUE A RELAÇÃO COM UMA PESSOA MUITO PRÓXIMA PODIA CAUSAR, JÁ QUE O MAIS IMPORTANTE ERA O CALOR DO OUTRO. • E ASSIM SOBREVIVERAM…
  13. 13. QUESTIONÁRIO • QUANDO TE DEPARAS COM UM COLEGA QUE NA MAIORIA DAS VEZES NÃO CONCORDA CONTIGO, O QUE FAZES, AFASTAS-TE OU DEBATES? PORQUÊ? • NA TUA TURMA ACHAS QUE EXISTE DESCRIMINAÇÃO EM RELAÇÃO A DETERMINADOS COLEGAS POR ESTES PENSAREM DE FORMA DIFERENTE? PORQUÊ? • QUAL SERÁ A MORAL DA FÁBULA DO PORCO ESPINHO? PORQUÊ?
  14. 14. CONCLUSÃO • O MELHOR RELACIONAMENTO NÃO É AQUELE QUE UNE PESSOAS PERFEITAS, MAS AQUELE ONDE CADA UM APRENDE A CONVIVER COM OS DEFEITOS DO OUTRO, E CONSEGUE ADMIRAR AS SUAS QUALIDADES.
  15. 15. DEFINIÇÃO CONFLITO É DESIGNADO COMO UMA OCORRÊNCIA DE PELO MENOS DOIS IMPULSOS OU MOTIVOS INCOMPATÍVEIS, QUE SÃO SENTIDOS POR UMA PESSOA. ESTE ENVOLVE PESSOAS OU GRUPOS QUANDO EXISTEM IDEIAS E/OU INTERESSES OPOSTOS, POIS ISTO ACONTECE QUANDO HÁ UM ESTADO DE INSATISFAÇÃO E FRUSTRAÇÃO ENTRE AS PARTES ENVOLVIDAS.
  16. 16. As origens mais comuns nos conflitos entre o Homem Discrepância de interesses e opiniões Competição pelo poder Diferenças de objetivos e perspetivas Discordância nos valores políticos e/ou religiosos Parcerias
  17. 17. Conflito Intrapessoal (conflito interno) Conflito Interpessoal (conflito entre pessoas) Conflito Intergrupal (conflito entre grupos)
  18. 18. Conflito Intragrupais (conflito no seio do grupo) Conflito Nacional (conflito a nível nacional ) Conflito Internacional (conflito entre países/civilizações )
  19. 19. Conflito Laboral (conflito no meio profissional) Conflito Politico (conflito entre partidos/oposições) Conflito Religioso (conflito entre crenças/tradições)
  20. 20. COMO GERIR OS CONFLITOS PARA UMA RESOLUÇÃO OU MINIMIZAÇÃO DOS CONFLITOS É PRECISO TER EM CONTA ALGUNS PASSOS: • CRIAR UM MEIO AFETIVO E HARMONIOSO • SABER LIDAR COM AS NECESSIDADES, PENSAMENTOS OU IDEIAS INDIVIDUAIS • CONSTRUIR UM AMBIENTE DE PARTILHA E ACEITAÇÃO • OLHAR PARA O FUTURO E APRENDER COM O PASSADO • CONCILIAR AS DIVERSAS OPÇÕES TENDO EM VISTA INTERESSES MÚTUOS • DESENVOLVER EFETIVIDADE NAS INTERAÇÕES SOCIAIS • ESTABELECER FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO
  21. 21. FORMAS DE INTERVIR NOS CONFLITOS: QUANDO SE VERIFICA UMA SITUAÇÃO DE CONFLITO PODEREMOS RECORRER: • À NEGOCIAÇÃO – DIALOGAR E/OU CHEGAR A UM ACORDO COM A PARTE ENVOLVIDA NO CONFLITO; • À MEDIAÇÃO – ANALISAR OS INTERESSES EM COMUNS ENTRE AS PARTES, ESTUDAR ALTERNATIVAS DE SOLUÇÃO E ESTIMULAR POSSÍVEIS SOLUÇÕES; • À CONCILIAÇÃO- TENTAR CONVENCER AS PARTES A ALCANÇAREM UM ACORDO QUE, MESMO NÃO SENDO TOTALMENTE SATISFATÓRIO, PODERÁ LIMITAR O CONFLITO E MINIMIZAR PERDAS.
  22. 22. A PONTE
  23. 23. QUESTIONÁRIO • NO VÍDEO , NA PRIMEIRA SITUAÇÃO, QUEM ACHAS QUE DEVIA PASSAR PRIMEIRO PARA EVITAR O QUE ACONTECEU? • NO DIA A DIA, POR QUE ACHAS QUE OS CONFLITOS ACONTECEM . PORQUÊ? • NUMA SITUAÇÃO DE CONFLITO, COMO NORMALMENTE TE COMPORTAS, BATESSEMPRE DE FRENTE OU DÁS A TUA MÃO À PALMATÓRIA. PORQUÊ?

×