Estudo de Caso:  Acidente de Bhopal, Índia <ul><li>IFRJ - Maracanã </li></ul><ul><li>Orgânica – Profº Fred </li></ul><ul><...
A cidade de Bhopal <ul><li>Bhopal é uma província localizada na Índia Central, com cerca de 1.400.000 habitantes. </li></ul>
Pior Desastre Químico da História <ul><li>Na madrugada entre 2 e 3 de dezembro de 1984, 40 toneladas de gases letais vazar...
 
Produção do Sevin (strangesgardencenter.com)
O Desastre <ul><li>O acidente de Bhopal foi causado por uma série de erros humanos na projeção de equipamentos de seguranç...
Como Aconteceu? <ul><li>Houve o entupimento de parte do encanamento com a sujeira que vinha da água usada para lavagem. Es...
Como Aconteceu? <ul><li>Os medidores de pressão da Union Carbide estavam quebrados ou desregulados. </li></ul>•  A válvula...
Como Aconteceu? <ul><li>•  A água em contato com o isocianato de metila provoca uma reação exotérmica, com alta liberação ...
Como Aconteceu? •  Com o aumento significativo da temperatura, moléculas de isocianato reagem umas com as outras, fenômeno...
Como Aconteceu? •  Com o andamento dessa reação violenta, a pressão aumentou de tal forma que o gás foi liberado no estour...
Esquema da ordem cronológica de falhas que antecederam o acidente de Bhopal.
Falhas na Projeção Correta <ul><li>Planta industrial instalada num local com alta densidade populacional; </li></ul><ul><l...
As Consequências <ul><li>Mais de 8 mil pessoas morreram dormindo, grande parte deles moradores pobres de barracos próximos...
As Consequências <ul><li>Ocorre a obstrução dos bronquíolos levando a sufocamento, náuseas, vômito, dor abdominal, hemorra...
As Consequências <ul><li>Hoje, mais de 150.000 sobreviventes com doenças crônicas e neurológicas ainda necessitam de cuida...
Danos Fisiológicos  Durante os Primeiros 6 meses de Exposição Tabela 1 Tabela traduzida e adaptada do artigo Bhopal Gas Tr...
Tabela 2: Tabela traduzida e adaptada do artigo Bhopal Gas Tragedy Danos Fisiológicos  Após 6 meses de Exposição Sistemas ...
Danos Fisiológicos Causados pelo Isocianato  de Metila Exemplo 1: Dano Ocular Antes e Depois. Isocianato de metila (gás) L...
Danos Fisiológicos Causados pelo Isocianato de Metila Exemplo 2: Danos pulmonares O isocianato de metila, ao penetrar os p...
As Áreas Contaminadas <ul><li>“ A equipe documentou a presença de estoques de agrotóxicos, assim como resíduos perigosos e...
As Áreas Contaminadas <ul><li>Níveis elevados de compostos clorados no lençol freático amostrado a partir da água de poços...
 
Responsabilidades da Empresa <ul><li>Em outubro de 1991, o Supremo Tribunal da Índia exigiu que a Union Carbine pagasse 47...
<ul><li>Na Conferência do 20º Aniversário da Tragédia de Gás de Bhopal, no ano de 2004, em Kanpur, foram discutidas as seg...
Recomendações Gerais
Ao Governo
À Indústria
<ul><li>Às Universidades </li></ul>À Comunidade
 
Protestos http://www.greenpeace.org/usa/en/campaigns/toxics/justice-for-bhopal/ http://www.greenpeace.org/international/ca...
http://www.photograhams.com/Charities/Bhopal-Press-Photos/9263825_DV3T6/1/618856534_QgDdL/Medium
 
Bibliografia <ul><li>PUIATI, R.  Acidentes Ampliados – OIT174.  2003. 7º COTEQ – Conferência sobre Tecnologia e Equipament...
Anexo: Mecanismos
Anexo: Mecanismos <ul><li>Mecanismo de formação do Sevin </li></ul>
Anexo: Mecanismos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bruno Labanca, Gean Chagas, Luis Guilherme Laino e Yakini Tavares - MAM 261 - Acidente de Bhopal final

7.009 visualizações

Publicada em

Slides sobre o maior acidente químico da História.

Publicada em: Educação
1 comentário
17 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.009
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bruno Labanca, Gean Chagas, Luis Guilherme Laino e Yakini Tavares - MAM 261 - Acidente de Bhopal final

  1. 1. Estudo de Caso: Acidente de Bhopal, Índia <ul><li>IFRJ - Maracanã </li></ul><ul><li>Orgânica – Profº Fred </li></ul><ul><li>Mam 261 - Bruno Labanca, Gean Chagas </li></ul><ul><li>Luis Guilherme Laino e Yakini Tavares </li></ul>
  2. 2. A cidade de Bhopal <ul><li>Bhopal é uma província localizada na Índia Central, com cerca de 1.400.000 habitantes. </li></ul>
  3. 3. Pior Desastre Químico da História <ul><li>Na madrugada entre 2 e 3 de dezembro de 1984, 40 toneladas de gases letais vazaram da fábrica de agrotóxicos da Union Carbide Corporation, em Bhopal, Índia. </li></ul><ul><li>O isocianato de metila, que é um gás tóxico, escapou de um tanque durante operações de rotina. </li></ul><ul><li>Mais de 20 mil pessoas morreram, hoje bem mais de 150.000 sobreviventes possuem doenças crônicas e uma segunda geração de crianças continua a sofrer os efeitos hereditários. </li></ul>(http://www.stephanebouillet.com/en/gallery/nature/bhopal_desaster_india_union_carbide_dow_chemical/facts_first_generation)
  4. 5. Produção do Sevin (strangesgardencenter.com)
  5. 6. O Desastre <ul><li>O acidente de Bhopal foi causado por uma série de erros humanos na projeção de equipamentos de segurança, manuseio e manutenção incorretos dos equipamentos da fábrica. Muitos equipamentos de segurança, por exemplo, encontravam-se inativos. </li></ul>Imagens da fábrica Union Carbide (1) http://users.khbo.be/lodew/CSB%20-%20Bhopal%20Disaster%20Spurs%20U_S_%20Industry,%20Legislative%20Action_bestanden/bhopal01.jpg (2) http://static.guim.co.uk/sys-images/Guardian/Pix/pictures/2010/6/7/1275900044287/The-Union-Carbide-plant-i-006.jpg
  6. 7. Como Aconteceu? <ul><li>Houve o entupimento de parte do encanamento com a sujeira que vinha da água usada para lavagem. Essa água fez o fluxo reverso e se infiltrou no maior sistema de tubos da fábrica. </li></ul>• A água que era usada para a lavagem dos tubos se dispersou em praticamente todo o sistema de tubulação da fábrica, sem a existência de qualquer técnica para seu isolamento. Anteparo de um encanamento. NATIONAL GEOGRAPHIC - Bhopal O Maior Acidente Industrial do Mundo -. 2008; <http://www.youtube.com/watch?v=Cv0pYjCTME0&playnext=1&list=PLB2D656CB550FF709&index=24 > Acessado em Novembro de 2010 http://www.thehindu.com/multimedia/dynamic/00015/AVN1_UNION_15314f.jpg
  7. 8. Como Aconteceu? <ul><li>Os medidores de pressão da Union Carbide estavam quebrados ou desregulados. </li></ul>• A válvula que se conectava aos principais tanques da fábrica estava com vazamento, permitindo a entrada de água nos compartimentos com isocianato de metila. Centro de controle de fluidos e pressão interna da Union Carbide Compartimentos com o isocianato de metila (http://www.youtube.com/watch?v=UYh4JkInB4g)
  8. 9. Como Aconteceu? <ul><li>• A água em contato com o isocianato de metila provoca uma reação exotérmica, com alta liberação de gases tóxicos. Os resfriadores do tanque com o reagente estavam desligados há meses. </li></ul>
  9. 10. Como Aconteceu? • Com o aumento significativo da temperatura, moléculas de isocianato reagem umas com as outras, fenômeno denominado trimerização.
  10. 11. Como Aconteceu? • Com o andamento dessa reação violenta, a pressão aumentou de tal forma que o gás foi liberado no estouro da válvula de pressão, sendo levado por correntes de ar para a cidade de Bhopal.
  11. 12. Esquema da ordem cronológica de falhas que antecederam o acidente de Bhopal.
  12. 13. Falhas na Projeção Correta <ul><li>Planta industrial instalada num local com alta densidade populacional; </li></ul><ul><li>Trabalhadores pouco qualificados; </li></ul><ul><li>Falta de adequação ao excesso de armazenamento do Isocianato de Metila; </li></ul><ul><li>As leis e regulamentos ambientais do estado de Madhya Pradesh eram carentes e pouco restritivas. </li></ul><ul><li>Os procedimentos de atendimentos emergenciais na região em torno da fábrica eram precários. </li></ul><ul><li>Peças importantes como o resfriador e o purificador de gases estavam fora de funcionamento. </li></ul>Visão externa da Union Carbide http://www.shunya.net/Pictures/NorthIndia/Bhopal/UnionCarbide08.jpg
  13. 14. As Consequências <ul><li>Mais de 8 mil pessoas morreram dormindo, grande parte deles moradores pobres de barracos próximos à fábrica. </li></ul><ul><li>Outros 20 mil habitantes faleceram a longo prazo. </li></ul>http://oglobo.globo.com/fotos/2010/06/07/07_MHG_mun_india.jpg http://3.bp.blogspot.com/_mjw5cW3W1sY/S98EgTG4hQI/AAAAAAAACeI/JQ1hH557Cug/s400/01_BHOPAL25.jpg
  14. 15. As Consequências <ul><li>Ocorre a obstrução dos bronquíolos levando a sufocamento, náuseas, vômito, dor abdominal, hemorragia, aborto, cegueira, fraqueza, tremores, perda de audição, vertigem e coma. Muitas pessoas morreram com a sensação de afogamento, pois quantidades elevadas de sangue ocuparam o pulmão. </li></ul><ul><li>É uma substância altamente tóxica, estando entre as 20 mais perigosas, das conhecidas. </li></ul>http://old.studentsforbhopal.org/Assets/Images/baby-raghurai10.jpg http://static.guim.co.uk/Guardian/news/gallery/2007/aug/13/internationalnews/4216136136-9065.jpg
  15. 16. As Consequências <ul><li>Hoje, mais de 150.000 sobreviventes com doenças crônicas e neurológicas ainda necessitam de cuidados médicos, e uma segunda geração de crianças herdou um material genético irregular, cuja alteração são parte dos efeitos do isocianato de metila. </li></ul>http://2.bp.blogspot.com/_y1ZpBL5Pw3Q/TA4WCLp196I/AAAAAAAAG3g/J6r-3VAxlv4/s1600/India+web20100608Publico.jpg http://wpcontent.answers.com/wikipedia/en/8/8d/Tomokos_hand.gif http://www.asianews.it/files/img/INDIA_%28F%29_0312_-_Bophal_2.jpg Isocianato de Metila <http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/a/a6/Methyl-isocyanate-3D-vdW.png/200px-Methyl-isocyanate-3D-vdW.png>
  16. 17. Danos Fisiológicos Durante os Primeiros 6 meses de Exposição Tabela 1 Tabela traduzida e adaptada do artigo Bhopal Gas Tragedy Sistemas fisiológicos afetados Sintomas clínicos Ocular Intensa irritação, fotofobia,visão turva, úlcera de córnea e congestão circumcorneal Respiratório Falta de ar, dor torácica, tosse seca ou úmida, edema pulmonar e princípio de pneumonia Fisiológico e neurológico Ansiedade, depressão neurológica, problema da adaptação social, deficiência na velocidade de resposta Gastrointestinal Diarréia persistente, anorexia, dor abdominal Imunológico Imunidade mediada por células suprimidas, contagem de células imunológicas reduzida e diminuição da atividade fagocítica nos linfócitos. Genético Aumento de anomalias cromossômicas Reprodutivo Abortos espontâneos e irregularidades menstruais Danos Gerais A fraqueza muscular, sonolência, perda de apetite, náuseas, vômitos e febre.
  17. 18. Tabela 2: Tabela traduzida e adaptada do artigo Bhopal Gas Tragedy Danos Fisiológicos Após 6 meses de Exposição Sistemas fisiológicos afetados Sintomas clínicos Ocular Danos à câmara posterior ocular, opacidade da córnea, conjuntivite crônica, lesões e deficiência de secreção lacrimal Respiratório Tosse (com ou sem expectoração), dor torácica, dispnéia, sibilância, diminuiu funções do pulmão, doenças respiratórias obstrutivas e restritivas, aguda alérgica Fisiológico e neurológico Defeitos progressivos da matriz, associado a aprendizagem, velocidade motora e dores musculares Reprodutivo Perda da gestação, aumento da mortalidade infantil, diminuição do peso placentário e fetal Câncer Aumento do câncer de orofaringe Padrão de crescimento adolescente O atraso no crescimento em adolescentes do sexo masculino expostos.
  18. 19. Danos Fisiológicos Causados pelo Isocianato de Metila Exemplo 1: Dano Ocular Antes e Depois. Isocianato de metila (gás) Localização da córnea no sistema ocular. Secreção lacrimal, serve como sistema de defesa do organismo . + Córnea opaca. =
  19. 20. Danos Fisiológicos Causados pelo Isocianato de Metila Exemplo 2: Danos pulmonares O isocianato de metila, ao penetrar os pulmões, bloqueia a passagem de oxigênio para a corrente sanguínea . 02 CO2 x pubmed.com pubmed.com
  20. 21. As Áreas Contaminadas <ul><li>“ A equipe documentou a presença de estoques de agrotóxicos, assim como resíduos perigosos e materiais contaminados espalhados por todo o terreno. Encontraram níveis elevados de metais pesados e compostos clorados no solo e na água, e, em alguns locais, os níveis eram bastante alarmantes. </li></ul><ul><li>(em 1999)” </li></ul>Trecho de: “O pior desastre químico da história (1984-2002)” < http://www.greenpeace.org.br/bhopal/docs/Bhopal_desastre_continua.pdf> Acessado em novembro de 2010 Fragmento da antiga fábrica da Union Carbide próximo a uma vila de indianos. http://cdn.radionetherlands.nl/data/files/images/01%20-%20De%20lege%20watertoren%20vlakbij%20Naseem%27s%20huis,%20%20%20%20%20%20met%20links%20op%20de%20achtergrond%20de%20oude%20Union%20Carbide%20fabriek.-qpr_0.jpg
  21. 22. As Áreas Contaminadas <ul><li>Níveis elevados de compostos clorados no lençol freático amostrado a partir da água de poços, incluindo clorofórmio e tetracloreto de carbono. </li></ul><ul><li>Encontrou-se no solo chumbo, níquel, cobre, cromo, hexaclorociclohexano e clorobenzenos. Contaminação devido a acidentes e vazamentos rotineiros ao longo dos anos. </li></ul><ul><li>A comunidade local utiliza água dos lençóis freáticos de Bhopal para sobrevivência. A medição do nível de potabilidade encontrou-se bem abaixo do normal. </li></ul>Tetracloreto de carbono (CCl4) http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/14/Mol_geom_CCl4.PNG Menina coletando água extraída dos lençóis freáticos de Bhopal http://graphics8.nytimes.com/images/2008/07/07/world/asia/600-bhopal-span2.jpg
  22. 24. Responsabilidades da Empresa <ul><li>Em outubro de 1991, o Supremo Tribunal da Índia exigiu que a Union Carbine pagasse 470 milhões de dólares para as vítimas e famílias das vítimas por toda morte e destruição causada. </li></ul><ul><li>Esse valor daria aproximadamente $855,00 por vítima, sendo insuficiente para cobrir despesas médicas e fúnebres. </li></ul>(geography.ndo.co.uk)
  23. 25. <ul><li>Na Conferência do 20º Aniversário da Tragédia de Gás de Bhopal, no ano de 2004, em Kanpur, foram discutidas as seguintes determinações: </li></ul>
  24. 26. Recomendações Gerais
  25. 27. Ao Governo
  26. 28. À Indústria
  27. 29. <ul><li>Às Universidades </li></ul>À Comunidade
  28. 31. Protestos http://www.greenpeace.org/usa/en/campaigns/toxics/justice-for-bhopal/ http://www.greenpeace.org/international/campaigns/toxics/toxic-hotspots/ http://www.flickr.com/photos/34812241@N05/4080507292/ http://www.bhopal.net/petition/application/views/new_zealand_more.html
  29. 32. http://www.photograhams.com/Charities/Bhopal-Press-Photos/9263825_DV3T6/1/618856534_QgDdL/Medium
  30. 34. Bibliografia <ul><li>PUIATI, R. Acidentes Ampliados – OIT174. 2003. 7º COTEQ – Conferência sobre Tecnologia e Equipamentos. </li></ul><ul><li>COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. Secretaria de Estado do Meio Ambiente . Bhopal. Disponível em: <http://www.cetesb.sp.gov.br/emergencia/riscos/acidentes/bhopal.asp>. Acesso em: 13 novembro 2010. </li></ul><ul><li>Acidente químico em Bhopal, India. Jornal da Escola Secundária Felismina Alcântara, Mangualde. Disponível em: <http://esfarol.webnode.com/products/a3-dezembro-acidente-quimico-em-bhopal-india>. Acesso em: 20 novembro 2010. </li></ul><ul><li>GREENPEACE. Bhopal, O desastre continua (1984-2002). Disponível em: < www.greenpeace.org.br/toxicos/pdf/bhopal_desastrecont.pdf>. Acesso em: 20 novembro 2010. </li></ul><ul><li>O desastre de Bhopal, ontem e hoje: um sistema de destruição em massa. Serviço Noticioso Um Mundo A Ganhar, 14 fevereiro 2005. <http://www.paginavermelha.org/noticias/bhopal.htm>. Acesso em: 25 novembro 2010. </li></ul><ul><li>CHEMELLO, Emiliano. Desastre em Bhopal , Série Acidentes Explicados pela Ciência, setembro 2010. Disponível em: <http://www.quimica.net/emiliano/artigos/2010setembro-bhopal.pdf>. Acesso em: 25 novembro 2010. </li></ul>
  31. 35. Anexo: Mecanismos
  32. 36. Anexo: Mecanismos <ul><li>Mecanismo de formação do Sevin </li></ul>
  33. 37. Anexo: Mecanismos

×