Classes de palavras pessoa

470 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
470
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Classes de palavras pessoa

  1. 1.  PRÓPRIOS  COMUNS › Contáveis (referem algo enumerável: «um carro, dois carros…») › Não contáveis (designam realidades que não podem ser enumeradas: «o arroz» — um quilo de arroz)  COLETIVOS
  2. 2.  QUALIFICATIVOS › Atribuem qualidades aos nomes.  RELACIONAIS › Estabelecem com o nome uma relação (de posse, de origem…)  Ex.: poesia camoniana (=de Camões)  NUMERAIS › Indicam a ordem pela qual o nome surge:  Ex.: primeiro, segundo… (antigos numerais ordinais)
  3. 3.  A obra poética de Fernando Pessoa é extensa. › Adjetivo relacional (= de poesia)  A sua poesia é muito densa e complicada. › Adjetivos qualificativos  O seu primeiro livro publicado foi a Mensagem. › Adjetivo numeral
  4. 4.  DE VALOR RESTRITIVO › Ocorrem à direita do nome  «A poesia pessoana é muito apreciada no estrangeiro.»  DE VALOR NÃO RESTRITIVO › Ocorrem à esquerda do nome › «Os seus belos poemas têm sido amplamente estudados e divulgados.»
  5. 5.  «A minha perpétua atenção sobre mim». › Adjetivo com valor não restritivo  «Sinto-me viver vidas alheias». › Adjetivo com valor restritivo  «Sou como um quarto com espelhos fantásticos». › Adjetivos com valor restritivo
  6. 6.  ARTIGOS › definidos › indefinidos  DEMONSTRATIVOS  POSSESSIVOS  INDEFINIDOS › (perderam uma grande parte dos seus elementos que são designados como quantificadores existenciais ou universais, tendo ficado apenas certo(s), certa(s) e outro(s), outra(s))  RELATIVOS › (perderam alguns dos seus elementos que são designados como quantificadores relativos, tendo ficado apenas cujo(s), cujo(s))  INTERROGATIVOS › (perderam uns dos seus elementos que são designados como quantificadores interrogativos)
  7. 7.  EXISTENCIAIS (referem quantidades imprecisas de elementos)  UNIVERSAIS (referem a totalidade de elementos de um conjunto)  NUMERAIS (referem quantidades precisas de elementos) › Cardinais › Multiplicativos › Fracionários  RELATIVOS (referem a ideia de uma quantidade total em relação ao nome que os antecedem: quanto(s))  INTERROGATIVOS (introduzem uma interrogação que presume uma resposta quantificada)
  8. 8.  PESSOAIS  DEMONSTRATIVOS  POSSESSIVOS  INDEFINIDOS  RELATIVOS  INTERROGATIVOS
  9. 9.  «Não sei quem sou» › «quem» - pronome relativo  «[…] eu sinto-me vários seres.» › «eu» - pronome pessoal sujeito › «me» - pronome pessoal complemento direto › «vários» - quantificador existencial  «[…] sobre outra coisa ainda […]» › «outra» - determinante indefinido  «[…] quem o adivinha?» › «quem» - pronome interrogativo › «o» - pronome pessoal complemento direto
  10. 10.  DE PREDICADO › de tempo › de lugar › de modo  DE FRASE  CONECTIVOS  DE NEGAÇÃO  DE AFIRMAÇÃO  DE QUANTIDADE E GRAU  DE INCLUSÃO  DE EXCLUSÃO  INTERROGATIVOS › de modo › de causa › de lugar › de tempo  RELATIVOS
  11. 11. DE FRASE CONECTIVOS Podem ser modificadores da frase e incluem principalmente advérbios das classes semânticas com valor de afirmação, dúvida ou outra forma de orientação para a atitude do falante face ao conteúdo proposicional. Têm uma função de conexão entre elementos frásicos. Incluem algumas palavras anteriormente classificadas como conjunções (adversativas e conclusivas). Certamente, felizmente, infelizmente, francamente, naturalmente, obviamente, provavelmente, talvez, realmente Assim, contrariamente, consequentemente, contudo, depois, efetivamente, especificamente, finalmente, nomeadamente, primeiramente, porém, portanto, todavia…
  12. 12.  «Ser outro constantemente […]» › «constantemente» - advérbio de predicado com valor de tempo  «[…] viver de ver somente.» › «somente - advérbio exclusão  «Não sei sentir-me onde estou.» › «Não» - advérbio de negação › «onde» - advérbio relativo
  13. 13.  COORDENATIVAS › copulativas › adversativas › disjuntivas › conclusivas › explicativas  SUBORDINATIVAS › ADVERBIAIS  causais  temporais  finais  condicionais  comparativas  concessivas  consecutivas › COMPLETIVAS
  14. 14.  «Logo que nasci / Fecharam-me em mim» › «Logo que» - locução conjuncional subordinativa temporal  «Deus sabe, porque o escreveu.» › «porque» - conjunção subordinativa causal
  15. 15.  «Finge tão completamente / Que chega a fingir que é dor / A dor que deveras sente.» › «Que» (1.º) - conjunção subordinativa consecutiva › «que» (2.º) - conjunção subordinativa completiva  «Como o panteísta se sente onda e astro e flor, eu sinto-me vários seres.» › «como» - conjunção subordinativa comparativa

×