DIREÇÃO DEFENSIVA <ul><ul><li>DIRIGIR PLANEJANDO TODAS AS AÇÕES PESSOAIS AO VOLANTE, PREVENDO O COMPORTAMENTO DOS OUTROS M...
Elementos da  Direção Defensiva <ul><li>CONHECIMENTO </li></ul><ul><li>ATENÇÃO </li></ul><ul><li>PREVISÃO </li></ul><ul><l...
CONHECIMENTO <ul><li>DIRIGIR COM SEGURANÇA REQUER UMA BOA DOSE DE INFORMAÇÕES DE FATOS CONCRETOS </li></ul><ul><li>ESSE CO...
ATENÇÃO <ul><li>NENHUMA FORMA DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO EXIGE MAIS ATENÇÃO DO MOTORISTA QUE O VEÍCULO AUTOMOTOR.  </li></ul>
PREVISÃO <ul><li>A PREVISÃO, QUE PODE SER EXERCIDA SOBRE UM RAIO DE AÇÃO PRÓXIMO OU DISTANTE, É A HABILIDADE DE PREVER EVE...
DECISÃO <ul><li>UMA BOA DECISÃO IMPLICA O RECONHECIMENTO DAS ALTERNATIVAS QUE SE APRESENTEM EM QUALQUER SITUAÇÃO DE TRÂNSI...
HABILIDADE <ul><li>DIZ RESPEITO AO  MANUSEIO DOS CONTROLES  DO VEÍCULO E À EXECUÇÃO, COM  BASTANTE PERÍCIA  E SUCESSO, DE ...
Distância de Reação <ul><li>É A DISTÂNCIA PERCORRIDA PELO VEÍCULO, ENTRE O INSTANTE QUE SE PERCEBE UMA SITUAÇÃO DE PERIGO ...
Distância de Frenagem <ul><li>É A DISTÂNCIA PERCORRIDA ENTRE O ACIONAMENTO DO PEDAL DE FREIO E A EFETIVA PARADA DO VEÍCULO...
Distância de Parada <ul><li>É A SOMATÓRIA DAS DISTÂNCIAS, OU SEJA, INICIA NO MOMENTO EM QUE SE PERCEBE O PERIGO E TERMINA ...
Condições adversas de trânsito <ul><li>AS CONDIÇÕES DE TRÂNSITO ENVOLVEM A PRESENÇA DE OUTROS USUÁRIOS DA VIA, INTERFERIND...
O MOTORISTA DEFENSIVO DEVE OBSERVAR À FRENTE E ATRÁS, AVALIANDO AS CONDIÇÕES DO TRÂNSITO E EVITANDO, ASSIM, SITUAÇÕES DIFÍ...
Condições adversas do veículo <ul><li>pneus gastos </li></ul><ul><li>freios desregulados </li></ul><ul><li>lâmpadas queima...
Condições adversas do motorista <ul><li>Condições físicas </li></ul><ul><li>fadiga </li></ul><ul><li>estado alcoólico </li...
Condições adversas do  motorista <ul><li>Condições mentais : </li></ul><ul><li>estado de tensão emocional </li></ul><ul><l...
Maneiras Erradas de Dirigir <ul><li>Dirigir apenas com uma das mãos; </li></ul><ul><li>Apanhar objetos dentro do veículo e...
Aspectos a serem observados com relação ao motorista. <ul><li>Normas de Segurança e Comportamento </li></ul><ul><li>Condiç...
DIREÇÃO OFENSIVA <ul><li>É QUANDO O CARRO ESTÁ SENDO CONDUZIDO DESAFIANDO ALGUMAS REGRAS DE SEGURANÇA E NORMAS DE TRÂNSITO...
CAVALO DE PAU  <ul><li>Escolha o local apropriado </li></ul><ul><li>Atinja a velocidade suficiente </li></ul><ul><li>Press...
Cavalo de pau <ul><li>Enquanto o carro gira, engate a primeira marcha; </li></ul><ul><li>Quando o carro estiver na direção...
Reverso <ul><li>Escolha o local apropriado; </li></ul><ul><li>Atinja a velocidade apropriada, em marcha ré; </li></ul><ul>...
Reverso <ul><li>Enquanto o carro gira, engate a primeira marcha; </li></ul><ul><li>Quando o carro estiver na posição desej...
SAÍDA DE TRASEIRA COM TRAÇÃO TRASEIRA. <ul><li>Sempre girar o volante ao contrário da curva, ou seja, para o lado em que f...
SAÍDA DE TRASEIRA COM TRAÇÃO TRASEIRA. <ul><li>O inverso também é desaconselhável. Tirar completamente o pé do acelerador,...
Saída de traseira com tração dianteira. <ul><li>Os veículos de tração dianteira que eventualmente derrapem  de traseira, e...
Saída de traseira com tração dianteira. <ul><li>Como as rodas dianteiras são motrizes, quando se aperta o acelerador, exis...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Direçãoo Defensiva

4.397 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
499
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
160
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Direçãoo Defensiva

  1. 1. DIREÇÃO DEFENSIVA <ul><ul><li>DIRIGIR PLANEJANDO TODAS AS AÇÕES PESSOAIS AO VOLANTE, PREVENDO O COMPORTAMENTO DOS OUTROS MOTORISTAS E ATENDO ÀS LEIS DE TRANSITO . </li></ul></ul>
  2. 2. Elementos da Direção Defensiva <ul><li>CONHECIMENTO </li></ul><ul><li>ATENÇÃO </li></ul><ul><li>PREVISÃO </li></ul><ul><li>DECISÃO </li></ul><ul><li>HABILIDADE. </li></ul>
  3. 3. CONHECIMENTO <ul><li>DIRIGIR COM SEGURANÇA REQUER UMA BOA DOSE DE INFORMAÇÕES DE FATOS CONCRETOS </li></ul><ul><li>ESSE CONHECIMENTO INCLUI O PRONTO RECONHECIMENTO DE RISCOS E A MANEIRA DE DEFENDER-SE CONTRA ELES . </li></ul>
  4. 4. ATENÇÃO <ul><li>NENHUMA FORMA DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO EXIGE MAIS ATENÇÃO DO MOTORISTA QUE O VEÍCULO AUTOMOTOR. </li></ul>
  5. 5. PREVISÃO <ul><li>A PREVISÃO, QUE PODE SER EXERCIDA SOBRE UM RAIO DE AÇÃO PRÓXIMO OU DISTANTE, É A HABILIDADE DE PREVER EVENTUALIDADES NO TRÂNSITO E PREPARAR-SE PARA ELAS </li></ul><ul><li>A direção defensiva exige tanto a prevenção a curto prazo como a longo prazo. </li></ul>
  6. 6. DECISÃO <ul><li>UMA BOA DECISÃO IMPLICA O RECONHECIMENTO DAS ALTERNATIVAS QUE SE APRESENTEM EM QUALQUER SITUAÇÃO DE TRÂNSITO, BEM COMO A HABILIDADE DE FAZER UMA ESCOLHA CORRETA A TEMPO DE EVITAR UM ACIDENTE. </li></ul>
  7. 7. HABILIDADE <ul><li>DIZ RESPEITO AO MANUSEIO DOS CONTROLES DO VEÍCULO E À EXECUÇÃO, COM BASTANTE PERÍCIA E SUCESSO, DE QUALQUER MANOBRA BÁSICA DE TRÂNSITO, TAIS COMO CURVAS, ULTRAPASSAGENS, MUDANÇAS DE VELOCIDADE E ESTACIONAMENTO. </li></ul>
  8. 8. Distância de Reação <ul><li>É A DISTÂNCIA PERCORRIDA PELO VEÍCULO, ENTRE O INSTANTE QUE SE PERCEBE UMA SITUAÇÃO DE PERIGO E O EFETIVO ACIONAMENTO DE UM COMANDO DO VEÍCULO . </li></ul>
  9. 9. Distância de Frenagem <ul><li>É A DISTÂNCIA PERCORRIDA ENTRE O ACIONAMENTO DO PEDAL DE FREIO E A EFETIVA PARADA DO VEÍCULO. </li></ul>
  10. 10. Distância de Parada <ul><li>É A SOMATÓRIA DAS DISTÂNCIAS, OU SEJA, INICIA NO MOMENTO EM QUE SE PERCEBE O PERIGO E TERMINA COM A TOTAL PARADA DO VEÍCULO. </li></ul>
  11. 11. Condições adversas de trânsito <ul><li>AS CONDIÇÕES DE TRÂNSITO ENVOLVEM A PRESENÇA DE OUTROS USUÁRIOS DA VIA, INTERFERINDO NO COMPORTAMENTO DO MOTORISTA. </li></ul>
  12. 12. O MOTORISTA DEFENSIVO DEVE OBSERVAR À FRENTE E ATRÁS, AVALIANDO AS CONDIÇÕES DO TRÂNSITO E EVITANDO, ASSIM, SITUAÇÕES DIFÍCEIS PARA TODOS OS USUÁRIOS.
  13. 13. Condições adversas do veículo <ul><li>pneus gastos </li></ul><ul><li>freios desregulados </li></ul><ul><li>lâmpadas queimadas </li></ul><ul><li>limpadores de pára-brisa com defeito </li></ul><ul><li>falta de buzina </li></ul><ul><li>espelho retrovisor deficiente </li></ul><ul><li>cintos de segurança defeituosos </li></ul><ul><li>amortecedores vencidos </li></ul><ul><li>folga na direção </li></ul><ul><li>suspensão empenada. </li></ul>
  14. 14. Condições adversas do motorista <ul><li>Condições físicas </li></ul><ul><li>fadiga </li></ul><ul><li>estado alcoólico </li></ul><ul><li>sono </li></ul><ul><li>visão deficiente </li></ul><ul><li>audição deficiente </li></ul><ul><li>perturbação física. </li></ul>
  15. 15. Condições adversas do motorista <ul><li>Condições mentais : </li></ul><ul><li>estado de tensão emocional </li></ul><ul><li>preocupações </li></ul><ul><li>medo. </li></ul>
  16. 16. Maneiras Erradas de Dirigir <ul><li>Dirigir apenas com uma das mãos; </li></ul><ul><li>Apanhar objetos dentro do veículo em movimento; </li></ul><ul><li>Acender cigarros; </li></ul><ul><li>Espantar abelhas ou qualquer outro inseto com o veículo em movimento; </li></ul><ul><li>Efetuar manobras bruscas com o veículo; </li></ul><ul><li>Estar o volante escorregadio; </li></ul><ul><li>Usar telefonia móvel celular. </li></ul>
  17. 17. Aspectos a serem observados com relação ao motorista. <ul><li>Normas de Segurança e Comportamento </li></ul><ul><li>Condições Psicológicas </li></ul><ul><li>Conhecimento do Veículo </li></ul><ul><li>Postura </li></ul><ul><li>Espelhos </li></ul><ul><li>Bancos </li></ul><ul><li>Volante </li></ul><ul><li>Manutenção de Primeiro Escalão. </li></ul>
  18. 18. DIREÇÃO OFENSIVA <ul><li>É QUANDO O CARRO ESTÁ SENDO CONDUZIDO DESAFIANDO ALGUMAS REGRAS DE SEGURANÇA E NORMAS DE TRÂNSITO. </li></ul>
  19. 19. CAVALO DE PAU <ul><li>Escolha o local apropriado </li></ul><ul><li>Atinja a velocidade suficiente </li></ul><ul><li>Pressione o pedal da embreagem </li></ul><ul><li>Acione totalmetne o freio de mão, até que as rodas traseiras travem </li></ul><ul><li>Vire rapidamente o volante para a direita ou esquerda, de acordo com o espaço disponível. </li></ul>
  20. 20. Cavalo de pau <ul><li>Enquanto o carro gira, engate a primeira marcha; </li></ul><ul><li>Quando o carro estiver na direção desejada, solte o freio de mão e arranque. </li></ul>
  21. 21. Reverso <ul><li>Escolha o local apropriado; </li></ul><ul><li>Atinja a velocidade apropriada, em marcha ré; </li></ul><ul><li>Acione o pedal da embreagem; </li></ul><ul><li>Gire rapidamente o volante para a direita ou para a esquerda, de acordo com o espaço disponível. </li></ul>
  22. 22. Reverso <ul><li>Enquanto o carro gira, engate a primeira marcha; </li></ul><ul><li>Quando o carro estiver na posição desejada, arranque rapidamente. </li></ul>
  23. 23. SAÍDA DE TRASEIRA COM TRAÇÃO TRASEIRA. <ul><li>Sempre girar o volante ao contrário da curva, ou seja, para o lado em que foi a traseira; </li></ul><ul><li>Além de contra-esterçar o volante, abrindo a curva, é preciso modular o pedal do acelerador, dosando a potência; </li></ul><ul><li>Como as rodas traseiras estão derrapando, de nada adiantará acelerar ainda mais o carro, pois as rodas poderão perder completamente a aderência com o solo, fazendo o veículo derrapar e rodar. </li></ul>
  24. 24. SAÍDA DE TRASEIRA COM TRAÇÃO TRASEIRA. <ul><li>O inverso também é desaconselhável. Tirar completamente o pé do acelerador, além de desequilibrar o carro pode reduzir muito a rotação das rodas traseiras, como se estivesse puxando o freio de estacionamento; </li></ul><ul><li>O ideal é ir modulando o acelerador (com o volante contra-esterçado), até retomar a trajetória; </li></ul><ul><li>Tente não se apavorar e nunca acione os freios. </li></ul>
  25. 25. Saída de traseira com tração dianteira. <ul><li>Os veículos de tração dianteira que eventualmente derrapem de traseira, exigem certa dose de coragem para correção; </li></ul><ul><li>Além de virar o volante para o lado oposto da curva (abrindo a curva), é preciso acelerar tudo o que se tem direito. </li></ul>
  26. 26. Saída de traseira com tração dianteira. <ul><li>Como as rodas dianteiras são motrizes, quando se aperta o acelerador, existe uma tendência de que a frente do carro “puxe” a traseira para a trajetória, fazendo com que cesse a desgarrada. </li></ul>

×