QUANDO NARCISO MORREU, O LAGO ONDE  COSTUMAVA REPOUSAR, DE TAÇA DE ÁGUA DOCE,  TRANSFORMOU-SE EM UM CÁLICE  DE LÁGRIMAS  S...
AS ORÉADES VIERAM CHORANDO DOS BOSQUES A FIM DE CANTAR PARA O LAGO E CONSOLÁ-LO.
MAS QUANDO VIRAM QUE O LAGO HAVIA SE TRANFORMADO EM UM CÁLICE DE LÁGRIMAS SALGADAS, ELAS DESFIZERAM AS VERDES TRANÇAS DE S...
“ MAS , ENTÃO  NARCISO ERA BELO?”  –  PERGUNTOU O LAGO.
“ E QUEM PODERIA SABER MELHOR DO  QUE  VOCÊ?” – RESPONDERAM AS ORÉADES. ELE PASSAVA POR NÓS, MAS ERA A  VOCÊ QUE  PROCURAV...
E O LAGO RESPONDEU: ” MAS EU AMAVA NARCISO PORQUE, QUANDO DEITADO ÀS MINHAS MARGENS, FICAVA OLHANDO MINHAS ÁGUAS, NO ESPEL...
CLAUDIA MADEIRA CLAUDIA’SLIDES:  www. corepoesia .com   IMAGENS:GOOGLE E WEBSHOTS TEXTO: OSCAR WILDE SOM: “DAPHNIS E CHLOÉ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Discipulo

337 visualizações

Publicada em

PARÁBOLA DE OSCAR WILDE

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
337
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Discipulo

  1. 1. QUANDO NARCISO MORREU, O LAGO ONDE COSTUMAVA REPOUSAR, DE TAÇA DE ÁGUA DOCE, TRANSFORMOU-SE EM UM CÁLICE DE LÁGRIMAS SALGADAS
  2. 2. AS ORÉADES VIERAM CHORANDO DOS BOSQUES A FIM DE CANTAR PARA O LAGO E CONSOLÁ-LO.
  3. 3. MAS QUANDO VIRAM QUE O LAGO HAVIA SE TRANFORMADO EM UM CÁLICE DE LÁGRIMAS SALGADAS, ELAS DESFIZERAM AS VERDES TRANÇAS DE SEUS CABELOS, COMEÇARAM A CHORAR E DISSERAM AO LAGO: “ REALMETE NÃO É SURPRESA CHORARES TANTO POR NARCISO, TAL ERA A SUA BELEZA!”
  4. 4. “ MAS , ENTÃO NARCISO ERA BELO?” – PERGUNTOU O LAGO.
  5. 5. “ E QUEM PODERIA SABER MELHOR DO QUE VOCÊ?” – RESPONDERAM AS ORÉADES. ELE PASSAVA POR NÓS, MAS ERA A VOCÊ QUE PROCURAVA. DEITAVA-SE ÀS SUAS MARGENS, OLHAVA PARA BAIXO, E NO ESPELHO DE SUAS ÁGUAS, ADMIRAVA A PRÓPRIA BELEZA.
  6. 6. E O LAGO RESPONDEU: ” MAS EU AMAVA NARCISO PORQUE, QUANDO DEITADO ÀS MINHAS MARGENS, FICAVA OLHANDO MINHAS ÁGUAS, NO ESPELHO DE SEUS OLHOS, EU VIA REFLETIDA MINHA PRÓPRIA BELEZA”
  7. 7. CLAUDIA MADEIRA CLAUDIA’SLIDES: www. corepoesia .com IMAGENS:GOOGLE E WEBSHOTS TEXTO: OSCAR WILDE SOM: “DAPHNIS E CHLOÉ” DE RAVEL

×