As Sem Razoes Do Amor

806 visualizações

Publicada em

CRÔNICA DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
806
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As Sem Razoes Do Amor

  1. 1. Eu te amo porque te amo. Não precisas ser amante, e nem sempre sabes sê-lo. Eu te amo porque te amo. Amor é estado de graça e com amor não se paga. As sem-razões do amor
  2. 2. Amor é dado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse. Amor foge a dicionários e a regulamentos vários .
  3. 3. Eu te amo porque não amo bastante ou demais a mim. Porque amor não se troca, não se conjuga nem se ama. Porque amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo.
  4. 4. Amor é primo da morte, e da morte vencedor, por mais que o matem (e matam) a cada instante de amor. CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA SITE: www.corepoesia.com IMAGENS: GOOGLE, SOM: LE BONHEIR D’AIMER – RICHARD CLAYDERMAN

×