Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03

3.353 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guia metodologia formaç¦o 19 e 20.03

  1. 1. GUIA DE ESCOLHA DAS METODOLOGIASJOVEM DE FUTUROPROEMI/JOVEM DE FUTURO2013GUIA METODOLOGIA_2.indd 1 06/03/2013 18:09:09
  2. 2. GUIA METODOLOGIA_2.indd 2 06/03/2013 18:09:09
  3. 3. SUMÁRIO1. Apresentação................................................................................ 032. Conceito de Metodologias Jovem de Futuro..............................042.1. Metodologias Pedagógicas..............................................................052.2. Metodologias de Mobilização e Articulação.....................................053. Descrição das Metodologias Jovem de Futuro..........................063.1. Metodologias Pedagógicas..............................................................063.2. Metodologias de Mobilização e Articulação.....................................124. Percurso de Aplicação das Metodologias...................................17 Como colocar em prática o percurso...............................................185. Formas de Adesão.........................................................................215.1. Adesão Metodologias Jovem de Futuro..........................................215.2. Formação Virtual Metodologias Jovem de Futuro...........................215.3. Número de vagas nos cursos das Metodologias JF por escola......225.4. Número de Metodologias JF por escola .........................................225.5. Distribuição de materiais das Metodologias por escola ..................225.6. Inserção nos sistemas – SGP e SIMEC..........................................226. Anexo .............................................................................................23GUIA METODOLOGIA_2.indd 3 06/03/2013 18:09:09
  4. 4. GUIA METODOLOGIA_2.indd 4 06/03/2013 18:09:09
  5. 5. 1. ApresentaçãoAs Metodologias Jovem de Futuro, criadas pelo Instituto Unibanco, são estratégiasespecialmente desenvolvidas para aplicação nas escolas públicas de Ensino Médio queparticipam do ProEMI/Jovem de Futuro. A experiência prática demonstra que são elementosfundamentais para a conquista dos seis Resultados Esperados do projeto: alunos comcompetências e habilidades em Língua Portuguesa e Matemática desenvolvidas (RE1),alunos com alto índice de frequência (RE2), professores com alto índice de frequência(RE3), práticas pedagógicas melhoradas (RE4), gestão escolar por resultados (RE5) einfraestrutura da escola melhorada (RE6).Durante os três anos do primeiro ciclo de atividades do Jovem de Futuro, as MetodologiasJovem de Futuro foram implementadas com sucesso, contribuindo essencialmente pararesultados positivos do projeto e para sua disseminação em larga escala. As metodologiasforam revisadas e receberam melhorias a partir da experiência adquirida e para atender aogrande número de escolas. Elas estão sendo disponibilizadas nas redes de ensino dosestados que aderiram ao projeto, na parceria estabelecida com o programa Ensino MédioInovador, do Ministério da Educação.As metodologias foram elaboradas para causas já conhecidas e apontadas por pesquisas1como responsáveis pelo baixo desempenho e baixa frequência dos alunos do Ensino Médio.À escola é ofertado um conjunto de Metodologias Jovem de Futuro, divididas em duascategorias: Metodologias Pedagógicas e Metodologias de Mobilização e Articulação. Aescola pode escolher quais ferramentas / atividades delas atendem às suas necessidades,considerando o seu contexto e escolhendo as ações mais adequadas para trabalhar.Este material tem o objetivo de auxiliar você no entendimento de como as metodologias doProEMI/Jovem de Futuro se relacionam e podem facilitar grandemente a elaboração doPlano de Ação escolar.Com este Guia, você verá que a utilização das Metodologias Jovem de Futuro pode servaliosa para tornar as aulas ainda mais interessantes e fazer com que os alunos participeme aprendam de maneira prazerosa e criativa.1. Para mais informações consulte: Pesquisa “O impacto do desempenho no Ensino Fundamental napermanêncianoEnsinoMédio”realizadaem2010,pelaFundace-FundaçãoparaaPesquisaeDesenvolvimentoda Administração, Contabilidade e Economia, e a Publicação Relatórios de Pesquisa “A crise de audiência noEnsino Médio”, realizada pelo Instituto Unibanco, e Todos pela Educação em 2010.3GUIA METODOLOGIA_2.indd 5 06/03/2013 18:09:09
  6. 6. 2. Conceito de Metodologias Jovem de FuturoAs Metodologias Jovem de Futuro são ferramentas elaboradas a partir de necessidadesdetectadas no ambiente escolar e sua finalidade é contribuir para uma Gestão Escolarvoltada pra Resultados.A proposta é que essas ferramentas sejam utilizadas de modo a fomentar e corrigir açõese práticas que estejam inseridas no ambiente escolar. Por exemplo, a melhora da práticapedagógica causa impactos nos níveis de aprendizagem e reflete de modo significativo emíndices como o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica)2.Assim podemos dizer que as Metodologias Jovem de Futuro (Metodologias Pedagógicas ede Mobilização e Articulação) são um conjunto de ferramentas que, associadas aosmacrocampos, podem ser utilizadas de acordo com as necessidades encontradas, a partirde um diagnóstico elaborado pela escola.A utilização pode ter como foco fomentar, corrigir, articular ou potencializar:• Fomentar – ações, projetos e trabalhos de forma interdisciplinar;• Corrigir – dificuldades e fragilidades específicas encontradas no ambiente escolar;• Articular – comunidade escolar interna ou externa, visando à sustentabilidade e obtenção de Resultados;• Potencializar – Ações já existentes da escola.Portanto, para que a utilização dessas atividades ocorra de maneira adequada, é essencialconhecer os conceitos e as propostas das Metodologias, conforme descrição a seguir.2. Para mais informações, consulte: ideb.inep.gov.brCorrigirFomentarArticular. Agente Jovem. Entre Jovens. Valor do Amanhã na Educação. Jovem Cientista. Introdução ao Mundo do Trabalho. Entendendo o Meio Ambiente Urbano. Superação na Escola. Campanha Estudar Vale a Pena. Fundos Concursáveis. Sistemas de Reconhecimento. MonitoriaMétodos deMobilização eArticulaçãoMetodologiasPedagógicas4PotencializarGUIA METODOLOGIA_2.indd 6 06/03/2013 18:09:09
  7. 7. 2.1. Metodologias PedagógicasAs Metodologias Pedagógicas são sugestões de atividades que contribuem para o processode ensino-aprendizagem. Por meio dos materiais desenvolvidos, o educador tem acesso arecursos didáticos, que podem ser utilizados em sua prática diária e permitem diferentesações educativas.2.2. Metodologias de Mobilização e ArticulaçãoAs Metodologias de Mobilização e Articulação são ferramentas para o Grupo Gestor que,se utilizadas de modo estratégico, contribuem para a realização de ações que fomentam aparticipação comunitária e fortalecem as relações com o entorno.5GUIA METODOLOGIA_2.indd 7 06/03/2013 18:09:09
  8. 8. 3. Descrição das Metodologias Jovem de Futuro3.1 Conheça, nos quadros abaixo, as Metodologias Pedagógicas:Entre JovensMetodologia que busca resgatar os conteúdos, competências e habilidades emMatemática e Língua Portuguesa do Ensino Fundamental e Médio que osalunos não aprenderam na fase adequada.• Preencher lacunas de aprendizagem nas disciplinas de matemática e língua portuguesa;• Desenvolver habilidade de raciocínio lógico, compreensão, leitura e escrita de texto aumentando as chances de aprovação escolar;• Garantir a base necessária para o avanço satisfatório dos jovens no Ensino Médio.Oficinas dinâmicas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática,utilizando música, poesia, quadrinhos, filmes, dentre outros recursos contidosnos guias didáticos. As atividades realizadas em sala de aula, inseridas dagrade horária ou como atividade complementar, ajudam a desenvolver nosalunos múltiplas competências, como: capacidade de interpretação de textos,de relacionar diferentes contextos, resolver equações, problemas de lógica eporcentagem, geometria, dentre outros.• Melhoria nas habilidades de Língua Portuguesa e Matemática;• Aumento nos índices de aprovação;• Aula mais atrativa para o aluno, pois ele começa a entender o que está sendo ensinado e começa a ter sucesso na escola;• Melhoria na autoestima do aluno;• Incentiva a relação de proximidade aluno-professor, estimulando o esclarecimento de dúvidas.Alunos do ensino médio (1º e 3º ano/série).Professores ou licenciandos de Língua Portuguesa e Matemática.Passo a passo para implantação, Guia do Tutor 1º e 3º ano/série (LínguaPortuguesa e Matemática) e Guia do Aluno 1º e 3º ano/série (LínguaPortuguesa e Matemática).A escola pode utilizar sala de aula ou sala de estudos/biblioteca para as oficinas,no turno ou contra turno, conforme a opção e disponibilidade da escola.Formação disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/MetodologiaPedagógicaO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?Material didáticoLocal/EspaçoFormação parautilização6GUIA METODOLOGIA_2.indd 8 06/03/2013 18:09:10
  9. 9. MetodologiaPedagógicaO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?Material didáticoLocal/EspaçoFormação parautilizaçãoAgente JovemMetodologia que apresenta ao professor um passo a passo dos módulos deformação de Agentes Jovens, com enfoque em processos de mobilização,pesquisa, planejamento de ações e comunicação (produção de jornal mural,criação de blogs e outras mídias sociais, montagem de rádio escolar, etc.), demodo a promover atitudes de corresponsabilidade dos alunos na melhoria daeducação.Contribuir para aumentar os índices de frequência e desempenho, mobilizandoe fortalecendo a participação dos alunos no ambiente escolar.Professores formados na aplicação da metodologia realizam encontrosdinâmicos e estimulantes com os representantes de turma com foco na formaçãoem Pesquisa, Planejamento, Comunicação e Mobilização Social desses jovenspreparando-os para serem lideres e atuarem no ambiente escolar.• Desenvolvimento de habilidades pessoais e profissionais, como: liderança, diálogo, convivência, protagonismo juvenil e a responsabilidade com o ambiente escolar;• Alunos representantes de turma como parceiros do Grupo Gestor;• Grupo Gestor estabelece um canal de comunicação e mobilização eficaz com os alunos da escola, por meio dos agentes jovens;• Escola mais acolhedora com alunos mais atuantes e participativos.Alunos do Ensino Médio.Professor de qualquer disciplina.Manual de Educadores para a Formação de Agentes Jovens, Revista do Fórumde Agentes Jovens e tabuleiro de jogos.A escola pode utilizar a sala do grêmio ou uma sala de aula para as reuniõessemanais e atividades desenvolvidas pelos Agentes Jovens.Formação disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/7GUIA METODOLOGIA_2.indd 9 06/03/2013 18:09:10
  10. 10. 3. Descrição das Metodologias Jovem de FuturoMetodologiaPedagógicaO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?Material didáticoLocal/EspaçoFormação parautilizaçãoValor do Amanhã na EducaçãoMetodologia que estimula o jovem a pensar no seu futuro e no seu papel comocidadão.Permitir que o jovem reflita sobre as perspectivas de futuro e se torneresponsável pelas escolhas que faz, a partir de suas próprias conclusões.Por meio de um trabalho interdisciplinar e uso de materiais que integram um kit,como: livros, vídeos, cartazes, serão trabalhados os temas: saúde, ecologia,juventude, projeto de vida, uso consciente dos recursos naturais e financeiros;o que permite ao professor integrar as ações propostas em suas aulas, demodo livre e criativo.• Aulas lúdicas e dinâmicas, que ajudam o aluno refletir sobre questões como futuro, escolhas individuais e suas consequências;• Escola mais acolhedora e alunos mais atuantes e participativos;• Clima escolar mais agradável e convidativo.Alunos do Ensino Médio.Professores de qualquer disciplina.Unidades de Estudo 1-5 e 6-10, Caderno do Educador, Caderno de Aplicações,Cartazes, 2 DVDs: Unidades 1-5 e Unidades 6-10 e jogo online.Não existe demanda de material e/ou local específico para a realização dasatividades propostas nesta metodologia. A escola pode escolher conforme suadisponibilidade.Formação disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/8GUIA METODOLOGIA_2.indd 10 06/03/2013 18:09:10
  11. 11. MetodologiaPedagógicaO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?Material didáticoLocal/EspaçoFormação parautilizaçãoJovem CientistaMetodologia que permite ao professor estimular seus alunos na busca doconhecimento, a partir de pesquisas científicas, além de possibilitar um trabalhointerdisciplinar.Estimula o jovem a ampliar seus conhecimentos, possibilitando a iniciação evivência no método científico e pesquisa.Projetos interdisciplinares entre as disciplinas de Física, Química, Biologia,Matemática e Língua Portuguesa, estimulando o aluno a fazer pesquisas eexperimentos que despertam a reflexão sobre acontecimentos do cotidiano esua ligação com temas tratados em sala de aula.• Melhoria da prática pedagógica, com integração dos conteúdos exigidos pelo ENEM;• Troca de conhecimento entre professores e alunos;• Aumento do envolvimento do estudante com a escola;• Relação entre conteúdos das aulas e eventos simples do seu dia a dia.Alunos do Ensino Médio e professores das disciplinas de Física, Química,Biologia, Matemática e Língua Portuguesa.Professores das disciplinas de Lingua Portuguesa, Matemática, Física, Químicae Biologia. No mínimo 03 (três) professores dessas disciplinas devemcompartilhar a mesma turma (para possibilitar o trabalho interdisciplinar).Caderno de Implantação da Metodologia e jogo online.A escola pode utilizar laboratório de Química/Biologia e sala Informática se tiverdisponível, ou adaptar a própria sala de aula.Formação disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/9GUIA METODOLOGIA_2.indd 11 06/03/2013 18:09:10
  12. 12. 3. Descrição das Metodologias Jovem de FuturoMetodologiaPedagógicaO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?Material didáticoLocal/EspaçoFormação parautilizaçãoIntrodução ao Mundo do TrabalhoContribui para que os alunos, ainda na escola, adquiram uma visão ampla domundo do trabalho e reflitam sobre sua inserção profissional de modo maisqualificado.Para que a escola atue no importante papel de formação do aluno para omercado de trabalho, proporcionando as condições de reflexão sobre seufuturo profissional, autoconhecimento e as melhores maneiras de se prepararpara futuras oportunidades profissionais.Por meio de aulas programadas para desenvolver habilidades e competênciasque serão essenciais para a sua permanência no mercado de trabalho, como:postura no local de trabalho, atuação em grupo, respeito às diferenças,conhecimento de suas próprias habilidades, necessidades e desejos,comportamento financeiro, ou seja, questões ligadas ao seu papel comocidadão.• Possibilita o autoconhecimento;• Amplia conhecimentos sobre cidadania;• Exercita a preparação para a entrada no mercado de trabalho dentro do ambiente escolar;• Permite a reflexão sobre desejos e viabilização de projetos de vida, a partir de atitudes responsáveis;• Promove maior envolvimento com as atividades escolares;• Permite a troca de experiências entre alunos e professores;• Trabalha com tema de grande interesse para os alunos do Ensino Médio.Alunos do Ensino Médio.Professores de qualquer disciplina.Livro do Professor, Volumes I e II, Livro do Aluno e jogo online.Não existe demanda de material e/ou local específico para a realização dasatividades propostas nesta metodologia. A escola pode escolher conforme suadisponibilidade.Formação disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/10GUIA METODOLOGIA_2.indd 12 06/03/2013 18:09:10
  13. 13. MetodologiaPedagógicaO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?Material didáticoLocal/EspaçoFormação parautilizaçãoEntendendo o Meio Ambiente UrbanoMetodologia que promove a educação ambiental, a partir do estudo desituações do cotidiano do meio urbano.Permite a reflexão, investigação e atuação nas causas dos problemas queafetam o meio ambiente. Estimula o desenvolvimento de ações de prevenção aessas questões.Os professores desafiam os alunos a criar propostas de intervenção paraminimizar problemas ambientais, de acordo com seu contexto. Realizandopesquisas de campo para mapear problemas nas proximidades onde vivem,nos seguintes temas: água, resíduos sólidos, energia e áreas verdes.• Estímulo à reflexão, por meio de pesquisa, interpretação de dados; melhoria da capacidade de concentração e análise de textos;• Estimula o sentimento de pertencimento à escola e à comunidade em que vive;• Permite um rico trabalho interdisciplinar com temas transversais relacionados ao meio ambiente, ética, cidadania e sustentabilidade.Alunos do Ensino Médio.Professores de qualquer disciplina.Caderno do Professor, Caderno do aluno e jogo online.Não existe demanda de material e/ou local específico para a realização dasatividades propostas nesta metodologia. A escola pode escolher conforme suadisponibilidade.Formação disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/11GUIA METODOLOGIA_2.indd 13 06/03/2013 18:09:10
  14. 14. 3. Descrição das Metodologias Jovem de Futuro3.2 Conheça, nos quadros abaixo, as Metodologias de Mobilização e Articulação:Metodologia deMobilização e ArticulaçãoO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?MaterialLocal/EspaçoFormação paraaplicaçãoSuperAção na EscolaMetodologia que mobiliza toda a comunidade escolar, promove reflexão sobrequestões de interesse coletivo, além de promover melhorias na infraestruturada escola.Estimular o sentimento de pertencer, cuidar e cultivar o espaço escolar.Envolver e integrar a comunidade escolar com o seu entorno.Realização de um Evento comunitário, a partir da identificação prévia denecessidades da escola e planejamento das ações necessárias, envolvendoalunos, professores, diretores, pais, responsáveis, comunidade e comércio doentorno.Em um sábado (previamente definido) ocorrem mutirões para limpeza dassalas, pintura da quadra, plantio de árvores, coleta de lixo, consertos elétricos ehidráulicos, doações de alimentos e roupas, posteriormente repassadas paraentidades assistenciais. Além de atividades culturais (dança, teatro, música),atividades cívicas (tirar documentos, corte de cabelo, doação de sangue,assistência jurídica e odontológica), etc. A ação é anual e aborda os seguintestemas: Melhoramento, Meio Ambiente, Esporte e Cultura.• Melhoria na infraestrutura da escola, tornando o espaço mais atraente para o jovem;• Estimula o senso de trabalho em equipe;• Amplia a conscientização sobre o valor do meio ambiente, do esporte e da cultura;• Promove a integração escola/comunidade.Toda a comunidade escolar.Grupo Gestor, Professores e Agentes Jovens.Caderno digital, disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) de Implan-tação, com sugestões de atividades, planejamento e forma de aplicação prática.Os espaços necessários podem variar conforme as atividades escolhidas pelaescola.Formação disponível para o Grupo Gestor no Ambiente Virtual deAprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/12GUIA METODOLOGIA_2.indd 14 06/03/2013 18:09:10
  15. 15. Metodologia deMobilização e ArticulaçãoO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?MaterialLocal/EspaçoFormação paraaplicaçãoMonitoriaMetodologia que estimula a participação de alunos em atividades de monitoria.Desse modo, propõe identificar alunos com habilidades e condição para auxiliaroutros em dificuldade de aprendizagem ou para oferecer apoio em diferentesáreas da escola como, por exemplo, biblioteca, laboratório de informática,atividades culturais no intervalo, etc.Estimular os alunos a melhorar seu desempenho, continuar os estudos edesenvolver senso de responsabilidade, que é necessário para o mercado detrabalho, além de promover a integração do grupo.A escola deve inicialmente identificar suas necessidades e estabelecer qualserá a o objetivo da monitoria; realizar um processo de seleção de monitores;divulgar os selecionados; planejar as atividades e acompanhar continuamenteo monitor por meio de um professor orientador. Sugere-se duração de 03 (três)meses para cada grupo de monitores.• Estimula o protagonismo juvenil;• Desenvolve senso de organização e responsabilidade no jovem;• Promove integração com o ambiente escolar.Alunos do Ensino Médio.Alunos do Ensino Médio, com acompanhamento de professor de qualquerdisciplina e de acordo com o objetivo da monitoria escolhido pela escola.Caderno digital, disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) de Implan-tação, com sugestões de atividades, planejamento e forma de aplicação prática.Após escolha do objetivo da monitoria, a escola poderá identificar quais são osambientes que estão disponíveis e atendem às necessidades detectadas noplano de monitoria. Por exemplo: sala de estudo/biblioteca, laboratório deQuímica/Biologia, pátios, nos intervalos/recreio, e sala de aula.Formação disponível para o Grupo Gestor no Ambiente Virtual deAprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/13GUIA METODOLOGIA_2.indd 15 06/03/2013 18:09:10
  16. 16. 3. Descrição das Metodologias Jovem de FuturoMetodologia deMobilização e ArticulaçãoO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?MaterialLocal/EspaçoFormaçãopara aplicaçãoCampanha Estudar a Vale a PenaGrande campanha de mobilização na escola para reforçar a importância deconcluir os estudos.Combater a evasão/abandono escolarAs escolas são estimuladas a desenvolver um conjunto de atividades à suaescolha, como eventos, jogos, programas lúdicos, com o intuito de promoverum amplo debate sobre o tema. As ações podem ser desenvolvidas em sala deaula, integradas ao currículo, em turno complementar ou envolvendo toda acomunidade da escola.• Mais envolvimento dos alunos com a escola e aumento do sentimento de pertencimento;• Melhoria do clima escolar;• Resgatar, em toda a comunidade escolar, a importância da educação e do valor da escola;• Aumento dos índices de frequência de alunos e professores.Alunos do Ensino Médio.Grupo Gestor, Professores de qualquer disciplina e Agentes Jovens.Caderno digital, disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) de Implan-tação, com sugestões de atividades, planejamento e forma de aplicação prática.Não existe demanda de material e/ou local específico para a realização dasatividades propostas nesta metodologia. A escola pode escolher conforme suadisponibilidade e planejamento.Formação disponível para o Grupo Gestor no Ambiente Virtual deAprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/14GUIA METODOLOGIA_2.indd 16 06/03/2013 18:09:10
  17. 17. Metodologia deMobilização e ArticulaçãoO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?MaterialLocal/EspaçoFormaçãopara aplicaçãoFundos ConcursáveisMétodo que viabiliza, por meio de concurso, projetos elaborados por professorese alunos. Professores e alunos podem apresentar projetos multidisciplinares quecontribuam para a melhoria do desempenho e da frequência escolar.Permitir que professores e alunos participem de maneira ativa nas melhoriasque consideram importantes e percebam sua efetiva contribuição paramudanças possíveis dentro da escola.Por meio de concursos, abertos em duas modalidades: propostas de alunos epropostas de docentes. Editais definem todo o regulamento, apontando tema,critérios de avaliação, etc. Professores e alunos são orientados sobre comoelaborar projetos. Uma comissão julgadora avalia e seleciona as propostas.• Valorização de docentes e estudantes e sua capacidade de participação e transformação no ambiente escolar;• Estimulo à criatividade e ao conhecimento sobre elaboração de projetos;• Reforço ao sentimento de pertencer e de corresponsabilidade com a escola;• Desenvolvimento de ações para a melhoria do desempenho escolar e permanência dos alunos na escola;• Fomento de trabalhos que estimulam a multidisciplinaridade nas atividades pedagógicas, ganhando novas perspectivas de aprendizado.Alunos do Ensino Médio e Professores de qualquer disciplina.Grupo Gestor.Caderno digital, disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) de Implan-tação, com sugestões de atividades, planejamento e forma de aplicação prática.Não existe demanda de material e/ou local específico para a realização dasatividades propostas nesta metodologia. A escola pode escolher conforme suadisponibilidade/projeto.Formação disponível para o Grupo Gestor no Ambiente Virtual deAprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/15GUIA METODOLOGIA_2.indd 17 06/03/2013 18:09:10
  18. 18. 3. Descrição das Metodologias Jovem de FuturoMetodologia deMobilização e ArticulaçãoO que é?Para quê?Proposta de açãoBenefíciosPara quem?Quem aplica?MaterialLocal/EspaçoFormaçãopara aplicaçãoSistema de ReconhecimentoEstratégia de reconhecimento, que estimula, integra e mobiliza a participaçãoda comunidade escolar em torno de boas práticas desenvolvidas na escola, poralunos, funcionários e professores.Ampliar e estimular a participação de toda a comunidade escolar para o bomdesenvolvimento do ProEMI/Jovem de Futuro.Premiação definida e orientada por edital, em que cada escola define seu própriosistema interno de reconhecimento por meio de práticas exemplares. Oreconhecimento pode ocorrer monitoramento de frequência (professores ealunos), realização de projetos (professores) ou compromisso com a vida escolar,bom desempenho em avaliações e participação ativa nos projetos (alunos).• Comunidade escolar mais participativa e engajada com os objetivos do ProEMI/Jovem de Futuro;• Estímulo ao aumento da frequência de alunos e professores na escola.Alunos do Ensino Médio, professores e funcionários.Grupo Gestor.Caderno digital, disponível no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) de Implan-tação com sugestões de atividades, planejamento e forma de aplicação prática.Não existe demanda de material e/ou local específico para a realização dasatividades propostas nesta metodologia. A escola pode escolher conforme suadisponibilidade ou necessidade.Formação disponível para o Grupo Gestor no Ambiente Virtual deAprendizagem – AVAhttp://portalinstitutounibanco.org.br/16GUIA METODOLOGIA_2.indd 18 06/03/2013 18:09:10
  19. 19. 174. Percurso de Aplicação das MetodologiasA escola precisa ter um Grupo Gestor atuante, com representatividade dos diversos atores(direção, coordenação, professores, pais e alunos). Desse modo é possível definir umcaminho, um Percurso de Aplicação das Metodologias (Metodologias Pedagógicas e deMobilização e Articulação), que apoiarão as escolas a melhorar seus resultados.DEFINIÇÃO DO PERCURSO1. Terreno:Necessidades eespecificidades decada escola:Que escola é essa?Do que precisamos?Como elaborar umplano de ação queatenda às nossasnecessidades?2. Partida:Foco de cada ano doprojeto: implantação,prática pedagógica esustentabilidade.Quais metodologiaspodem ser aplicadasem nossa escola?Como acompanhar emonitorar odesenvolvimentodessas ações?3. Chegada:Os resultadosesperados nos trêseixos do programa(alunos, professor egestão).O PRC da escola foidesenvolvido?As escolhas forambem sucedidas?GUIA METODOLOGIA_2.indd 19 06/03/2013 18:09:10
  20. 20. COMO COLOCAR EM PRÁTICA O PERCURSO:18A escola definirá umtema?DiagnósticoBaixodesempenho/ReprovaçãoDesinteressedos alunosMacrocamposDiretrizesQuais macrocamposcontemplam asdiretrizes?Organizar e implantar canais para a participação eenvolvimento dos jovens no ambiente escolar.Promover atividades diversificadas de reflexãosobre o futuro e projeto de vida.MetodologiasJovem deFuturoResultadosAçãoQuais ferramentaspodem auxiliar a escola?Quais açõescontemplam diretrizes,macrocampos emetodologiasescolhidas?Todos os resultadosestão contemplados noPlano de Ação?Quais as causas dobaixo desempenhoe/ou desinteresse?GUIA METODOLOGIA_2.indd 20 06/03/2013 18:09:11
  21. 21. 19Exemplo 1De acordo com o exemplo abaixo, podemos observar que a escola pode, a partir dos seusdiagnóstico e diretrizes, definir seu percurso de aplicação das metodologias.DIAGNÓSTICO:Desinteresse dos alunos, baixa frequência de professores e drogas na escola.DIRETRIZES:Implantar canais para participação e envolvimento dos jovens no ambiente escolar. Promover atividades demobilização e incentivo para maior participação do grupo docente. Promover atividades diversificadas de reflexãosobre o futuro, projeto de vida.MACROCAMPOSLeitura e LetramentoProdução efruição das artesIniciação Científicae PesquisaMETODOLOGIAS JOVEM DE FUTURO. Entre Jovens. Valor do Amanhã na Educação. Atividades já desenvolvidas na escola.. Agente jovem. SuperAção na escola. Atividades já desenvolvidas na escola.. Jovem Cientista. Monitoria. Atividades já desenvolvidas na escola.EfetivosEscolhidosRESULTADOSR1R2R3R4R5R6GUIA METODOLOGIA_2.indd 21 06/03/2013 18:09:11
  22. 22. Exemplo 2De acordo com exemplo abaixo, podemos observar que a escola pode escolher um temae subtemas para cada ano/série e definir seu percurso de aplicação das metodologias.10AnoSubtemaMacrocampoAçãoMetodologiasResultados20AnoSubtemaMacrocampoAçãoMetodologiasResultados30AnoSubtemaMacrocampoAçãoMetodologiasResultadosTEMA 2013:Diagnóstico:Diretrizes:10Ano/EMSubtema: A escola e suas memórias.Macrocampos: Leitura e Letramento /Iniciação Científica e Pesquisa /Comunicação, cultura digital e uso demidias.Metodologias Pedagógicas: Valor doAmanhã na Educação / Entre jovens.Ação: Pesquisa sobre a memória daescola, entrevista com ex-alunos paraa criação de um blog.Resultados: R2, R4.20Ano/EMSubtema: A escola e a minhacomunidade.Macrocampos: Participação estudantil /Leitura e Letramento / IniciaçãoCientífica e Pesquisa / Produção efruição das artes.Metodologias Pedagógicas:Entendendo o Meio Ambiente Urbano /Valor do Amanhã na Educação /Introdução ao Mundo do Trabalho.Ação: Passeios e pesquisa para oconhecimento da comunidade,palestras e exposição sobre o tema.Resultados: R1, R2, R4.30Ano/EMSubtema: A escola formando o cidadão.Macrocampos: Produção e fruição dasartes / Comunicação, cultura digital euso de midias / Participação Estudantil.Metodologias Pedagógicas: Valor doAmanhã na Educação / Introdução aoMundo do Trabalho.Ação: Criação de uma rádiocomunitária, com participação dosmoradores, funcionários da escola econvidados.Resultados: R1, R2, R4.TEMA: OS 40 ANOS DA ESCOLA - 2013Diagnóstico: baixo rendimento dos alunos, melhora das práticas pedagógicas e violência na comunidade.Diretrizes: trabalhar com projetos e pesquisas a partir do contexto de vida dos alunos. Desenvolver ações paraparticipação e envolvimento dos pais nas atividades da escola como forma de se sentirem importantes e bem-vindosna escola dos filhos.20Tema para oano corrente.Ano/série.GUIA METODOLOGIA_2.indd 22 06/03/2013 18:09:11
  23. 23. 215. Formas de AdesãoA adesão às Metodologias Jovem de Futuro acontece em duas etapas: • Formalização no Plano de Ação da escola; • Formação virtual para participantes do projeto.5.1. Adesão Metodologias Jovem de FuturoComo aderir às Metodologias Jovem de Futuro?Para formalizar a adesão, tanto a uma Metodologia Pedagógica, quanto às de Mobilizaçãoe Articulação, a escola deve inserir esta atividade no seu Plano de Ação. A partir daí, aescola terá acesso a cursos virtuais sobre as Metodologias escolhidas.Como será a inscrição no ambiente virtual?O processo de inscrição para os cursos virtuais das Metodologias Jovem de Futuro ocorrerávia Sistema de Gestão de Projetos (SGP).5.2. Formação Virtual Metodologias Jovem de FuturoComo será a formação sobre as Metodologias Pedagógicas?As Metodologias Pedagógicas pressupõem a formação virtual dosprofessores das escolas que irão implantá-las.O trio do grupo gestor (por escola) e supervisores terão acessoaos conteúdos em formato virtual por meio de Bloco Informativo ,com a síntese da metodologia e os materiais complementaresem PDF.Além disso, recomendamos que uma pessoa do trio gestor seja designada para fazer ocurso virtual da metodologia completa.Como será a formação sobre as Metodologias de Mobilização e Articulação?As Metodologias de Mobilização e Articulação estarão disponíveis em formato virtual pormeio de Bloco Informativo, com a síntese da metodologia e os materiais complementaresem PDF para supervisores e trio gestor das escolas que participarão do curso GestãoEscolar para Resultados.O Bloco Informativoconsiste em uma sala deaula virtual contendo oresumo dasmetodologias, osmateriais de aplicaçãodelas, e um espaço parao esclarecimento dedúvidas.Trabalharemos com doisblocos: um para asMetodologiasPedagógicas e outro paraas Metodologias deMobilização eArticulação.GUIA METODOLOGIA_2.indd 23 06/03/2013 18:09:11
  24. 24. 225.3. Número de vagas nos cursos das Metodologias Jovem de Futuro por escolaEstarão disponíveis três vagas para professores por escola para os cursos completos dasMetodologias Pedagógicas. Além disso, mais uma vaga para o curso completo para o GrupoGestor.Cada professor poderá estar inscrito em, no máximo, dois cursos de MetodologiasPedagógicas.Estarão disponíveis três vagas para o Grupo Gestor da escola para o bloco informativovirtual das Metodologias Jovem de Futuro.5.4. Número de Metodologias Jovem de Futuro por escolaCada escola deverá escolher por ano no mínimo cinco e no máximo sete MetodologiasJovem de Futuro. Essa combinação de metodologias integradas pode ajudarconsideravelmente no alcance de resultados do ProEMI/Jovem de Futuro.5.5. Distribuição de materiais das Metodologias por Escola:A escola receberá os materiais didáticos impressos somente das MetodologiasPedagógicas correspondentes à sua escolha, de acordo com as informações queconstarem no seu Plano de Ação anual3.As Metodologias de Mobilização e Articulação serão disponibilizadas por meio digital, noambiente virtual de aprendizagem (AVA).5.6. Inserção nos Sistemas – SGP e SIMEC3. As escolas que já receberam material didático impresso das Metodologias Pedagógicas não receberão novamente, caso escolham amesma Metodologia.1º Passo:Preencher as Metodologiasescolhidas no SPG (Sistema deGestão de Projetos) a ferramentaintegrante do ProEMI/Jovem deFuturo para o planejamento emonitoramento das ações.Depois de feito o registro no SGP,é possível identificar as açõesque necessitam de recursosfinanceiros, de custeio e decapital para preencher o Projetode Redesenho Curricular - PRC.2º Passo:Preencher o Projeto deRedesenho Curricular (PRC) noSIMEC, indicando as áreas doconhecimento e a descrição dasatividades que constam no Planode Ação da Escola e necessitamde recursos financeiros.GUIA METODOLOGIA_2.indd 24 06/03/2013 18:09:11
  25. 25. QUADRO RESUMO METODOLOGIAS JOVEM DE FUTUROMETODOLOGIASPEDAGÓGICASSuperAção na EscolaMonitoriaFundos ConcursáveisSistema deReconhecimentoCampanha EstudarVale a PenaMobilizar a comunidade escolar em torno de um objetivo comum.Dar responsabilidade ao jovem e simultaneamente auxiliar a escola emalgumas tarefas/necessidades.Estimular a elaboração de projetos e práticas pedagógicas diversificadas.Reconhecer e dar visibilidade a desempenho, resultados e práticaspedagógicas diferenciadas.Gerar um sentimento coletivo de valorização dos estudos e combate àevasão escolar.Resgatar a base necessária (competências e habilidades) em LínguaPortuguesa e Matemática para avanço no Ensino Médio.Despertar a consciência comunitária e promover o protagonismo juvenil.Despertar a perspectiva de futuro e incentivar a criação de projeto de vida.Estimular projetos pedagógicos interdisciplinares e conhecimentosbaseados na descoberta.Conscientizar sobre a responsabilidade ambiental na prática.Desenvolver competências e habilidades necessárias para o campoprofissional.IDEIA CENTRALEntre JovensAgente jovemValor do Amanhã naEducaçãoJovem CientistaEntendendo o MeioAmbiente urbanoIntrodução ao Mundodo TrabalhoMETODOLOGIASDE MOBILIZAÇÂOE ARTICULAÇÃO6. Anexo23GUIA METODOLOGIA_2.indd 25 06/03/2013 18:09:11
  26. 26. Expediente Instituto UnibancoPresidentePedro Moreira SallesVice-PresidentePedro Sampaio MalanConselheirosAntonio MatiasCláudio de Moura CastroCláudio Luiz da Silva HaddadMarcos de Barros LisboaRicardo Paes de BarrosTomas Tomislav Antonin ZinnerThomaz Souto Corrêa NettoWanda EngelDiretoria ExecutivaFernando Marsella Chacon RuizGabriel Amado de MouraJânio GomesJosé Castro Araujo RudgeLeila Cristiane B. B. de MeloLuis Antônio RodriguesMarcelo Luis OrticelliSuperintendência ExecutivaRicardo Henriques24GUIA METODOLOGIA_2.indd 26 06/03/2013 18:09:11

×