EDUCAÇÃO NO JAPÃO:<br />Panorama atual<br />Professora Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque<br />
Estrutura da educação no Japão<br />Educação Infantil (kindergarten) – até 5 anos<br />Educação fundamental (Elementary sc...
Situação atual<br />Educação superior – mais de 60%<br />Quantitativamente é excelente : <br />		Oportunidades iguais de e...
Problemas<br />Perda do entusiasmo pelo estudo e trabalho:<br />1969 – 70% queriam continuar estudando até o superior.<br ...
Problemas relatados pelos professores<br />Deteriorização das habilidades acadêmicas<br />Lacuna entre os alunos com mais ...
EDUCAÇÃO PÓS-GUERRA<br />Lei fundamental da educação – 1947 (modelo americano)<br />Sistema 6-3-3-4<br />Educação alcança ...
PROPOSTAS PARA A REFORMA CURRICULAR:<br />Plano para o período de 5 anos<br />Educação livre de pressão<br />Redução de 30...
Alguns pontos interessantes:<br />Formação de professores: estágio pago de 1 ano<br />Formação obrigatória durante um perí...
Report card: fornece aos pais informações sobre o desempenho do aluno a cada 3 meses. <br />Conteúdo: nome, nº de faltas n...
Escola de educação especial(escola modelo)<br />Programa de ensino individual após diagnóstico das crianças (entrevistas c...
Escola de ensino médio superior<br />Curso geral (preparação para a universidade) escolha de matérias optativas – currícul...
Escola ensino médio inferior<br />Classes de 30/35 alunos<br />Professores de apoio<br />1 Reunião mensal por especialidad...
Ficha técnica<br />Relato de experiência de intercâmbiorealizadopor Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasqueem 2004.<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistema educacional do Japão

6.676 visualizações

Publicada em

Breve relato sobre sistema educacional resultante de intercambio no Japão em 2004.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.676
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
186
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
94
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema educacional do Japão

  1. 1. EDUCAÇÃO NO JAPÃO:<br />Panorama atual<br />Professora Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque<br />
  2. 2. Estrutura da educação no Japão<br />Educação Infantil (kindergarten) – até 5 anos<br />Educação fundamental (Elementary school) – 6 a 12 anos<br />Ensino médio inferior (Lower secondary schools) - 12 a 15 anos / ensino obrigatório/<br />Ensino médio superior (Upper secondary schools) – 15 a 18 anos (95,9%<br />Junior Colleges e universidades<br />
  3. 3. Situação atual<br />Educação superior – mais de 60%<br />Quantitativamente é excelente : <br /> Oportunidades iguais de estudo da Educação Infantil ao superior.<br /> Exame internacional - PISA<br />Problemas relatados desde 80<br />A-socialização:maus-tratos entre companheiros, apatia, fobia escolar, falta de concentração, quase autismo, abandono da carreira no ensino médio, hikikomori.<br />
  4. 4. Problemas<br />Perda do entusiasmo pelo estudo e trabalho:<br />1969 – 70% queriam continuar estudando até o superior.<br />2000 – 25% querem continuar estudando. <br />Atualmente: 1 em cada 4 alunos querem continuar estudando.<br />1955 – queriam se esforçar para ter status social.<br />1995- a maioria achava que não valia a pena se esforçar.<br />Jovens que não fazem nada após o ensino obrigatório:<br />15 e 20 anos – 400.000.000<br />15 a 34 anos (20%) – 520.000.000<br />FREETERS ( trabalhadores livres)- condições precárias – 4.170.000<br />
  5. 5. Problemas relatados pelos professores<br />Deteriorização das habilidades acadêmicas<br />Lacuna entre os alunos com mais condições financeiras e aqueles com poucos recursos.<br />
  6. 6. EDUCAÇÃO PÓS-GUERRA<br />Lei fundamental da educação – 1947 (modelo americano)<br />Sistema 6-3-3-4<br />Educação alcança o mesmo nível em qualquer local do país, não importando as condições financeiras de cada município.<br />
  7. 7. PROPOSTAS PARA A REFORMA CURRICULAR:<br />Plano para o período de 5 anos<br />Educação livre de pressão<br />Redução de 30% dos conteúdos disciplinares<br />100 h/ano de classe integral (trancurrículares) <br />Mudar o sistema 6-3-3-4<br />Semana de 5 dias<br />Momento de busca<br />
  8. 8. Alguns pontos interessantes:<br />Formação de professores: estágio pago de 1 ano<br />Formação obrigatória durante um período de férias <br />Tecnologia: disciplina sobre sistema de computação e como meio de aprendizagem.<br />No ensino fundamental, as aulas acontecem quase sempre na mesma sala de aula, mas a partir da 4º ano existem salas de ciências, música, arte, línguas. <br />No ensino médio superior, os estudantes mudam de salas.Disciplinas de história mundial e economia do lar são obrigatórias no Ensino médio superior.<br />Ensino médio: geral/ técnico<br />
  9. 9. Report card: fornece aos pais informações sobre o desempenho do aluno a cada 3 meses. <br />Conteúdo: nome, nº de faltas no período, coluna para contato, registro das disciplinas, registro de comportamento. Avaliação é qualitativa não comparativa.<br />
  10. 10. Escola de educação especial(escola modelo)<br />Programa de ensino individual após diagnóstico das crianças (entrevistas com médicos, nutricionistas, etc)<br />A maior parte das crianças avançam ao E. médio superior.<br />Um professor por aluno<br />Orientação para os pais acompanharem os filhos durante o 1º mês do ano letivo.<br />
  11. 11. Escola de ensino médio superior<br />Curso geral (preparação para a universidade) escolha de matérias optativas – currículo flexível, disciplina obrigatória (seres humanos e sociedade)<br />curso técnico<br />Salas ambientes<br />Excelente disciplina<br />
  12. 12. Escola ensino médio inferior<br />Classes de 30/35 alunos<br />Professores de apoio<br />1 Reunião mensal por especialidade<br />Atividades extra-classes (clubes -0brigatório) – objetivo: concentração e integração<br />Divisão das classes nas aulas de inglês e matemática<br />Inglês: o aluno faz uma prova para verificação do nível (sistema novo)<br />Ênfase no ensino dos direitos humanos<br />Trabalho de voluntariado<br />
  13. 13. Ficha técnica<br />Relato de experiência de intercâmbiorealizadopor Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasqueem 2004.<br />

×