Gravidez na adolescência <br />Trabalho realizado por:<br />Catarina  Oliveira  Nº 4<br />Cátia Santos Nº 5<br />Fátima Co...
O que é a gravidez na adolescência?<br />A gravidez na adolescência envolve muito mais do que problemas físicos, pois há t...
O que é uma gravidez precoce?<br />A gravidez precoce é uma das ocorrências mais preocupantes relacionadas á sexualidade d...
Filhos de mães adolescentes<br />Filhos de adolescentes sofrem mais negligência, tem maior risco de serem adoptados. São i...
O que é o aborto?<br />Aborto é a interrupção da gravidez pela morte do feto ou embrião, junto com os anexos ovulares dura...
O que é o aborto espontâneo?<br />Ocorre quando uma gravidez que parecia estar a desenvolver-se normalmente termina de man...
O que é o aborto iminente?<br />O aborto iminente é uma ameaça de aborto.   <br />A mulher tem um leve sangramento seguido...
O que é o aborto inevitável?<br />O aborto inevitável é quando se tem a dilatação do útero para expulsão do conteúdo segui...
O que é o aborto provocado?<br />Aborto provocado é a interrupção deliberada da gravidez; pela extracção do feto da cavida...
Quais são as consequências de um aborto?<br />As complicações do aborto, variam de acordo com o método empregado. Mas as p...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gravidez na adolescência catarina

3.726 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.726
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gravidez na adolescência catarina

  1. 1. Gravidez na adolescência <br />Trabalho realizado por:<br />Catarina Oliveira Nº 4<br />Cátia Santos Nº 5<br />Fátima Costa Nº 10<br />
  2. 2. O que é a gravidez na adolescência?<br />A gravidez na adolescência envolve muito mais do que problemas físicos, pois há também problemas emocionais, sociais, entre outros. Uma jovem de 14 anos, por exemplo, não está preparada para cuidar de um bebé, muito menos de uma família. Em muitos dos casos as grávidas adolescentes ficam mães solteiras, por serem muito jovens os rapazes e as raparigas não assumem um compromisso sério e na maioria dos casos quando surge a gravidez um dos dois abandona a relação sem se importar com as consequências. Por isso o número de mães jovens e solteiras vem crescendo consideravelmente.<br />
  3. 3. O que é uma gravidez precoce?<br />A gravidez precoce é uma das ocorrências mais preocupantes relacionadas á sexualidade da adolescente, com sérias consequências para a vida dos adolescentes envolvidos, dos seus filhos que nascerão e das suas famílias.<br />A incidência de gravidez na adolescência está a crescer. Lidando com esses números, estima – se que aos 20 anos, 40% das mulheres brancas e 64% das mulheres negras terão experimentado ao menos uma gravidez.<br />Grande maioria dessas adolescentes não tem condições financeiras nem emocionais para assumir a maternidade e, por causa de repressões familiar, muitas delas fogem de casa e quase todas abandonam os estudos.<br />
  4. 4. Filhos de mães adolescentes<br />Filhos de adolescentes sofrem mais negligência, tem maior risco de serem adoptados. São internados em hospitais mais vezes, e sofrem mais acidentes que filhos de adultos.<br /> Eles tem um risco aumentado para ter atraso de desenvolvimento, dificuldades académicas, desordens de comportamento, abuso de drogas, e se tornarem pais adolescentes.<br />
  5. 5. O que é o aborto?<br />Aborto é a interrupção da gravidez pela morte do feto ou embrião, junto com os anexos ovulares durante qualquer momento da etapa que vai desde a fecundação até o momento prévio ao nascimento. <br />O número de curetagens decorrentes de abortos mal feitos em adolescentes aumentam na mesma proporção em que aumentam os casos de gravidez na adolescência .<br />O aborto pode ser classificado em espontâneo ou provocado.<br />
  6. 6. O que é o aborto espontâneo?<br />Ocorre quando uma gravidez que parecia estar a desenvolver-se normalmente termina de maneira involuntária, ou seja, quando a morte é produto de acidente, alguma anomalia ou disfunção não prevista nem desejada pela mãe. O aborto espontâneo também pode ser chamado de aborto involuntário ou "falso parto".<br />Existem dois tipos de aborto espontâneo: o aborto iminente e o inevitável.<br />
  7. 7. O que é o aborto iminente?<br />O aborto iminente é uma ameaça de aborto. <br />A mulher tem um leve sangramento seguido de dores nas costas e outras parecidas com as cólicas menstruais.<br />
  8. 8. O que é o aborto inevitável?<br />O aborto inevitável é quando se tem a dilatação do útero para expulsão do conteúdo seguido de fortes dores e hemorragia. O aborto inevitável é dividido em três tipos: o incompleto que é quando ocorre depois da saída dos coágulos a saída restante do conteúdo e o aborto preso, que é quando o ovo morre, mas não é expelido.<br />
  9. 9. O que é o aborto provocado?<br />Aborto provocado é a interrupção deliberada da gravidez; pela extracção do feto da cavidade uterina de forma doméstica, química ou cirúrgica. Quando se pensa em aborto é esta forma que é conhecida popularmente.<br />
  10. 10. Quais são as consequências de um aborto?<br />As complicações do aborto, variam de acordo com o método empregado. Mas as principais consequências são:<br />Laceração do colo uterino provocada pelo uso de dilatadores;<br />Perfuração do Útero;<br />Perigo de lesão no intestino, na bexiga ou nas trompas;<br />Hemorragias uterinas;<br />Inflamação do endométrio pós-aborto;<br />Evacuação incompleta da cavidade uterina;<br />Necessidade de prolongar a sucção e de fazer uma curetagem imediata;<br />gExtracção total do útero.<br />

×