Evolução e Ecologia de Anfíbios
Acadêmica: Katlin Camila Fernandes
Origem dos Anfíbios
Tetrápodes e a conquista do ambiente terrestre
Principais adaptações ao ambiente
terrestre
• Alterações na caixa craniana e maxila – fusão
dos arcos branquiais;
• Pulmõe...
Outras adaptações
• Perda das brânquias;
• Perda das nadadeiras dorsais;
• Pescoço para permitir os movimentos da
cabeça;
...
Quais os problemas evolutivos que
os anfíbios não conseguiram
resolver no ambiente terrestre?
Tudo resolvido, temos pulmõe...
Origem dos Anfíbios
Origem e Evolução dos Anfíbios
Batrachia ou Lissamphibia
Salientia ou Anura
Origem Monofilética
Vários Caracteres derivado...
Diversidade das ordens atuais
Ordem Urodela ou Caudata
• Salamandras;
• Corpo alongado com patas;
• Locomoção por
movimentos ondulares;
• Terrestres e a...
Ordem Urodela ou Caudata
• Reprodução:
espermatóforo;
• Corte: feromônios
Ordem Urodela ou Caudata
• Salamandra mexicana;
• Regeneração;
• Capacidade de recriar
várias partes do corpo,
várias veze...
Ordem Gymnophiona (Cecílias)
• Ápoda – sem pés;
• Hábitos aquático,
escavadores e
terrestres;
• Locomoção por
movimentos
s...
Ordem Gymnophiona
• Habitam regiões
tropicais;
• Possuem anéis que se
sobrepõe às vértebras,
e aos septos
miotomiais;
• Re...
Ordem anura
Vamos começar com a pergunta mais ouvida
ultimamente...
Qual a diferença entre sapo, rã e perereca?
Ordem Anura
• É a ordem mais diversa de anfíbios;
• Variedade de tamanhos, cores, hábitos;
• Mecanismos de defesa;
• Impor...
Ordem Anura
• Anura – sem cauda;
• Sapos, rãs e pererecas;
• Alimentação: carnívoros;
• Hábitos: terrestres,
arborícolas, ...
Ordem Anura
• Adaptação ao ambiente
terrestre: tegumento;
• Lissamphibia = pele lisa;
• Glândulas no
tegumento;
• Respiraç...
Ordem Anura
• Alimentação;
• Digestão: tubo digestivo
completo e glândulas
anexas;
• Respiração;
• Circulação;
Ordem Anura
• Corte: vocalização
• Canto de corte;
• Canto territorial;
• Canto de reciprocidade;
• Canto de soltura;
• Ca...
Ordem Anura
• Mais de 29 estratégias
reprodutivas!
• A maioria com fertilização
externa e desenvolvimento
indireto;
• Regi...
Obrigada!
Evolução e ecologia de anfíbios
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Evolução e ecologia de anfíbios

747 visualizações

Publicada em

Seminário apresentado em nosso grupo de estudos de animais selvagens, GEAS - UDC Anglo Foz do Iguaçu. Uma breve introdução sobre a evolução do ambiente aquático para o ambiente terrestre e algumas características comportamentais dos anuros.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Evolução e ecologia de anfíbios

  1. 1. Evolução e Ecologia de Anfíbios Acadêmica: Katlin Camila Fernandes
  2. 2. Origem dos Anfíbios Tetrápodes e a conquista do ambiente terrestre
  3. 3. Principais adaptações ao ambiente terrestre • Alterações na caixa craniana e maxila – fusão dos arcos branquiais; • Pulmões – característica ancestral (bexiga natatória); • Membros modificados; • Apêndices fortes com cintura;
  4. 4. Outras adaptações • Perda das brânquias; • Perda das nadadeiras dorsais; • Pescoço para permitir os movimentos da cabeça; • Opérculo formando o tímpano; • Pálpebras e membranas nictitantes; • Glândulas orais para facilitar a digestão; • Membranas embrionárias
  5. 5. Quais os problemas evolutivos que os anfíbios não conseguiram resolver no ambiente terrestre? Tudo resolvido, temos pulmões, temos um esqueleto que sustenta o corpo, temos membros posteriores e inferiores, não temos mais nadadeiras, sistemas circulatório, digestivo, respiratório evoluíram... Mas ainda não somos totalmente terrestres, então o que nós somos?
  6. 6. Origem dos Anfíbios
  7. 7. Origem e Evolução dos Anfíbios Batrachia ou Lissamphibia Salientia ou Anura Origem Monofilética Vários Caracteres derivados compartilhados De todos os caracteres o principal é o tegumento úmido
  8. 8. Diversidade das ordens atuais
  9. 9. Ordem Urodela ou Caudata • Salamandras; • Corpo alongado com patas; • Locomoção por movimentos ondulares; • Terrestres e aquáticas: adulto terrestre com larva aquática, só terrestre ou só aquática e cavernícola; • Tamanhos variados, habitam principalmente o hemisfério norte; • Pedomorfose
  10. 10. Ordem Urodela ou Caudata • Reprodução: espermatóforo; • Corte: feromônios
  11. 11. Ordem Urodela ou Caudata • Salamandra mexicana; • Regeneração; • Capacidade de recriar várias partes do corpo, várias vezes;
  12. 12. Ordem Gymnophiona (Cecílias) • Ápoda – sem pés; • Hábitos aquático, escavadores e terrestres; • Locomoção por movimentos serpentiformes; • Olhos; • Um par de tentáculos protáteis;
  13. 13. Ordem Gymnophiona • Habitam regiões tropicais; • Possuem anéis que se sobrepõe às vértebras, e aos septos miotomiais; • Reprodução por fecundação interna, algumas espécies põe ovos; • Cuidado parental;
  14. 14. Ordem anura Vamos começar com a pergunta mais ouvida ultimamente... Qual a diferença entre sapo, rã e perereca?
  15. 15. Ordem Anura • É a ordem mais diversa de anfíbios; • Variedade de tamanhos, cores, hábitos; • Mecanismos de defesa; • Importância ecológica e econômica;
  16. 16. Ordem Anura • Anura – sem cauda; • Sapos, rãs e pererecas; • Alimentação: carnívoros; • Hábitos: terrestres, arborícolas, aquáticos, cavador, bromelícola; • Locomoção: adaptados ao salto;
  17. 17. Ordem Anura • Adaptação ao ambiente terrestre: tegumento; • Lissamphibia = pele lisa; • Glândulas no tegumento; • Respiração cutãnea; • Toxicidade;
  18. 18. Ordem Anura • Alimentação; • Digestão: tubo digestivo completo e glândulas anexas; • Respiração; • Circulação;
  19. 19. Ordem Anura • Corte: vocalização • Canto de corte; • Canto territorial; • Canto de reciprocidade; • Canto de soltura; • Canto de angustia
  20. 20. Ordem Anura • Mais de 29 estratégias reprodutivas! • A maioria com fertilização externa e desenvolvimento indireto; • Regiões Tropicais é contínua; • Ovos – podem ser postos diretamente na água, em plantas ou em ninhos • Dimorfismo sexual; • Cuidado parental;
  21. 21. Obrigada!

×