As cinco pessoas que habitam dentro do nosso ser

312 visualizações

Publicada em

Existem pessoas que habitam em nosso ser que não conhecemos.
A idéia é colaborar com seu conhecimento e fazer você perceber que devemos aprender ou não sobre nossa pessoa interior e exterior.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
312
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As cinco pessoas que habitam dentro do nosso ser

  1. 1. As Cinco Pessoas que Habitam Dentro do Nosso Ser Papeis que representamos na sociedade. Romanos 7:15-25 (Reflitam sobre o que o Apóstolo Paulo escreveu nessa carta desabafo). “Porque nem mesmo compreendo o meu próprio modo de agir, pois não faço o que prefiro, e sim o que detesto. Ora, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa neste caso, quem faz isto já não sou eu, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne não habita bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porem, o efetuá-lo. Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço. Mas, se eu faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, e sim o pecado que habita em mim. Então, ao querer fazer o bem, encontro a lei de que o mal reside em mim. Porque, no tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo, nos meus membros, outra lei que , guerreando contra a lei da minha mente, me faz prisioneiro da lei do pecado que está nos meus membros. Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte? De maneira que eu, de mim mesmo, com a mente, sou escravo da lei de Deus, mas segundo a carne, da lei do pecado.” Achei muito interessante essa passagem na Bíblia Sagrada. Revela para mim e para voce o quanto nós seres humanos somos sensíveis e diversas vezes cometemos atos insanos sem percebermos. Paulo estava descrevendo a sua experiência e revelando como cometemos sempre os mesmos erros.
  2. 2. “Porque nem mesmo compreendo o meu próprio modo de agir, pois não faço o que prefiro, e sim o que detesto” Quantas vezes me viram cometendo o mesmo ato e modo de agir, ferindo pessoas e me questionando, porque eu fiz isso? São experiências presentes anormais e doentias. Aprendo com esta carta que, enquanto vivermos na terra, todos nós estaremos sujeitos e vivenciando uma grande batalha carnal e espiritual. Todos os dias somos afetados e afetamos a todos que compartilham e residem nesse espaço físico chamado planeta terra, nomeado por Deus. Quer dizer: pagamos um "aluguel para morar e residir na terra". Necessitamos de adquirir MATURIDADE ESPIRITUAL. Romanos 7:14-25 – Esse capítulo escrito pelo Apóstolo Paulo traz a memória e a percepção do grande conflito íntimo e existencial (eu organizado e o eu desorganizado) que habitava nele, revelando para todos nós que vivemos aqui na terra que a nossa carne tenta vencer, mais como seres espirituais podemos ser mais que vencedores em Deus Todos nós construímos uma história, cada história é única. O apóstolo traz conceitos existenciais que cometemos dia-a-dia e não percebemos. Ele confessa nessa CARTA DESABAFO que vê o melhor, mais inclina para o pior. E assim, é a vida de todos os SERES HUMANOS habitantes terrestres. “Porque o que faço; não o aprovo, pois o que quero, isso não faço; mas o que aborreço,isso faço” versículo 15 Essa questão é muito desafiante, estamos sempre lutando para fazer o melhor, o apóstolo está queixoso, pois a carne vela pelo erro, e nós lutamos para expressar os melhores sentimento e na hora “H” falamos e atuamos de maneira negligente. Negligenciamos o Espírito de Deus em nós. Somos criaturas da carne. Enquanto vivermos haverá conflito entre a carne e o espírito, mais existe um caminho para a vitória: Deus que nos liberta para: caminhar, viver, trabalhar, casar, ser pai, ser mãe, ser filho, ser amigo, ser colega, ser profissional, ser vizinhos etc. O coração doente afeta a todos.
  3. 3. REFLEXÃO DAS “PESSOAS” QUE HABITAM EM NÓS! Em nós (interior) habitam pessoas que não conhecemos e diversas vezes aparecem no (exterior), vamos conhecê-la nesse momento: 1º pessoa. Pública (a que se apresenta ou se revela pelo exterior) É a pessoa que todos conhecem pelo exterior, o estereótipo (minha aparência, meu comportamento etc.). Uma parte de mim! Papeis que representamos no dia-a-dia na sociedade. Espaços que freqüentamos reuniões, jantares, diversos gestos corporais, perfume e o profissional. Ex.: professores, médicos, vizinhos. Somos atores em alguns momentos. Lembre-se: A vida não é um teatro. Não podemos viver no caminho do CONDICIONAMENTO. É perigoso! Ex.: Namorado. O namoro esta cada vez mais banalizado. Não existe mais compromisso. Eu olho gosto e fico. Por muitas vezes caminho sem volta. Aparência física não é real e sim virtual. A realidade não está no que se apresenta. Preciso olhar para dentro do indivíduo e perceber quem é como vive a pessoa. Assim, vamos provavelmente evitar diversas a decepção amorosa. Ex.: Achar que o outro é sempre melhor (viver no mundo do imaginário), só porque fala bem, se apresenta com a melhor roupa, é o diretor de uma empresa, é o marido da minha vizinha, é a esposa do meu vizinho, etc. Lembre-se: pessoas não se apresentam para voce como ela é na realidade! 2º pessoa. Privada (só se revela pela família) Sua “realidade” (é a pessoa do interior “exterior” que somente a família conhece). Mãe, pai, irmão, “empregada e/ou colaboradora do lar”. Não se revela para os tios, avós etc.
  4. 4. A família nuclear conhece como essa pessoa acorda, chora, sorri, brinca, o que leva dentro da bolsa, sua vestimenta, gosto pelo perfume, hora de tomar banho, seu bichinho de pelúcia, sua desorganização com as gavetas, suas roupas esquecidas em qualquer canto da casa, suas palavras torpes, seu estado de humor alterado, seus medos internos e externos, suas dificuldades, seus transtornos obsessivos compulsivos-TOC etc. É a pessoa que tem relacionamento íntimo no lar. 3º pessoa. Secreta (se revela a si própria, dona do seu imaginário e pensamento). Os próprios pensamentos internos de uma pessoa são conhecidos somente por ela. É a pessoa do pensamento secreto, se revela a si mesmo. Refugiada, tem uma parte no seu íntimo que não se revela a ninguém. “Se Deus nos permitisse penetrar no pensamento humano, haveria um telão e todos perceberiam o que o outro pensa ou sente, mais Deus é onisciente, onipotente e onipresente, não permitiu o telão da alma do ser humano, só Deus sonda e revela os pensamentos” O pecado que habita no ser humano, não permite a revelação do pensamento humano. A 3º é pessoal, intima e secreta. “Libera Geral no imaginário”. Geralmente, são pessoas rachada dentro de si ou sonhadoras e não idealizadoras. Voce pode guardar seu segredo, mais não pode viver no mundo da imaginação todos os dias. 4º pessoa. Não conhecemos – Perigosa ao extremo. (é a pessoa que habita no nosso interior e que não conhecemos). Construída com diversos traumas, essa pessoa que habita em nós não se revela até que, algum momento ou problema venha desencadear e soterrar com a nossa estrutura humana. Existe uma porção que não tem ética, valores morais e tem dificuldade para aprender e ensinar. Desencadeia diversas patologias (podem chegar a vir a ser psicopata) hoje nós estamos percebendo várias pessoas desenvolvendo psicopatias que não tratadas, serão nossos inimigos ocultos.
  5. 5. Geralmente essas pessoas são geradas no ventre materno ou é genético, pode ser da terceira ou outras gerações passada. É um processo que precisamos compreender e tratar desse indivíduo para que mais tarde não venhamos sofrer por nossos amados. Essa avaliação não serve como MALDIÇÃO FAMILIAR é simplesmente genética ou construída na linha do tempo. No livro de Ezequiel ele desconstrói a crença da maldição hereditária e relata que a responsabilidade é pessoal. “Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá...” (Ezequiel 18:1-32) Deus muda a realidade e a sorte de todos os seres humanos, ele deseja salvar a todos e promover qualidade de vida. Atitudes dessa 4º pessoa: (observação: Precisam de mais de 4 sintomas e necessitam de avaliação com uma equipe multidisciplinar). ü Dependentes químicos (são viciados) ü Ataca a geladeira na madrugada para saciar sua dependência e aliviar seu estresse, ansiedade e angustia ü São manipuladores ü Falta de percepção, julga sem pensar ou ver o que não existe ü Vivem do imaginário, são virtuais constantemente ü São explosivas e iradas ü Falta de valorização para si mesma ou para os outros ü Sonham que matam, tem pesadelos constantes ü Sempre que podem se vestem bem ou se maquilam sempre. ü Podem ser desleixadas
  6. 6. ü Síndrome do narcisismo (olham-se através do espelho com muita admiração) ü Assassinos cruéis ou no momento de dor o assassino aparece (pode acontecer com qualquer pessoa, não significa que é doente emocional mais habita ou não dentro da quarta pessoa no momento de desespero, precisamos ficar alerta!) ü Na sua mente tem: “ratos, monstros, quartos escuros, teias de aranhas, urubus etc. ü Usa a prostituição entre outros recursos ü Fere os sentimentos de outras pessoas sem desejar com as seguintes palavras: Ex.: No enterro: “meus parabéns, quando se deseja expressar pêsames” São pessoas geralmente apáticas, não vibram não se relacionam não expressa sentimentos, são isolados na maioria das vezes. Casamentos soterrados por palavras, injúrias. Amizades perdidas. Geralmente causam conflitos, perturbações e problemas. 5º pessoa. Ela é espiritual. Maturidade (Discerne bem tudo) 1 Coríntios 2:15 “ Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido” Busca a Mente de Cristo. A mente de Cristo é conhecida somente pelo Espírito de Deus. O Espírito de Deus interpreta as coisas espirituais para as pessoas espirituais. Os espirituais são a carta de Deus aberta para todos. Ler 1º Coríntios 15:45-58 Alguns critérios para desenvolver nosso crescimento e vida espiritual:
  7. 7. § Busque o Reino do Céu, a Justiça de Deus, para que todas as coisas sejam acrescentadas sobre sua vida, na hora certa, desenvolvendo sua maturidade espiritual. § Resista à descrença, tenha ânimo, força e coragem perante as tribulações e aflições do mundo. § Renove sua mente todos os dias, para experimentar e conhecer a vontade de Deus que é perfeita § Diga “Não! Ao pecado oculto e promovido § Escolha viver segundo o Espírito. § Modifique suas atitudes e comportamentos carnais. § Reconheça sua adoção como um filho de Deus, chamando-o Pai. A chave do sucesso é: voce e eu reconhecermos que precisamos de Deus e dependemos da presença de Deus em nossas vidas. Jesus é simples, não obriga aos seres humanos recebê-lo e aceita-lo. Entregue sua vida a Jesus, e Ele fortalecerá os desejos seu coração nesse mundo complicado e maravilhoso aos olhos humanos espirituais. Seja feliz e busque a maturidade espiritual. Fecundação Os primeiros registro da matriz de todos os sentimentos de rejeição ou amor é vivido pelo ser humano, tem sua primeira experiência na FECUNDAÇÃO Por isso é necessário que a gestação seja regada de sentimentos de amor e acolhimento. Esse registro será determinante para que a pessoa apresente em sua vida características e comportamentos para toda sua vida.

×