ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO
PRÉ-TEXTO
Capa: Nome da faculdade/ universidade; título do trabalho; nome dos autores; lo...
Delimitação do problema: É imprescindível a delimitação do problema (FACHIN,
2002; FACHIN, 2006). A principio pode parecer...
Conclusão: Fundamentada em deduções lógicas, deve corresponder aos objetivos do
trabalho. Deve ser breve, clara, objetiva,...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parte 2 - Pesquisa de mercado estrutura do trabalho cientifico

837 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parte 2 - Pesquisa de mercado estrutura do trabalho cientifico

  1. 1. ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO PRÉ-TEXTO Capa: Nome da faculdade/ universidade; título do trabalho; nome dos autores; local e ano. Folha de Rosto: O mesmo da capa, acrescentando-se os dizeres - Trabalho apresentado como parte dos requisitos para a disciplina Pesquisa de Mercado – e o nome do professor orientador (Nádia Nunes). Sumário: Enumera as divisões e subdivisões dos capítulos com a numeração das páginas. Lista de Figuras (caso houver): Enumera as figuras presentes no trabalho com a numeração das páginas onde aparecem. Lista de Quadros (caso houver): Enumera os quadros presentes no trabalho com a numeração das páginas onde aparecem. Lista de Tabelas (caso houver): Enumera as tabelas presentes no trabalho com a numeração das páginas onde aparecem. Lista de Gráficos (caso houver): Enumera os gráficos presentes no trabalho com a numeração das páginas onde aparecem. TEXTO Introdução: Contém informações necessárias para que o leitor possa entender de que assunto se trata o trabalho. Deve constar a formulação e delimitação do assunto e os objetivos da pesquisa. Para se auxiliar a elaboração da introdução, deve se responder de forma clara as seguintes perguntas: De que trata o assunto? Qual a situação-problema levantada? Em que se fundamenta o estudo? Qual o objetivo do pesquisador? Deve conter: Justificativa do Tema: Uma breve narração, porém completa, dos aspectos de ordem teórica e prática que se fazem necessários para a realização da pesquisa (FACHIN, 2002). Problema: “É um enunciado interrogativo que questiona sobre a possível relação que possa haver entre (no mínimo) duas variáveis, pertinentes ao objeto de estudo investigado e passível de testagem ou observação empírica” (KÖCHE, 1997,p.108). “É uma questão que pergunta como as variáveis estão relacionadas” (KERLINGER, 1980, p.35). É uma questão sem solução, objeto de muita discussão e estudo (FACHIN, 2002; FACHIN, 2006). A principio não possuem respostas explicativas que surgirão através do desenvolvimento da pesquisa (FACHIN, 2002). O problema pode ser uma idéia nova ou uma curiosidade. Aparece em forma de dúvida (FACHIN, 2006).
  2. 2. Delimitação do problema: É imprescindível a delimitação do problema (FACHIN, 2002; FACHIN, 2006). A principio pode parecer mais fácil trabalhar com o problema de forma geral porém quanto mais delimitado, melhor serão as análises e resultados da pesquisa uma vez que se estabeleça foco para a mesma (FACHIN, 2002; FACHIN, 2006). As delimitações podem ser em relação ao campo e/ou períodos abrangidos (FACHIN, 2002). Exemplo (FACHIN, 2006): Um problema hipotético relacionado com logística, pode conter as seguintes delimitações:  A função da logística na empresa  A logística como fundamento para o comércio  O lugar da logística na empresa  Logística para fins de serviços Objetivos: Indicam o que se pretende conhecer, medir ou provar no decorrer da investigação (FACHIN, 2002). Nesta etapa deve-se demonstrar a relevância do problema e demonstrar a contribuição que se pretende alcançar com a pesquisa (FACHIN, 2002). Devem ser norteados por aspectos que determinem a finalidade da pesquisa como: para quem, o que, onde; e devem conter os aspectos mais significativos como a correlação causa e efeito de determinado problema (FACHIN, 2002). Objetivo Geral – “é um fim que o trabalho se propõe atingir” (FACHIN, 2002, p.113). “É o resultado que se pretende em função da pesquisa” (FACHIN, 2002, p. 113). Indica uma ação ampla do problema (FACHIN, 2002). Objetivos Específicos – descrevem as ações pormenores, aspectos detalhados das raízes que se supõe merecer uma verificação científica (FACHIN, 2002). Metodologia da Pesquisa: Explica-se as metodologias utilizadas. Tipos de pesquisa quanto aos meios:  Pesquisa bibliográfica: utiliza materiais escritos, tentando resolver um problema. Tem por finalidade conhecer as diferentes formas de contribuição científica que se realizaram sobre determinado assunto ou fenômeno. Compreende a consulta a livros e periódicos sobre o assunto (FACHIN, 2002; RAMPAZZO, 1998).  Pesquisa documental: também utiliza materiais escritos, tentando resolver um problema. Podem ser textos e imagens captados por meio da internet ou de outros documentos (manuais de empresa, materiais de comunicação, etc...).  Pesquisa de campo: o pesquisador é observador e explorador coletando os dados no campo. Consiste na observação dos fatos tal como ocorrem naturalmente, na coleta de dados e no registro de variáveis (FACHIN, 2002). Referencial Teórico: Divide-se em capítulos em ordem lógica e compreensível. Apresentação e análise dos dados
  3. 3. Conclusão: Fundamentada em deduções lógicas, deve corresponder aos objetivos do trabalho. Deve ser breve, clara, objetiva, apresentar visão analítica do corpo do trabalho, levando em consideração o problema inicial. Considerações finais: Capítulo com as considerações finais do trabalho bem como sugestões de novas pesquisas. Espaço livre para emitir opiniões sobre os mais diversos aspectos verificados durante a realização do trabalho, podendo-se criticar e/ou sugerir mudanças. Da mesma forma, poderão ser emitidos comentários a respeito do aproveitamento e experiências desenvolvidas e adquiridas durante a realização do trabalho científico. PÓS-TEXTO Referências Bibliográficas: De acordo com as Normas ABNT. Anexo: Material ilustrativo, não produzido pelo autor, somente para argumentação ou comprovação de partes do trabalho. Apêndice: Material desenvolvido pelo autor e utilizado no texto para complementar a argumentação principal do trabalho.

×