Fases de um projeto design ações e críticas

83 visualizações

Publicada em

Ensina as fases de um projeto de arquitetura de interiores.
Passo a passo.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
83
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fases de um projeto design ações e críticas

  1. 1. Paulo O liveira LD Fases de um projeto Publicado em 14 de m arço de 2014 porPaulo Oliveira LD É bastante com um m eus leitores m e escreverperguntando sobre com o é o trabalho de um designer de interiores/am bientes ou lighting designer.Pois bem ,para não ter que ficar escrevendo e reescrevendo a cada novo questionam ento, aqui vai um post explicativo dessasfases. Devo ressaltarque,antes de m ais nada,é preciso um constante trabalho de prospect que é a fase de divulgação de seu nom e profissional/escritório e captação de clientes.Esta pode serfeita de diversasm aneirasque vão desde a distribuição de panfletosaté a utilização de outdoors,m ídias,ter um a vida social ativa,etc. Encontrado o cliente,entram os naa fases de desenvolvim ento do projeto propriam ente dito. Uso com o base o m odelo da Jenny Gibbs, expandindo-o e retraindo-o quando necessário são no total cinco fases que qualquerprojeto envolve.Descrevo-asa seguir. 1. Reunião prelim inar Buscar RSS -Posts RSS -Com entários IN ÍC IO A BO U T & C O N TA C T D .A . PA RC EIRO S PO RTFO LIO A N U N C IE A G EN D E-SE Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 1 de 19 9/12/2015 08:47
  2. 2. É aquela reunião inicial onde você se apresenta ao cliente e vice-versa.Aquirola a apresentação de seu portfolio e onde você tem o prim eiro contato com o cliente.Esta reunião pode serem seu escritório,em algum café,não im porta.Aquinão serão tratados a fundo questões do projeto em si.É a oportunidade onde você irá saber o que o cliente deseja, as dim ensões aproxim adas do projeto,etc. Aquivocê deverá explicar com o é realizado o trabalho de um designer de interiores/am bientes,suas lim itações profissionais e possíveis necessidades durante o projeto (ex.contratação de um engenheiro para derrubar um a parede),a im portância do cliente confiarnasindicaçõesde m ão de obra especificadasporvocê,etc. 2. Brieffi ng do cliente N esta etapa você terá que trabalharem duasfrentes: – Entrevista com o cliente:aquisim entrará a parte m aispuxada do contato com o cliente onde você terá que “extrair” dele toda a problem ática envolvida no projeto.N ão basta saber apenas “o que”ele deseja no projeto m as,especialm ente,o “porque”deste It’sm e!!! Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 2 de 19 9/12/2015 08:47
  3. 3. Parceiros Associações ABD http://prodesignpr.com .br/ http://w w w.abric.org.br /SkyPortal_v1 /default.asp http://w w w.and.org.pt/ http://w w w.iald.org /hom e.asp http://w w w.iida.org/ Blogroll Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 3 de 19 9/12/2015 08:47
  4. 4. 2M odern Design Talk 4UDECOR Alto ValorAgregado Apartm entTherapy Apocalipse M orotizado b-rarquidesign Brainstorm #9 CasaBella Interiores Chega de Bagunça CidadesSolares Conversando sobre Design Custom izar Design Atento Design com Lim ão Design Sim ples Design-se EcoD Envolverde Estudosde Design GjStabille – Arquitetura & Design GreatInteriorDesign Ligia Fascioni M arcia Nassrallah M orandini O Design e a Ergonom ia OPortoCool Pan-Dan Pé Direito Duplo Percepção Pollyana Oliveira Setec Sim plesDecoração Urbanism o:ainda m ais negligências Usabilidoido W ordPress.com Zeospot Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 4 de 19 9/12/2015 08:47
  5. 5. N este ponto o profissional deverá fazer um a pré-seleção dos m ateriais, m obiliários, equipam entos e acessórios a serem utilizados nos am bientes para apresentação ao cliente.Tudo vai depender do partido/conceito adotado para o projeto.É a fase onde o designerirá esboçarsuas ideias,usarde sua criatividade para solucionarosproblem asdetectadosno brieffing. Claro que m edidas devem serrespeitadas,m as nesta fase não é necessário que estas sejam seguidas à risca (ex:3 cm não farão tanta diferença) para a apresentação ao cliente. Aqui, nada é definitivo e pode seralterado.Lem brem -se que estam os ainda na fase de criação e o cliente não aprovou nada! 3. Pré-orçam entos Todos os m ateriais especificados devem vir acom panhados de seus respectivos orçam entos (quantitativo /valor unitário / valor total). Tem os tam bém que fazer um levantam ento prelim inar dos orçam entos – incluindo a m ão de obra (pedreiro,eletricista,pintor, encanador,jardineiro,etc)– para apresentação ao cliente. N ão devem os nos esquecerde orçartam bém as caçam bas para entulhos. Lem bre-se de sem pre apresentar 3 orçam entos de fornecedores distintos.Isso garante a transparência e profissionalism o. 4. Preparação da apresentação Esta é a fase onde irem os pensarem com o apresentaro conceito ao cliente.Aquitem os que prestar atenção em m uitos detalhes com o,porexem plo: Diversos Adm inistrando.net Estante Virtual IFD Pratam ada Brasil RenovaAção Educação e Form ação LAC Philips LightEducation Nom ads FACEBOOK Design:Açõese Críticas Design:bibliografia Lighting Design Brasil SetorialM inC VM Lojasdecentes Leroy M erlin M M artan M ostras Casa Cor M orarM aisporM enos M useus e Galerias Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 5 de 19 9/12/2015 08:47
  6. 6. – ter em basam ento teórico/técnico/estético dos porquês das soluçõesapresentadas; – possuir “cartas na m anga” para o caso de necessidades em ergenciais; – ter conhecim ento sobre todos os m ateriais e insum os especificados; – apresentarcatálogosde m ateriais/equipam entos; – finalização e revisão dospainéisconceituais; – finalização e revisão das perspectivas,layouts e m aquetes 3D conceituais; – separarospré-orçam entosporárea/m aterial/m ão de obra; Lem bro que devem os apresentarum a solução ao cliente.Q uando apresentam os m ais que um a ele pode confundir-se.N o entanto, isso não im pede que você leve separado outras soluções.Q uando com eçarem a surgir as indagações, os “não gostei disso”, apontam entos de alterações,você terá estas outras “cartas na m anga”(possibilidades)para apresentare chegara um consenso entre aspartes. 5. Apresentação / aprovação Aquié a hora de m ostrartudo o que você pensou para a solução dosespaçosao cliente.Você não pode terabsolutam ente nada na apresentação que não dom ine, que não consiga explicar os porquêsda necessidade deste elem ento no projeto. Por exem plo:se você propôs a derrubada de um a parede deve saber se esta vai afetar a estrutura ou não, se precisará do acom panham ento de um engenheiro civil ou não. E tam bém deverá saberexplicaro porquê da necessidade da presença dele na obra. Se você especificou um piso fosco e o cliente desejava um espelhado para um a área úm ida você tem que saber explicar o porquê dessa escolha. Você tam bém deve saber quanto tem po será necessário para im plantação do projeto (obra). Enfim , você deve m ostrar com pleto dom ínio sobre o projeto, m ateriais,execução. Parceiros Em preendedorism o Rosa PortalDesignBR PortalLightingNow Revista Lum e Arquitetura RedesSociais Beans! Casa Pró DesignBR Revistas Lum e Arquitetura M agazine Enlighter PLDA Revista AGIPROP Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 6 de 19 9/12/2015 08:47
  7. 7. ADC ArcoW eb Arq!Bacana bdm óbil Centro de Design do PR Jornalda Energia LAB LuzUnicam p M udéjarAzulejaria Página 22 Universo Engenharia Visitas 1,882,762 hits Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 7 de 19 9/12/2015 08:47
  8. 8. – acústica/térm ico – plantasde layout – cortese elevações – detalham entosdiversos – plantasde alteraçõesprediais(troca de esquadrias, derrubada/construção de paredes) – lista de acessórios – m em orialdescritivo – existem outrosainda m asjá deu para entenderque o trabalho não é fácile sim ples. Aqui,TO DO S oselem entosrelativosao projeto devem ser apresentadosde m aneira clara para a correta e fácilleitura e com preensão porparte dosexecutores,e tam bém do cliente. 2. Especificações Aquientra o trabalho em cim a do m em orialdescritivo e da seleção de construtores/fornecedores. N um prim eiro m om ento devem os elaboraro m em orialde form a clara, preferencialm ente separado por área/espaço a ser trabalhado, constando todos os m ateriais / elem entos / acessóriosque serão utilizadosno projeto. Após isso,devem os fazerum pré-orçam ento (pode servia internet m esm o)buscando ofertasde tudo isso.Esta pesquisa servirá com o base de negociação com os fornecedores e construtores para que apresentem suaspropostas. 3. O rçam ento definitivo Aqui,após as negociações com os fornecedores e em preiteiros, tem os com o fecharo orçam ento finaldo projeto para apresentar ao cliente. De posse deste, é o m om ento de fazer a program ação/planejam ento financeiro,junto com o cliente. N ão se esqueça de que o valordo seu pagam ento pelo projeto pode estarinserido no orçam ento disponíveldo cliente. 4. Solicitação de docum entações públicas W ordPress.com Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 8 de 19 9/12/2015 08:47
  9. 9. Som ente quando necessário.Porexem plo:você planejou derrubar um a parede e necessitou da presença de um engenheiro civil.Este deve recolherjunto ao seu Conselho (CREA)a ART. Em algum ascidades,asprefeiturasexigem osalvarásde obrasaté m esm o para sim ples pinturas de paredes (absurdo!). Então fique atento à cidade onde está sendo realizada a obra e tenha em m ãos todososdocum entosnecessários. 5. Seleção de construtores e fornecedores Apóso recebim ento daspropostasorçam entariasdosconstrutores e fornecedores, você deverá selecionar os vencedores. É im portante que o cliente participe desta etapa. Lem bre-se:nem sem pre o m enor preço significa qualidade na execução de obras. Porisso é im portante que junto com o orçam ento os construtores encam inhem um a lista de obras já realizadas e,se possível,que você visite algum asdelaspara atestara qualidade dosserviços. Fique atento pois tudo isso está intrinsecam ente am arrado ao orçam ento disponível. N ão se esqueça de tam bém elaboraros acordos de prestação de serviços para serem assinados pelos construtores. Este é um docum ento entre o profissionale os prestadores de serviço.Este docum ento deve conter itens com o,por exem plo,no caso de pintura: – o responsáveldeverá preparartodas as superfícies para o seu Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 9 de 19 9/12/2015 08:47
  10. 10. m elhoracabam ento; – toda nova m arcenaria e carpintaria serão preparadas, em assadas,lixadase seladas; – o selador e dem ais dem ãos de pintura serão aplicados de acordo com asinstruçõesdo fabricante; – toda m arcenaria preexistente será lim pa,em assada,lixada e receberão um a dem ão de pintura; – Todososrevestim entosde parede preexistentesserão retirados– asparedesserão lim pas,em assadas,lixadase pintadas; – o responsávelpelo serviço utilizará adesivos e toda form a de proteção dasáreasadjacentesà superfície que fortrabalhada; – não realizará qualqueralteração do produto (consistência,cor, etc)sem a aprovação do designerresponsávelpela obra; Este docum ento deve ser assinado por todos os envolvidos na obra.N o caso de pedreiros é fundam entalque conste um item exigindo a correta observação das paginações de piso/revestim entos. Tam bém faz-se necessário neste docum ento um item para TO DO S osconstrutores/fornecedores: – o responsável pela execução do projeto fica proibido de conversardiretam ente com o proprietário da obra sobre propostas de alterações no projeto/obra. Q ualquer necessidade nesse sentido deve sertratada apenas com o designerresponsávelpela obra. Isso evita os corriqueiros problem as de alterações que ocorrem sem a autorização/conhecim ento do profissional. É m uito im portante que o profissional disponibilize aos seus clientes m odelos de contratos de prestação de serviços para serem firm ados entre o cliente e os contratados.Este docum ento garantirá a execução dos serviços contratados e servirá com o prova à seu favorem caso de problem asjudiciais. 1. Program ação da obra É diferente do cronogram a,que entra a seguir. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 10 de 19 9/12/2015 08:47
  11. 11. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 11 de 19 9/12/2015 08:47
  12. 12. pintores term inem seu trabalho atrasado por causa do assentam ento de piso que atrasou.É um a bola de neve. 3. Com pras Com o o próprio nom e diz é a fase de aquisição dos produtos e insum osnecessáriosà obra e ao projeto. Estas devem ser acom panhadas pelo profissionaldesigner para, principalm ente,evitara interferência externa no projeto.É bastante com um vendedores forçarem os clientes a trocar produtos e quando o designer vai na obra recebe-los tem geralm ente surpresasdesagradáveis. Portanto é fundam ental deixar acertado (em contrato) junto ao cliente que as com pras deverão seguir exatam ente as especificaçõesrealizadasno projeto. O utro fator im portante da presença do profissionalno m om ento das com pras é com relação às RTs.Ainda na fase de conversas e apresentação da proposta o designerdeve deixarclaro ao cliente esta pratica de m ercado e negociarcom ele a presença ou não desta no orçam ento/contrato. Caso haja,é a garantia do designerrecebe-las dos fornecedores e assim ,serressarcido pelo desconto dado no valordo projeto. Caso não haja, é a m aneira do designer conseguir negociar m elhoresdescontospara o cliente junto aosfornecedores. 4. Acom panham ento das obras / instalações / fase “suja”da obra Tem gente que diz que isso não é necessário. Eu acredito o contrário:é SEM PRE necessário,desde pequenas reform as aos grandesprojetos. É durante o acom panham ento que o designervaiverificara correta execução do projeto,sanar dúvidas dos construtores,solucionar problem asinesperados,etc. É a fase de instalações de granitos,m árm ores,carpintaria,obras em alvenaria,gesso,pinturas,etc.Todos os elem entos que fazem parte da estrutura do projeto. Portanto é sim im portantíssim a a presença do profissionaldurante asobras. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 12 de 19 9/12/2015 08:47
  13. 13. Estas podem ter seu valor diluído no valor total do projeto ou podem sercobradasà parte (porvisita). M asnunca deixe de acom panharassuasobras. 5. Instalações de equipam entos e m obiliários Aqui entram as instalações pós obra pesada. São elas basicam ente: – m obiliário e m arcenaria – ilum inação – acabam entos(m etais,louças,vidros,etc) – splits – trilhos O u seja,tudo que não fazparte da estrutura do am biente. 6. Finalização / decoração N esta fase entram todos os acessórios para daracabam ento aos espaçosprojetados.Alm ofadas,m antas,peçasde arte/decoração, tapeçaria,penajam entos,etc. N esta etapa tam bém é realizada a afinação da ilum inação. É onde o designerirá fazera finalização do projeto. 7. Entrega Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 13 de 19 9/12/2015 08:47
  14. 14. Tudo tem que estarfinalizado e pronto poiseste é o tão esperado dia para o cliente:quando poderá entrarem seu novo espaço e usufruirdo investim ento feito. É tam bém um m om ento especialpara o designerpoispoderá ver nosolhosde seusclientesa satisfação. 1. Avaliação pós-entrega Se pensam que o trabalho term inou no item anterior estão redondam ente enganados. Após a entrega é sem pre oportuno que o designer entre em contato com os clientes para fazer um a avaliação pós-entrega. Esta é a oportunidade de verificarse o projeto realm ente atendeu as necessidades e aos desejos/sonhos do cliente, se houve algum a alteração feita pelos usuários após a entrega (e descobrir osporquêsdisso). É tam bém a oportunidade de descobrir o que os visitantes acharam do projeto,elogios,criticas,etc. Esta avaliação deve serfeita: – um m êsapósa entrega – seism esesapósa prim eira avaliação – um ano apósa entrega. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 14 de 19 9/12/2015 08:47
  15. 15. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 15 de 19 9/12/2015 08:47
  16. 16. orçam entos,program a de obras,projeto,projeto conceitual,projeto executivo,proposta.aprovação,reserva técnica,reunião,RTs.Guardar link perm anente. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 16 de 19 9/12/2015 08:47
  17. 17. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 17 de 19 9/12/2015 08:47
  18. 18. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 18 de 19 9/12/2015 08:47
  19. 19. Fases de um projeto | Design: Ações e Críticas https://paulooliveira.wordpress.com/2014/03/14/fases-de-um-projeto/ 19 de 19 9/12/2015 08:47

×