Leis ponderais e o modelo atmico de dalton

10.135 visualizações

Publicada em

Lei de Conservação da massa e Lei das proporções definidas

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.135
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
206
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Leis ponderais e o modelo atmico de dalton

  1. 1. Professora: Ana Karoline Maia
  2. 2. Leis ponderais são leis que falam das massas das substâncias que participam das reações químicas. As principais leis ponderais são: Lei da Conservação das Massas (ou lei de Lavoisier); Lei das Proporções de Massa (ou Lei de Proust).
  3. 3. Oquímico francês Antoine Lavoisier realizoumuitas experiências utilizando reaçõesquímicas e balança.
  4. 4.  “ Podemos estabelecer, como um axioma incontestável, que em todas as operações da arte e da natureza nada é criado; existe uma quantidade igual de matéria antes e depois dos experimentos; a qualidade e a quantidade dos átomos permanecem precisamente as mesmas e nada acontece além de mudanças e modificações nas combinações desses átomos” Antoine Laurent Lavoisier (1760) Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.
  5. 5. Experiência ConclusãoCarbono + Oxigênio  Gás Carbônico “A soma das massas antes 3g 8g  11g da reação é igual à somaVeja que: 3g + 8g = 11g das massas após a reação”
  6. 6.  OBSERVAÇÕES Foi observado, porém, que a queima de algumas substâncias havia aumento da massa, enquanto na queima de outras havia diminuição. O grande mérito de Lavoisier foi ter descoberto que essas diferenças de massa se davam por causa da absorção ou liberação de gases durante as reações. Por exemplo, a queima da palha de aço ocorre consumo de oxigênio do ar, o que produz uma substância composta de ferro e oxigênio com massa maior do que a massa da palha de aço.
  7. 7.  “ Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma” LEMBRAR:
  8. 8.  Medindo a massa de palha de aço antes e depois de sua queima, observa-se o aumento da massa do material sólido.
  9. 9.  Para compreender melhor essa lei podemos esquematizar: Ferro + Oxigênio  Óxido de ferro m1 + m2 = m3 Segundo os dados acima a soma da massa das substâncias reagentes é igual à massa das substâncias dos produtos.
  10. 10.  “Uma substância pode ser proveniente de diferentes fontes naturais ou ser obtida por diversos processos. No entanto, seja qual for o método de obtenção, a substância terá sempre a mesma composição química fixa”. Essa foi a conclusão que chegou o químico francês Joseph Louis Proust (1754-1826).
  11. 11. Experiência Conclusão Carbono + Oxigênio  Gás Carbônico 3g +ou 6g + 16g 8g   11g 22g ?ou 9g + 24g  33g “A proporção das massas que reagem permanece sempre constante”
  12. 12. As substâncias reagem sempre em uma mesmaproporção. Se isso ocorre, significa que acomposição química de uma substância deveser estabelecida em uma relação fixa de massaentre os átomos dos elementos que acompõem.
  13. 13.  Em 1797, Proust enunciou a lei das Proporções Definidas (ou Lei de Proust):“As substâncias reagem sempre na mesma proporção para formarem outra substância.”
  14. 14.  Em 1808, John Dalton publicou o livro Novo Sistema de Filosofia química, no qual apresentava sua teoria para a constituição da matéria; Dalton defendia que a matéria era formada por pequenas partículas que ele denominou átomo.
  15. 15. A matéria é constituída por partículas denominadas átomos; As substâncias simples são constituídas por apenas um tipo de átomo (elemento químico) e as substâncias compostas por mais de um tipo de átomo (diferentes elementos químicos); As substâncias compostas são constituídas pela combinação de átomos de diferentes elementos químicos em proporções fixas.
  16. 16. Entendendo a relação entre a teoria atômica de Dalton e as leis ponderais. A Lei de Lavoisier é explicada do seguinte modo: Carbono + oxigênio  gás carbônico C + O2  CO2 (3g+4g+4g=11g)  (4g+3g+4g=11g) Considerando que as partículas (átomos) iniciais e as finais são as mesmas, concluímos que a massa deve permanecer inalterada.
  17. 17. A Lei de Proust seria explicada da seguinte maneira: Carbono + oxigênio  gás carbônico1ª Experiência:2ª Experiência:
  18. 18.  Da1ª experiência para a 2ª, a quantidade de átomos dobrou; como consequência, todas as massas duplicaram.

×