• Compartilhar
  • Email
  • Incorporado
  • Curtir
  • Salvar
  • Conteúdo privado
Hpv
 

Hpv

on

  • 4,622 visualizações

 

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
4,622
Visualizações no SlideShare
4,621
Visualizações incorporadas
1

Actions

Curtidas
1
Downloads
88
Comentários
0

1 Incorporado 1

http://enfermagemeumaarte.blogspot.com.br 1

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

    Hpv Hpv Presentation Transcript

    • HPV (Papilomavirus Humano) Anna Karolina Ribeiro Gonçalves Téc. Enfermagem do Trabalho
    • O que é HPV? O HPV é o agente de uma doença sexualmente transmissível (DST), Condiloma Acuminado vulgarmente conhecida como “crista de galo” que se exterioriza pelo aparecimento das verrugas nos genitais masculinos e femininos. Papilomavirus humano é o nome de um grupo de vírus que inclui mais de 100 tipos diferentes.
    • HPV
      • As infecções clínicas mais comuns ocorrem nas regiões genitais como: vulva, ânus e pênis.
    • COMO O HPV É TRANSMITIDO?
      • A transmissão ocorre principalmente pelo contato sexual . Tendo penetrado no organismo do homem ou da mulher, o vírus pode: permanecer silencioso por semanas ou décadas sem causar qualquer tipo de sintoma que alerte sobre sua presença; ser eliminado pelo sistema imunológico de defesa (anticorpos) ou provocar tumores benignos ou malignos.
    • QUAIS SÃO OS SINTOMAS?
      • A maioria das pessoas que tem HPV não sabem que estão infectadas. O vírus se aloja na pele e nas mucosas e normalmente não apresentam sintomas. Outras pessoas apresentam verrugas na genitália.
    • COMO SABER SE TENHO HPV?
      • O HPV pode provocar o aparecimento de verrugas genitais semelhantes às verrugas de outras partes do corpo. Como qualquer verruga elas não doem e podem ser múltiplas ou únicas, pequenas ou grandes, rosadas ou acastanhadas. Quando não são tratadas, as verrugas do HPV podem crescer em tamanho e número, adquirindo o aspecto semelhante ao da “couve-flor”.
    • COMO SE REALIZA O DIAGNÓSTICO?
      • O Exame de Papanicolau (preventivo anual) e a Colposcopia ( observação da Vulva,mucosa da vagina e colo do útero) são fundamentais para a detecção precoce do HPV. Postos de Coleta de exames preventivos ginecológicos do Sistema Único de Saúde (SUS) estão disponíveis em todos os estados da Federação e os exames são gratuitos. Procure a Secretaria de Saúde de seu município para obter informações sobre o Posto de Coleta mais próximo de sua residência.
    • COMO O HPV É TRATADO?
      • O tratamento varia no tamanho das verrugas, número e se a paciente está grávida ou não. A aplicação local de substâncias cáusticas, a cauterização, a cirurgia, a cirurgia de alta freqüência e o raio laser compõem os tratamentos terapêuticos mais comuns atualmente nos consultórios.
      • A ocorrência de HPV durante a concepção não implica obrigatoriamente numa má formação do feto nem impede o parto vaginal (parto normal). A via de parto (normal ou cesariana) deverá ser determinada pelo médico após a análise individual de cada caso.
      • Pessoas com imunidade baixa, soropositivas para o HIV, transplantadas ou em quimioterapia, podem adquirir e permanece com o vírus. As verrugas deverão ser tratadas à medida que forem aparecendo.
    • O QUE ACONTECE SE O HPV NÃO FOR TRATADO?
      • O HPV está presente em 95% dos casos de câncer de colo uterino, sendo um dos principais causadores desta doença. Ele também está presente em quase metade dos casos de câncer de pênis e pode ser responsável por casos de câncer anal. O homem, mesmo sendo portador do vírus, não apresenta lesão visível em cerca de 80% dos casos. O HPV pode permanecer no corpo humano sem apresentar sintoma, por muito tempo. As primeiras manifestações podem surgir, em geral, de dois a oito meses, mas podem demorar até vinte anos. É praticamente impossível determinar em que época uma pessoa foi infectada.
    • OS PARCEIROS SEXUAIS TAMBÉM PRECISAM FAZER O TRATAMENTO?
      • Se o resultado der positivo para o HPV, seu parceiro ou parceira também deverá fazer o exame médico e, no caso de resultado positivo para ele ou ela, seguir o tratamento indicado pelo seu médico.
    • E SE A MULHER ESTIVER GRÁVIDA?
      • Raramente, mulheres grávidas transmitem HPV para seus bebês durante o parto. O recém-nascido que é exposto ao HPV durante o parto pode desenvolver verrugas na laringe.
    • COMO EVITAR O HPV?
      • Uma vacina contra o HPV já está sendo testada em diversos centros médicos do Brasil e do Mundo. Até que possamos utilizá-la,a melhor forma de prevenção ainda é o lembrete: ” Use camisinha em todas as relações sexuais!”
    • As dicas seguintes podem ajudar a evitar infecções:
      • Saiba que a camisinha reduz o risco, mas não elimina a possibilidade de infecção ou de transmissão do vírus.
      • Se você tiver uma vida sexual ativa faça exames médicos periodicamente.
    • Fim
    • Anna Karolina Ribeiro Gonçalves Téc. Enfermagem do Trabalho 21 7874-8955