Your SlideShare is downloading. ×
  • Curtir
Hpv
Próximos SlideShare
Carregando em...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply
Published

 

Published in Educação
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Tem certeza que quer?
    Sua mensagem vai aqui
    Seja o primeiro a comentar
Sem downloads

Visualizações

Visualizações totais
4,676
On SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1

Ações

Compartilhamentos
Downloads
114
Comentários
0
Curtidas
1

Incorporar 0

No embeds

Conteúdo do relatório

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
    No notes for slide

Transcript

  • 1. HPV (Papilomavirus Humano) Anna Karolina Ribeiro Gonçalves Téc. Enfermagem do Trabalho
  • 2. O que é HPV? O HPV é o agente de uma doença sexualmente transmissível (DST), Condiloma Acuminado vulgarmente conhecida como “crista de galo” que se exterioriza pelo aparecimento das verrugas nos genitais masculinos e femininos. Papilomavirus humano é o nome de um grupo de vírus que inclui mais de 100 tipos diferentes.
  • 3. HPV
    • As infecções clínicas mais comuns ocorrem nas regiões genitais como: vulva, ânus e pênis.
  • 4. COMO O HPV É TRANSMITIDO?
    • A transmissão ocorre principalmente pelo contato sexual . Tendo penetrado no organismo do homem ou da mulher, o vírus pode: permanecer silencioso por semanas ou décadas sem causar qualquer tipo de sintoma que alerte sobre sua presença; ser eliminado pelo sistema imunológico de defesa (anticorpos) ou provocar tumores benignos ou malignos.
  • 5. QUAIS SÃO OS SINTOMAS?
    • A maioria das pessoas que tem HPV não sabem que estão infectadas. O vírus se aloja na pele e nas mucosas e normalmente não apresentam sintomas. Outras pessoas apresentam verrugas na genitália.
  • 6. COMO SABER SE TENHO HPV?
    • O HPV pode provocar o aparecimento de verrugas genitais semelhantes às verrugas de outras partes do corpo. Como qualquer verruga elas não doem e podem ser múltiplas ou únicas, pequenas ou grandes, rosadas ou acastanhadas. Quando não são tratadas, as verrugas do HPV podem crescer em tamanho e número, adquirindo o aspecto semelhante ao da “couve-flor”.
  • 7. COMO SE REALIZA O DIAGNÓSTICO?
    • O Exame de Papanicolau (preventivo anual) e a Colposcopia ( observação da Vulva,mucosa da vagina e colo do útero) são fundamentais para a detecção precoce do HPV. Postos de Coleta de exames preventivos ginecológicos do Sistema Único de Saúde (SUS) estão disponíveis em todos os estados da Federação e os exames são gratuitos. Procure a Secretaria de Saúde de seu município para obter informações sobre o Posto de Coleta mais próximo de sua residência.
  • 8. COMO O HPV É TRATADO?
    • O tratamento varia no tamanho das verrugas, número e se a paciente está grávida ou não. A aplicação local de substâncias cáusticas, a cauterização, a cirurgia, a cirurgia de alta freqüência e o raio laser compõem os tratamentos terapêuticos mais comuns atualmente nos consultórios.
    • A ocorrência de HPV durante a concepção não implica obrigatoriamente numa má formação do feto nem impede o parto vaginal (parto normal). A via de parto (normal ou cesariana) deverá ser determinada pelo médico após a análise individual de cada caso.
    • Pessoas com imunidade baixa, soropositivas para o HIV, transplantadas ou em quimioterapia, podem adquirir e permanece com o vírus. As verrugas deverão ser tratadas à medida que forem aparecendo.
  • 9. O QUE ACONTECE SE O HPV NÃO FOR TRATADO?
    • O HPV está presente em 95% dos casos de câncer de colo uterino, sendo um dos principais causadores desta doença. Ele também está presente em quase metade dos casos de câncer de pênis e pode ser responsável por casos de câncer anal. O homem, mesmo sendo portador do vírus, não apresenta lesão visível em cerca de 80% dos casos. O HPV pode permanecer no corpo humano sem apresentar sintoma, por muito tempo. As primeiras manifestações podem surgir, em geral, de dois a oito meses, mas podem demorar até vinte anos. É praticamente impossível determinar em que época uma pessoa foi infectada.
  • 10. OS PARCEIROS SEXUAIS TAMBÉM PRECISAM FAZER O TRATAMENTO?
    • Se o resultado der positivo para o HPV, seu parceiro ou parceira também deverá fazer o exame médico e, no caso de resultado positivo para ele ou ela, seguir o tratamento indicado pelo seu médico.
  • 11. E SE A MULHER ESTIVER GRÁVIDA?
    • Raramente, mulheres grávidas transmitem HPV para seus bebês durante o parto. O recém-nascido que é exposto ao HPV durante o parto pode desenvolver verrugas na laringe.
  • 12. COMO EVITAR O HPV?
    • Uma vacina contra o HPV já está sendo testada em diversos centros médicos do Brasil e do Mundo. Até que possamos utilizá-la,a melhor forma de prevenção ainda é o lembrete: ” Use camisinha em todas as relações sexuais!”
  • 13. As dicas seguintes podem ajudar a evitar infecções:
    • Saiba que a camisinha reduz o risco, mas não elimina a possibilidade de infecção ou de transmissão do vírus.
    • Se você tiver uma vida sexual ativa faça exames médicos periodicamente.
  • 14. Fim
  • 15. Anna Karolina Ribeiro Gonçalves Téc. Enfermagem do Trabalho 21 7874-8955