Iluminismo

795 visualizações

Publicada em

SLIDES AULAS DE HISTÓRIA - Tema: O iluminismo
[Colégio Bom Jesus]

PROF. KARLA FONSECA

Publicada em: Educação
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Karla é necessário saber sobre a declaração de direitos e os atos de navegação?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • karla sou eu diogo poderia me falar onde esta o slide das revoluções inglesas
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
795
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iluminismo

  1. 1. Séculos XVII-XVIII
  2. 2. Critério Reconhecer as origens e as características do movimento iluminista na Europa. (p. 62-63)
  3. 3. CONCEITO  Movimento intelectual do século XVIII na Europa, que defendia o uso da razão (luz) contra o Antigo Regime (trevas) e pregava maior liberdade econômica e política.
  4. 4. Características Gerais CRÍTICAS PROPOSTAS  Intolerância religiosa;  Desigualdades Sociais;  Privilégios;  Estado Absoluto;  Ausência de Liberdade;  Predomínio de ideias religiosas.  Restrições comerciais  Tolerância;  Razão;  Igualdade;  Separação de Poderes;  Liberdade;  Educação Laica (separada da religião).
  5. 5. Características Gerais  Humanismo  Racionalismo  Cientificismo  Visão Anticlerical – contrários ao Clero Católico  Ideal de ruptura com o Antigo Regime (Absolutismo)
  6. 6. Principais Pensadores Iluministas
  7. 7. Critério Explicitar a proposta de Montesquieu sobre a teoria dos poderes. (p. 67) “A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios” (Montesquieu)
  8. 8.  OBRA: “O Espírito das leis”  TEORIA: separação dos poderes •Legislativo •Executivo •Judiciário  Base do Liberalismo Político. Montesquieu
  9. 9. A divisão de poderes
  10. 10. Critério Caracterizar a proposta acerca da economia e da divisão de trabalho de Adam Smith “O Estado não deve interferir na economia. Ela se ajusta por si só” “A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes” (Adam Smith)
  11. 11. Adam Smith  OBRA: “A Riqueza das Nações” (1776).  Base do Liberalismo Econômico e da Escola de Economia Clássica.
  12. 12. Princípios de “A Riqueza das Nações”  A Economia entendida como a ciência que se ocupa da “Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações”  Trabalho (entendido como atividade produtiva) é a fonte de riqueza das nações.  A produtividade diferenciada entre países é tida como a explicação dos diferentes níveis de riqueza entre as nações.
  13. 13. Adam Smith Visão crítica da divisão social do trabalho:  sua finalidade é a de aumentar a produtividade, tudo girando em torno do lucro.  o trabalho puramente artesanal feito pelo artesão individualmente ou feito sob o esquema de "indústria doméstica" era ineficiente em termos de produtividade, ou no mínimo, podia ser melhorado.
  14. 14. Critério Reconhecer o pensamento de Volteire sobre os governantes e a Igreja Católica. “Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até o último instante o seu direito de dizê-la” (Volteire)
  15. 15. Volteire  Obra: Ensaios sobre os costumes  Tese:  Liberdade para o ser humano e garantias para a propriedade privada.  Crítica ao clero católico e à intolerância religiosa  Defendia que o soberano tinha de ser “esclarecido” – isto é, aceitar as ideias do Iluminismo.
  16. 16. Critério Caracterizar o despotismo esclarecido. (p. 70-71)
  17. 17. Despotismo Esclarecido  Alguns reis e imperadores adotaram parte do pensamento iluminista: reformaram instituições políticas, sociais, econômicas e religiosas de seus países sem diminuir o poder real. Continuaram absolutistas, mas “iluminados” pelas novas ideias. ( Domingues, Joelza . História em Documento: imagem e texto, 8º ano, 2009)
  18. 18. Principais Déspotas Esclarecidos
  19. 19. E agora... Conforme o prometido... A GENEALOGIA DA FAMÍLIA
  20. 20. JAIME I (1603-1625) CARLOS I (1625-1649) ELIZABETH CARLOS II (1660-1684) JAIME II (1685-1688) MARIA II casada com GUILHERME DE ORANGE [Maria Stuart] (1689-1702) (1689-1694) ANA 1702-1714 Dinastia Stuart Revolução Puritana (1649-1660)
  21. 21. BONS ESTUDOS E BOA PROVA!

×