Trabalho nr10 segurança do trabalho

387 visualizações

Publicada em

Publicada em: Engenharia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
387
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho nr10 segurança do trabalho

  1. 1. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco SEGURANÇA NA OPERAÇÃO ESEGURANÇA NA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE APARELHOS EMANUTENÇÃO DE APARELHOS E INSTALAÇÕES ELÉTRICASINSTALAÇÕES ELÉTRICAS Karine Andressa Assmann
  2. 2. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco INTRODUÇÃO AOS RISCOS DE ELETRICIDADE A ELETRICIDADE: A eletricidade é um dos tipos de energia mais utilizadas, que proporciona comodidade à maioria das atividades do ser humano, mas apresenta riscos sérios que é necessário conhecer e prever.
  3. 3. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco TIPOS DE CONTATO COM A ELETRICIDADE: Contato direto:  É o que se produz com as partes ativas da instalação. Contato indireto:  É o que se produz com massas em tensão.
  4. 4. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco
  5. 5. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Para evitar os contatos diretos, é necessário: • Afastar os cabos e as ligações dos locais de trabalho e de passagem; • Interpor ou colocar obstáculos para proteção; • Cobrir as partes em tensão com material isolador; • Utilizar tensões inferiores a 24 volts;
  6. 6. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Para evitar os contatos indiretos, existem os seguintes meios de proteção: •A ligação à terra: Quando se produz um contato elétrico indireto, a ligação à terra desvia uma grande parte da corrente elétrica que, de outro modo, passaria através do corpo do trabalhador. Mas ATENÇÃO! Nem todas as ligações à terra se encontram em bom estado. É necessário verificar se estão bem efetuadas e cuidadas pelo técnico especializado. •O disjuntor diferencial: O disjuntor diferencial é um aparelho de grande precisão que corta a corrente quase instantaneamente, assim que se produz uma corrente de defeito.
  7. 7. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Ergonomia no trabalho
  8. 8. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco MEDIDAS DE PREVENÇÃO BÁSICAS 1- Não realize trabalhos envolvidos com eletricidade se não estiver devidamente habilitado e autorizado a fazê-lo. 2- Utilize equipamentos e meios de proteção individual certificados. 3- Nos locais molhados ou metálicos, utilize apenas aparelhos elétricos portáteis com tensão reduzida de segurança (24 V).
  9. 9. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco 4- Em todos os ramais para a ligação de equipamentos elétricos devem ser instalados disjuntores ou chaves magnéticas independentes, que possam ser acionados com facilidade e segurança.
  10. 10. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) • Luvas de borrachas de acordo com as classes de isolamento adequadas; • Luvas de coberturas para proteção das luvas de borrachas; • Bolsas para içamento com ferramentas; • Uniforme com proteção para Arco-Elétrico e Fogo; • Escadas com isolamento próprias para trabalho com eletricidade; • Botinas de borracha de acordo com a classe de isolamento adequado;
  11. 11. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco • Devem ser utilizados também Capacetes, conforme a especificação da NR06 e à norma BRR-8221, mostrada abaixo:
  12. 12. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco
  13. 13. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco
  14. 14. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco
  15. 15. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco FERRAMENTAS ELÉTRICAS • Os cabos de alimentação devem ter um isolamento seguro e sem deteriorações; • Todas as ligações devem ser feitos através de conectores normalizados; • Todas as ferramentas elétricas manuais devem ser protegidas durante a sua utilização: por baixa tensão de segurança (24 V), disjuntores de alta sensibilidade (30 mA), instalação de ligações à terra, isolamento duplo; • Devem ser desligadas depois de utilizadas ou quando se faz uma pausa no trabalho;
  16. 16. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco As instalações elétricas devem ser construídas, montadas, operadas, reformadas, ampliadas, reparadas e inspecionadas de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores e dos usuários, e serem supervisionadas por profissional autorizado, conforme dispõe esta NR10. SEGURANÇA NA CONSTRUÇÃO, MONTAGEM,SEGURANÇA NA CONSTRUÇÃO, MONTAGEM, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃOOPERAÇÃO E MANUTENÇÃO
  17. 17. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Os trabalhadores que intervenham em instalações elétricas energizadas com alta tensão, devem atender ao disposto na NR 10: - Devem receber treinamento de segurança, específico em segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) ; - Não podem ser realizados individualmente; - Só podem ser realizadas mediante ordens de serviços específicos para data e local, assinada por superior responsável pela área; TRABALHOS ENVOLVENDO ALTA TENSÃO (AT)TRABALHOS ENVOLVENDO ALTA TENSÃO (AT)
  18. 18. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco - O superior imediato e a equipe, responsáveis pela execução do serviço, devem realizar uma avaliação prévia, estudar e planejar as atividades e ações a serem desenvolvidas de forma a atender os princípios técnicos básicos e as melhores técnicas de segurança em eletricidade aplicáveis ao serviço. - Os equipamentos, ferramentas e dispositivos isolantes ou equipados com materiais isolantes, destinados ao trabalho em alta tensão, devem ser submetidos a testes elétricos ou ensaios de laboratório periódicos; - Utilização de equipamento que permita a comunicação permanente com os demais membros da equipe ou com o centro de operação durante a realização do serviço.
  19. 19. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇASINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA Nas instalações e serviços em eletricidade devem ser adotadas sinalizações adequadas de segurança, nas situações a seguir: •Identificação de circuitos elétricos; •Travamentos e bloqueios de dispositivos e sistemas de manobra e comandos;
  20. 20. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco • Restrições e impedimentos de acesso; • Delimitações de áreas; • Sinalização de áreas de circulação, de vias públicas, de veículos e de movimentação de cargas; • Sinalização de impedimento de energização; • Identificação de equipamento ou circuito para impedimento;
  21. 21. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIASITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA Os trabalhadores autorizados devem estar aptos a executar o resgate e prestar primeiros socorros a acidentados, especialmente por meio de reanimação cardiorrespiratória.
  22. 22. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Vistoria no quadro central de distribuição de energia da UTFPR- Campus Pato Branco
  23. 23. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco • Desorganização; • Cantos vivos que podem ocasionar um acidente de trabalho; • Ferramentas sem proteção; • Falta de espaço para trabalhadores percorrerem ou circularem em caso de acidente; • Pouca ventilação no posto de trabalho ; • Elevação de temperatura por causa da pouca ventilação; • Pouca iluminação; • Inexistência de um extintor de incêndio; • Não tem sinalização;
  24. 24. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Pato Branco Referências: NR10, met portal gov. Disponível em http://portal.mte.gov.br/data/files/8A7C812D308E216601310641F67629F4/nr_10.pdf . Acessado em 27/07/2014. NR17, met portal gov. Disponível em http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812BE914E6012BEFBAD7064803/nr_17.pdf. Acessado em 27/07/2014. NR12, met portal gov. Disponível em http://portal.mte.gov.br/data/files/8A7C812D350AC6F801357BCD39D2456A/NR- 12%20(atualizada%202011)%20II.pdf. Acessado em 27/07/2014. WEBINSIDER. Disponível em http://webinsider.com.br/2011/09/04/o-que-sao-os- fatores-humanos-na-ergonomia/. Acessado em 27/07/2014.

×