Projeto Consciência Negra final

4.494 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.494
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
481
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Consciência Negra final

  1. 1. PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA TEMA: MÊS DE COMEMORAÇÕES ALUSIVAS A LUTA NEGRA NOVEMBRO/2011 Professora Márcia Guimarães
  2. 2. <ul><li>O segundo semestre para o projeto consciência negra foi de muito empenho para apresentar forma artística cultural um pouco dos temas trabalhados em sala de aula de abril a agosto. </li></ul><ul><li>Depois de convite nas três quintas séries, chegamos a um grupo de 15 alunos. </li></ul><ul><li>Nove alunos escolheram como representação cultural a ser explorada a dança, 5 o RAP e 7 o teatro. </li></ul>
  3. 3. A Dança <ul><li>Nessa manifestação cultural as alunas escolheram um repertório que uniu o cantor Alexandre Pires e a dupla da África Anselmo Ralph & Yola Araujo na canção denominada “A Deus eu peço”. </li></ul>Apresentação na Segunda Mostra de Trabalhos de Saúde e Prevenção nas Escolas no dia 18/11 Apresentação na escola no dia 22/11
  4. 4. TEATRO TÍTULO: “ISSO É RACISMO” A esquete teatral evidenciou o preconceito contra o negro existente nas relações sociais nos dias atuais. O grupo fez apresentações na escola e na Segunda Mostra de Trabalhos de Saúde e Prevenção nas Escolas.
  5. 5. O RAP O RAP foi criado pelos alunos da 5ªA em trabalho realizado na sala de aula. Algumas rimas do Rap: “ Racismo não, preste atenção o Rap não termina aqui porque nossa luta é inspirada em zumbi”. “ Um mais um, uma corrente vamos formar para esse preconceito de uma vez acabar”. “ Se não gostou então olha e aprende preconceito é uma doença que ataca muita gente “. “ Dignidade é o que se tem, só é preciso usar, mãe África ensina muito bem”. “ Bandidos, racismo da cadeia.... E aí pequena vamos ver o que vai dar a consciência negra nós vamos melhorar”.

×