• Compartilhar
  • Email
  • Incorporado
  • Curtir
  • Salvar
  • Conteúdo privado
Reprodução Assexuada
 

Reprodução Assexuada

on

  • 54,356 visualizações

Apresentação de Quinta-Feira 30/11/08 ...

Apresentação de Quinta-Feira 30/11/08

O ficheiro original era do Windows Vista, teve de ser convertido, pelo que pode apresentar algumas diferenças, imagens fora do sitio tal como algum texto sobreposto

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
54,356
Visualizações no SlideShare
53,041
Visualizações incorporadas
1,315

Actions

Curtidas
8
Downloads
546
Comentários
0

20 Incorporações 1,315

http://terragiratg.blogspot.com.br 502
http://terragiratg.blogspot.pt 438
http://terragiratg.blogspot.com 173
http://www.slideshare.net 82
http://terragiratg.blogspot.nl 35
http://eshc11c.blogspot.com 26
http://eshc11c.blogspot.com.br 16
http://www.google.pt 9
http://terragiratg.blogspot.in 7
http://eshc11c.blogspot.pt 7
http://www.eshc11c.blogspot.com 6
http://terragiratg.blogspot.no 3
http://terragiratg.blogspot.com.es 3
http://terragiratg.blogspot.jp 2
http://terragiratg.blogspot.mx 1
http://terragiratg.blogspot.com.ar 1
http://terragiratg.blogspot.de 1
http://terragiratg.blogspot.co.nz 1
http://terragiratg.blogspot.ro 1
http://codice.shinystat.com 1
Mais...

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

    Reprodução Assexuada Reprodução Assexuada Presentation Transcript

    •  
    • Reprodução Assexuada Chama-se Reprodução Assexuada aos processos através dos quais um organismo sozinho se multiplica, sem recurso a gâmetas, gerando assim uma nova geração.
      • O principais tipos de Reprodução Assexuada são:
      • Bipartição
      • Fragmentação
      • Gemulação
      • Esporulação
      • Partenogénese
      • Multiplicação Vegetativa
    • Bipartição
      • Um individuo divide-se em dois iguais
      A Bipartição é um modo de reprodução assexuada a partir do qual um organismo se divide originando dois novos iguais a si e iguais entre si
    • Embora seja o modo de reprodução primário usado por bactérias (Procariontes) também é usado por Eucariontes (como as amibas e paramécias) e até por seres multicelulares (como a planária). Paramécias Planária Amiba
    •  
    •  
    •  
    •  
    • A bipartição assenta na já estudada Mitose. Como tal os seres assim gerados são Clones .
    • Clone Um clone é um indivíduo derivado de outro e que possui o mesmo património genético do indivíduo original, produzido por reprodução assexuada. Natural Artificial
    • Fragmentação Separação de fragmentos do corpo de um organismo, originando cada fragmento um novo individuo por regeneração.
    • A Fragmentação é um processo que assenta na capacidade regenerativa dos organismos. O organismo ao fragmentar-se propositadamente ou por acidente origina vários fragmentos que se regeneram separadamente, dando origem a novos organismos iguais ao inicial.
    • Este processo é usado principalmente por algas, estrelas do mar, planárias, etc.
    • No entanto há limitações no processo. A capacidade de regeneração está limitada ao número e tipos de células que o fragmento consegue gerar com os materiais de reserva que possui. Como tal certos fragmentos podem regenerar muito mais lentamente ou até serem inviáveis
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Gemulação A gemulação é um processo mais complexo que os anteriores. Num organismo formam-se uma ou mais dilatações - gomos ou gemas - que crescem e desenvolvem-se originando novos organismos. Neste caso os descendentes, embora ainda Clones do organismo progenitor, são mais pequenos.
    • Este tipo de reprodução é usado principalmente por Leveduras, Espongiários e Cnidarios. As gemulas podem separa-se do organismo progenitor ou manterem-se fixas a este originando colónias (como é o comum em esponjas e corais)
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Esporulação Esporulação é a formação de células reprodutoras especializadas (através de mitose) os esporos. Estas células são altamente resistentes, sendo pequenas e protegidas por uma forte parede celular. São capazes de se manter em forma latente germinando quando as condições forem favoráveis e gerando novos seres. É um modo de reprodução assexuado típico de fungos.
    • A quantidade de esporos que é produzida deste modo por cada fungo é muito elevada. Conjuntamente com o seu pequeno tamanho e resintência estas estruturas podem ser dispersadas facilmente e sobreviver muito tempo em modo latente.
    •  
    •  
    •  
    • Partenogénese Possivelmente um dos processos mais complexos de reprodução assexuada. A Partenogénese é um processo através do qual um gâmeta feminino se desenvolve originando um novo organismo, sem ter havido fecundação.
    • Um caso interessante de partenogénese é o das abelhas: Tarefas das Obreiras por Idade
    • Outros seres que usam Partenogénese são insectos, artrópodes, peixes e alguns lagartos. Carcharhinus limbatus C. inornatus C. neomexicanus C. tigris Dragão-de-Komodo
    •  
    •  
    •  
    • Este processo é bastante versátil. Vários seres, mesmo bastante diferentes o usam. Em casos como o dos insectos (abelhas) o dimorfismo sexual típico desta espécie é assim conseguido. Outros artrópodes como os pulgões e as dáfnias usam-no para conseguir um elevado número de descendentes em pouco tempo enquanto as condições do meio são favoráveis. Em casos como répteis e peixes a partenogénese é a resposta que estes apresentam face a uma diminuição do número de efectivos da sua população.
    • Multiplicação Vegetativa Este é um método exclusivo das plantas. As estruturas vegetativas destas, raízes, caules ou folhas, por vezes modificadas, originam, por diferenciação, novos indivíduos.
    • Existem modos de Multiplicação Vegetativa Naturais e Artificiais.
    • Dentro da Multiplicação Vegetativa pode-se encontrar:
      • Enxertia
      • Estacaria
      • Mergulhia
      Naturais: Artificiais:
      • Estolhos
      • Folhas
      • Rizomas
      • Tubérculos
      • Bolbos
    • Por este método resultar em clones do original, torna-se particularmente importante para a agricultura, pois assim é possível garantir a multiplicação de plantas com características importantes (como o caso da laranja sem sementes). Garfo Borbulha Encosto Enxertia Estacaria Por Caule Por Folha Mergulhia Alporquia (Mergulhia Aérea)
    • Folha Bolbo Rizoma Estolho Tubérculos
    • Vantagens
      • É simples e rápido
      • É possível conseguir uma grande quantidade de descendentes deste modo, pois de geração em geração os números aumentam exponencialmente.
      • Se começarmos com 1, na geração seguinte temos 2, depois 4, 8, 16… ao fim de 10 gerações 1024, de 20 serão 1048576, de 30 são 1073741824, etc…
      • Assim um organismo saudável, bem adaptado ao ambiente, consegue geral um grande numero de seres com as mesmas características, e logo, perfeitamente adaptados ao mesmo ambiente.
      • A não alteração da informação genética, ou seja, o processo de Clonagem é usado como um beneficio.
    • Desvantagen s
      • Não há variabilidade genética:
        • Qualquer doença que afecte um membro da população afecta os outros
        • Baixa capacidade de resposta a alterações do meio
        • Sem mudanças a nível de material genético o fundo genético da população estagna
    • Vantagens para o Homem Como os descendentes de um organismo que se reproduza assexuadamente apresente exactamente as mesmas características que o progenitor isto permite ao Homem ter um maior controlo de qualidade sobre os produtos que pode produzir com o recurso a estes organismos. Também lhe permite usar a multiplicação vegetativa em seu proveito, como demonstram os processos Artificiais desenvolvidos por si.
    • Cerveja
    • Iogurte
    • Pão
    • Queijo
    • Vinho
    • Agricultura
    • Produtos Mistos
    • Kimchi : Couve Fermentada, Prato emblemático da Coreia do Sul Kefir : Conjunto de leveduras e bactérias que produzem uma bebida de base de leite típica das estepes