A imutabilidade de Deus

495 visualizações

Publicada em

Aula 06 da classe de Doutrinas da Graça da Escola Bíblica Dominical da IPBA (Campo Grande, MS)

Referências:
LIMA, Leandro Antônio de. As grandes doutrinas da graça. São Paulo: Agathos, 2013.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A imutabilidade de Deus

  1. 1. A U L A 0 6E S C O L A B Í B L I C A D O M I N I C A L I P B A A imutabilidade de Deus 22 de novembro de 2015 Doutrinas da Graça
  2. 2. Plano de Aula 1. Deus muda? 2. Decretos imutáveis 3. Promessas imutáveis 4. Aparentes mudanças 5. Devoção e segurança
  3. 3. Deus muda?
  4. 4. Deus muda? ● A maioria das religiões crê num Deus que muda de acordo com as situações ● Deus muda assim como os homens mudam? ● Não há confiança em coisas que mudam em todo tempo ● Segurança => estabilidade => imutabilidade
  5. 5. Uma rocha eterna Is 26.4
  6. 6. Deus muda? ● Deus é ○ O mesmo ontem, hoje e eternamente (Hb 13.8) ○ O que é (Ex 3.14) ○ O primeiro e o último (Is 48.12) ○ Em quem não há variação nem sobra de mudança (Tg 1.17)
  7. 7. Decretos imutáveis
  8. 8. Decretos imutáveis ● Determinações que Deus tem tomado desde a eternidade ● O futuro não está aberto diante de Deus ● Se até os homens planejam, porque Deus não o faria? ● "Nenhum dos seus planos pode ser frustrado" (Jó 42.2) ● O conselho da sua vontade: Exemplos de decretos ● "Muitos propósitos há no coração do homem, mas o desígnio do Senhor permanecerá" (Pv 19.21)
  9. 9. Promessas imutáveis
  10. 10. Promessas imutáveis ● Deus não é homem para que minta (Nm 23.19) ● Deus é fiel a si mesmo ● Nós não somos consumidos por causa que ele não muda (Ml 3.6) ● O que Deus promete é o que ele quer não o que nós queremos ● Deus não se sujeita a ninguém, apenas a si mesmo e a sua vontade
  11. 11. Aparentes mudanças
  12. 12. Aparentes mudanças ● "Deus se arrependeu" (Gn 6.5-6; Jr 18.8-10) ○ Deus é imutável mas não imóvel ou impassível, ele se movimenta, se relaciona e se revela a nós. ○ "Arrepender-se" é tentar explicar em linguagem humana o que é próprio somente de Deus: Ele entristeceu-se muito, sentiu, pesou no seu coração.
  13. 13. Aparentes mudanças ● Promessas condicionais ○ "Se vocês fizerem isso eu vou abençoar mas se não fizerem vou amaldiçoar" ○ O propósito de Deus para ambos os casos ○ Quem muda é o homem, não Deus: A liberdade debaixo da vontade de Deus
  14. 14. Aparentes mudanças ● Cristo não é o plano B de Deus ○ O cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo (1 Pe 1.20) ○ Sua encarnação foi algo previsto na história da trindade ○ Foi um agir dos seus planos eternos
  15. 15. Devoção e segurança
  16. 16. Devoção e Segurança ● Vale a pena confiar em Deus ● "Não se pode confiar na criatura humana, mas em Deus sim" ● O conhecimento de Deus sobre as coisas que ainda virão é o mesmo que ele tem sobre as coisas que já aconteceram ● Sua salvação é garantida por Deus por causa da sua imutabilidade
  17. 17. "Confiai no SENHOR perpetuamente; porque o SENHOR DEUS é uma rocha eterna" Is 26.4 PARA MEMORIZAR

×