Em todas as culturas de todas as épocas, a
interferência no corpo sempre consistiu em
importante fonte de símbolos.
O corpo comunica nossa experiência social.
Atualmente, percebemos uma crescente busca
pela modificação corporal. Atendidos pelas
clínicas de estética, cirurgias plás...
Moda?
Necessidades pessoais?
Rebeldia?
Como o consumo do corpo pode ser
compreendido?
Precisamos interferir no corpo para
...
Das tribos ao mundo contemporâneo, as práticas de
modificação corporal nos conduzem a refletir sobre a
nossa condição e mo...
Como entender o corpo?
O que pensar de quem pratica nele modificações
agressivas ou estranhas à chamada " normalidade"?
Como julgar o que, de fato, pode ser
considerado normal?
Quais seriam as motivações que levariam uma
pessoa a fazer esse tipo de escolha?
O corpo como objeto de manifestação cultural
O corpo como objeto de manifestação cultural
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O corpo como objeto de manifestação cultural

2.228 visualizações

Publicada em

Em todas as culturas de todas as épocas, a interferência no corpo sempre consistiu em importante fonte de símbolos. O corpo comunica nossa experiência social. Para refletir.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.228
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
95
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O corpo como objeto de manifestação cultural

  1. 1. Em todas as culturas de todas as épocas, a interferência no corpo sempre consistiu em importante fonte de símbolos.
  2. 2. O corpo comunica nossa experiência social.
  3. 3. Atualmente, percebemos uma crescente busca pela modificação corporal. Atendidos pelas clínicas de estética, cirurgias plásticas e academias ou ainda pelos aplicadores de tatuagens e piercings, construímos nossos corpos, atribuindo um sentido a nossa experiência de mundo.
  4. 4. Moda? Necessidades pessoais? Rebeldia? Como o consumo do corpo pode ser compreendido? Precisamos interferir no corpo para revelar nossa identidade?
  5. 5. Das tribos ao mundo contemporâneo, as práticas de modificação corporal nos conduzem a refletir sobre a nossa condição e modo de vida.
  6. 6. Como entender o corpo?
  7. 7. O que pensar de quem pratica nele modificações agressivas ou estranhas à chamada " normalidade"?
  8. 8. Como julgar o que, de fato, pode ser considerado normal?
  9. 9. Quais seriam as motivações que levariam uma pessoa a fazer esse tipo de escolha?

×