Curso onljne relacoes etnicas, raciais e de genero

1.588 visualizações

Publicada em

curso online disponível no unieducar, www.unieducar.org.br, com direito a certificação

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.588
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso onljne relacoes etnicas, raciais e de genero

  1. 1. Relações Étnico, RaciaisRelações Étnico, Raciaise de Gênero – Direitose de Gênero – Di it  d  Gê  Humanos
  2. 2. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Você pode obter certificação neste  curso. Acesse  www.unieducar.org.br e inscreva‐se. e inscreva‐se. You can get certification in this course. Go to  www.unieducar.org.br and sign and sign up. Usted puede obtener la certificación en este curso  Visite el sitio en este curso. Visite el sitio www.unieducar.org.br y g y registrase. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  3. 3. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Introdução Globalização, políticas neoliberais, segurança global, estas são realidades que  estão acentuando a exclusão, em suas diferentes formas e manifestações. No  estão acentuando a exclusão  em suas diferentes formas e manifestações  No  entanto, não afetam igualmente a todos os grupos sociais e culturais, nem a  todos os países e, dentro de cada país, às diferentes regiões e pessoas. São os  considerados “diferentes”, aqueles que por suas características sociais e/ou id d  “dif t ”  l         t í ti   i i   / étnicas, por serem “portadores de necessidades especiais”, por não se  adequarem a uma sociedade cada vez mais marcada pela competitividade e pela  lógica do mercado, os “perdedores”, os “descartáveis”, que vêem cada dia  negado o seu “direito a ter direitos” (Hannah Arendt). Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  4. 4. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Introdução Este é o nosso momento. Nele temos de buscar, no meio d t õ d b i de tensões, contradições e conflitos, caminhos de afirmação de uma cultura dos direitos humanos que penetre todas as práticas sociais e seja capaz de favorecer p processos de democratização, de ç articular a afirmação dos direitos fundamentais de cada pessoa e grupo sóciocultural, de modo especial os direitos sociais e econômicos, com o reconhecimento dos direitos à diferença. diferença Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  5. 5. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Articular igualdade e diferença: uma exigência do momento Esta é uma questão fundamental no momento atual. Para alguns, a construção da democracia tem de colocar a ênfase nas questões relativas à igualdade e, portanto, eliminar l ou relativizar l as diferenças. Existem também posições que defendem um multiculturalismo radical, com tal ênfase na diferença, diferença que a igualdade fica em um segundo plano. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  6. 6. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Articular igualdade e diferença: uma exigência do momento Uma frase do sociólogo português Boaventura Souza Santos sintetiza de maneira especialmente oportuna esta tensão: “temos direito a reivindicar a igualdade sempre que a diferença nos inferioriza e temos direito de reivindicar a diferença sempre que a igualdade nos descaracteriza”. i i di    dif        i ld d    d t i ” Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  7. 7. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Articular igualdade e diferença: uma  exigência do momentoO que estamos querendo trabalhar é, aomesmo tempo, negar a padronização e lutarcontra todas as formas de desigualdadepresentes na nossa sociedade. Nempadronização nem desigualdade. E sim, lutarpela igualdade e pelo reconhecimento dasdiferenças. A igualdade que queremosconstruir assume a promoção dos direitosbásicos de todas as pessoas. No entanto,esses todos não são padronizados, não são os“mesmos”. Têm de ter as suas diferenças mesmos .reconhecidas como elemento de construçãoda igualdade. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  8. 8. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Multiculturalismo na realidade latino‐ Multiculturalismo na realidade latino‐ americana A nossa história está marcada pela eliminação do “outro” ou por sua escravização, que também é uma forma de negação de sua alteridade. E l id d Esses outros que são “ ” na ã “eus” construção da identidade latino‐americana. Nesse sentido, o debate multicultural na América Latina nos coloca diante dessa questão, desses sujeitos, sujeitos históricos que foram massacrados mas que souberam massacrados, resistir e hoje continuam afirmando suas identidades fortemente nas nossas sociedades, mas numa situação d relações d i d d it ã de l õ de poder assimétricas, de subordinação e exclusão ainda muito acentuadas. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  9. 9. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Multiculturalismo na  realidade latino‐americana realidade latino‐ lid d l i i Nosso continente é um continente construído constr ído com uma ma base multicultural muito forte, onde as relações interétnicas têm sido uma constante através de toda sua história, uma história dolorosa e trágica principalmente no que diz respeito aos indígenas e aos afro‐ descendentes. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  10. 10. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos A questão das políticas de ação afirmativaAs políticas de ação afirmativa suscitam uma grande polêmica em todas assoc edades esociedades em que se propõem medidas concretas para sua implementação. p opõe ed das co c etas pa a p e e taçãoEntre nós também estão provocando intensos debates. Esse fato é em simesmo positivo, pois desvela inúmeros aspectos ligados à própria construçãohistórica da nossa sociedade e sua forte hierarquização lógica de privilégios hierarquização, privilégios,autoritarismo, apadrinhamento e favor. São debates marcados pela emoção e apaixão, onde a indignação, a militância e o conservadorismo se fazemespecialmente presentes. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  11. 11. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos HumanosEsse é o final de nossa Demonstração.Espero que tenha gostado do que viu até agora.Neste curso você aprenderá ainda mais sobre:‐ A questão das políticas de ação afirmativa‐ Multiculturalismo, políticas de ação afirmativa e  li l li lí i d ã fi iconstrução da democraciaconstrução da democracia‐ Multiculturalismo e perspectiva intercultural‐ Gênero, maternidade e violênciaInscreva se e garanta sua certificação!Inscreva‐se e garanta sua certificação!Esperamos por você!atendimento@unieducar.org.bratendimento@unieducar org brwww.unieducar.org.br Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  12. 12. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos Você pode obter certificação neste  curso. Acesse  www.unieducar.org.br e inscreva‐se. e inscreva‐se. You can get certification in this course. Go to  www.unieducar.org.br and sign and sign up. Usted puede obtener la certificación en este curso  Visite el sitio en este curso. Visite el sitio www.unieducar.org.br y g y registrase. Curso online disponível em www.unieducar.org.br
  13. 13. Relações Étnico, Raciais e de Gênero –Relações Étnico, Raciais e de Gênero – Direitos Humanos A primeira fase foi s perada Parabéns! superada. Avance agora para a próxima etapa. Acabamos de apresentar um resumo do conteúdo abordado na presente b apostila. Para visualizar o conteúdo completo  da apostila você deverá acessar a  “Biblioteca”  “Biblioteca” para aprofundar seus  Biblioteca   para aprofundar seus  estudos  e pesquisas sobre o assunto. O estudo complementar o tornará  O estudo complementar  apto para a resolução da prova. apto para a resol ção da pro a ATENÇÃO! Verifique se a prova on‐line já está f l liberada! Curso online disponível em www.unieducar.org.br

×