PPCP11 Cap04 Parte B

947 visualizações

Publicada em

Aprazamento ou fixação de prazos. Roteiro. Emissão de ordens. Liberação da produção.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
947
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PPCP11 Cap04 Parte B

  1. 1. Progr. da produção Capítulo 4, parte BAndré Jun Nishizawa
  2. 2. Sumário Fases Emissão de ordens Sistemas de emissão de ordens Liberação da produçãoAndré Jun Nishizawa
  3. 3. Fases da progr. da prod. A programação da produção realiza-se em 4 fases distintas: Aprazamento (fixação de prazos); Roteiro; Emissão de ordens; Liberação da produção.André Jun Nishizawa
  4. 4. As 4 fases da prog. da prod. Emissão Liberação Aprazamento Roteiro de ordens da produçãoAndré Jun Nishizawa
  5. 5. Aprazamento Aprazamento significa atribuir prazos e estabelecer datas ou horários.André Jun Nishizawa
  6. 6. Roteiro Roteiro significa o estabelecimento da melhor sequência ou fluxo para atender ao plano de produção; Se a empresa irá produzir um produto que tenha de passar por várias baterias de máquinas ou por várias seções produtivas, o roteiro procura definir a sequência ou fluxo mais adequado para que a matéria-prima passe pelas diversas etapas.André Jun Nishizawa
  7. 7. Emissão de ordens A emissão de ordens constitui o núcleo de informação e coordenação da programação da produção; Cada organização possui seu sistema de emissão de ordens que é melhorado e desenvolvido com a experiência.André Jun Nishizawa
  8. 8. Emissão de ordens Há alguns tipos de ordem, como: Ordem de produção comunicação da decisão de produzir. Ordem de montagem corresponde a uma OP para as unidades de montagem.André Jun Nishizawa
  9. 9. Emissão de ordens Há alguns tipos de ordem, como: Ordem de compra comunicação da decisão de comprar MP Ordem de serviço comunicação sobre prestação interna de serviços (como inspeção da qualidade, manutenção de reparos de máquinas etc).André Jun Nishizawa
  10. 10. Emissão de ordens Há alguns tipos de ordem, como: Requisição de materiais é a comunicação que solicita MP ou materiais ao almoxarifado.André Jun Nishizawa
  11. 11. Sistemas de emissão de ordens Cada organização utiliza seu próprio sistema, desenvolve-o de acordo com seu tipo de negócio, produtos/serviços, mercado etc. Há uma grande variedade; aqui, veremos 7 modelos.André Jun Nishizawa
  12. 12. Sistemas de Sistemas de produção emissão de ordens Encomenda Em lotes Contínua Sistema do produto X Sistema de carga X X Sistema do estoque mínimo X Sistema estoque- base X Sistema do período-padrão X Sistema dos lotes componentes X Sistema do lote- padrão XAndré Jun Nishizawa
  13. 13. Sistema do produto É o sistema mais indicado para produção sob encomenda; Está centrado no produto; Características: a programação é realizada pelo gráfico de Gantt (ou PERT em casos mais complexos)André Jun Nishizawa
  14. 14. Sistema de carga Utilizado tanto para regime sob encomenda quanto para em lotes; Este sistema permite analisar quais produtos devem ser produzidos para melhor utilizar a capacidade de produção da empresa Parte-se da disponibilidade de tempo de cada máquina ou unidade produtiva);André Jun Nishizawa
  15. 15. Sistema de estoque mínimo Utilizado para produção em lotes; Cada lote é dimensionado pelo princípio do lote econômico; Característica: baseia-se no atendimento ao plano de produção (que é dividido em lotes) ao invés de basear-se no produto.André Jun Nishizawa
  16. 16. Sistema de estoque-base Utilizado para produção contínua; Baseia-se na previsão de vendas.André Jun Nishizawa
  17. 17. Sistema de período-padrão Muito semelhante ao Sistema de Estoque-Base; Há 3 diferenças: Baseia-se no período de tempo considerado (ao invés do plano de produção); Baseia-se em plano imutável definido pela alta direção; Assim, plano de produção e produtos não sofrem mudanças.André Jun Nishizawa
  18. 18. Sistema dos lotes componentes Indicado para produção em lotes (mas pode ser utilizado para produção contínua no caso de haver um produto apenas); É um sistema baseado no plano de produção que implica a produção de uma quantidade padrão de PA comandada pela emissão de uma lista de componentes a serem fabricados ou comprados no período.André Jun Nishizawa
  19. 19. Sistema dos lote-padrão Indicado para produção contínua; O lote de produção é sempre o mesmo, e varia apenas o tempo.André Jun Nishizawa
  20. 20. Sobre os sistemas Entre todos, qual o melhor modelo?André Jun Nishizawa
  21. 21. Sobre os sistemas Entre todos, qual o melhor modelo? O melhor modelo é aquele que te atende.André Jun Nishizawa
  22. 22. Liberação da produção É a última fase da programação da produção Emissão Liberação Aprazamento Roteiro de ordens da produçãoAndré Jun Nishizawa
  23. 23. “Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.” (Herman Hesse)André Jun Nishizawa
  24. 24. Semana Data Assunto 1 6/2 Apresentação 2 13/2 Sistemas de produção 3 27/2 Sistemas de produção + Apresentação 4 5/3 Planej. e Contr. de prod. + ATPS1 5 12/3 Planej. e Contr. de prod. + Apresentação 6 19/3 Planej. da Prod. + Apresentação 7 26/3 Planej. da Prod. 8 2/4 Revisão 9 9/4 Prova + ATPS 2 10 16/4 Progr. da Prod. 11 23/4 Progr. da Prod. 12 30/4 Controle da Prod. + ATPS 3 13 7/5 Controle da Prod. 14 14/5 Controle da Prod. 15 21/5 Controle de Estoques 16 28/5 Controle de Estoques + Apresentação ATPS 4 17 4/6 Controle de Estoques 18 11/6 Prova oficial 19 18/6 Revisão 20André Jun Nishizawa 25/6 Prova substitutiva

×