Administração da produção

20.429 visualizações

Publicada em

Slide compreto sobre administração da produção e como uma empresa pode se organizar para sua produção ter bons resultados na questão do espaço físico.

Publicada em: Educação
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.429
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
636
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Administração da produção

  1. 1. Administração da produção<br />Curso Técnico em Petróleo e Gás Natural - IFPR<br />Projeto de Rede<br />
  2. 2. Administração da ProduçãoModelo Geral<br />Objetivos Estratégicos da Produção<br />Estratégias da Produção<br />AMBIENTE<br />Papel e posição competitiva da Produção<br />Recursos a serem transformados<br />Projeto<br />Melhoria<br />Bens e serviços<br />Input<br />Output<br />Planejamento e controle<br />Recursos de transformação<br />AMBIENTE<br />Administração da produção<br />Referências: SLACK Nigel, Stuart e JOHSTON, Robert. A Administração da Produção. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2002.<br />
  3. 3. Projeto de rede<br /><ul><li> Identificação dos relacionamentos necessários para a realização do produto
  4. 4. Parte da rede:
  5. 5. Fornecedores
  6. 6. Clientes
  7. 7. Por que considerar toda a rede?
  8. 8. Ajuda compreender como competir
  9. 9. Ajuda identificar nós significativos
  10. 10. Ajuda focalizar a longo prazo</li></ul>Administração da produção<br />
  11. 11. Projeto de rede<br /><ul><li>Decisões de projeto baseadas no entendimento das redes:
  12. 12. Qual a parte da rede a operação produtiva deve possuir?
  13. 13. Onde deve ser localizada cada operação da parte da rede pertencente à empresa?
  14. 14. Que capacidade de produção deve ter cada operação à empresa?
  15. 15. Isso implica em:
  16. 16. Integração vertical
  17. 17. Localização das operações produtivas
  18. 18. Gestão da Capacidade produtiva a longo prazo</li></ul>Administração da produção<br />
  19. 19. Projeto de rede<br /><ul><li>Integração vertical – grau de posse de uma organização da rede da qual faz parte.
  20. 20. Conveniência da aquisição de fornecedores/clientes;
  21. 21. Localização das operações produtivas - localização geográfica da operação em relação aos recursos, outras operações ou clientes com os quais interage.
  22. 22. Gestão da Capacidade produtiva a longo prazo – diz respeito ao tamanho ou capacidade de produção em cada unidade de rede.</li></ul>Administração da produção<br />
  23. 23. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br />Administração da produção<br />
  24. 24. Aplicação em todos os setores produtivos.<br />Ex: Indústrias e armazéns<br />Fonte: www.producao.ufrgs.br<br />
  25. 25. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li>Introdução
  26. 26. Planejar o arranjo físico é tomar decisões sobre a forma de como serão dispostos os centros de trabalho;
  27. 27. A idéia é tornar mais fácil e suave o movimento do trabalho (pessoas ou materiais) através do sistema;
  28. 28. Uma mudança no arranjo físico pode gerar uma grande economia de tempo e dinheiro.</li></ul>Administração da produção<br />
  29. 29. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li>Arranjo Físico
  30. 30. O Arranjo Físico de uma operação produtiva preocupa-se com a localização dos recursos de transformação
  31. 31. Fluxo de produção
  32. 32. O Fluxo de Produção determina a maneira segundo a qual os recursos transformados fluem através da operação</li></ul>Administração da produção<br />
  33. 33. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li>Tipos de arranjo físico
  34. 34. Existe uma relação entre o tipo de arranjo físico e o tipo de fluxo de produção.
  35. 35. Arranjo Físico por produto (Fluxo contínuo)
  36. 36. Arranjo Físico por processo (Fluxo por lotes)
  37. 37. Arranjo Físico de posição fixa (Fluxo por projeto)</li></ul>Administração da produção<br />
  38. 38. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li> Tipos de arranjo físico
  39. 39. Arranjo Físico por produto</li></ul>CT 1<br />CT 2<br />CT 3<br />CT 4<br />CT n<br />...<br />CT 1<br />CT 2<br />CT 3<br />CT 4<br />CT 5<br />CT 6<br />CT n<br />...<br />Administração da produção<br />
  40. 40. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li> Tipos de arranjo físico
  41. 41. Arranjo Físico por produto</li></ul>Adequado para produtos altamente padronizados <br />Fluxo de materiais previsível, abrindo possibilidades para o manuseio e transporte automáticos de materiais<br />Cada CT é responsável por uma parte da operação<br />O fluxo deve ser balanceado (Taxa de produção)<br />Altos investimentos de capital acarretando altos custos fixos e baixos unitários<br />Trabalho repetitivo e pouco motivador<br />Administração da produção<br />
  42. 42. EXEMPLOS<br />Administração da produção<br />
  43. 43. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li> Tipos de arranjo físico
  44. 44. Arranjo Físico por processo</li></ul>Peça X2<br />Peça X1<br />Peça X2<br />Peça X1<br />Peça X2<br />Peça X3<br />Peça X3<br />Peça X1<br />Peça X1<br />Peça X3<br />Peça X3<br />Peça X1<br />Peça X4<br />Peça X4<br />Peça X4<br />Administração da produção<br />
  45. 45. Lembrete<br />Uma simples mudança no arranjo físico pode provocar efeitos sobre a produtividade, o conforto e a segurança.<br />Administração da produção<br />
  46. 46. Administração da produção<br />
  47. 47. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li> Tipos de arranjo físico
  48. 48. Arranjo Físico por processo</li></ul>Os materiais (ou clientes) movem-se de acordo com as necessidades, formando uma rede de fluxos<br />Podem gerar estoques de produtos em processo<br />Taxa de produção mais baixa e programação da produção mais complexa se compararmos com o arranjo físico por produto<br />Administração da produção<br />
  49. 49. EXEMPLOS<br /> Isto significa que, quando clientes, informações e produtos fluírem através da operação, eles percorrerão um roteiro de processo a processo, de acordo com suas necessidades.<br /> Trata-se de um processo intermitente, em que<br />os recursos (funcionários e equipamentos) são<br />organizados em torno do processo.<br />Administração da produção<br />
  50. 50. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li> Tipos de arranjo físico
  51. 51. Arranjo Físico posição fixa (posicional)</li></ul>Produto fixo e os recursos se movem em torno dele<br />Construção de uma rodovia, navio ou cirurgia cardíaca<br />Restaurante “a lacarte”. Cliente fixo e os recursos se movendo em torno dele<br />Grande variedade e baixo volume<br />O produto a ser transformado, que sofre o<br />processamento, fica parado. A movimentação fica<br />por conta dos recursos transformadores.<br />Administração da produção<br />
  52. 52. EXEMPLOS<br />Administração da produção<br />
  53. 53. Arranjo Físico por posição Fixa<br />Fonte: Prof° Dr. Dario Dario Ikuo Miyake - PRO / EPUSP<br />Administração da produção<br />
  54. 54. Arranjo Físico e Fluxo de Produção<br /><ul><li> Relação entre arranjo físico e o binômio volume/variedade.</li></ul>Fixo<br />Variedade<br />Processo<br />Produto<br />Volume<br />Administração da produção<br />

×