“A	   grandeza	   de	   uma	   obra	   de	   arte	   está	   fundamentalmente	   no	   seu	   caráter	  ambíguo,	  que	  d...
A INFLUÊNCIA ARTÍSTICA DOS JOGOS DIGITAIS NA SOCIEDADE1.  PRESS START2.  HOMEM X MÁQUINA3.  OBRA DE ARTE?4.  ECONOMIZANDO ...
1. PRESS STARTs	                                                                       PONTILHISMOPERSPECTIVA LINEAR      ...
Georges	  Seurat	  The	  Seine	  at	  la	  Grande	  JaBe	  –	  1888	  Fonte:	  hBp://www.georgesseurat.org/	  
Georges	  Seurat	  Alfalfa	  Fields	  Saint	  Denis	  –	  1885/1886	  Fonte:	  hBp://www.georgesseurat.org/	  
Georges	  Seurat	  The	  Channel	  At	  Gravelines	  PeNt	  Fort	  Philippe	  –	  1859/1891	  Fonte:	  hBp://www.georgesse...
2. HOMEM X MÁQUINA	      OXO, ou Noughts and Crosses foi o primeiro jogo eletrônico. Criado em 1952 por Alexander S. Dougl...
3. OBRA DE ARTE?	      TENNIS	  FOR	  TWO,	  criado	  por	  William	  Higinbotham	  em	  1958.	  O	  primeiro	  com	  a	  ...
SE PODEMOS CONSIDERAR        OS VIDEOGAMES COMO         UMA FORMA DE ARTE,        ONDE ESTÁ A ARTE NOS               GAMES...
•  NARRATIVA	  CINEMATÓGRAFICA	  	          •  CENÁRIOS	  VIRTUAIS	          •  FILMES	  DE	  ANIMAÇÃO	  GAMES        •  T...
4. ECONOMIZANDO MEMÓRIA                          Space	  Invaders	  -­‐	  1979	  -­‐	  ATARI	                            	...
PAC-­‐MAN	  -­‐	  1980	  -­‐	  Namco	  	  Primeiro	   personagem	   de	  vídeo	   game	   a	   ter	   um	   nome	   e	  u ...
5. HERANÇA CULTURAL
6. INFLUÊNCIA ARTÍSTICAS                           INVADER	  
Fonte:	  h_p://www.oesquema.com.br/urbe/wp-­‐content/uploads/2011/09/spaceinvader_inl41.jpeg	  
Os	   games	   sempre	   foram	   e	   serão	   dependentes	   da	   tecnologia,	   mas	   seus	  primeiros	   passos	   e...
Fonte:	  h_p://dearsleyart.blogspot.com/	  
Fonte:	  h_p://dearsleyart.blogspot.com/	  
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS	  	  BOBANY, Arthur. Videogame Arte. Teresópolis/RJ: Novas Ideias, 2008.LUZ, Alan Richard da. V...
Influência arstística dos jogos digitais na sociedade
Influência arstística dos jogos digitais na sociedade
Influência arstística dos jogos digitais na sociedade
Influência arstística dos jogos digitais na sociedade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Influência arstística dos jogos digitais na sociedade

1.792 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
3 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
3
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Influência arstística dos jogos digitais na sociedade

  1. 1. “A   grandeza   de   uma   obra   de   arte   está   fundamentalmente   no   seu   caráter  ambíguo,  que  deixa  ao  espectador  decidir  o  seu  significado”          Theodor  Adorno    
  2. 2. A INFLUÊNCIA ARTÍSTICA DOS JOGOS DIGITAIS NA SOCIEDADE1.  PRESS START2.  HOMEM X MÁQUINA3.  OBRA DE ARTE?4.  ECONOMIZANDO MEMÓRIA5.  HERANÇA CULTURAL6.  INFLUÊNCIA ARTÍSTICAS
  3. 3. 1. PRESS STARTs   PONTILHISMOPERSPECTIVA LINEAR IMPRESSIONISTAS PERSPECTIVA AÉREA (Filippo Brunelleschi) (George Seurat (Leonardo Da Vinci) Renascimento Henri Edmund Cruz, Claude Monet) COMPUTAÇÃO  GRÁFICA  –  3D  
  4. 4. Georges  Seurat  The  Seine  at  la  Grande  JaBe  –  1888  Fonte:  hBp://www.georgesseurat.org/  
  5. 5. Georges  Seurat  Alfalfa  Fields  Saint  Denis  –  1885/1886  Fonte:  hBp://www.georgesseurat.org/  
  6. 6. Georges  Seurat  The  Channel  At  Gravelines  PeNt  Fort  Philippe  –  1859/1891  Fonte:  hBp://www.georgesseurat.org/  
  7. 7. 2. HOMEM X MÁQUINA   OXO, ou Noughts and Crosses foi o primeiro jogo eletrônico. Criado em 1952 por Alexander S. Douglas. O seu objetivo era a interação entre humano e computador. Fonte: http://www.dcs.warwick.ac.uk/~edsac/
  8. 8. 3. OBRA DE ARTE?   TENNIS  FOR  TWO,  criado  por  William  Higinbotham  em  1958.  O  primeiro  com  a  categoria  de  MulO-­‐Player.   Desenvolvido  para  a  exposição  permanente  do  Brookhaven  NaOonal  Laboratory  (Columbia,  Estados  Unidos,  1958).   Fonte:  h_p://www.pong-­‐story.com/1958.htm  
  9. 9. SE PODEMOS CONSIDERAR OS VIDEOGAMES COMO UMA FORMA DE ARTE, ONDE ESTÁ A ARTE NOS GAMES?  
  10. 10. •  NARRATIVA  CINEMATÓGRAFICA     •  CENÁRIOS  VIRTUAIS   •  FILMES  DE  ANIMAÇÃO  GAMES •  TRILHAS  SONORAS   •  MODELAGEM   •  DESENHO   •  DUBLAGEM  
  11. 11. 4. ECONOMIZANDO MEMÓRIA Space  Invaders  -­‐  1979  -­‐  ATARI     O   início   de   uma   nova   era   de   jogos   criaOvos   e   inovadores   e   a   tensão   passou   a   fazer   parte   integrante   do   vídeo   game   e   criando  o  genêro  shot-­‐’em-­‐up.   No   inicio,   os   games   eram   apenas   uma   releitura   de   jogos   de   tabuleiro   e   agilidade,   sem   qualquer  pretensão  arksOca.    
  12. 12. PAC-­‐MAN  -­‐  1980  -­‐  Namco    Primeiro   personagem   de  vídeo   game   a   ter   um   nome   e  u m a   p e r s o n a l i d a d e   e   o  p r i m e i r o   t a m b é m   a   t e r  produtos  licenciados.    São  reconhecidos,  hoje,  como  parte   da   nossa   herança  cultural      
  13. 13. 5. HERANÇA CULTURAL
  14. 14. 6. INFLUÊNCIA ARTÍSTICAS INVADER  
  15. 15. Fonte:  h_p://www.oesquema.com.br/urbe/wp-­‐content/uploads/2011/09/spaceinvader_inl41.jpeg  
  16. 16. Os   games   sempre   foram   e   serão   dependentes   da   tecnologia,   mas   seus  primeiros   passos   esOveram   marcados   por   limitações   técnicas   que  restringiam  a  ação  de  arOstas  na  mídia.  Ao  mesmo  tempo,  a  habilidade  dos  arOstas   de   criação   tem   crescido,   de   forma   que   cada   vez   mais   o   virtual   se  assemelha  ao  real.    Arthur  Bobany    
  17. 17. Fonte:  h_p://dearsleyart.blogspot.com/  
  18. 18. Fonte:  h_p://dearsleyart.blogspot.com/  
  19. 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS    BOBANY, Arthur. Videogame Arte. Teresópolis/RJ: Novas Ideias, 2008.LUZ, Alan Richard da. Vídeo Games: História, linguagem e expressãoGráfica: do nascimento à consolidação do vídeo game como linguagem.São Paulo: Blucher, 2010.PAQUETE, Andrew. Computer Graphics for Artists: an introduction. London:Springe, 2008.

×