“Mediar Convivências – A Mediação
Comunitária em itinerância no Bairro
Habitat”
Docentes: Márcia Aguiar | Teresa Vilaça Ac...
Sumário
• Caracterização da Instituição
• Caracterização do Bairro Habitat
• Diagnóstico de Necessidades
• Enquadramento t...
Caracterização da Instituição
• Associação Humanitária fundada em Braga,
em 1996
• Filial da Habitat for Humanity
• Objeti...
Caracterização do Bairro Habitat
• Situado em Palmeira (Braga)
• Início a 1 de Julho de 2000
• Doze famílias
• Trabalho de...
Diagnóstico de Necessidades
Através de conversas informais e visitas às
famílias
• Conflitos entre os habitantes
• Disfunc...
Enquadramento Teórico
Mediação Comunitária
• “proporcionar à comunidade a conscientização dos seus
direitos e deveres, alé...
O Projeto
Finalidade:
• Elaboração de um dispositivo de Mediação Comunitária no
Bairro Habitat, fomentando a promoção do d...
Plano de atividades inicial
Apresentação e quebra-gelo1ª Sessão
• Apresentar o grupo, o plano de formação/sensibilização e...
Higiene Pessoal e Habitacional4ªSessão
• Reconhecer que a higiene pessoal é importante para a saúde
• Reconhecer a higiene...
Resolução de Conflitos
12ª e 13ª
Sessões
• Promover estratégias para a resolução positiva e construtiva de
conflitos na co...
Alteração da Planificação
Etapa 1– Apresentação (13-03-2014)
Objetivos: Apresentar o grupo de estagiárias e as famílias
– ...
Atividade Final:
• Recolher fotos desde o início do Bairro Habitat até agora para
fazer uma montagem
• “A história de quem...
Etapa 2 – Elaboração de um Plano de Intervenção junto
das famílias do Bairro Habitat
Objetivos:
- Diagnosticar, junto das ...
Etapa 3 – Realização de atividades, considerando o Plano de
Intervenção de cada família
Objetivos:
• Fomentar a autoestima...
Etapa 4 – Avaliação do Plano de Intervenção de cada família
Objetivos:
• Refletir sobre o plano de intervenção e os aspeto...
Etapa 5 – Atividade Final
Objetivos:
• Promover a interação, a convivência e a participação de todas as
famílias num proje...
Considerações Finais
• Realidade do contexto de trabalho
• Modificação do Plano de Atividades
• Adequação das atividades
•...
Referências Bibliográficas
• Miranda, A. (s/d). A mediação comunitária como instrumento de prática
de cidadania e da democ...
Ficha de Registo Inicial
Nome:
Data:
Estado Civil:
Nº de membros do agregado familiar:
Profissão:
Relato-Descrição do(s) p...
Guião/Matriz para elaboração do diagnóstico junto das famílias
do Bairro Habitat
Questões Objetivos
Com que problemas lida...
Ficha de Registo de Evolução
Nome:
Data:
Nº de membros do agregado familiar:
Profissão:
1. O que já conseguiram mudar, o q...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação habitat

175 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
175
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação habitat

  1. 1. “Mediar Convivências – A Mediação Comunitária em itinerância no Bairro Habitat” Docentes: Márcia Aguiar | Teresa Vilaça Acompanhante da Instituição: João Cruz Discentes: Marta Pinto a64998 |Rosa Silva a64996 | Vera Vieira a65000 Projeto e Seminário II : Dispositivos e Metodologias da Mediação e da Formação
  2. 2. Sumário • Caracterização da Instituição • Caracterização do Bairro Habitat • Diagnóstico de Necessidades • Enquadramento teórico: Mediação Comunitária • Plano de atividades • Considerações Finais • Referências Bibliográficas
  3. 3. Caracterização da Instituição • Associação Humanitária fundada em Braga, em 1996 • Filial da Habitat for Humanity • Objetivo principal: resolver problemas habitacionais de famílias portuguesas carenciadas Associação Humanitária Habitat
  4. 4. Caracterização do Bairro Habitat • Situado em Palmeira (Braga) • Início a 1 de Julho de 2000 • Doze famílias • Trabalho desenvolvido com a ajuda de voluntários nacionais e internacionais
  5. 5. Diagnóstico de Necessidades Através de conversas informais e visitas às famílias • Conflitos entre os habitantes • Disfuncionalidades nas famílias • Alguns casos de dependência
  6. 6. Enquadramento Teórico Mediação Comunitária • “proporcionar à comunidade a conscientização dos seus direitos e deveres, além da resolução e prevenção de conflitos em busca da paz social.” (Miranda, s/d, p. 4) • “acionar redes de interação e comunicação, tal como o de proporcionar pontes em que se estabeleça uma promoção à aproximação daqueles que não conseguem ou têm dificuldade em comunicar.” (Freire, 2006, cit. por Silva, 2010, p. 121)
  7. 7. O Projeto Finalidade: • Elaboração de um dispositivo de Mediação Comunitária no Bairro Habitat, fomentando a promoção do desenvolvimento da vida em comunidade Objetivos Gerais: • Potenciar a mediação comunitária no Bairro Habitat, fomentando hábitos de convivência saudável • Capacitar os habitantes do Bairro Habitat em termos de estratégias promotoras da gestão positiva e construtiva de problemas/conflitos, da autoestima e autoconfiança e da educação para a cidadania
  8. 8. Plano de atividades inicial Apresentação e quebra-gelo1ª Sessão • Apresentar o grupo, o plano de formação/sensibilização e seus objetivos Como ser pais hoje?2ºsessão • Desenvolver competências parentais para o bom crescimento e desenvolvimento das crianças/adolescentes Economia Familiar3ªSessão • Reconhecer a importância da economia doméstica para uma boa organização e gestão familiar
  9. 9. Higiene Pessoal e Habitacional4ªSessão • Reconhecer que a higiene pessoal é importante para a saúde • Reconhecer a higiene habitacional como base para o bom funcionamento da habitação e da família Educação para a Saúde5ªSessão • Reconhecer a importância dos cuidados de saúde para uma vida saudável e sem riscos Interação das famílias com a comunidade6ªSessão • Melhorar o relacionamento das famílias com a comunidade envolvente
  10. 10. Resolução de Conflitos 12ª e 13ª Sessões • Promover estratégias para a resolução positiva e construtiva de conflitos na comunidade Sessão de Encerramento do Plano de Atividades/ Convívio14ªSessão • Despedida das estagiárias NOTA: Todas as sessões seriam intercaladas com a realização de uma atividade recreativa em parceria com a Junta de Freguesia de Palmeira.
  11. 11. Alteração da Planificação Etapa 1– Apresentação (13-03-2014) Objetivos: Apresentar o grupo de estagiárias e as famílias – Explicar os objetivos e etapas do projeto “Mediar Convivências – A Mediação Comunitária em itinerância no Bairro Habitat” – Marcar os dias/horas das sessões com as famílias – Definir uma atividade final na comunidade, com a participação de cada família e dos voluntários da Associação Humanitária Habitat
  12. 12. Atividade Final: • Recolher fotos desde o início do Bairro Habitat até agora para fazer uma montagem • “A história de quem sou”: contar uma história divertida passada no Bairro Habitat • Exposição com trabalhos realizados pelas famílias: pintar/bordar/recortar/… com palavras-chave (paz, cidadania, família, convivência, etc.) Objetivos: • Promover a interação, a convivência e a participação de todos num projeto comum • Fomentar o estabelecimento de laços, através da partilha de experiências
  13. 13. Etapa 2 – Elaboração de um Plano de Intervenção junto das famílias do Bairro Habitat Objetivos: - Diagnosticar, junto das famílias, a existência de conflitos/problemas no seu quotidiano e formas de lidar com os mesmos - Co construir, com as famílias, uma proposta de intervenção para a gestão positiva dos seus conflitos/problemas Materiais: Ficha de Registo Inicial; Guião para o diagnóstico
  14. 14. Etapa 3 – Realização de atividades, considerando o Plano de Intervenção de cada família Objetivos: • Fomentar a autoestima e a autoconfiança • Promover a comunicação interpessoal • Estimular a reflexão crítica em torno da noção de conflito • Potenciar o pensamento crítico na resolução dos problemas do quotidiano Materiais: de acordo com as atividades a definir (e.g.: estimular a valorização das qualidades pessoais e sociais; jogos com palavras-chave (palavras-cruzadas, por exemplo); questionário de avaliação da sessão
  15. 15. Etapa 4 – Avaliação do Plano de Intervenção de cada família Objetivos: • Refletir sobre o plano de intervenção e os aspetos discutidos nas sessões anteriores • Avaliar o Plano de Intervenção na família Materiais: Ficha de Registo de Evolução; Questionário de avaliação da sessão
  16. 16. Etapa 5 – Atividade Final Objetivos: • Promover a interação, a convivência e a participação de todas as famílias num projeto comum • Fomentar o estabelecimento de laços, através da partilha de experiências • Avaliar a importância do Projeto para a comunidade/Bairro Habitat • Avaliar a intervenção das Mediadoras Comunitárias (a definir)
  17. 17. Considerações Finais • Realidade do contexto de trabalho • Modificação do Plano de Atividades • Adequação das atividades • Treino de competências
  18. 18. Referências Bibliográficas • Miranda, A. (s/d). A mediação comunitária como instrumento de prática de cidadania e da democracia: a experiência do estado do ceará. Disponível em http://www.mpce.mp.br/esmp/publicacoes/Edital-n-03- 2012/Artigos/Ana-Karine-Pessoa-Cavalcante-Miranda.pdf. • Silva, A. M. (2010). Conflito(s) e Mediação em contextos educativos. In Revista Galego-Portuguesa de Psicologia e Educación, 18 (1), 7-18.
  19. 19. Ficha de Registo Inicial Nome: Data: Estado Civil: Nº de membros do agregado familiar: Profissão: Relato-Descrição do(s) problema(s)/Conflito(s)
  20. 20. Guião/Matriz para elaboração do diagnóstico junto das famílias do Bairro Habitat Questões Objetivos Com que problemas lida no quotidiano? - Conhecer os problemas que as famílias enfrentam no quotidiano Como resolve esses problemas? Recorre a alguém? - Identificar as formas utilizadas pelas famílias para lidarem/resolverem os seus problemas Já houve problemas entre as pessoas do Bairro Habitat? Se sim, de que forma foram resolvidos? - Reconhecer a existência de conflitos no Bairro Habitat - Compreender formas de atuação na comunidade O que significa para si viver em comunidade? - Conhecer as representações das famílias quanto ao conceito de comunidade Qual a sua participação na vida do Bairro Habitat? - Identificar o grau de participação e envolvimento na comunidade do Bairro Habitat O que faz falta no Bairro Habitat? - Conhecer as necessidades das famílias do Bairro Habitat O que acha que pode ser feito para resolver os problemas que enfrenta no seu quotidiano, no Bairro Habitat? - Identificar formas de intervenção nas e com as famílias em termos da gestão positiva e construtiva de conflitos/problemas
  21. 21. Ficha de Registo de Evolução Nome: Data: Nº de membros do agregado familiar: Profissão: 1. O que já conseguiram mudar, o que devem continuar a trabalhar (como?, com quem?) 2. Importância e impacto das atividades desenvolvidas para a consecução e sucesso do plano de intervenção definido inicialmente 3. Sugestões/ Alternativas

×