Aids na gravidez

6.510 visualizações

Publicada em

slaides sobre aids na gravidez

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.510
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
157
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aids na gravidez

  1. 1. AIDS NA GRAVIDEZ
  2. 2. Introdução/Índice• História da AIDS/Dados da Aids• O que é a AIDS?• Contágio − Como se transmite?• Prevenção• Sintomas e Fases da AIDS• Transmissão Vertical• Fatores de Risco• Tratamento da Gestante/Medicamentos• Procurando Ajuda
  3. 3. Historia da AIDS• Os primeiros sinais do surgimento da Aids se deram por volta de 1978, quando alguns homossexuais dos EUA Haiti e África Central começaram a apresentar uma doença, até então desconhecida, que passaria a ser chamada de Aids.• Em 1983 o agente etimológico foi identificado• O vírus da Imunodeficiência símia (SIV) presente nos macacos verdes africanos é muito próximo ao HIV.
  4. 4. Dados da AidsEntre 2000 e junho de 2011, foi notificado no Sinanum total de 61.789 casos de infecção pelo HIV emgestantes, dos quais 909 (16,0%) na RegiãoNordeste.
  5. 5. O que é a AIDS?• Trata-se de um retrovírus humano, atualmente denominado vírus da Imunodeficiência humana (HIV).• CICLO LITICO• CICLO LISOGENICO
  6. 6. Transcriptase Reversa
  7. 7. Como se transmite?•Sexo sem camisinha - pode ser vaginal, anal ouoral.•Uso da mesma seringa ou agulha contaminada pormais de uma pessoa.•Transfusão de sangue contaminado com o HIV.•Instrumentos que furam ou cortam, nãoesterilizados.
  8. 8. PrevençãoUsar sempre preservativo nas relações sexuais, nãopartilhar agulhas, seringas, material usado napreparação de drogas injectáveis e objectos cortantes(agulhas de acupunctura, instrumentos para fazertatuagens e piercings, de cabeleireiro, manicura).
  9. 9. Sintomas
  10. 10. Fases da AIDS• Infecção aguda: surge algumas semanas após a contaminação, com febre, calafrios, dor de cabeça, dor de garganta, dores musculares pelo corpo, ínguas e manchas na pele que desaparecem após alguns dias.• Infecção assintomática: tem duração variável, de meses a anos.• Doença sintomática: manifestação mais grave da doença, onde a pessoa vai perdendo sua imunidade e vão surgindo doenças oportunistas.
  11. 11. Infecções Oportunistas• Tuberculose.• Pneumonia.• Citomegalovírus: um vírus que afetaos olhos e os intestinos.
  12. 12. Infecções Oportunistas• Candidose: que pode causar infecções na garganta e na vagina.• sarcoma de Kaposi. o aparecimento de pequenos tumores na pele e em várias zonas do corpo• Toxoplasmose: que pode causar lesões graves no cérebro.
  13. 13. Transmissão VerticalDe mãe infectada para o filho durante agestação, o parto ou a amamentação
  14. 14. Fatores que aumentam o risco de infecção para o Feto.• Infecção da Mãe pelo HIV estiver em estágio avançado.• bolsa romper até quatro horas antes do parto.• o parto for normal, ao invés de parto cesariano planejado.• usar drogas ilícitas no período de gestação.• tiver infecção genital, como por exemplo a clamídia, uma infecção sexualmente transmissível.
  15. 15. Tratamento da Gestante/Medicamentos• Faça os testes de HIV• Procure um médico/Fazer o Pre-Natal• Medicações Antirretrovirais (ARVs).• Parto cesariano: é programada para a 38a semana de gestação ou antes.• Uso do anti-retroviral, O inicio do esquema deve ser precoce, apos o primeiro trimestre, entre a 14a e a 28a semana de gravidez.• Não Amamentar.
  16. 16. NEVIRAPINAO tratamento com nevirapina é mais prático.A mãe recebe uma dose antes do parto e o filho recebeuma dose logo depois de nascer.
  17. 17. RECOMENDAÇÕES• Recomenda-se evitar o uso de AZT em casos de anemia e ou neutropenia, com monitoramento mais frequente caso a hemoglobina seja inferior a 10g/dl. Nos pacientes que usam AZT, a toxicidade hematológica e um dos principais efeitos adversos que resultam na modificação do tratamento.• Nos casos de impossibilidade do uso do AZT, a didanosina entérica (ddIEC) ou a estavudina (d4T) permanecem como alternativas parasubstitui-lo, sempre combinados com a lamivudina. (1b,A) A associação ddI/d4T continua excluída dos esquemas para gestantes, devido a acidose lática fatal.
  18. 18. A zidovudina ou AZT (azidotimidina)
  19. 19. CUIDADOS COM O RECÉM- NASCIDOAlém dos cuidados tradicionais, recomenda-se: Dar a primeira dose do AZT oral ainda na sala de parto, logo após os cuidados imediatos ou nas primeiras duas horas após o nascimento. Fazer exame de sangue completo para acompanhar uma possível anemia (falta de ferro) pelo uso do AZT, repetindo após 6 e 16 semanas. Não amamentar e substituir o leite materno por fórmula infantil. O aleitamento misto (leite materno intercalado com fórmula infantil) também é contraindicado. A criança exposta, infectada ou não, terá direito a receber fórmula láctea infantil gratuitamente, pelo menos até completar 6 meses de idade. Em alguns estados, a fórmula infantil é fornecida ate os 12 meses de idade ou mais. A criança deve ter alta da maternidade com consulta marcada em serviço especializado para seguimento de crianças expostas ao HIV. A data da primeira consulta não deve ser superior a 30 dias, a partir da data do nascimento.
  20. 20. Procurando Ajuda CTACentro de Testagem e Aconselhamento SAEServiço de Assistência Especializada em DST/AIDS
  21. 21. CTA Centro de Testagem e Aconselhamento Teste rápido: Possui esse nome, pois permitem a detecção de anticorpos anti-HIV na amostra de sangue do paciente em até 30 minutos. Teste Elisa: É o mais realizado para diagnosticar a doença. Nele, profissionais de laboratório buscam por anticorpos contra o HIV no sangue do paciente. Teste western blot :De custo elevado, é confirmatório, ou seja, indicado em casos de resultado positivo no teste Elisa. Teste de imunofluorescência indireta para o HIV-1: Também confirmatório
  22. 22. SAEServiço de Assistência Especializada em DST/AIDS Medicina Farmácia Psicólogo Assistente Social Psicopedagogia Enfermagem
  23. 23. USE CAMISINHA...• Juliermeson Oliveira• Valkiria• Maria Marylise• Thyago

×