Cultura Do Remix

1.654 visualizações

Publicada em

trabalho sobre cultura do remix

Publicada em: Tecnologia, Arte e fotografia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.654
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cultura Do Remix

  1. 1. CULTURA DO REMIX E O VÍDEO NA WEB 2.0
  2. 2. CULTURA DO REMIX Reinventar: Essa é a palavra de ordem. Propondo a reinvenção de um produto, possibilitando a reapropriação e incorporando alternativas, a Cultura Remix, cria uma nova expressão, provocando a imaginação do espectador.   Os novos artistas da Cultura Remix, provocam a percepção humana sobre a realidade que as cerca, abrindo novos significados a partir de reprocessamento de sons e imagens, com suas gravações e manipulações.    A reinvenção, princípio da proposta remix, provoca rupturas na ordem cultural porque requer do humano uma nova prontidão, exigindo uma busca por dispositivos que acomodem formas alternativas e visões de mundo   Usando a experiência e a curiosidade como fonte inspiradora, a Cultura Remix não põe em jogo o contexto artístico, mas sim a liberdade de criar, sem que haja a princípio a preocupação com o bom ou ruim, mas sim, a possibilidade de criação através de uma nova leitura para imagem e som.
  3. 3. Com seus sintetizadores (instrumentos musicais criados para produzir sons eletronicamente) e samplers (instrumentos que permitem a conversão de trechos musicais em sinal digital, gravando, manipulando ou reutilização de fontes sonoras pré-gravadas), os inventores, como, por exemplo o duo "The Chemical Brothers", desafiam os autores dos trechos que eles utilizam a identificar em que parte de suas músicas aparece o sample, que se mistura com a música fonte.   Usando a remixagem de imagens como tema, tendo como cenário principal elementos da mídia digital, o artista Eduardo Navas também propõe uma releitura para diversas imagens. Navas, que também é historiador, escritor especializado em novas mídias e Ph.D. em História da Arte, Teoria e Crítica da Universidade de San Diego, Califórnia,  já teve seus trabalhos expostos no Museu de Arte Contemporâneo Ateneo de Yucatan (Macay) e no Centro de Diseno, Cine y Television, ambos no México; no Whitney Museum's Artport, em Nova York, entre outros lugares.    No entorno do universo inaugurado pelo remix, as práticas de reutilização, apropriação e reciclagem de mídias alteram o que já está pronto. Nesse contexto, reciclar é marca de um novo fazer artístico. Com isso, influências e repertórios são transformados em novas linguagens e possibilidades.
  4. 4. <ul><li>Remix é a “apropriação, desvios e criação livre (que começam com a música, com os DJ`s no hip hop e o Sound Systems) a partir de outros formatos, modalidades ou tecnologias, potencializados pelas características das ferramentas digitais e pela dinâmica da sociedade contemporânea”. </li></ul>
  5. 5. O que é o OverMixter? É um espaço que congrega músicas, samples e remixes e permite a você ouvir, criar e recriar novas músicas, samples e remixes. Conta com o apoio do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getulio Vargas e com patrocínio da Fundação Ford e da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Cultural e dos mecanismos de incentivo fiscal do Programa Nacional de Apoio à Cultura, via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura.   FINALIDADE DO OVERMIXTER Permitir que pessoas que manipulam música compartilhem seus arquivos e criem coletivamente. Cada música, sample ou remix disponibilizado no Overmixter pode servir de matéria-prima para um outro colaborador. Os arquivos postados ficam sob uma licença que resguarda os direitos do autor ao mesmo tempo em que permite uso e cópia, de acordo com as condições determinadas pelo titular desses direitos. OverMixter
  6. 6. DIREITO AUTORIAL Os arquivos postados ficam sob uma licença que resguarda os direitos do autor ao mesmo tempo em que permite uso e cópia, de acordo com as condições determinadas pelo titular desses direitos.   No momento da postagem, o músico pode decidir quais são os termos em que pretende disponibilizar sua colaboração – se permite o uso comercial de sua obra ou não, se quer que as obras derivadas fiquem disponíveis sob a sua mesma licença, e assim por diante – e a autorização fica valendo legalmente.   FUNCIONALIDADE DO SITE OVERMIXTER O usuário baixa um sample que esteja disponível em um dos bancos de disponíveis no site, misturando com outros samples (e/ou vocais), e cria um remix. Então, este usoario envia o seu remix para o Overmixter indicando quais samples (e/ou vocais) utilizou, e outras pessoas vão poder usá-lo em seus próprios remixes. Quando alguém cria um remix a partir de uma música sua, seu nome aparece junto à ficha técnica da música e todo mundo pode conhecer o seu trabalho. A idéia é compartilhar justamente estes samples e &quot;fabricar&quot; influencias.   Bancos de samples: Overmixter , ccMixter.org , Eletrocooperativa e Freesound Proect .Visitando estes sites podemos encontrar todo tipo de barulho imaginável para se poder fazer mix.
  7. 7. Vídeo na web 2.0
  8. 8. Neste site é possível adicionar links em um vídeo. Por exemplo: enquanto passa um clipe dos Beatles na tela do monitor, pequenos ícones vão aparecendo por cima da imagem . Estes ícones são links  que levam o usuário a diferentes tipos de informações sobre o conteúdo que esta sendo assistido. É possível adicionar qualquer tipo de informação. Para fazer isso é preciso buscar uma URL de algum vídeo que esteja postado na internet (you tube por exemplo), adicionar este link no site da Asterpix e começar a fazer seus próprios links com as ferramentas que estão disponíveis no site.
  9. 9. Remixer YouTube Nele você monta seu vídeo usando um processo fácil de arrastar e soltar em uma linha de tempo ou colocar transições, efeitos de vídeo, áudio entre outros recursos básicos, para depois publicá-lo no YouTube.
  10. 10. EyeSpot É um serviço online que permite editar seus vídeos. O site mais famoso de videos da internet lançou há pouco tempo uma ferramenta baseada em um produto Adobe.
  11. 11. Sites <ul><li>OverMixter </li></ul><ul><li>Asterpix - Interactive Video </li></ul><ul><li>Remixer -  YouTube </li></ul><ul><li>EyeSpot </li></ul>
  12. 12. PARTICIPANTES LÍDIO RUAS JÚLIA MORAIS RAFAEL RAMALHO 2º PERÍDO DE CINEMA E VÍDEO

×