PALESTRA 1 – PAVLOS DIAS (GERENTE
NACIONAL BLACKBOARD)
Na palestra de Pavlos ele mencionou todas as novidades e novas
ferr...
Nesta imagem Pavlos
comenta sobre os
“badges”, que são como
“medalhas” ou
“conquistas” que o aluno
pode adquirir conforme ...
PALESTRA 2 – JOÃO CARLOS DA SILVA
INOVAÇÕES NA BLACKBOARD EM 2014 E ALÉM
João Carlos nos trouxe uma palestra sobre outros ...
Para finalizar sua palestra,
João Carlos cita que é
possível também medir os
níveis de evasão, no caso
ele usa exemplos
un...
PALESTRA 3 – DOROTA FORD
COLABORAÇÃO ONLINE: INOVAÇÕES E CASES
Dorota Ford é uma funcionária da Blackboard que mora nos es...
PALESTRA 4 – ANTÔNIO C. KRONEMBERGER
DIRETOR IBMEC ONLINE
Kronem é uma das pessoas que gerenciam o sistema de ensino Ibmec...
PALESTRA 5 – GABRIEL CAVALCANTE
OPEN EDUCATION – SOLUÇÃO MOOC’S
Gabriel explica sobre o Open Education, uma ferramenta des...
PALESTRA 6 – JANES TOMELIN
UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI
Janes é o gestor da área de educação à distância da universidade A...
PALESTRA 7 – IZABELLA SAADI E ALCIR VILELA
EAD NO SENAC: DESAFIOS E PERSPECTIVAS
Nesta palestra, Izabella e Alcir demonstr...
PALESTRA 8 – MARIE HANABUSA
GERENTE DO PROGRAMA DE LOCALIZAÇÃO
Marie é uma japonesa que vive nos estados
unidos e é funcio...
DEPOIMENTO DO AUTOR DESTE RESUMO
Esses encontros são de extrema importância para nós, analistas de tecnologias
das escolas...
CONTRIBUIÇÕES DO COLÉGIO MARISTA DE LONDRINA
Aula invertida - O professor como um tutor, não despejar o conteúdo sobre o a...
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Encontro blackboard   são paulo 07 08 14
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Encontro blackboard são paulo 07 08 14

263 visualizações

Publicada em

Encontro Blackboard

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontro blackboard são paulo 07 08 14

  1. 1. PALESTRA 1 – PAVLOS DIAS (GERENTE NACIONAL BLACKBOARD) Na palestra de Pavlos ele mencionou todas as novidades e novas ferramentas que estarão disponíveis a partir do segundo semestre de 2014 para a plataforma BlackBoard. Dentre essas ferramentas podemos descatar: -> My Edu : uma ferramenta que se assemelha ao hoje existente Linkedin, onde o aluno preenche um perfil de conquistas, como boas notas, trabalhos publicados e reconhecidos entre outros. Ele é uma ferramenta que cria um “curriculo” da vida colegial. -> BbGrader: essa ferramenta é de correção de provas e atividades, onde o professor não precisa nem sequer fazer o download do arquivo para seu computador/tablet, ele pode fazer as alterações, correções e observações na própria plataforma e mandar de volta o feedback ao aluno.
  2. 2. Nesta imagem Pavlos comenta sobre os “badges”, que são como “medalhas” ou “conquistas” que o aluno pode adquirir conforme o passar dos anos. Esses badges vão povoando o “MyEdu” do aluno e quando ele sair da escola poderá mostrar um semi- curriculo da sua vida colegial.
  3. 3. PALESTRA 2 – JOÃO CARLOS DA SILVA INOVAÇÕES NA BLACKBOARD EM 2014 E ALÉM João Carlos nos trouxe uma palestra sobre outros novos recursos que estarão surgindo na Blackboard. Um deles, que mais me chamou a atenção, é o Big Data. Big Data: consiste num software que analisa a grande quantidade de dados que são armazenados na plataforma. Essa analise nos retorna resultados que auxiliarão coordenadores, direção e professores na tomada de decisões. Por exemplo, podemos analisar a quantidade de acessos dos professores, tendo assim um gráfico com os nomes e podendo perceber quais acessam mais ou menos. Além disso podemos ter as informações de que áreas esses professores estão acessando mais, como tarefas e testes por exemplo. A partir desses dados é possível gerar um plano de ação que tornará os professores com maior nível de uso em professores multiplicadores da ideia.
  4. 4. Para finalizar sua palestra, João Carlos cita que é possível também medir os níveis de evasão, no caso ele usa exemplos universitários, mas que podem ser tratados em outros contextos também. Com essas informações é possível avaliar aonde existe maior nível de evasão de alunos e assim tomar as medidas necessárias para reduzir esse problema.
  5. 5. PALESTRA 3 – DOROTA FORD COLABORAÇÃO ONLINE: INOVAÇÕES E CASES Dorota Ford é uma funcionária da Blackboard que mora nos estados unidos, ela é especialista na ferramenta “Collaborate” onde podemos realizar aulas à distância, salas virtuais, além de gravar vídeo aulas e postá-las para os alunos assistirem depois. Dorota nos conta que o Collaborate está em constante melhora e cita algumas delas, como por exemplo a melhora na qualidade dos vídeos que passará aos status de “alta” qualidade. Dorota cita também que os áudios terão melhores qualidades e redução de ruídos. Além desses assuntos, Dorota também afirma que o Collaborate não é necessariamente específico para o ramo escolar/acadêmico, mas que também serve para videoconferências em outras instâncias, como por exemplo, marketing, recursos humanos, administradores e direção e também a T.I. Com o Collaborate, Dorota afirma que os alunos se sentem menos intimidados a tirar suas dúvidas, caso comum que ocorre em aulas presenciais com uma turma grande.
  6. 6. PALESTRA 4 – ANTÔNIO C. KRONEMBERGER DIRETOR IBMEC ONLINE Kronem é uma das pessoas que gerenciam o sistema de ensino Ibmec Online e a sua palestra é um demonstrativo da experiência que eles têm com a Blackboard. O Ibmec conseguiu personalizar a plataforma Blackboard para atender todos os tipos de alunos do Ibmec. Kronem explica que devemos desapegar dos costumes tradicionalistas e que precisamos “reaprender à aprender”. Kronem também explica que dentro do sistema de ensino à distância devem existir professores conteudistas (aqueles que produzem o conteúdo propriamente dito) e professores tutores, que auxiliam os alunos em todos os momentos do seu curso.
  7. 7. PALESTRA 5 – GABRIEL CAVALCANTE OPEN EDUCATION – SOLUÇÃO MOOC’S Gabriel explica sobre o Open Education, uma ferramenta desenvolvida pela Blackboard mas que é totalmente gratuíta. Essa ferramenta é capaz de criar mini-cursos em que os próprios clientes da Blackboard podem expor. O grande objetivo desse processo é abranger os clientes, tendo em vista que o Open Education serve como uma forma de Marketing para as escolas e universidades divulgarem seus trabalhos e atraírem novos alunos.
  8. 8. PALESTRA 6 – JANES TOMELIN UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Janes é o gestor da área de educação à distância da universidade Anhembi Morumbi, e nos explicou como funciona o processo de ensino à distância deles. Um fato importante durante sua apresentação foi um vídeo muito interessante, achei ele no YouTube e o link está abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=OAEhjkSgmFc
  9. 9. PALESTRA 7 – IZABELLA SAADI E ALCIR VILELA EAD NO SENAC: DESAFIOS E PERSPECTIVAS Nesta palestra, Izabella e Alcir demonstram as dificuldades encontradas com o processo de EAD. Izabella explica que os planos de aula são a espinha dorsal de todo o processo e devem ser levadas à sério. Assim como nas outras universidades, o SENAC também possui os professores conteudistas e os professores tutores. Izabella diz que vídeos longos na plataforma não são atrativos, o aluno deve ter apenas pequenas explicações em vídeos que variam de 3 a 5 minutos, isso atrai a sua atenção e não torna o processo de aprendizagem algo cansativo e desmotivador. Alcir conta que no SENAC eles possuem um estudio para as filmagens com equipe de audiovisual e contam até com um teleprompt (aparelho de legendas usados em emissoras de televisão de grande porte)
  10. 10. PALESTRA 8 – MARIE HANABUSA GERENTE DO PROGRAMA DE LOCALIZAÇÃO Marie é uma japonesa que vive nos estados unidos e é funcionária da Blackboard. Ela é responsável pelas traduções da plataforma e diz que o objetivo é “transformar a experiência americana em algo brasileiro”. Marie explica que o Language Pack (pacote de línguas), contido na plataforma é totalmente customizavel e mesmo assim podem existir erros e pede que caso fossem encontrados esses erros que abrissem um chamado para ajudar na resolução desses problemas.
  11. 11. DEPOIMENTO DO AUTOR DESTE RESUMO Esses encontros são de extrema importância para nós, analistas de tecnologias das escolas... Os encontros nos dão uma visão do mundo e nos mostram o que está acontecendo em outros locais, assim não ficamos atados apenas à nossa escola ou região. A apresentação de novas ferramentas e novas metodologias de ensino nos dão um entusiasmo para a cada ano que chega e sempre procurando a excelência no ensino. A partilha e a troca de experiências são fatores chave nesses encontros, poder rever os colegas de trabalho e também conhecer pessoas de outras localidades tornam o encontro muito produtivo e voltamos aos nossos “postos” cheios de ideias e entusiasmados. Alexandre Hekermann Hilbert Buss Analista de Tecnologia Educacional Colégio Marista Pio XII – Ponta Grossa - PR
  12. 12. CONTRIBUIÇÕES DO COLÉGIO MARISTA DE LONDRINA Aula invertida - O professor como um tutor, não despejar o conteúdo sobre o aluno e partilhar dentro e fora de sala de aula Temos dificuldade de nos desapegar de uma roupa, quem dirá do que aprendemos nas universidades. Será que estamos pensando só no avanço tecnológico, mas e o avanço comportamental e metodológico ? O maior desafio com as novas tecnologias está na metodologia Com as exposições feitas pelo usuários da Blackboard percebi quanto nosso colégio vai se enriquecer com essa adesão. Claro que iremos caminhar passo-a- passo no ritmo da nossa realidade, mas poder vislumbrar tantas possibilidades me motivou ainda mais a movimentar e contagiar nossos professores e alunos para a utilização dessa plataforma. VAMOS REIMAGINAR A EDUCAÇÃO! Alessandra Simone Martins Munhoz Garcia Analista de Tecnologia Educacional Colégio Marista de Londrina - PR

×