Apresentação inicial projeto jt

500 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
189
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação inicial projeto jt

  1. 1. Fazendas Históricas:PatrimôniosCulturais
  2. 2. Em nossa região temos um total de nove fazendascatalogadas pelo INEPAC (Instituto Estadual doPatrimônio Cultural). Ela é formada por histórias eculturas implícitas que são de grande influência emnosso cotidiano, mas muitas vezes são destruídas eperdem seu valor cultural por falta de conhecimento dasociedade quando não sabem a importância que essespatrimônios exercem sobre nossa história.
  3. 3. Objetivos Gerais• Instruir os moradores locais a respeito da importânciados vestígios arqueológicos deixados pela sociedadepassada;• Sensibilizar as pessoas sobre o valor cultural que essasfazendas desempenham sobre a população local e osmunicípios vizinhos;• Propiciar o conhecimento de um modo mais amplo arespeito dos costumes e atividades dessas fazendas,ressaltando os fatos, e sobretudo, preservando,representando e possibilitando a melhor compreensão dastransformações que sucedem da nossa sociedade.
  4. 4. A História... A Fazenda Liberdade foi construída por escravos, erapropriedade do tenente coronel Josino Antônio de Barros,que nasceu na fazenda de Três Ilhas, atual São José dasTrês Ilhas – MG. Na época ele se dedicava à cultura dacana e do café e adquiriu uma sesmaria de terras emnossa região que mais tarde se chamaria Miracema,habitada ainda por índios. Segundo informações de seusfamiliares, na primeira safra, chegaram a colher 150 milquilos de café. Vivendo no tempo em que a escravidão erainstituída como trabalho humano, não foi possível evitá-la. Mais tarde,instalaram nas terras da fazenda imigrantesde origem Italiana.
  5. 5. • A sala principal possuía, segundo testemunho dosproprietários da terceira geração, teto com fino erequintado trabalho em estuque (espécie de argamassafeita geralmente com pó de mármore, cal fina, gesso eareia), em cujo medalhão central reproduzia Ceres, adeusa da mitologia grega que representa a proteção dalavoura, guarnecida por jarrões com flores, buquês e asiniciais dos proprietários – JAB (Josino Antônio de Barros) eAPB (Amélia Padilha de Barros).• Antigos moradores da Casa Sede diziam ouvir gritos ebarulho de correntes sendo arrastadas pelo chão vindo doporão da casa, onde antigamente os escravos ficavampresos e dormiam.
  6. 6. Nossa proposta:• Procurar pessoas que fazem parte dessa história;• Estimular uma diversidade de condições sócio-culturais significativas das comunidades envolvidas;• Valorizar as memórias e histórias das fazendas;• Compreender o funcionamento e as transformaçõesque acontecem na sociedade;• Ajudar as pessoas a entenderem um pouco maissobre nossas culturas.
  7. 7. Os efeitos deste projeto serãorefletidos na contribuição que oscidadãos e os conhecedoresdeste, nos darão. Concluindo-seassim que é preciso contar ahistória do nosso passado paraque ela seja passada de geração ageração, pois ela refletirá nonosso futuro.
  8. 8. Trabalho realizado por:Esthefania Andrade QuirinoJuliana Frontelmo Soares Agradecimentos:Agradecemos aos orientadoresDrªNanci Vieira e Drº Júlio Gralha pelasfontes de pesquisa, à nossa co-orientadora Mestra Sandra MariaGomes de Azevedo, aos Jovens Talentosdo grupo de arqueologia e à Fundaçãode Apoio a Escola Técnica do Estado doRio de Janeiro -FAETEC/CVTMiracema.
  9. 9. Bibliografia:http://www.institutocidadevida.org.br/inventarios/sistema/wp-content/uploads/2009/11/18_-liberdade.pdfhttp://www.institutocidadeviva.org.br/inventarios/sistema/wp-content/iploads/2001/11/21_serra-nova.pdfhttp://jornale.com.br/wicca/2010/04/12/a-cerealia/
  10. 10. OBRIGADA!

×