O ALIENISTA – DADOS DA
OBRA.
O ALIENISTA – RESUMO DA
OBRA.
Doutor Simão Bacamarte era o maior dos médicos do Brasil, de Portugal e
da Espanha. Estudou ...
Desolado com a situação, Doutor Bacamarte decidiu dedicar-se
exclusivamente à Medicina, desenvolvendo um estudo sobre Psiq...
Com tanto sucesso, Simão organizou a parte administrativa e, pouco
depois, organizou seus enfermos: os mansos, os furiosos...
Pouco a pouco, o alienista passou a recolher pessoas que eram tidas como
normais para a Casa Verde. Dona Evarista voltou e...
Finalmente, Simão chega a conclusão que a única mente perfeita a ser
estudada naquela cidade é a dele, então, ele se recol...
O ALIENISTA – MACHADO DE
ASSIS.
O ALIENISTA –
MACHADO DE ASSIS
Julia Maldonado Garcia.
Larissa Kvitschal Ferreira.
2ª 03 - LPL.
E. E. M. Profº Roberto Gra...
O ALIENISTA –
MACHADO DE ASSIS
Julia Maldonado Garcia.
Larissa Kvitschal Ferreira.
2ª 03 - LPL.
E. E. M. Profº Roberto Gra...
O Alienista - Machado de Assis.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Alienista - Machado de Assis.

1.306 visualizações

Publicada em

O Alienista - Machado de Assis:
Dados da Obra.
Resumo da Obra.
Vida do Autor.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Alienista - Machado de Assis.

  1. 1. O ALIENISTA – DADOS DA OBRA.
  2. 2. O ALIENISTA – RESUMO DA OBRA. Doutor Simão Bacamarte era o maior dos médicos do Brasil, de Portugal e da Espanha. Estudou em Coimbra, Portugal, mas regressou ao Brasil com 34 anos, mesmo com os pedidos do rei para que ficasse. Voltou a Itaguaí e, aos 40 anos, casou-se com Dona Evarista, uma viúva nem bela, nem simpática, mas com as perfeitas condições fisiológicas e anatômicas para lhe dar filhos. Ao contrário do que pensou, D. Evarista não lhe deu filhos, e, conforme o passar do tempo, Dr. Simão resolveu pesquisa mais sobre a situação. Descobriu que o ideal seria uma dieta exclusivamente de carne de porco de Itaguaí, porém, sua mulher resistiu a dieta. Por consequência, o casal não teve herdeiros.
  3. 3. Desolado com a situação, Doutor Bacamarte decidiu dedicar-se exclusivamente à Medicina, desenvolvendo um estudo sobre Psiquiatria, um campo pouco explorado na cidade, no país e no mundo. Em Itaguaí, os vereadores não costumavam tratar com responsabilidade aqueles que sofriam de doenças psicológicas. Vendo isso, Doutor Simão resolveu fazer uma proposta: em troca de um pagamento, ele cuidaria de todos os “loucos” com o devido cuidado, colocando-os em convivência em uma casa. A população ficou chocada e, logo, começou a suspeitar de que o verdadeiro louco era Simão. Em pouco tempo, começou a construção da casa na Rua Nova, tinha cinquenta janelas verdes de cada lado, logo, foi chamada de Casa Verde. Sete dias de festa se deram por causa da inauguração da casa de Orates. Loucos surgiram de todas as partes e de todos os tipos: loucos de amor, mania de grandeza, etc.
  4. 4. Com tanto sucesso, Simão organizou a parte administrativa e, pouco depois, organizou seus enfermos: os mansos, os furiosos, manias, delírios, alucinações... Pouco depois, tratou de estudar cada loucura de cada “hóspede” da casa. Diante de tanto trabalho, Simão mal tinha tempo para a mulher, que começou a entristecer-se. Simão perguntou à esposa se ela não queria ir ao Rio de Janeiro que, consequentemente, ficou feliz, mas disse que só iria se ele fosse também. Para convencer a mulher, Bacamarte sugeriu que ela levasse sua tia. Três meses depois, as duas partiram, já Simão, estudou e dedicou-se ainda mais à Casa Verde. Depois de um tempo estudando, o alienista teve uma nova ideia e contou a Crispim Soares, o boticário, que um homem passaria pelas ruas tocando uma matraca e incumbiria as pessoas a alguma coisa. O alienista contou sua ideia a Padre Lopes que, confessou não entender.
  5. 5. Pouco a pouco, o alienista passou a recolher pessoas que eram tidas como normais para a Casa Verde. Dona Evarista voltou e era a esperança para as pessoas que não acreditavam na quantidade de gente sem problemas mentais recolhida. Começou uma revolta contra a Casa Verde, o babeiro liderava o movimento chamado “Revolta dos Canjicas” que cresceu a ponto das Forças Armadas aderi-lo. Porfírio, o barbeiro, fez uma reunião com Dr. Simão e acabou aliando-se a ele. Logo depois, muitos revoltos foram recolhidos à Casa Verde. Grande parte da população estava internado, quando, ao verificar que sua teoria estava errada, Doutor Bacamarte resolve soltar todo mundo. Porém, outras pessoas foram recolhidas para uma nova teoria e um novo estudo. Contudo, assim como da primeira vez, Simão solta todos eles de novo.
  6. 6. Finalmente, Simão chega a conclusão que a única mente perfeita a ser estudada naquela cidade é a dele, então, ele se recolhe à Casa Verde e começa a se estudar. Boatos contam que o alienista morreu 17 meses depois de se isolar.
  7. 7. O ALIENISTA – MACHADO DE ASSIS.
  8. 8. O ALIENISTA – MACHADO DE ASSIS Julia Maldonado Garcia. Larissa Kvitschal Ferreira. 2ª 03 - LPL. E. E. M. Profº Roberto Grant.
  9. 9. O ALIENISTA – MACHADO DE ASSIS Julia Maldonado Garcia. Larissa Kvitschal Ferreira. 2ª 03 - LPL. E. E. M. Profº Roberto Grant.

×