Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Agronegócio Brasileiro: Políticas e Oportunidades de
Investimentos
5 de ...
O sistema CNA
• A Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA foi
criada em 1951.
• Consolidou-se como a princi...
Missão institucional da CNA
• Representar, organizar e fortalecer os produtores rurais
brasileiros. Ela também defende seu...
Sistema Patronal Rural
PRODUTOR
RUAL
SINDICATOS

FEDERAÇÃO

SOCIEDADE
Desenvolvimento profissional de técnicos e
produtores rurais
Em 2012, a CNA e o SENAR treinaram 553
técnicos para dissemin...
CNA na China

Estratégias para o Mercado Chinês
Promoção da Imagem do
Agronegócio brasileiro

Promoção de
comércio e
acess...
Inauguração do escritório em Beijing
14 de novembro de 2012
CNA na Europa

Estratégias para o Mercado Europeu
Promoção da imagem do
agronegócio brasileiro

Defesa política, inteligên...
Inauguração do escritório em Bruxelas
19 de Junho, 2013
Superintendência de Relações
Internacionais (SRI)
1 . Análise das tendências de mercado e
elaboração de estratégias difere...
Estratégia internacional da CNA

Identificação de
oportunidades e
barreiras de mercado

• Trabalhar com as
instituições de...
Agronegócio
O agronegócio brasileiro
PIB Brasil 2012

US$ 2,251 trilhões

Agronegócio
Agricultura
US$290,4 bilhões

PIB Ag...
Projeções do Agronegócio
Principais produtos – 2012/13 a2022/23 (milhões de toneladas)

+ 10,9%

99,2

46

81,5

+ 30,7%
1...
Projeções do Agronegócio

+20,6%

+34,9%

4,3

Carnes

Carne
suína

Carnes – 2012/13 a2022/23 (milhões de toneladas)

3,6
...
Projeções do Agronegócio

+ 22,6%

+ 17,8%

Suco de
laranja

44,5

36,3

20,2
2022/23

Celulose

2012/13

23,8

+ 28,2%
18...
Produção do agronegócio e consumo
interno

Exportações
30%

Consumo Interno
70%

Fonte: MTE, IBGE
A importância do mercado externo para o
Brasil
Álcool

80,8%

Açúcar

19,2%

39,3%

Café

60,7%

43,9%

56,1%

Carne Bovin...
Principais destinos do Agronegócio

Rússia
União Europeia
23,4%

3,0%

China
18,8%

Estados Unidos
7,3%

Fonte: MAPA

Japã...
Brasil
Ranking mundial de produção e exportação
Ranking Mundial

Principais Produtos

Part. no Comércio
Mundial

Produção
...
Principais compradores do agronegócio
brasileiro - 2012
Produtos

Principal Destino

Quantidade total
importada*
(Mil ton....
Estados Unidos:
Consumo e Importação (2012)
Produtos

Consumo*
(mil ton.)

Participação do
Brasil nas
Importações

Importa...
É preciso aumentar a
produção
Mais 280 milhões
de toneladas
até 2020.
Mais 450 milhões
de toneladas
até 2030
Fonte: FAO
Agricultura de Baixo Carbono (ABC)
Oferta mundial da produção
O mundo deverá aumentar a produção em
60% para atender a uma...
Área dos estabelecimentos agropecuários
brasileiros
Uso da terra no Brasil
Area Total: 851.5 milhões de hectares
94 milhões ha (11%)

314.8 milhões ha
(37%)

Áreas públicas p...
Desmatamento da Floresta Amazônica
com as Metas do Governo
7577 Km2

Meta de redução de desmatamento
Desmatamento observad...
Programa Agricultura de Baixo Carbono –
ABC
Metas para adoção de tecnologias
que diminuem a emissão de GEE na
agropecuária...
O que se produz em 70 milhões de hectares

Hoje

Grãos e fibras
Carne bovina

Com mais 70 milhões de
hectares

160 milhões...
Produção e Exportação do Complexo Soja e Milho
Produção Brasil
139,3 milhões/t

Produção
80,3 milhões/t

2012

= 57,6%
Con...
Projetos de infraestrurua – Arco Norte
Rotas marítimas (distâncias, tempo e custo)

Belém (PA) – Shanghai (China)
20,235 km ou 11,087 Milhas nauticas
31 dias de ...
Programa de Investimentos
Rodovias
R$ 42,0 bilhões a investir
(R$ 23,5 bi em 5 anos e R$ 18,5 em 20 anos )
7,5 mil quilôme...
Programa de Investimentos
Ferrovias
R$ 91,1 bilhões a investir
(R$ 56,0 bi em 5 anos e R$ 35,1 em 25 anos )
10 mil quilôme...
Abertura dos Portos Brasileiros para o Capital
privado
As inovações introduzidas pela Lei No. 12.815, de 16/05/2013, que
m...
Programa de Investimentos
Portos
Concessões e Arrendamentos
R$ 20,2 bilhões a investir
(R$ 3,5 bi em concessões e R$ 16,7 ...
Revisão da Legislação de Contratos Públicos

O Senado Federal criou uma comissão para modernizar a Lei
8.666/93, que trata...
Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação do agronegócio brasileiro senadora Kátia Abreu - português 05.08.2013

1.590 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.590
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação do agronegócio brasileiro senadora Kátia Abreu - português 05.08.2013

  1. 1. Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Agronegócio Brasileiro: Políticas e Oportunidades de Investimentos 5 de Agosto de 2013 Senadora Kátia Abreu Presidente
  2. 2. O sistema CNA • A Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA foi criada em 1951. • Consolidou-se como a principal instância para os debates e a formulação de decisões sobre o agronegócio brasileiro. • Congrega 27 Federações de Agricultura e Pecuária e mais de 2.000 sindicatos rurais, os quais oferecem apoio direto aos produtores locais • O sistema CNA representa cerca de 5 milhões de produtores rurais.
  3. 3. Missão institucional da CNA • Representar, organizar e fortalecer os produtores rurais brasileiros. Ela também defende seus direitos e interesses, promovendo o desenvolvimento econômico e social do setor agropecuário. • O sistema CNA congrega o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Senar ( cursos de formação profissional para agricultores e trabalhadores rurais) e o Instituto CNA, que elabora estudos e pequisas relacionados ao desenvolvimento rural.
  4. 4. Sistema Patronal Rural PRODUTOR RUAL SINDICATOS FEDERAÇÃO SOCIEDADE
  5. 5. Desenvolvimento profissional de técnicos e produtores rurais Em 2012, a CNA e o SENAR treinaram 553 técnicos para disseminarem, entre produtores rurais, tecnologias para produção com baixo carbono.
  6. 6. CNA na China Estratégias para o Mercado Chinês Promoção da Imagem do Agronegócio brasileiro Promoção de comércio e acesso a mercado Atração de investimentos Inteligência comercial Principais Obejtivos Promoção do agronegócio brasileiro na China e em outros mercados regionais, incluindo Taiwan, Hong Kong e Macau Identificação de oportunidades de investimentos diretos em infraestrutura e logística para armazenagem e distribuição da produção agrícola e pecuária brasileira
  7. 7. Inauguração do escritório em Beijing 14 de novembro de 2012
  8. 8. CNA na Europa Estratégias para o Mercado Europeu Promoção da imagem do agronegócio brasileiro Defesa política, inteligência comercial e acesso a mercados Monitoramento de políticas e negociações Principais objetivos Defesa dos interesses do agronegócio brasileiro dentro de instituições europeias Redução de barreiras sanitárias e fitossanitárias para produtos brasileiros
  9. 9. Inauguração do escritório em Bruxelas 19 de Junho, 2013
  10. 10. Superintendência de Relações Internacionais (SRI) 1 . Análise das tendências de mercado e elaboração de estratégias diferenciadas 2. Identificação de oportunidades de negócios 1. Estratégias de promoção comercial Inteligência competitiva 2. Atração de investimentos em infraestrutura e logística 3. Expansão da rede de relacionamentos institucionais 1. Identificação de oportunidades e barreiras ao comércio Promoção de comércio e investimentos SRI SRI Negociações de acesso a mercados 2. Monitoramento de políticas públicas em mercados estratégicos 3. Defesa política em relação a negociações comerciais
  11. 11. Estratégia internacional da CNA Identificação de oportunidades e barreiras de mercado • Trabalhar com as instituições de promoção do comércio e agências governamentais Proposição de agenda nacional e internacional • Diferentes estratégias para os produtos primários e processados • Estratégias de inteligência de mercado: produtos de escala e nichos de mercado
  12. 12. Agronegócio O agronegócio brasileiro PIB Brasil 2012 US$ 2,251 trilhões Agronegócio Agricultura US$290,4 bilhões PIB Agronegócio 2012 US$ 412,0 bilhões (70,5%) (18,30%) Agronegócio Pecuária US$121,8 bilhões PIB Demais setores (80,16%) US$ 1,839 trilhão (29,5%) Exportações Totais 2012 US$ 242,6 bilhões Emprego Agronegócio US$ 95,81 bilhões (39,5%) Demais setores US$ 146,77 bilhões (60,5%) Fonte: CEPEA-USP,SUT/CNA, MAPA e IPEA. US$ 1 = R$ 1,84, média Bacen 2008. Dados de emprego são para 2004. Agronegócio 37%
  13. 13. Projeções do Agronegócio Principais produtos – 2012/13 a2022/23 (milhões de toneladas) + 10,9% 99,2 46 81,5 + 30,7% 1,7 2012/13 2022/23 + 20,0% 222,3 184,2 93,6 77,9 1,3 2012/13 2022/23 Milho Algodão 2012/13 +20,7% 51 Grãos Café* Soja + 21,8% 2022/23 Fonte: MAPA *Milhões de sacas de 60kg 2012/13 2022/23 2012/13 2022/23
  14. 14. Projeções do Agronegócio +20,6% +34,9% 4,3 Carnes Carne suína Carnes – 2012/13 a2022/23 (milhões de toneladas) 3,6 +22,5% 10,9 Fonte: MAPA +44% 26,5 20,6 14,1 8,9 2012/13 2022/23 Carne de frango Carne bovina 2012/13 35,8 2022/23 2012/13 2022/23 2012/13 2022/23
  15. 15. Projeções do Agronegócio + 22,6% + 17,8% Suco de laranja 44,5 36,3 20,2 2022/23 Celulose 2012/13 23,8 + 28,2% 18,2 14,2 2012/13 2022/23 Papel Açúcar Produtos estratégicos– 2012/13 a2022/23 (milhões de toneladas) Fonte: MAPA 2022/23 13,0 10,4 2012/13 2012/13 + 24,3% 2022/23
  16. 16. Produção do agronegócio e consumo interno Exportações 30% Consumo Interno 70% Fonte: MTE, IBGE
  17. 17. A importância do mercado externo para o Brasil Álcool 80,8% Açúcar 19,2% 39,3% Café 60,7% 43,9% 56,1% Carne Bovina 81,5% Carne de Frango 18,5% 66,9% Soja 33,1% 56,6% Milho 43,4% 84,1% Algodão 15,9% 66,7% 0% Fontes: MAPA, Conab e UNICA 10% 20% 30% 33,3% 40% Consumo Interno 50% 60% 70% Exportações 80% 90% 100%
  18. 18. Principais destinos do Agronegócio Rússia União Europeia 23,4% 3,0% China 18,8% Estados Unidos 7,3% Fonte: MAPA Japão 3,7%
  19. 19. Brasil Ranking mundial de produção e exportação Ranking Mundial Principais Produtos Part. no Comércio Mundial Produção Exportação Açúcar 1º 1º 44% Café 1º 1º 26% Suco de laranja 1º 1º 81% Soja em grãos 1º 1º 17% Carne bovina 2º 1º 39% Carne de frango 3º 1º 35% Milho 3º 2º 25% Carne suína 4º 4º 22% Óleo de soja 4º 2º 19% Farelo de soja 4º 2º 8% Algodão 5º 2º 11% Fonte: USDA Observação: Dados relativos ao ano de 2012
  20. 20. Principais compradores do agronegócio brasileiro - 2012 Produtos Principal Destino Quantidade total importada* (Mil ton.) Quantidade importada Participação do Brasil do Brasil ** nas Importações (Mil ton.) (%) Café Estados Unidos 1.429 301 21% Carnes Hong Kong 1.010 698 69% Milho Irã 3.500 2.966 85% Complexo Soja China 64.550 23.689 37% Algodão África do Sul 34 0,94 3% Fonte: *USDA; **AgroStat/MAPA
  21. 21. Estados Unidos: Consumo e Importação (2012) Produtos Consumo* (mil ton.) Participação do Brasil nas Importações Importação do Brasil** Importação* (mil ton.) (mil ton.) Café 1.405 1.430 301,4 21% Arroz 3.810 683 7,4 1% Carne bovina 11.744 1.007 18,7 2% Carne de frango 13.342 51 0,37 1% 8.438 363 0,17 0% 15.938 22.965 2,8 0% 265.441 3.810 726,9 19% 47.756 680 N/A 0% 3.294 3.810 266,98 7% Carne suína Algodão Milho Soja em grãos Açúcar Fonte: * USDA / ** AgroStat/MAPA
  22. 22. É preciso aumentar a produção Mais 280 milhões de toneladas até 2020. Mais 450 milhões de toneladas até 2030 Fonte: FAO
  23. 23. Agricultura de Baixo Carbono (ABC) Oferta mundial da produção O mundo deverá aumentar a produção em 60% para atender a uma população de 9,1 bilhões de habitantes até 2050 País + 2,8 bilhões de toneladas Aumento da produtividade (%) Austrália 7 Brasil 40 Canadá + Estados Unidos 15 China e Rússia 26 União Europeia 4 Fonte: FAO 280 milhões de toneladas
  24. 24. Área dos estabelecimentos agropecuários brasileiros
  25. 25. Uso da terra no Brasil Area Total: 851.5 milhões de hectares 94 milhões ha (11%) 314.8 milhões ha (37%) Áreas públicas preservadas Terras Indígenas 236 milhões ha (28%) Outros usos Áreas de produção agropecuária Área preservada dentro das propriedades rurais Fonte: IBGE, Censo Agropecuário 2006 95.8 millhões ha (11%) 110 milhões ha Territórios indígenas (13%)
  26. 26. Desmatamento da Floresta Amazônica com as Metas do Governo 7577 Km2 Meta de redução de desmatamento Desmatamento observado 1797Km2 (72% da meta) 1478 Km2 A meta estabelecida no Plano Nacional de Mudanças Climáticas é a redução do desmatamento em 80% até 2020, em comparação com a média observada entre 1996-2005 Oito anos antes do prazo, nós conseguimos 72% do nosso objetivo.
  27. 27. Programa Agricultura de Baixo Carbono – ABC Metas para adoção de tecnologias que diminuem a emissão de GEE na agropecuária brasileira Processo Tecnológico Recuperação de Pastagens Degradadas Liberação de 70 milhões de hectares Aumento de Área/Uso 2020 15 milhões ha Integração Lavoura-Pecuária-Floresta 4 milhões ha Sistema Plantio Direto 8 milhões ha Fixação Biológica de Nitrogênio Florestas Plantadas Tratamento de Dejetos Animais Fonte: Decreto nº 7390, de 09 de dezembro de 2010 5,5 milhões ha 3 milhões ha 4,4 milhões m3
  28. 28. O que se produz em 70 milhões de hectares Hoje Grãos e fibras Carne bovina Com mais 70 milhões de hectares 160 milhões de toneladas 379 milhões de toneladas 9,1 milhões de toneladas 15 milhões de toneladas Observação: Considerando-se os mesmos níveis tecnológicos atuais. Fonte: CNA, com base nos dados do IBGE, CONAB e SIGSIF + 136,88% + 66,67%
  29. 29. Produção e Exportação do Complexo Soja e Milho Produção Brasil 139,3 milhões/t Produção 80,3 milhões/t 2012 = 57,6% Consumo Interno** 15 milhões/t Santana Zero Exportação 9,7 milhões/t = 14,6% Excedente 55,6 milhões/t Itacoatiara 2,3 milhões/t (3,5%) Santarém 1,3 milhão/t (2,0%) Exportação (2012) Belém Zero São Luís/Itaqui 3,1 milhões/t (4,7%) Porto Velho* 3,6 milhões/t (5,5%) Salvador/Ilhéus 3,0 milhões/t (4,5%) Produção 59,0 milhões/t = 42,4% Consumo Interno** 57,9 milhões/t Vitória 4,9 milhões/t (7,4%) Santos 23,1 milhões/t (34,8%) Paranaguá 16,6 milhões/t (25,0%) São Fco do Sul 5,9 milhões/t (8,9%) Rio Grande 6,2 milhões/t (9,3%) Produção de soja e milho > 5 mil toneladas * Porto de Porto Velho (RO) = distribui para os Portos de Itacoatiara (AM) e Santarém (PA) ** Valores estimados do consumo interno Fonte: Produção (CONAB, Safra 2011/2012) e Exportação por Porto (SECEX, 2012) Superávit 1,1 milhão/t Excedente Recebido (regiões N, NE e CO) 55,6 milhões/t Exportação 56,7 milhões/t = 85,4%
  30. 30. Projetos de infraestrurua – Arco Norte
  31. 31. Rotas marítimas (distâncias, tempo e custo) Belém (PA) – Shanghai (China) 20,235 km ou 11,087 Milhas nauticas 31 dias de viagem CUSTO $ 760 mil (por trecho)* Santos (SP) – Cabo da Boa Esperança – Shanghai (China) 20.475 km ou 11.056 Milhas Nauticas 31 dias de viagem CUSTO $ 767.5 mil (por trecho)* Fonte: http://e-ships.net/dist.htm (jul, 2012) e Aprosoja / *Média de custo de um dia: $ 25,000.00
  32. 32. Programa de Investimentos Rodovias R$ 42,0 bilhões a investir (R$ 23,5 bi em 5 anos e R$ 18,5 em 20 anos ) 7,5 mil quilômetros de extensão (5 mil quilômetros em duplicação) Prazo de 30 anos Seleção pela menor tarifa Pedágio a partir da conclusão de 10% da contratação TIR alavancada de 10,8% a 14,6% a.a.
  33. 33. Programa de Investimentos Ferrovias R$ 91,1 bilhões a investir (R$ 56,0 bi em 5 anos e R$ 35,1 em 25 anos ) 10 mil quilômetros de extensão Prazo de 30 anos Oferta pública da capacidade da ferrovia Operadores Ferroviários Independentes Direito de Passagem TIR alavancada de 13,% a 14,6% aa
  34. 34. Abertura dos Portos Brasileiros para o Capital privado As inovações introduzidas pela Lei No. 12.815, de 16/05/2013, que moderniza o setor portuário no Brasil, criou:  A possibilidade de construir terminais portuários com capital privado  Oportunidades de investimento de R$ 57,2 bilhões Para fazer as operações portuárias brasileiras mais competitivas, o Governo também vai rever o marco regulatório relativo à cabotagem, em 2013, com o apoio do setor privado.
  35. 35. Programa de Investimentos Portos Concessões e Arrendamentos R$ 20,2 bilhões a investir (R$ 3,5 bi em concessões e R$ 16,7 bi em arrendamentos) Prazo de 25 anos (renova uma vez) Critério de Licitação Maior Movimentação X Menor Tarifa Terminais de Uso Privado – TUPs R$ 30,6 bilhões a investir Prazo de 25 anos (renova sucessivamente) Fim da diferenciação da carga (carga própria x carga de terceiro) Acessos R$ 6,4 bilhões a investir (R$ 3,8 bi no aquaviário e R$ 2,6 bi no terrestre) Draga: aprofundamento, manutenção de canal de acesso e bacia de evolução e berços Contrato de dragagem de 10 anos (em blocos) Acesso terrestre: 45 intervenções em 18 portos
  36. 36. Revisão da Legislação de Contratos Públicos O Senado Federal criou uma comissão para modernizar a Lei 8.666/93, que trata com licitações e compras governamentais. Este processo de revisão tem a Senadora Kátia Abreu como relatora e se concentrará principalmente em: Redução Burocracia; e Maior transparência nos contratos públicos • Redução da Burocracia; e • Maior transparência nos contratos públicos.
  37. 37. Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

×