Exemplar avulso
                                                                                             R$ 4,90




 ...
Mês de aniversário da editora
             promoção da
             Série
                   O toque do
                  ...
Ao leitor


A família é o foco                                                      Nesta edição
                         ...
Divulgação



                                                                   Lançamento de livro
                     ...
Mensagem do presidente




Compartilhando experiências
da vida com Deus
                                                  ...
Vida com Deus




                                                                                                        ...
Em foco




                                               Pai
                                            presente
      ...
Meditação
     Ano Novo




Apito final
“Se algum de vocês tiver de sofrer, que não seja
por ser assassino, ladrão, crimin...
Adoração e louvor




IELB edita livro
Culto Luterano – Liturgias

A
         Comissão de Culto da IELB, após
         mui...
Capa




Síndrome de Alienação
                                                      sofrido algum tipo de alienação paren...
a alienação Parental não é um problema apenas
                                                         dos pais separados....
Capa                                          “Quantas situações poderiam ser diferentes, se as ordens
                   ...
Música na igreja




Por detrás dos textos                                                                                ...
66
      Estudo bíblico


                                   +    6
                                    3 74+3
           ...
E os Singulares
até o freio dos cavalos, numa extensão de        clara ao fogo do inferno (Is 66.24; Mc
                  ...
Comportamento



                                                                 os valores estão
Cuidado!               ...
homens cujo pai era fisicamente ou mo-       moralmente corretos. As pessoas estão        marcados pelo exemplo porque têm...
Educação teológica

                                                                                                     c...
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Mensageiro luterano agosoto 2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mensageiro luterano agosoto 2010

3.213 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.213
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mensageiro luterano agosoto 2010

  1. 1. Exemplar avulso R$ 4,90 ISSN 1679-0243 9 771679 024000 Agosto 2010 | No 8 | Ano 93 Alienação Parental Alienação Parental Lei aprovada na Câmara e Senado, combate a síndrome que separa pais e filhos. Mas antes, Deus tem uma solução melhor. Comportamento Estudo Bíblico Fé e tecnologia Cuidado! Os valores Falsas Meu "novo altar" estão sendo invertidos. interpretações do de orações: livro de Apocalipse o computador! pág. 16 pág. 14 pág. 20
  2. 2. Mês de aniversário da editora promoção da Série O toque do MESTRE Orientação cristã para indivíduos e grupos Promoção especial para assinantes do Mensageiro Luterano. Coleção completa por apenas R$ 29,00, sem custo de frete. Editora (51) 3272.3456 www.editoraconcordia.com.br Concórdia pedido@editoraconcordia.com.br
  3. 3. Ao leitor A família é o foco Nesta edição Mensagem do presidente 05 Esta edição do Mensageiro Luterano, direta ou indiretamente, está focada na família. Seja no relacionamento eventual ou diário Vida com Deus 06 dos seus membros, seja na sua importância como célula-mãe da Em foco 07 sociedade, seja na sua herança de valores morais e éticos, seja pela vivência e experiência religiosa, seja na convivência das Meditação 08 gerações e dos pais morando ou não sob o mesmo teto. Capa 10 O Dia dos Pais, assim como o Dia das Mães, sempre oportu- niza uma nova reflexão sobre a família. E na sociedade de hoje, Estudo bíblico 14 o primeiro desafio é entender a concepção da família. Hoje, a Comportamento 16 constituição familiar que os pais e avós atuais conheciam não é mais a regra. A autoridade dos adultos, baseada no respeito e Reflexão 19 limites demarcados, está em extinção. A responsabilidade pela Fé e tecnologia 20 educação integral dos filhos, muitos pais já terceirizaram... Os valores éticos, morais e religiosos, para muitas famílias de hoje Testemunho 22 têm outros referenciais, diferentes das que as gerações de pais anteriores a nossa praticavam. Compartilhando experiências 31 Contudo, mesmo com a mudança IELB 106 anos 34 de modelo da constituição fami- liar, o ser humano continua tendo Ação social 38 as mesmas necessidades (físicas, Memória cultural 40 emocionais, afetivas e espirituais) que tinha outrora, no seu contexto Notícias 42 familiar. Ele continua sendo na vida Virando a página 50 um reflexo daquilo que vivencia na intimidade das relações, seja através das palavras, das ações e dos posicionamentos dos adultos, com os quais convive desde a sua 07 concepção. Em foco Com esse cenário em mente, apresentamos uma Pai presente no lugar de presente ao pai pauta diversificada nesta edição para falarmos com todos, sejam: crianças, jovens, adultos, idosos, casados, pais, mães, filhos, avós, singulares. Temos estudos, reflexões, testemunhos, experiências 22 de vida e de fé para repartir com todos. Seja para a vida pessoal, para a vida na família, na igreja e na sociedade. Cada um de nós Testemunho “Eu não conhecia Deus” tem uma parcela de participação maior ou menor naquilo que somos como família. Não podemos mudar o passado, mas, com ajuda e bênção de Deus, podemos mudar o presente, para que o futuro seja melhor para nós e para todos os nossos. 33 Feliz Dia dos Pais! Pense comigo... Nomes das igrejas Feliz a família, na qual o nosso Pai do Céu é o convidado especial de todos os dias! 38 Ação social Voluntariado sem fronteiras Nilo Wachholz Editor-Redator editor@editoraconcordia.com.br Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 3
  4. 4. Divulgação Lançamento de livro ISSN 1679-0243 Órgão Oficial da Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB) de periodicidade mensal (exceto janeiro e fevereiro - edição única). Registrado sob nº 249, livro M, nº 1, em dezembro de 1935, no Registro de Títulos e Documentos do Rio de Janeiro, conforme o Decreto-Lei de Imprensa nº 24776 de 14/07/1934. O luterano Wilson Werner Koller, congregado da CEL Projeto e Produção Gráfica Santo Estevão, de Campo Grande, MS, fez o lançamento do Editora Concórdia Ltda. seu livro, Diário de um Tempo, no dia 21 de maio. A obra Redação: mensageiro@editoraconcordia.com.br registra os 33 anos da EMBRAPA Gado de Corte – Unidade Editor Nilo Wachholz - Reg. Prof. MTb: 42140/SP Campo Grande, onde ele é funcionário. Foi uma celebração Assistente Editorial Daiene Bauer Kühl - Reg. Prof. MTb: 14623/RS emocionante, que contou com a participação do pastor Revisão Aline Lorentz Sabka Carlos Wilhelms. O livro será distribuído para os funcioná- Diagramação rios da EMBRAPA e as bibliotecas da EMBRAPA. Contato: Leandro da Rosa Camaratta Estagiário wwkoller@gmail.com Christian Schünke Colaboradores fixos Bruno Ries, Luisivan Vellar Strelow Marcos Schmidt, Mona Liza Fuhrmann, Rosemarie K. Lange, Vitor Radünz, Waldyr Hoffmann Um sonho realizado Assinaturas Lianete Schneider de Souza Logística Marcelo Azambuja Assinatura no Brasil Em 28 de fevereiro de 2010, aconteceu, na CEL Redentor Semestral R$ 29,00; Anual R$ 46,00; Bianual R$ 86,00 Assinatura para outros países de Vitória, ES, um culto especial em gratidão a Deus por Anual US$ 52,00; Bianual US$ 100,00 um sonho realizado – Waldir Hackbart, 68 anos de idade, Tiragem desta edição: 9 mil exemplares pedreiro de profissão, gravou um CD com letras cristãs e A Redação reserva-se o direito de publicar ou não o material a enviado, bem como editá-lo para fins de publicação. Matérias em ritmo sertanejo. Seu Waldir, ou Tio Waldir, como ele assinadas não expressam necessariamente a opinião da Redação ou da Administração Nacional da IELB. O conteúdo do Mensa- chamou o seu CD, é pai de Paulo Roberto Hackbart, pastor geiro pode ser reproduzido, mencionados o autor e a fonte. na Paróquia Redentor, de Vitória. Os custos da produção do CD foram todos pagos pelo seu Waldir. Editora Em suas palavras de agradecimento, no CD, seu Waldir, Concórdia destaca: “Que Deus abençoe a todos, e que este CD possa Av. São Pedro, 633 – Bairro São Geraldo CEP 90230-120 – Porto Alegre – RS alcançar muitas vidas para o Reino de Deus”. Fone/Fax: (51) 3272 3456 Contato: revpaulorh@yahoo.com.br www.editoraconcordia.com.br twitter.com/edconcordia Editora: editora@editoraconcordia.com.br Livraria: comercial@editoraconcordia.com.br ANEL Diretoria Executiva Henry J. Rheinheimer (presidente), Clóvis J. Prunzel, Nilo Wachholz, Nilson Krick e Rubens José Ogg Gerente Nilson Krick O 11º Encontro de Diretores, Mantenedores e capelães das Escolas da Rede Luterana nilson@editoraconcordia.com.br Depto Financeiro de Educação 2010 acontece entre os dias 24 e 26 de agosto, em Curitiba, PR. Com Joel Weber início previsto para às 12h, a programação engloba Governança Corporativa, Aspec- Editor Nilo Wachholz tos legais da Administração Escolar, Projeto de Capelania (atualização) e Programa editor@editoraconcordia.com.br Comissão Editorial de Ensino Religioso para o Ensino Médio. Mais informações e inscrições pelo e-mail: Rubens José Ogg, Célia M. Bündchen, aneluteranas@uol.com.br ou (48) 3024-1371. Clóvis J. Prunzel, Nilo Wachholz, Adilson Schünke e Nilson Krick IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA DO BRASIL Rua Cel. Lucas de Oliveira, 894 Bairro Mont’Serrat - CEP 90440-010 Porto Alegre/RS – Brasil 9º Fórum ULBRA de Teologia Fone: (51) 3332 2111 / Fax: (51) 3332 8145 O 9º Fórum ULBRA de Teologia acontecerá de 6 a 7 de outubro de 2010, na ULBRA e-mail: ielb@ielb.org.br Canoas, no prédio da Odontologia. Diretoria Nacional 2010/2014 Presidente Egon Kopereck Temática geral: EM QUE LUGAR PASSAREMOS A ETERNIDADE? 1º Vice-presidente Arnildo Schneider 2º Vice-presidente Estudos: A Ressurreição dos Mortos nos Ensinos de Paulo | O Fim dos Tempos e a Geraldo Walmir Schüler Secretário Criação dos Novos Céus e Nova Terra | Quem Crê tem a Vida Eterna | Os Preparati- Rubens José Ogg Tesoureiro vos para a Celebração dos 500 anos da Reforma (2017) Renato Bauermann Conferências: A Visão de Lutero sobre a Eternidade e Imortalidade | Em que lugar A IELB crê, confessa e ensina que os livros canônicos das Escrituras Sagradas, do Antigo e do Novo Testamento, são a passaremos a Eternidade: * No Nirvana? * No Purgatório? * No Inferno? * No Céu? Palavra infalível revelada por Deus e aceita, como exposição correta dessa Palavra, os livros simbólicos da Igreja Evangélica Luterana, reunidos no Livro de Concórdia do ano 1580. Informações: Secretaria de Teologia (51) 3477-9229 (Rita) 4 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  5. 5. Mensagem do presidente Compartilhando experiências da vida com Deus triarca da nossa Igreja, pastor Guilherme Foto: Arquivo Assessoria de Comunicação IELB Lüdke. Com seus 101 anos, lá estava, num culto festivo. Ao perguntar como estava, respondeu: “Fisicamente estou assim (apontando para o seu corpo), mas espiritualmente estou muito bem.” E, acrescentou: “Todos os domingos, ve- nho aos cultos. Eu ouço muito mal e não entendo quase nada, mas sei que estou na igreja, na casa do meu Deus”. Eu poderia deixar de compartilhar um exemplo assim? Estar na casa de Deus Estimados irmãos, Davi disse: “Alegrei- me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor” (Sl 122.1). Em outro momento manifestou: “Uma coisa peço ao Senhor, e Q ueridos irmãos e irmãs no Se- é um motivo de alegria e gratidão. Parti- a buscarei: Que eu possa morar na Casa do nhor e Salvador Jesus! cipei de um belo culto Cantate, no Centro Senhor todos os dias da minha vida, para Neste pouco tempo, desde Educacional Concórdia em São Leopoldo, contemplar a beleza do Senhor e meditar o dia 15 de maio último, quando oficial- RS, onde está o nosso Seminário. Tive no seu templo” (Sl 27.4). mente assumi como presidente da nossa participação especial em um dos cultos Quem ama a Deus tem prazer em estar querida IELB, já pude conhecer um pouco festivos, alusivos aos 106 anos da nossa na casa dele, mesmo entendendo pouco. do que é a nossa Igreja no Brasil - um país IELB, em Passo Fundo RS. Fiz também uma Pois ele sabe que Deus, em sua miseri- continental e, por isso, também de cultu- viagem um pouco mais longa, para o Oeste córdia, nos recebe de volta, sempre que ras, costumes e desafios tão diferentes: do Paraná. Experiências diferentes, mas chegamos a Ele humildes e arrependidos, grandes centros, cidades de porte médio, todas elas gratificantes e edificantes. em busca do perdão. cidades pequenas, colônias, trabalhos en- Da viagem ao Paraná, quero destacar Neste mês de agosto, quero estender tre índios, sem terra e assentados; lugares que em apenas dois dias, de sábado de a todos os pais um abraço carinhoso, e de difícil acesso, de distâncias enormes, manhã até domingo à noite, passei pelas desejo que Deus os abençoe. Aos leigos como também missão em meio a selva cidades de Toledo, Marechal Cândido que tem o seu Congresso Nacional, que de pedras, igualmente de difícil acesso, Rondon e Maripá (esta do Distrito Paraná exemplos assim sirvam de estímulo, ânimo apesar de a distância, muitas vezes, não Norte). Lá, encontrei um povo consagra- e força, e que o Congresso possa ser uma ser mais de 10 metros. Mas em todos os do, belas igrejas (bem cuidadas), belas benção para toda a IELB. É muito bom lugares, interior ou cidade grande, comu- instituições de Ensino e Ação Social, viver debaixo da graça e do amor do nos- nidades antigas e tradicionais, ou frentes muitos desafios e lideranças servindo so Deus. É feliz quem vive assim, e, sem de missão, todas, anunciando o mesmo com alegria. dúvida, mais feliz ainda é quem pode, um Evangelho, a mesma notícia, o mesmo Neste ano de 2010, onde a terceira dia, partir assim. “Cristo Para Todos”. idade é o enfoque especial, e, dentro do lema de levar “Cristo Para Todos”, sob a Nossa IELB temática “Compartilhando Experiências Egon Kopereck Pastor, presidente da IELB Já tive a oportunidade de realizar a ins- da Vida com Deus”, tive o privilégio e presidente@ielb.org.br talação de diversos pastores, o que sempre a felicidade de me encontrar com o pa- Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 5
  6. 6. Vida com Deus Fotos: Arquivo Editora Concórdia Envelhecimento, fé e felicidade “Pela fé, José, próximo do seu fim, fez menção do êxodo dos filhos de Israel, bem como deu ordens quanto aos seus próprios ossos” Hebreus 11.22 A vida de José está entre as mais próximo do seu fim, fez menção do êxodo Deus que muda o mal em bem, que muda lindas histórias já contadas. Em um dos filhos de Israel, bem como deu ordens a morte em vida. enredo que gira entre favoritismo quanto aos seus próprios ossos (v. 22).” Quando lemos a história de José, fi- paterno e ciúme entre irmãos, a história de O José idoso, movido pela esperança camos impressionados com o jovem que José mostra que a família escolhida por Deus da ressurreição, não quis que seus ossos não perde a fé, nem se deixa abater pelas para trazer a salvação ao mundo precisava fossem depositados nos sepulcros do Egito, injustiças sofridas. Só entendemos esse José urgentemente, ela mesma, de salvação. A mas no sepulcro de Abraão, de Isaque e de “bom-moço” ou José da juventude quando história de José é a história da fidelidade de Jacó, porque os deuses do Egito são deuses conhecemos o José da velhice. Deus à promessa de salvação, onde Deus é mortos, mas o Deus de Abraão, Isaque e Paulo dedica um capítulo da carta aos o Autor da salvação, e José, rejeitado pelos Jacó é o Deus vivo. Romanos para José: “todas as coisas coo- seus irmãos, é o instrumento da salvação. O José “velho” explica o José “jovem”, peram para o bem daqueles que amam a Filho amado, ciúme dos irmãos, amor assim como a fé de José explica o seu Deus” (Romanos 8.28). sincero e fiel até o fim, prontidão para envelhecimento e atitude frente à vida. O A fé de José, de que Deus usa todas as perdoar e esperança em Deus – essa é a segundo homem mais poderoso do Egito coisas, até mesmo o erro dos seus irmãos, história de José. Ela antecipa, em milênios, era um peregrino movido pela fé, como para fazer o bem, isto é, de que todas as a história de Jesus. havia sido Abraão, Isaque e Jacó, em busca coisas cooperam para o bem dos que amam Para compreender o homem, é preciso da cidade permanente. a Deus, é essa a fé que determina (1 Co 15) conhecer o menino. Esse princípio da sabe- A fé nos dá um programa de se somos os mais felizes ou os mais infelizes doria popular tornou-se método acadêmico envelhecimento, com esperança de todos os homens. na virada do século XIX para o século XX, e que vai além desta vida. Se nos- Para o cristão, a felicidade não está na grandes personalidades tiveram suas vidas sa esperança fosse apenas para quantidade de bons e maus momentos na divididas em duas, como, por exemplo, esta vida, diz o apóstolo Paulo, vida, nem na ordem em que os vivencia, o Lutero “jovem” e o Lutero “velho”. No seríamos as mais infelizes de mas em viver com fé em Deus, em viver caso de José, contudo, dá-se o contrário. todas as pessoas. com fé na promessa de ressurreição e de Conhecemos muito a respeito da infância O José velho que perdoa os seus ir- vida eterna. Nenhum bem terreno supera e juventude de José, apresentado, como mãos. O José velho que honra o seu pai. o bem celestial, como nenhum mal terreno exemplo de pureza e castidade em um O José velho que é exemplo para os seus nos separa do amor de Deus. mundo impuro, adúltero e pecaminoso. filhos. O José velho que não tem os olhos Viver com Deus, envelhecer com Deus, Para compreender o jovem José, temos fitos na morte, mas na ressurreição para a é o caminho da felicidade, nesta vida e na que conhecer o José idoso. Esse é o método vida eterna. O José velho que não se deixa eternidade. do autor de Hebreus, que não menciona ne- aprisionar pela aparência do mundo, nem nhum episódio da juventude de José, mas deixa que o poder lhe esfrie o coração. O Luisivan Vellar Strelow, colaborador do ML um fato da velhice de José: “Pela fé, José, José velho que crê no Deus do Gênesis, o e Mestre em Teologia (STM) 6 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  7. 7. Em foco Pai presente no lugar de N o primeiro Congresso Inter- nacional – Crack e outras Drogas, realizado dias atrás presente ao pai mandamento com promessa: “Filhos, o dever cristão de vocês é obedecer ao seu pai e à sua mãe (...). Faça isto em Porto Alegre, o ministro Gilmar “Qual é o pai capaz de dar uma cobra a fim de que tudo corra bem para Mendes declarou na abertura: “Não espe- você, e você viva muito tempo na terra” ao seu filho quando ele pede um rem tudo das instituições. Só a Justiça não (Efésios 6). conseguirá vencer a guerra. Cada família, peixe? (Lucas 11.11) Ou, qual é o pai Por isso também a pergunta de Jesus: cada cidadão – somos todos responsáveis”. capaz de dar uma pedra de crack ao - Qual é o pai capaz de dar uma cobra ao Isso todos sabem, que se a família não aju- seu filho quando ele pede atenção? seu filho quando ele pede um peixe? (Lucas dar, pouca coisa o estado resolve. A solução O Salvador usa os símbolos “cobra e 11.11) Ou, qual é o pai capaz de dar uma contra as drogas está na família, sem dúvida. pedra de crack ao seu filho quando ele pede peixe” para dizer que, neste mundo Mas, e a solução para salvar a família? Onde atenção? O Salvador usa os símbolos “cobra está? O psicanalista francês Charles Melman, cheio de venenos, pais e mães têm e peixe” para dizer que, neste mundo cheio tempos atrás, já afirmava: “Pela primeira obrigação de cuidar de seus filhos.” de venenos, pais e mães têm obrigação de vez na história, a instituição familiar está cuidar de seus filhos. Diz isso depois de ensi- desaparecendo, e as consequências são estabelece a seguinte distinção: “O papel nar a oração do Pai Nosso e tranquilizar: “Vo- imprevisíveis”. Mas isso também se sabe. O de pai é mais normativo, tem a ver com as cês, mesmo sendo maus, sabem dar coisas que muitos desconhecem é aquilo que ele obrigações morais que ele deve ter diante de boas aos seus filhos. Quanto mais o Pai, que aponta como principal causa da falência sua família. A função é algo mais profundo, está no céu, dará o Espírito Santo aos que lhe do lar: a ausência paterna. Segundo ele, diz respeito ao mundo interno da criança, à pedirem” (Lucas 11.13). Receber o Espírito devido o declínio do referencial masculino sua personalidade, seu lado emocional.” é compreender também o desempenho da na família, os jovens têm dificuldades para O assunto é oportuno neste mês dos pais, paternidade, e ter os dons do Consolador: estabelecer um ideal de vida. Situação que sobretudo quando vivemos a desgraça da amor, alegria, paz, paciência, delicadeza, evoca um desabafo deste homem: “Impres- família com relação às drogas. Se os fatos bondade, fidelidade, humildade e domínio siona que antropólogos e sociólogos não se comprovam que o jovem de uma família es- próprio (Gálatas 5.22,23). interessem por isso". truturada está menos propenso aos perigos “Há várias dimensões de ausências”, O descaso com o tema também é abor- dos entorpecentes, então só falta agora a ressalta o psicanalista Rubens. “O pai pode, dado pelo psicanalista brasileiro Rubens comprovação e divulgação da ciência que os inclusive, estar junto e ser ausente. Pode ser de Aguiar Maciel, quando afirma que há filhos precisam da presença paterna. Neste presente fisicamente e ausente emocional- escasso conhecimento científico sobre o sentido, nós cristãos temos nas páginas da mente”. Este é um assunto que merece mais tema “paternidade”. Especialista no assunto, Bíblia não só o caminho para livrar nossos atenção, pois, caso não seja resolvido, nem a sustenta que o pai é uma figura fundamental filhos da droga do pecado, mas também do justiça humana, nem a família conseguirão na estruturação da personalidade da criança crack e outras porcarias. Por isso, o único vencer a guerra... e seu papel. “É função do pai estabelecer “A solução contra as drogas está limites à criança, passar a ideia de que exis- Marcos Schmidt na família, sem dúvida. Mas, e Pastor da IELB em Novo Hamburgo, RS tem limites na vida (...) de estabelecer essa Colaborador do ML noção de que a criança não é o centro do a solução para salvar a família? marsch@terra.com.br Universo”. Ao tratar do papel e da função, Onde está?” Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 7
  8. 8. Meditação Ano Novo Apito final “Se algum de vocês tiver de sofrer, que não seja por ser assassino, ladrão, criminoso ou por se meter na vida dos outros, mas, se alguém sofrer Fotos: Arquivo Editora Concórdia por ser cristão, não fique envergonhado, mas agradeça a Deus o fato de ser chamado por esse nome” (1Pe 4.14-16). Pois, “em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou” (Rm 8.37). Edson Ronaldo Tressmann Jesus vier, Deus o levará de volta e, junto por esse nome” (1 Pe 4.14-16). Aos seus com ele, levará os que morreram crendo jogadores que estão ainda atuando na par- N ão se trata de um programa es- nele... E assim ficaremos para sempre com tida, Jesus, o treinador, dá uma bela dica portivo, na verdade, é um fato o Senhor” (1 Ts 4.14 -17). da beira do campo: “olhando firmemente curioso, ocorrido durante os Nossa vida pode ser comparada a uma para o Autor e Consumador da fé, Jesus...” jogos da Copa do Mundo na África do Sul, partida de futebol – atacamos e somos (Hb 12.2). E o apóstolo Paulo conclui: “em em 2010. atacados, defendemos e somos defendidos. todas estas coisas, porém, somos mais que No dia 23 de junho, a Inglaterra ganha- No entanto, para sairmos vencedores nesta vencedores, por meio daquele que nos va a partida de 1 x 0 da Eslovênia. Mesmo partida que estamos jogando, no apito final amou” (Rm 8.37). com a derrota, a Eslovênia se classificava, do juiz, o permanecer em Cristo, agora, é Que no apito final de Jesus, estejamos pois os Estados Unidos empatava em 0 x fundamental. E permanecendo em Cristo, nós entre aqueles que estarão em festa; per- 0 com a Argélia. A Eslovênia foi jogando nosso ataque será de amor a Deus e ao maneçamos em Cristo e em Cristo atuemos sua partida sem esforço e dedicação, pois, próximo. E nossa defesa estará nas verda- todos os dias na partida sem desanimar, mesmo na derrota, seria classificada. des divinas, assim como diz Judas: “Meus pois “com a força que Cristo me dá posso Porém, no apito final desta partida, veio queridos amigos, eu estava fazendo todo enfrentar qualquer situação” (Fp 4.13). a surpresa. No outro jogo, no finalzinho do o possível para escrever a vocês a respeito segundo tempo, o time americano marcava da salvação que temos em comum. Então Edson Ronaldo Tressmann, pastor da IELB um gol e assim se classificava para a pró- senti que era necessário escrever agora para Alto Alegre dos Parecis, RO xima etapa. Enquanto isso, a Eslovênia, o animá-los a combater a favor da fé que, time que até antes do apito final, estava uma vez por todas, Deus deu ao seu povo” classificado, foi desclassificado. Um apito (Jd 3), e em favor do próximo, “... sempre final dramático para a Eslovênia, de ven- que pudermos, devemos fazer o bem a cedora, mesmo na derrota, passou para todos, especialmente aos que fazem parte desclassificada por esperar pelo outro. da nossa família na fé” (Gl 5.10). Em uma partida de futebol, tudo pode Durante a partida que estamos jogando acontecer, pois a partida só termina no neste mundo, muitos atletas acabam se apito final do árbitro. Antes do apito final, cansando e desistindo. Para esses, Jesus os jogadores deixaram de fazer sua parte, diz: “se o mundo odeia vocês, lembrem deixaram de correr atrás da vitória, preferi- que ele me odiou primeiro” (Jo 15.18), ram esperar pela outra equipe, e o resultado e ainda, através de Pedro, anunciou: “vo- foi desastroso para eles. cês serão felizes se forem insultados por Esse fato me remete a outro aconteci- serem seguidores de Cristo, porque isso mento futuro. Não sei quando será, mas quer dizer que o glorioso Espírito de Deus também haverá o apito final do juiz. Jesus veio sobre vocês. Se algum de vocês tiver Cristo voltará, e desta vez, para julgar os de sofrer, que não seja por ser assassino, vivos e os mortos, assim diz Paulo na sua ladrão, criminoso ou por se meter na vida primeira carta aos Tessalonicenses: “Nós dos outros, mas, se alguém sofrer por ser cremos que Jesus morreu e ressuscitou; cristão, não fique envergonhado, mas e assim cremos também que, depois que agradeça a Deus o fato de ser chamado 8 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  9. 9. Adoração e louvor IELB edita livro Culto Luterano – Liturgias A Comissão de Culto da IELB, após muitos anos de trabalho, edita neste ano de 2010 o livro Culto Luterano – Liturgias. No ano passado já foi editado o livro Culto Luterano – Lecionários. O que significa isto para o culto nas congre- gações da IELB? Significa que o conteúdo e a linguagem dos cultos receberam uma dedicação para que o momento não vire em atualização para as necessidades de co- confusão. Quando estamos tristes e pensati- municação da Palavra de Deus nos ofícios vos sobre a vida, diante de um ente querido regulares de culto e nas cerimônias cultuais que se despede deste mundo, precisamos de para as diversas ocasiões em que o povo de uma ordem de culto que vá dirigir nossos Deus se reúne. A atualização do conteúdo pensamentos para a Palavra de Deus que não significa mudança de conteúdo, mas nos vai confortar diante da certeza da vida modernização da comunicação da eterna eterna e da presença constante de Deus em palavra de Deus que precisa ser aplicada todos os momentos de nossa vida. em momentos de cultos regulares nas con- Culto Luterano – Liturgias vem para nos gregações e em cerimônias de casamentos, auxiliar a testemunharmos nossa fé diante confirmações, instalações de pastores ou das diversas situações nas quais a Palavra de diretorias, acolhidas e despedidas de esta- revelação, aquele, outra língua, e ainda Deus pode e precisa ser aplicada. A palavra giários de teologia, dedicações de templos. outro, interpretação. Seja tudo feito para de Deus traz conforto, alegria e paz para to- Fora do templo o povo de Deus também se edificação” (1 Coríntios 14.26). Também dos os que em torno dela se reúnem. Porém, reúne em momentos especiais para dedi- lhes advertiu que “Deus não é de confusão, a palavra de Deus também pode trazer as cações de salas da congregação, para dedi- e sim de paz” (1 Co 14.33). E conclui suas mesmas bênçãos para aquelas pessoas de cações de residências e estabelecimentos, orientações recomendando-lhes: “Tudo, fora da Igreja que, ouvindo a Palavra que e para diversas outras oportunidades nas porém, seja feito com decência e ordem” reúne os cristãos, são atingidos em suas quais se quer agradecer a Deus por alguma (1 Co 14.40). mentes e corações e são transformados, pela bênção recebida. Culto Luterano – Liturgias quer auxi- graça de Deus, de filhos amados por Deus Quando o apóstolo Paulo conclamou a liar as congregações da IELB a ter cultos em filhos que também amam a Deus. congregação de Corinto para a necessidade e momentos devocionais “com decência de ordem no culto, escreveu-lhes: “Que e ordem”. Quando estamos alegres pela fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, dedicação de um novo templo, precisamos Raul Blum, professor do Seminário Concórdia, um tem salmo, outro, doutrina, este traz organizar nossa alegria numa ordem de membro da Comissão de Culto da IELB Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 9
  10. 10. Capa Síndrome de Alienação sofrido algum tipo de alienação parental e desqualificar a conduta, omitir informações 1 – Informações geraIs que cerca de 20 milhões de crianças passam da vida do filho ou apresentar falsa denúncia por esse tipo de violência. contra o ex-parceiro. O que é a Síndrome de A Lei cria um instrumento para inibir Alienação Parental? Prevenção, proteção e punição a alienação parental ou contribuir para A Síndrome de Alienação Parental O Projeto de Lei nº 4053/08, de autoria atenuar seus efeitos. “Com o projeto, está (SAP), também conhecida pela sigla em do deputado Regis Oliveira (SP), aprovado criada uma ferramenta mais adequada para inglês PAS, é o termo proposto por Richard em julho último, tanto na Câmara quanto viabilizar a intervenção do Judiciário e Gardner (1985) para a situação em que a no Senado Federal, regulamenta a chamada também do Ministério Público e dos Con- mãe ou o pai de uma criança a treina para síndrome de alienação parental e pune com selhos Tutelares”, explica o Dr. Elizio. A lei romper os laços afetivos com o outro genitor, advertência, multa e até perda da guarda dá retaguarda ao juiz, para que interrompa criando fortes sentimentos de ansiedade e para os pais que difamam ou tentam afastar processos de alienação parental, o que, em temor em relação ao outro genitor. o filho do ex-parceiro. estágio inicial, pode ser obtido por inter- Os casos mais frequentes da Síndrome O projeto detalha ainda as formas de médio de medidas simples. “Estudos em da Alienação Parental estão associados às alienação parental, que podem ser: dificultar Psicologia demonstram a eficácia de meras situações onde a ruptura da vida conjugal o contato da criança com o ex-companheiro, advertências judiciais ou apoio psicológico gera, em um dos genitores, uma tendência para interromper o processo de alienação, vingativa muito grande. Quando este não em seu início”, destaca. consegue elaborar adequadamente “o luto” da separação, desencadeia um processo de destruição, vingança, desmoralização e des- crédito do ex-cônjuge. Neste processo vinga- tivo, o filho é utilizado como instrumento da agressividade direcionada ao parceiro. Dados estatísticos Há carência de estatísticas sobre o tema. O que se sabe, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é que, em 90% dos casos, as mães detêm a guarda dos filhos e, por isso, é delas o maior índice de afastar o filho do genitor que não tem a guarda. “Em países em que há maior equilíbrio na atribuição da guarda, há, igualmente, maior equilíbrio na incidência de homens e mulheres alienadores”, diz o Dr. Elizio Perez, juiz do trabalho no TRT da 2ª Região, São Paulo, responsável pelo anteprojeto. Apesar dos números apontarem uma propensão maior das mães darem o pontapé inicial na alienação, o pai dá sua contri- buição, nesse processo, quando manipula afetivamente a criança nos momentos das visitas, influenciando-a a pedir para ir morar com ele. Juntando pais e mães, estima-se que 80% dos filhos de pais divorciados já tenham 10 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  11. 11. a alienação Parental não é um problema apenas dos pais separados. É um problema de toda Parental a sociedade, pois traz consequências desastrosas para as gerações futuras. Pai e mãe, os filhos precisam de ambos! “Como eu gostaria de ter tido um pai; “Não fique triste, Zé, você sabe que seu pai 2 - refletIndo sobre o assunto* mas minha mãe matou meu pai dentro de é muito ocupado. Quem sabe ele vem num mim. E sinto uma imensa culpa porque acho próximo jogo? Mas ele gosta muito de você, A voz da experiência que colaborei com ela.” pode acreditar”. Anos mais tarde, descobriu “A gente se escondia no quintal para ele que sua mãe não havia comunicado seu pai não levar a gente.” Síndrome reconhecida nem sobre aquele jogo, nem sobre muitos “Mamãe dizia assim: - Mariana, diz pra A síndrome da alienação parental tem outros eventos. Questionada, ela disse que ele que você não quer ir.” sido reconhecida por juízes e psicólogos, e já havia se esquecido de dar os recados. “Eu me lembro que só de pensar como mereceu um projeto de lei, em tramitação na seria estar com meu pai, passeando num Câmara Federal (Redação: agora já aprovado Morte em vida “shopping” e tomando sorvete, me sentia na Câmara e no Senado). Muitos pais (e mães) influenciam a per- traidor de minha mãe. Por isso, eu disse ao É comum um genitor se vingar do outro, cepção que a criança tem do outro genitor no oficial de justiça que ele havia tentado fazer matando-o no coração do filho. Para isso, sentido de produzir ódio, desprezo, repulsa coisa feia comigo.” vale-se de silêncios, de palavras depreciati- ou indiferença; repetem conceitos deprecia- “Aos vinte anos, encontrei nas coisas da vas, de reações sem palavras quando o nome tivos, avaliações caluniosas, relatos de fatos minha mãe dezenas de cartas que ele me do outro é mencionado, etc. inexistentes e interpretações unilaterais de escrevera e descobri que muito do que eu Ouvi um homem dizer que esperara ocorrências e experiências vividas com aque- sabia (e pensava) sobre meu pai era mentira. o pai para o seu primeiro jogo de futebol. le outro genitor. O resultado é a implantação Mas como uma criança pode desconfiar da Porém, ele não veio. Sua mãe lhe disse: de memórias falsas, que se afirmarão como própria mãe?” verdadeiras. Em alguns casos, até como lembranças pessoais da criança. Estudiosos tentam avaliar os danos dessa “morte em vida” do pai ou da mãe e começam a desco- brir que eles são imensos. Neste ponto, penso se não temos agido dessa maneira no tocante à relação de nossos filhos (de sangue ou de alma) com seu Pai Celestial. Por meio de atitudes, comentá- rios desairosos (muitas vezes, habilmente dirigidos ao pastor da igreja), desleixos, questionamentos, “orações” difamatórias, etc. O fato é que, se quisermos matar o Pai dessas crianças, saberemos como fazê-lo, mesmo que não haja “separação formal”. O mundo nos tem ensinado essa arte. Meu medo é estar fazendo isso sem perceber. Quero estar atento, em temor. Que eu ame o “Pai de meus filhos” a ponto de jamais precisar ouvi-lo dizer: “Tens feito estas coisas, e eu me calei; pensavas que eu era teu igual; mas eu te arguirei e porei tudo à tua vista” (Salmo 50.21). * Rubem Amorese é consultor legislativo no Senado Federal e presbítero na Igreja Presbite- riana do Planalto, em Brasília. Texto publicado na Revista Ultimato - Edição 321 - Novembro- Dezembro 2009. Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 11
  12. 12. Capa “Quantas situações poderiam ser diferentes, se as ordens e os conselhos da Palavra de deus, fossem mais lembrados e vividos na relação homem e mulher, marido e esposa, pais e filhos, filhos e pais...” Um lar abençoado 3 - Conselhos da Palavra de deus “Se o SENHOR Deus não edificar a casa, não Quantas situações poderiam ser diferen- adianta nada trabalhar tes, se as ordens e os conselhos da Palavra de para construí-la. Se o SE- Deus, fossem mais lembrados e vividos na NHOR não proteger a ci- relação homem e mulher, marido e esposa, dade, não adianta nada os pais e filhos, filhos e pais... Com certeza, não guardas ficarem vigiando. teríamos, ou teríamos bem menos, pessoas so- Não adianta traba- frendo com os relacionamentos familiares. lhar demais para ganhar o pão, levantando cedo Moisés e os mandamentos e deitando tarde, pois é “São esses os mandamentos e as leis que Deus quem dá o sustento aos que ele ama, você, e você viva muito tempo na terra.” o SENHOR, nosso Deus, mandou que eu mesmo quando estão dormindo. Pais, não tratem os seus filhos de um ensinasse a vocês... Os filhos são um presente do SENHOR; jeito que faça com que eles fiquem irritados. Temam o SENHOR, nosso Deus, vocês, eles são uma verdadeira bênção. Feliz aquele Pelo contrário, vocês devem criá-los com a os seus filhos e os seus netos, e cumpram que teme a Deus, o SENHOR, e vive de disciplina e os ensinamentos cristãos” (Efé- sempre todos os mandamentos e leis que acordo com a sua vontade!” (Salmos 127.1- sios 6.1-4). eu lhes estou dando e assim vocês viverão 3; 128.1). muitos anos. Povo de Israel, tenha o cuidado de cum- 4 - maIs Informações sobre a saP prir a lei de Deus. Então, conforme disse o Pais educadores “Eduque a criança no caminho em que SENHOR, o Deus dos nossos antepassados, Pai LegaL deve andar, e até o fim da vida não se desviará tudo correrá bem para vocês... www.pailegal.net dele” (Provérbios 22.6). Escute, povo de Israel! O SENHOR, e somente o SENHOR, é o nosso Deus. aPaSe Marido e esposa www.apase.org.br ...amem o SENHOR, nosso Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todas “Sejam obedientes uns aos outros, aLienação ParentaL as forças. pelo respeito que têm por Cristo. Esposa, alienacaoparental.blogspot.com Guardem sempre no coração as leis que obedeça ao seu marido, como você obedece ao Senhor... SoS PaPai e MaMãe eu lhes estou dando hoje e não deixem de Marido, ame a sua esposa, assim como www.sos-papai.org ensiná-las aos seus filhos. Repitam essas leis em casa e fora de casa, quando se deitarem e Cristo amou a Igreja e deu a sua vida por obServatório da infância quando se levantarem. ela... www.observatoriodainfancia.com.br Amarrem essas leis nos braços e na testa, O homem deve amar a sua esposa assim para não as esquecerem; e as escrevam nos como ama o seu próprio corpo. O homem que ama a sua esposa ama a si mesmo... NoTA DA REDAção batentes das portas das suas casas e nos seus ...cada marido deve amar a sua esposa Este assunto foi colocado nesta edição do portões” (Deuteronômio 6.1-9). como ama a si mesmo, e cada esposa deve Mensageiro Luterano, no mês em homenagem respeitar o seu marido” (Efésios 5.21-33). aos pais, por entendermos que, neste período, Josué e sua família ele se manifesta de forma mais contundente. “Mas, se vocês não querem ser servos do No entanto, ele deve ser lembrado, debatido SENHOR, decidam hoje a quem vão servir. Pais e filhos e combatido sempre. Por isso, fica o desafio Resolvam se vão servir os deuses que os seus “Filhos, o dever cristão de vocês é obede- para os leitores que queiram se manifestar antepassados adoravam na terra da Mesopo- cer ao seu pai e à sua mãe, pois isso é certo. sobre o assunto em edições futuras. tâmia ou os deuses dos amorreus, na terra Como dizem as Escrituras: “Respeite o de quem vocês estão morando agora. Porém, seu pai e a sua mãe.” E esse é o primeiro eu e a minha família serviremos a Deus, o mandamento que tem uma promessa, a qual Nilo Wachholz SENHOR” (Josué 24.15). é: “Faça isso a fim de que tudo corra bem para Editor da IELB 12 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  13. 13. Música na igreja Por detrás dos textos Foto: Rodrigo Abreu Paulo Brum até os animais, são capazes de perceber o apelo senso- rial do som e apresentar A capacidade de ouvir e de apre- reações de agrado ou de de- ciar a música é uma ferramenta sagrado. É a reação humana importante dentro da cultura de natural do "algo não está um povo. Apreciar não é apenas ser capaz combinando, mas não sei o de dizer “gostei” ou “não gostei” de uma que é". O apelo sensorial do obra musical, mas, sim, de entender o que som está relacionado com a os sons estão dizendo – a linguagem sono- afetividade e, sem dúvida, o ra, os discursos musicais e as mensagens nível sensível é de relevân- inconscientes que estão se passando. Se cia para a formação de um existe alguém que quer transmitir uma bom apreciador musical. O ideia (emissor), deve codificá-la em sinais erro frequente é o de se per- que possam atingir o outro (receptor) atra- manecer nesse plano como vés de um de seus cinco sentidos. o único e definitivo: nem Este receptor também deve conhecer o sempre uma peça musical código para que possa decodificar os sinais de bom apelo auditivo e e então entender a mensagem. Na música, de sonoridades atraentes é o emissor é o compositor que escreve uma de boa qualidade. O Plano partitura ou o intérprete que a executa. Sensível é importante, mas O ouvinte é o receptor. Quando o ouvinte é bastante limitado. apenas escuta passivamente, a música não O outro plano está lhe significa muito mais do que um passa- mais ligado à cognição - o tempo superficial. Plano Expressivo. Nele, o A obra tem vida própria, e o ouvinte importante é o significado está fora dela, incapaz de perceber toda a que está por trás das notas. profundidade do que está sendo transmi- Embora alguns composi- tido através dela. Quando, por outro lado, tores tenham pretendido o ouvinte conhece o código e é capaz de negá-lo em suas obras, a compreender a mensagem, então, sim, che- prática tem demonstrado que ele tem im- humana. Conhecer e se utilizar de tais ga ao seu significado real e mais profundo. portância fundamental para os ouvintes. possibilidades, nas formas musicais, é que Conhecer o código é conhecer os elementos Na realidade, não é possível afirmar que vai nos levar à percepção mais exata e à teóricos da música e sua evolução no tem- ao ouvir uma peça musical não tenhamos apreciação mais apurada. Isso ocorre no po. Isso é apreciar, no verdadeiro sentido sentimentos e sensações relacionados a Plano puramente Musical. da palavra, e, para isso, não é necessário ser alguma experiência anterior a que tal obra Por detrás dos textos, temos códi- um músico, basta ser um bom apreciador. parece nos ligar. Dessa forma, apesar de o gos, discursos, ideias e conteúdos sendo Podemos ouvir música em três níveis Plano Expressivo já apresentar elementos transmitidos sonoramente, consciente ou distintos, quais sejam: o Plano Sensível, o de conhecimento, ainda é basicamente inconscientemente. Necessitamos identi- Expressivo e o Plano puramente Musical. A do domínio afetivo. O erro mais comum, ficá-los, desmistificá-los, compreendê-los, diferença básica entre eles é o grau de apre- nesse caso, é a tendência de atribuir signi- aprende-los e usá-los, adequada e respeito- ciação musical resultante para o ouvinte. ficado concreto a tudo o que se ouve. Isso samente, a serviço do ensino e propagação O Plano Sensível é o plano primário de também é limitador das possibilidades da da Palavra de Deus. audição. Consiste no ato biológico de escu- música. Aqui entra a cultura e as prefe- tar o som e suas múltiplas possibilidades de rências pessoais que poderão influir, sem combinações. Esse nível não envolve maio- a parcialidade técnica, do que é adequado res preocupações ou envolvimento com a para tal situação, ambiente e público. Paulo Brum, capelão de Música na ULBRA obra, e é manifestado por todas as pessoas A música é um material concreto ca- e pastor da Congregação São Paulo, Canoas, RS. dotadas de audição. Mesmo as crianças, e paz de ser posto a serviço da comunicação Integrante da Comissão de Culto da IELB Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 13
  14. 14. 66 Estudo bíblico + 6 3 74+3 4 666 7 4+ 3 66 7 6 666 Falsas interpretações do livro de Apocalipse A Bíblia é uma unidade; e não pode haver contradição – ela se interpreta a si mesma. Passagens mais difíceis devem ser entendidas à luz de passagens mais claras. Especialmente, ao se tratar de livros proféticos, deve-se tomar muito cuidado, pois usam uma linguagem figurada, cheia de símbolos. Marca da besta voltar a terra para pregar o Evangelho, Lindolfo Pieper Muitos acham que é um número literal, o que pressupõe que eles vão passar pela que um dia muitos vão aparecer com uma morte uma segunda vez e que os mortos marca na testa, e quem não a tiver não vão pregar o Evangelho, o que contraria poderá comprar, nem vender. aquilo que Cristo diz em Hb 9.27; Lc 16.31; Interpretação linear Quem acha que essa marca é literal Rm 10.17. Eles cometem o mesmo erro dos Muitos acham que o livro de Apocalip- deve também acreditar que o selo de Deus judeus, que esperavam a vinda de Elias se segue uma linha cronológica, que cada na testa é também uma coisa literal, visível novamente em carne; e Jesus lhes mostra acontecimento representa uma época. aos olhos humanos (Ap 9.4). o erro, dizendo-lhes que Elias já tinha vindo Se assim fosse, teríamos cinco fins do O número 666 é simbólico, representa e estava entre eles (Mt 17.10-13). mundo, três juízos finais, três grupos de a absoluta imperfeição. É sete menos um. salvos, três babilônias, três armagedons Armagedom Como sete é o número da perfeição, do e três novos céus e nova terra. Armagedom é para muitos um aconteci- eleito de Deus (4 + 3), seis é o número da Os que assim pensam desconhecem imperfeição. É alguém que não conseguiu mento que terá lugar no monte Megido, em algumas características da profecia, que chegar a sete, por faltar-lhe Cristo no co- que os cristãos de todo mundo, liderados são: repetir o mesmo assunto sob outro ração. O selo de Deus é o Espírito Santo por Cristo, vão lutar contra os inimigos do ângulo (recapitulação), usar imagens que a pessoa recebe no momento da fé (Ef Evangelho, comandados pela besta e o falso fortes para impressionar a mente (dra- 1.13,14; 4.30; 2 Co 1.22; Ap 9.4). profeta, que ficam cuspindo sapos de sua matização) e usar, como pano de fundo, boca a fim de amedrontar os homens. um acontecimento para falar de outro que As duas testemunhas Nesta batalha, os inimigos serão mortos com ele se assemelha (background). Muitos acham que Moisés e Elias vão pelo exército de Cristo, cujo sangue escorre 14 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  15. 15. E os Singulares até o freio dos cavalos, numa extensão de clara ao fogo do inferno (Is 66.24; Mc se encontraram... 300 quilômetros. Estes corpos ficarão esti- 9.42-48). rados no chão, servindo de comida para as O anticristo é a personificação dos falsos aves dos céus. profetas e falsos cristos, que enganam o Esta ideia, porém, tem alguns incon- mundo com falsos ensinamentos, obrigan- venientes: 1) Deus vai ter que fabricar do Cristo a abreviar a sua volta. Nota-se que este monte, pois tal lugar não existe; 2) O Cristo e os apóstolos ao falarem da besta e povo de Deus vai ter que se deslocar para a do falso profeta, o fazem no plural, como Palestina e pegar em armas para defender os reis da terra e falsos cristos, o que sugere o Evangelho, o que contraria as Sagradas uma união de forças, sendo as duas bestas Escrituras (Ef 6.11-13,17; Mt 26.52). apenas os seus representantes. Armagedom é uma guerra espiritual, em que os inimigos de Cristo, comandados Milênio pela besta e o falso profeta, vão se unir para Segundo alguns, o milênio é um pe- Você quer saber quando? Foi nos dias destruir a Igreja. Porém, antes que isso ríodo de paz que vai anteceder a vinda 29 e 30 de maio na Congregação Cristo, de aconteça, Deus intervém, colocando fim no de Cristo, em que o lobo vai morar com o Porto Alegre, RS. Participaram do evento 96 atual sistema de coisas. É a mesma batalha cordeiro e todo o Israel será salvo. pessoas, vindas dos três Estados do Sul, o que encontramos no capítulo 9 (Sexta O milênio é um ensino materialista, que demonstra o grande interesse que este Trombeta), no capítulo 19 (Cristus Victor) que pressupõe que os israelitas mortos 2º Encontro de Singulares despertou. e no capítulo 20 (Gogue e Magogue). vão ressuscitar e ter uma segunda chance, “O 2º Encontro de Singulares foi um Esta é uma maneira simbólica para se o que contraria as Escrituras (Hb 9.27). sucesso”, comentavam as pessoas que falar do Juízo Final, que, para os inimigos Pressupõe também que Cristo virá um compareceram ao evento. No sábado, a pro- de Cristo, será um dia de vingança (Ap dia governar pessoalmente este mundo, gramação contou com atividades diversas: 6.12-17). É a vindima de Ap 14.17-21, o que contraria o que o próprio Cristo palestras, brincadeiras, jogos, bate-papo, onde fala do lagar da cólera de Deus, em disse: “O meu reino não é deste mundo” concurso de música no karaokê, sorteio que o sangue dos inimigos de Cristo corre (Jo 18.36). de brindes e coquetel. Durante o coquetel até o freio dos cavalos, numa extensão de O milênio material não tem lugar nas foram sorteados dois fins de semana para 300 quilômetros. Escrituras. Milênio é o tempo da graça, da um singular com acompanhante, sendo Os reis da terra, liderados pela besta, Igreja de Deus aqui na terra. Com a vinda um fim de semana na serra e o outro no são os governos do mundo (dez chifres, dez de Cristo, o mundo acaba, dando lugar litoral. O auge do coquetel foi o brinde “à dedos), que perseguem a Igreja ou adotam ao novo céu e a nova terra (Is 11.4-9; 2 vida que Deus nos deu e que precisa ser filosofias anticristãs, como o marxismo, o Ts 1.7-9; 2 Pe 3.10-13). bem vivida”. comunismo, o islamismo, o budismo, o O acorrentamento de Satanás é uma No domingo cerca de 70% dos partici- xintoísmo e o espiritismo. maneira simbólica de se falar que o poder pantes estavam no culto, o que fechou com Os sapos expelidos pela boca do dragão, de Satanás foi limitado. Começou com o chave de ouro o Encontro. da besta e do falso profeta (Ap 16.13,14) ministério público de Cristo (Lc 11.20- As palestras foram ministradas pela Dra. representam os falsos profetas que vão sair 22), culminando com a sua morte na cruz Scheyla Borowski sobre o tema “Compar- pelo mundo afora para enganar o povo (Cl 2.14,15; Ap 12.7-9; Jo 12.31-33; Hb tilhar...”, e pela Dra. Rita Hamerski, sobre com os seus falsos ensinamentos, operando 2.14,15; 1 Pe 3.18,19). “Cuidando das emoções”. grandes sinais e prodígios. A sua atuação A primeira ressurreição é a ressur- Este Encontro só foi possível porque será tão intensa que obrigará Deus a apres- reição espiritual, que ocorre na con- pessoas queridas compreenderam a impor- sar a vinda de Cristo, para que os próprios versão (Cl 2.12,13; 3.1-4; Ef 2.1,5,6; tância desse trabalho e colaboraram com eleitos não se percam (Mt 24.22-24). Jo 5.24,25). A segunda ressurreição apoio logístico e financeiro. Nesta batalha, não haverá derrama- é a ressurreição do corpo para a vida Há uma expectativa grande para o pas- mento de sangue. A espada que sai da eterna, que ocorre na volta de Cristo (Jo seio que será realizado no dia 9 de outubro boca de Cristo é a espada do Espírito, que 5.28,29). A segunda morte é a condena- deste ano para o parque ECOLAND em é a Palavra de Deus, também chamada de ção eterna (Ap 20.10,14). Assim: Quem Igrejinha, RS. o sopro da sua boca (2 Ts 2.8). As aves, não fizer parte da primeira ressurreição É a Igreja cuidando das suas ovelhas, comendo a carne das vítimas, representam (conversão), também não fará parte da também das ovelhas Singulares. Agregue-se os demônios, simbolicamente, devorando segunda (vida eterna). a este grupo, você vai gostar! os condenados no inferno (Ap 19.17,18). Informações: (51) 3342-1408 No livro do profeta Isaías, numa linguagem eliseu@comcristo.org.br figurada, esses corpos ficam estirados no Lindolfo Pieper, pastor emérito da IELB, Pela Comissão Organizadora: chão, queimando no fogo, numa alusão reside em Jaru, RO Pastor Eliseu Teichmann e Rosemarie K. Lange Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 15
  16. 16. Comportamento os valores estão Cuidado! sendo invertidos soditrevni Lea Fuhr Weber desagrada a Deus também desagrada aceitável, como ficam nossos relacio- ao próximo, e até mesmo as mais sérias namentos? Como podemos ser felizes linhas de pensamento sobre o compor- sozinhos ou fazendo infelizes aos que Q ueridos, tomem cuidado! Al- tamento humano comprovam isso. A estão ao nosso redor? Que incongruência gumas ideias e teorias atuais psicanálise, por exemplo, afirma que vive o ser humano. A felicidade não é o têm passado ensinamentos tão nossos impulsos primitivos querem outro que me dá, ela só existe na própria enganadores de um jeito tão dócil e, apenas a satisfação de desejos e quem relação com o outro. aparentemente, verdadeiro que é muito não consegue controlá-los, também não fácil ficarmos confusos. consegue manter relacionamentos pro- Relativismo moral Vejam isto, a mais brilhante psicóloga fundos e duradouros. Não bastando dizer que a traição é francesa da atualidade, Maryse Vaillant, Somente quando seguimos os limites normal, Maryse vai ainda mais longe. lançou recentemente seu livro Os ho- de Deus é que podemos sentir a verdadei- Ela afirma que: “Os homens que não têm mens, o amor, a fidelidade, onde afirma ra felicidade. Somos livres para assumir casos extraconjugais podem ter uma fra- que a maioria dos homens precisa de ou não nossas responsabilidades, para queza de caráter. Eles são normalmente “seu próprio espaço” e que, para eles, “a viver bem com o ou- infidelidade é quase inevitável”. Segundo tro e para o outro. esta autora, as mulheres podem ter uma “A lei do Senhor é “A felicidade não é o outro experiência “libertadora” ao aceitarem perfeita, e refrige- que “os pactos de fidelidade não são que me dá, ela só existe ra a alma...”, diz o naturais, mas culturais”, que a infideli- salmista. na própria relação com dade é “essencial para o funcionamento Gosto muito o outro.” psíquico” de muitos homens e que não do verbo discernir, deixam, por causa disso, de amar suas seu significado é a mulheres. ação de considerar Ainda, Arnaldo Jabor, reconhecido todos os lados de cineasta e comentarista, fala com seu uma situação. Tudo jeito entusiasta que “não existe homem o que fazemos ou fiel. Você já pode ter ouvido isso algumas deixamos de fazer vezes, mas afirmo com propriedade. Não tem consequência é desabafo. É palavra de homem que co- na vida de nosso se- nhece muitos homens e que conhecem, melhante. Sem dis- por sua vez, muitos homens”. cernimento, somos impelidos a prote- Artimanhas do maligno ger apenas nossos É incrível como o diabo tem usado próprios interesses, pessoas influentes na sua tentativa de somos consumidos denegrir e destruir as promessas para pelo calor do mo- aqueles que são fiéis. A impressão que mento e deixamos passam é que a vida cristã é um martírio de perceber as con- e, por conseguinte, muito sem graça. sequências dos nos- Amados, as leis do Senhor têm um sos atos. único objetivo, que é o bem-estar e Ora, se trair felicidade do ser humano. Tudo o que passa a ser um ato Foto: Arquivo Editora Concórdia 16 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93
  17. 17. homens cujo pai era fisicamente ou mo- moralmente corretos. As pessoas estão marcados pelo exemplo porque têm que ralmente ausente”. perdendo o seu discernimento, querem ser vividos. É por isso que os imorais que- Este conceito é um grande engano, e a é subir na vida, ter e ganhar dinheiro, e rem corrigir os mandamentos de Deus, verdade é justamente o contrário. Todas as dane-se o resto. pois eles precisam de um deus que facilite linhas de estudo também concordam que Aliás, muitas igrejas fundamentam-se a satisfação de seus desejos e eles jamais a traição e a insatisfação são atitudes de na ideia de que uma crença, para ser acei- dedicarão sua vida a Deus. pessoas que tiveram faltas severas de um ta, necessita invariavelmente ser prática, Bem, precisamos deixar bem claro para cuidado afetuoso e profundo. Sem dúvida, útil e que atenda às expectativas do ser o mundo o que Lutero define muito bem: o conceito concebido por ela tem clara- humano, ou seja, que agrade aos anseios “Aos empedernidos, a Lei; aos angustiados, mente o objetivo de relativismo moral. sociais. É isso exatamente o que mundo a Graça”. Digo isso porque aqueles que Até mesmo pessoas que não confes- quer: que os verdadeiros valores e leis não veem no mau uso dos valores, assim sam a fé cristã percebem estes desvios de Deus sejam banalizados. Estamos no como de outras bênçãos dadas por Deus, a dos valores morais. Silvio de Abreu, por mundo, mas não somos do mundo, e faz pecaminosidade e o erro estão totalmente exemplo, autor de várias novelas da rede parte de nossa missão, como seus filhos, empedernidos, endurecidos. Portanto, Globo, ficou indignado ao conhecer os lutarmos pela reafirmação das verdades para estes é toda a Lei. resultados de uma pesquisa sobre a ques- que a Escritura nos ensina. Mas, nenhum de nós está isento de co- tão moral de seus personagens. Segundo meter esses erros e, por isso, devemos es- ele, “grande parte já não valoriza tanto Resgate dos valores tar sempre fortalecidos pela Palavra, para a retidão de caráter. Se cada um fizer Existe um pensamento muito conhe- evitar a queda nas armadilhas do maior apenas o que acha certo para sua própria cido que diz: “O que derrubou Satanás de todos os traidores. É uma bênção ter- realização, realmente a moral está em foi um ato de traição; Jesus foi levado à mos consciência de nossos pecados, pois frangalhos”. cruz por um ato de traição, o pecado se é a chamada para o arrependimento e o Outras pesquisas mostram ainda que instala pela traição”. Ora, e justamente encontro com o perdão. Se ocorrer, não as pessoas têm muito mais interesse com este valor negativo querem propor precisamos nos desesperar, podemos nos nos personagens negativos do que nos uma forma de relacionamento. erguer outra vez, porque sabemos que so- A traição magoa, mente para aqueles que reconhecem seu destrói, afasta, opri- pecado e verdadeiramente se arrependem me. Ninguém pode é toda a Graça. “Valores não podem ser ser feliz ao lado de ensinados com palavras, eles um traidor, nin- são marcados pelo exemplo guém quer ser tra- ído, portanto, essa Não é utopia sonhar porque têm que ser vividos.” atitude não pode com o resgate de ser aceita sob ne- nhum aspecto. valores verdadeiros e Não é utopia so- conforme a vontade nhar com o resgate de valores verda- do Pai. Basta apenas deiros e conforme a vontade do Pai. que cada um faça a Basta apenas que sua parte, vivendo a cada um faça a sua parte, vivendo a fé, fé, distribuindo o amor distribuindo o amor que vem de Deus, que vem de Deus, brilhando com sua brilhando com sua luz, luz, compromissa- dos com o Autor da compromissados com vida. o Autor da vida. Então, esteja- mos atentos, porque valores não podem ser ensinados com Lea Fuhr Weber, Psicóloga Mestre em Psicopatologias do Desamparo palavras; eles são leafuhr@gmail.com Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93 17
  18. 18. Educação teológica córdia Fotos: Arquivo Editora Con E a história se repete. Conhecemos esses fatos e exemplos hoje. O que fazer? Ensinar e ensinar Não bastar lamentar, xingar e cobrar só do governo, da escola e até da igreja. Os filhos são nossos e nós os queríamos. Também nós haveremos de prestar con- tas deles. Em Isaías 8.18, lemos: “Eis-me aqui e os filhos que o Senhor me deu”. Todo o segredo da geração que vai para a geração que vem é ensinar e ensinar. Ensinar a Palavra de Deus por exemplos e por palavras. Não há força maior na educação cristã do que um pai servir de exemplo de vida e falar claramente de Jesus. Apenas dizer que o mundo está difícil para a educação é uma meia verdade. Também num mundo difícil é perfeitamente possí- vel ter um filho cristão e uma família cristã. Quando um pai é sacerdote do lar, reúne sua família em devoção diária, ora com sua família, vai com sua família Geração vai ao culto, vive submisso à Palavra de Deus e serve de exemplo de uma vida reta, a promessa de Deus não falha. Este é o mais poderoso instrumento de educação. Mesmo filhos rebeldes não resistem por geração vem muito tempo a pais crentes. E ainda que pais não vejam isto em vida, depois da morte, Deus se encarregará de regar o coração dos filhos com o exemplo que ficou. Deus é o primeiro interessado em salvar e não descansará. Felizes são os pais que preparam a geração seguinte como missão dada por T odos somos de uma geração – é a distância entre um pai e seu filho, en- Deus. primeiro estamos na que vem e, tre uma geração e outra. De uma geração depois, na que vai. O evangelista para a outra pode haver a continuação Mateus conta que as gerações desde de grande bênção e felicidade, mas pode Abraão até Jesus são quarenta e duas. E Lucas apresenta, no capítulo três de seu haver também a maldição e a tragédia. A Bíblia nos conta exemplos. De Todo o segredo da Evangelho, todas as gerações desde Adão até Jesus. Este assunto tem a ver com o Abraão para Isaque havia bênção e feli- cidade. Assim também a Bíblia fala que geração que vai Dia dos Pais, que é a história entre duas gerações. Em geral, se conhecem entre o rei de Judá, chamado Josafá, foi muito feliz porque andou em todos os caminhos para a geração que si, três gerações: avós, pais e filhos. A ligação mais estreita é entre pais e filhos. de seu pai, Asa, não se desviou deles e fez o que era reto perante o Senhor. vem é ensinar e Que pai pode partir em paz? O contrário, também é verdadeiro. ensinar. Basta uma geração seguinte e a tragé- Tragédia ou bênção dia está presente. Na história de Israel Certa vez, um estudioso das gerações bastou uma geração morrer, e a seguinte disse que a geração que vem está sempre não seguindo ao Senhor e o caminho de Benjamim Jandt a um passo da tragédia ou da bênção. Essa seus pais, e estava instalada a tragédia. provedoria@seminarioconcordia.com.br 18 Mensageiro Luterano | Agosto 2010 | Nº 8 | Ano 93

×