HOMILÉTICA I
Pr. Joziran Vieira
Aula 3
Perguntas norteadoras
1. Que área de nossa vida nos
proporciona maior medo?
2. Como lidar com o medo?
3. Qual a razão de e...
Como lidar com o medo
Princípios norteadores para
falar em público.
2.1. Aprenda a lidar com o medo
a) A janela se johari
Área
aberta
Área
Cega
...
2.1. Aprenda a lidar com o
medo
1. Área aberta
Torne-se conhecido de seu ouvinte.
Nesta área a vidraça é transparente
ela ...
Princípios norteadores para
falar em público.
2. Área Cega
o auditório nos enxerga, mas não nos
enxergamos
“é preciso que ...
Princípios norteadores para
falar em público.
3. Área oculta.
aqui a visão pertence ao orador
Esta é a área de maior medo
...
Princípios norteadores para
falar em público.
4. Área fechada.
O desafio do orador é buscar
conhecer a cada dia um pouco
m...
Princípios norteadores para
falar em público.
1. Quando tiver medo lembre-se
de que você não é o único
2. Não tenha medo d...
Princípios norteadores para
falar em público.
a) Não tenha pressa para começar
Procure vencer a ansiedade
• Não crie expec...
Princípios norteadores para
falar em público.
b) Procure manter sua respiração de
forma confortável
• a respiração mais pr...
Princípios norteadores para
falar em público.
c) Olhe discretamente para seu
auditório
• Possua sempre senso de autoridade...
Princípios norteadores para
falar em público.
Obs.:
Isto não significa que o pregador deve
ser orgulhoso, prepotente,
inde...
Princípios norteadores para
falar em público.
4. Prepare-se
preparar-se, esta deve ser a ação do
orador antes de pronuncia...
Princípios norteadores para
falar em público.
5. Seja perseverante
Calvino escreveu que:
“nenhum mortal está por si só qua...
2.2. CUIDADOS PESSOAIS
os ouvintes são mais
estimulados a prestar
atenção às palavras, quando
a apresentação de quem
lhes ...
2.2. CUIDADOS PESSOAIS
a) Aparência pessoal do pregador
1. Higiene pessoal
Cuide de sua higiene bucal, corporal
e indument...
2.2. CUIDADOS PESSOAIS
b) Atitudes no púlpito
• Jamais esqueça o toque final em seu
sermão (seja organizado)
• Mantenha um...
2.2. CUIDADOS PESSOAIS
Atitudes ao chegar ao púlpito
Pg.31,32
2.2.1. O tipo de voz
Dicas para se adquirir uma voz
eficiente
1. Procure conhecer sua voz
2. Adquira uma boa pronúncia e
d...
2.2.1. O tipo de voz
Há quatro órgãos de fonação que
ajudam a produção da voz
• Nariz
• Boca
• Garganta
• Pulmão
2.2.1. O tipo de voz
A voz pode ser identificada por pelo
menos três sons característicos.
São eles:
• Sons agudos
• Sons ...
2.2.1. O tipo de voz
Estes sons variam de pessoas para
pessoas, no que diz respeito ao
timbre. No que diz respeito ao
volu...
2.2.1. O tipo de voz
1. Correção. Procure articular bem as
palavras para que sejam ouvidas
com nitidez. Sempre que possíve...
2.2.1. O tipo de voz
2. Fluidez. Deixe que sua voz flua
naturalmente. Evite esforços em
falar alto desnecessariamente,
ou ...
2.2.1. O tipo de voz
3. Modulação. Evite mudar o timbre
de sua voz na pregação, bem como
o vício de aumentar e baixar o
vo...
2.2.1. O tipo de voz
4. Expressão. A voz é capaz de
ajudar o pregador a realçar uma
importante expressão de seu
sermão. Pa...
Boa noite
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

REFLEXÕES E INFORMAÇÕES

217 visualizações

Publicada em

HOMILÉTICA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

REFLEXÕES E INFORMAÇÕES

  1. 1. HOMILÉTICA I Pr. Joziran Vieira Aula 3
  2. 2. Perguntas norteadoras 1. Que área de nossa vida nos proporciona maior medo? 2. Como lidar com o medo? 3. Qual a razão de estarmos no púlpito? 4. O que preciso observar em mim antes de assomar ao púlpito? 5. O que devo observar depois de assomar ao púlpito?
  3. 3. Como lidar com o medo
  4. 4. Princípios norteadores para falar em público. 2.1. Aprenda a lidar com o medo a) A janela se johari Área aberta Área Cega Área Oculta Área Fechada
  5. 5. 2.1. Aprenda a lidar com o medo 1. Área aberta Torne-se conhecido de seu ouvinte. Nesta área a vidraça é transparente ela expõe nossa pessoa pública o orador deve deixar-se conhecer pelo seu auditório
  6. 6. Princípios norteadores para falar em público. 2. Área Cega o auditório nos enxerga, mas não nos enxergamos “é preciso que o orador seja receptivo ao que os outros dizem a fim de saber o que eles conhecem dele.”. Marinho, 1999 p.47
  7. 7. Princípios norteadores para falar em público. 3. Área oculta. aqui a visão pertence ao orador Esta é a área de maior medo O lado interiormente secreto deve fazer referência ao que somos externamente.
  8. 8. Princípios norteadores para falar em público. 4. Área fechada. O desafio do orador é buscar conhecer a cada dia um pouco mais de si mesmo e de sua estrutura Lidar bem com os sentimentos é uma questão de conhecer a si mesmo
  9. 9. Princípios norteadores para falar em público. 1. Quando tiver medo lembre-se de que você não é o único 2. Não tenha medo do medo 3. Resolva correr o risco
  10. 10. Princípios norteadores para falar em público. a) Não tenha pressa para começar Procure vencer a ansiedade • Não crie expectativas negativas, concentre-se em fazer seu melhor • Parar de tomar café, chá preto e Coca-Cola na semana da sua apresentação ajuda a controlar a ansiedade • Procure dormir mais e melhor durante essa semana de sua apresentação
  11. 11. Princípios norteadores para falar em público. b) Procure manter sua respiração de forma confortável • a respiração mais prolongada, soltando o ar lentamente ao falar, também ajuda. • respiração ofegante, muito curta, demonstra insegurança • inspire e segure o ar no abdome, depois vá soltando devagar pelo nariz
  12. 12. Princípios norteadores para falar em público. c) Olhe discretamente para seu auditório • Possua sempre senso de autoridade e de controle sobre a congregação. Jamais devemos dar a impressão de estar falando sob a permissão dos ouvintes Estamos no púlpito para declarar a vontade de Deus a permissão que precisamos é Dele.
  13. 13. Princípios norteadores para falar em público. Obs.: Isto não significa que o pregador deve ser orgulhoso, prepotente, indelicado, etc. Significa que somos arautos. Por isto a base do sermão deve ser A Santa e sagrada Escritura
  14. 14. Princípios norteadores para falar em público. 4. Prepare-se preparar-se, esta deve ser a ação do orador antes de pronunciar seu sermão. a) Se for ler o sermão faça-o sem precipitações, mas com sua alma b) Organize seu esboço de forma que você o compreenda facilmente
  15. 15. Princípios norteadores para falar em público. 5. Seja perseverante Calvino escreveu que: “nenhum mortal está por si só qualificado para a pregação do evangelho, a não ser que Deus o revista com seu Espírito” (apud ANGLADA, 2005, p.78).
  16. 16. 2.2. CUIDADOS PESSOAIS os ouvintes são mais estimulados a prestar atenção às palavras, quando a apresentação de quem lhes fala é agradável.
  17. 17. 2.2. CUIDADOS PESSOAIS a) Aparência pessoal do pregador 1. Higiene pessoal Cuide de sua higiene bucal, corporal e indumentária
  18. 18. 2.2. CUIDADOS PESSOAIS b) Atitudes no púlpito • Jamais esqueça o toque final em seu sermão (seja organizado) • Mantenha um bom preparo físico (cuide de você mesmo) • Controle suas atividades (procure administrar bem seu tempo) • Alimente-se bem • Procure repousar o suficiente • Evite a ansiedade
  19. 19. 2.2. CUIDADOS PESSOAIS Atitudes ao chegar ao púlpito Pg.31,32
  20. 20. 2.2.1. O tipo de voz Dicas para se adquirir uma voz eficiente 1. Procure conhecer sua voz 2. Adquira uma boa pronúncia e dicção das palavras
  21. 21. 2.2.1. O tipo de voz Há quatro órgãos de fonação que ajudam a produção da voz • Nariz • Boca • Garganta • Pulmão
  22. 22. 2.2.1. O tipo de voz A voz pode ser identificada por pelo menos três sons característicos. São eles: • Sons agudos • Sons graves • Sons intermediários
  23. 23. 2.2.1. O tipo de voz Estes sons variam de pessoas para pessoas, no que diz respeito ao timbre. No que diz respeito ao volume o orador pode perfeitamente controlá-lo, utilizando volume mais alto ou mais baixo de acordo com a necessidade. Quatro regras são apresentadas por Elienai Cabral para que melhoremos a nossa qualidade vocal.
  24. 24. 2.2.1. O tipo de voz 1. Correção. Procure articular bem as palavras para que sejam ouvidas com nitidez. Sempre que possível ao pregar, procure ouvir bem a sua voz, e use a respiração de forma correta para emitir as palavras. Evite os vícios de linguagem que engolem os “esses” e não pronunciam as sílabas corretamente.
  25. 25. 2.2.1. O tipo de voz 2. Fluidez. Deixe que sua voz flua naturalmente. Evite esforços em falar alto desnecessariamente, ou forçar a respiração.
  26. 26. 2.2.1. O tipo de voz 3. Modulação. Evite mudar o timbre de sua voz na pregação, bem como o vício de aumentar e baixar o volume muitas vezes e repetitivamente. Ou seja, mantenha sua voz modulada para não gerar fadiga nos ouvintes.
  27. 27. 2.2.1. O tipo de voz 4. Expressão. A voz é capaz de ajudar o pregador a realçar uma importante expressão de seu sermão. Para tanto é necessário uma parada e então baixar ou aumentar o volume da voz.
  28. 28. Boa noite

×