Hist 01

514 visualizações

Publicada em

Conhecer o nosso passado comum.
Os primeiros povos a habitar a Península Ibérica.
IDADE DA PEDRA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
514
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
123
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hist 01

  1. 1. Há muitos, muitos anos … … e ao longo de milhares de anos, um ser começou lentamente a adquirir diferenças em relação aos outros animais. A sua inteligência foi capaz de iniciar uma evolução diferenciada. Surgiu o HOMEM. E a primeira grande diferença em relação aos outros animais é a sua capacidade de se deslocar em pé e a segunda é a sua capacidade de usar utensílios. Calhaus transformados em utensílios Material elaborado por Jorge Pimentel
  2. 2. Há 40 000 anos … 40 000 20 000 11 000 Já este HOMEM vagueava pelos continente (era nómada). Mas há provas evidentes da sua presença, na Península Ibérica, com 20 000 anos. Nomeadamente: gravuras em rochas (rupestres) Auroques e Cavalos no vale do Coa Material elaborado por Jorge Pimentel
  3. 3. Este homem… 40 000 20 000 11 000 Alimentava-se caçando, pescando, e recolhendo o que a natureza lhe dava. Cobria-se com as peles dos animais que caçava, recortando-as e atando-as ao corpo. Como vivia? Abrigava-se em abrigos naturais (lapas e cavernas) e construídos (cabanas de ramos, folhas e peles) Material elaborado por Jorge Pimentel
  4. 4. Este homem… 40 000 20 000 11 000 Aquecia-se com o fogo depois de ter aprendido a controlá-lo. Como vivia? Fazia utensílios com os ossos dos animais que caçava, calhaus que partia em formas cortantes e paus. Os vales eram os sítios preferidos para viver, havia mais caça e mais vegetação. Em presença, comunicava por gestos e sons Como comunicava? que começou a utilizar sob a forma de uma linguagem muito rudimentar (as primeiras palavras poderão ter sido onomatopeias – as palavras emitam os sons naturais) Em ausência, pela arte – pinturas e gravuras nas paredes das grutas que ocupava e nas rochas dos locais por onde passava (geralmente animais). Material elaborado por Jorge Pimentel
  5. 5. Mais tarde … 11 000 O homem descobriu que era capaz de produzir a sua própria alimentação. Conseguiu domesticar alguns animais e descobriu que algumas plantas podiam se cultivadas. Sedentarizou-se Material elaborado por Jorge Pimentel
  6. 6. E assim … 11 000 5 000 Alimentava-se produzindo a sua própria alimentação, cultivando plantas e criando gado, mas também caçando, pescando, e recolhendo o que a natureza lhe dava. Cobria-se com as peles dos animais Como vivia? que matava, mas também com o pelo de alguns animais que criava, porque aprendeu a fiar e a tecer. Os vales eram os sítios preferidos para viver, os terrenos eram mais férteis. Abrigava-se em abrigos construídos com pedras e ramos, cobertos com folhas e hastes de cereais (colmo). Material elaborado por Jorge Pimentel
  7. 7. E… 11 000 5 000 Fazia utensílios com os ossos dos animais que caçava, calhaus que polia em formas cortantes e atava frequentemente a paus, para melhor manipulação. Descobriu que o barro cozido se Como vivia? tornava bastante resistente (cerâmica) e assim foi capaz de dar forma a pequenos vasos capazes de conter o produto das colheitas e conservar a água. Descobriu que rolar exige muito menos esforço que arrastar. Material elaborado por Jorge Pimentel
  8. 8. E… 11 000 5 000 Em presença, com uma linguagem que começava a ser elaborada com Como comunicava? verdadeiras palavras. Em ausência, pela arte – A expressão artística limitava-se habitualmente à decoração dos vasos de cerâmica e a algumas esculturas, geralmente relacionadas com o culto da fertilidade. Em que acreditava? Outra demonstração de arte – relacionada com o culto aos seus mortos é a construção de monumentos megalíticos (antas). Material elaborado por Jorge Pimentel

×