1. Não é no silêncio que os homens e mulheres se
fazem, mas na palavra no trabalho na ação-reflexão.
2. Se não amo o mundo...
9.como coisa natural, pois em tempo de
desordem, de confusão organizada,
10. de arbitrariedade consciente, de
humanidade d...
13.
Nada é impossível de mudar
13.
Nada é impossível de mudar
13.
Nada é impossível de mudar
13.
Nada é impossível de muda...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Não é no silêncio que os homens e mulheres se fazem

589 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
589
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Não é no silêncio que os homens e mulheres se fazem

  1. 1. 1. Não é no silêncio que os homens e mulheres se fazem, mas na palavra no trabalho na ação-reflexão. 2. Se não amo o mundo se não amo a vida se não amo os homens e mulheres não me é possível o diálogo. 3. O diálogo como encontro dos homens para a tarefa comum de saber agir. 4. Como posso dialogar se não vejo no outro possibilidades? 5. Como posso dialogar se me fecho à contribuição dos outros que jamais reconheço e até me sinto ofendido com ela? 6. Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. 7. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. 8. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito
  2. 2. 9.como coisa natural, pois em tempo de desordem, de confusão organizada, 10. de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, 11. nada deve parecer natural 12. nada deve parecer impossível de mudar. 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar
  3. 3. 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar 13. Nada é impossível de mudar (Bertold Brechtt)

×