Aprendendo a viver com a Gramática

304 visualizações

Publicada em

Língua Portuguesa

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aprendendo a viver com a Gramática

  1. 1. LÍNGUA PORTUGUESA Minha Pátria, Minha Língua
  2. 2. <ul><li>Aprendendo a viver com a Gramática </li></ul><ul><li>A linguagem dirige os pensamentos para direções especificas e, de alguma forma, ela ajuda a pessoa a criar a sua realidade, potencializando ou limitando suas possibilidades. A habilidade de usar a linguagem, com precisão, é essencial para uma boa comunicação e para o sucesso. </li></ul><ul><li>Aqui a gramática cruza com a vida: </li></ul><ul><li>Cuidado com a palavra &quot;não&quot;. A Frase que contém &quot;não&quot;, para ser compreendida, traz à mente o que está junto com ela. O &quot;não&quot; existe apenas na linguagem e não na experiência. </li></ul><ul><li>Se pedir a uma pessoa que não pense na cor vermelha, ela pensou sem querer, apesar da negativa, por isso procure falar no positivo, naquilo que quer e não naquilo que não quer. </li></ul><ul><li>Cuidado com a conjunção adversativa &quot;mas&quot;, que nega tudo que veio antes. Por exemplo: &quot;O Pedro é um rapaz inteligente, esforçado, mas...&quot;. Substitua &quot;mas&quot; por &quot;e&quot;, mude a construção da frase. </li></ul><ul><li>Cuidado com o verbo &quot;tentar&quot;, que pressupõe a possibilidade de falha. Por exemplo: &quot;Vou tentar encontrar com você amanhã às 8 h&quot;. Em outras palavras: a pessoa tem grande chance de não ir, pois vai &quot;tentar&quot;. Evite &quot;tentar&quot;, &quot;farei o possível&quot;, diga sim ou não. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Cuidado com &quot;não posso&quot; ou &quot;não consigo&quot;, que dão idéia de incapacidade pessoal. Use &quot;não quero&quot;, &quot;não podia&quot; ou &quot;não conseguia&quot;, que pressupõe que vai conseguir, que vai poder. </li></ul><ul><li>Cuidado com os verbos &quot;devo&quot;, &quot;tenho que&quot; ou &quot;preciso&quot;, que pressupõem que algo externo controla a sua vida. Em vez deles use &quot;quero&quot;, &quot;decido&quot;, &quot;vou&quot;. </li></ul><ul><li>Fale dos problemas ou das descrições negativas de si mesmo, utilizando o verbo no passado. Isso libera o presente. Por exemplo: &quot;Eu tinha dificuldade em fazer isto...“ </li></ul><ul><li>Fale das mudanças desejadas para o futuro, utilizando o tempo presente. Por exemplo: em vez de dizer &quot;Vou conseguir&quot;, diga &quot;Estou conseguindo&quot;. </li></ul><ul><li>Substitua o &quot;se&quot; &quot;quando&quot;. Por exemplo: em vez de falar &quot;Se eu conseguir ganhar dinheiro, vou viajar&quot;, fale &quot;Quando eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar&quot;. </li></ul><ul><li>Substitua &quot;espero&quot; por &quot;sei&quot;. Por exemplo: em vez de falar &quot;Eu espero aprender isso&quot;, diga &quot;Eu sei que vou aprender isso&quot;. Esperar suscita dúvidas e enfraquece a linguagem. </li></ul><ul><li>Substitua o futuro do pretérito pelo presente. Por exemplo: Em vez de dizer &quot;Eu gostaria de agradecer a presença de vocês&quot;, diga &quot;Eu agradeço a presença de vocês&quot;. O verbo no presente fica mais forte e concreto. </li></ul>

×