APRENDENDO COM ANIMES: A MITOLOGIA
COMO FONTE DE INTERDISCIPLINARIDADE
NAS AULAS DE LITERATURA NO ENSINO
MÉDIO
Amanda Borg...
OBJETIVO GERAL:


Abordar um relato de experiências
desenvolvidas com alunos do Ensino
Médio da Escola Pública Estadual
A...
JUSTIFICATIVA:


Ensinar Língua Portuguesa, em especial, é
tarefa árdua porque ainda o fazemos
tradicionalmente, ainda qu...


A interdisciplinaridade, segundo Ivani Fazenda
(1998), consiste em “ser capaz de ver e entender
o mundo de forma holíst...
ANIMES E MITOLOGIA NAS AULAS DE
LITERATURA: UM RELATO DE
EXPERIÊNCIAS


Pensamos em trabalhar com algum
instrumento metod...


Basicamente, animes são os desenhos
animados produzidos no Japão. Para os
japoneses os animes são todos os
desenhos ani...
 Yoga

e Camus são cavaleiros que usam
o frio como força e poder. No decorrer
da batalha, o mestre relembra ao
discípulo ...
A Ioga é a linha mestra
desta arte misteriosa. A
ioga
é
interrupção
intencional da atividade
espontânea do conteúdo
mental...
O primeiro lótus ou
chakra
chama-se
muladhara,
que
significa
“base-raiz”.
Ela é como um dragão.
Todos sabem como é o
tempe...
Dragões, assim como pessoas
que centram suas vidas em
torno do primeiro chakra, vivem
agarradas ao poder, presas a
uma vid...
O segundo chakra
acha-se ao nível da
genitália e chama-se
swadhishthana, que
significa “seu refúgio
predileto”. Esse é o
c...
O terceiro ponto de chakra
fica ao nível do umbigo ou
do estômago. Esse chakra
se chama manipura, que
significa “a cidade ...
CONSIDERAÇÕES FINAIS
A presente pesquisa demonstra que os animes
podem ser uma ótima ferramenta para atingir os
objetivos ...
Aprendendo com animes
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aprendendo com animes

441 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre o Anime Os Cavaleiros do Zodíaco apresentado no III SENACEM, em Mossoró/RN

Publicada em: Educação
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
441
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aprendendo com animes

  1. 1. APRENDENDO COM ANIMES: A MITOLOGIA COMO FONTE DE INTERDISCIPLINARIDADE NAS AULAS DE LITERATURA NO ENSINO MÉDIO Amanda Borges Brussio (SEMED/SÃO LUÍS-MA) Josenildo Campos Brussio (UFMA/SÃOBERNARDO-MA)
  2. 2. OBJETIVO GERAL:  Abordar um relato de experiências desenvolvidas com alunos do Ensino Médio da Escola Pública Estadual Antônio Ribeiro, do Colégio universitário da Universidade Federal do Maranhão e da Escola Privada Colégio Paralelo, todas localizadas em São Luís, capital do Maranhão. Na primeira e na segunda, as aulas de Língua Portuguesa e Literatura foram ministradas pelo professor Josenildo Brussio, na terceira, pela professora Amanda Brussio.
  3. 3. JUSTIFICATIVA:  Ensinar Língua Portuguesa, em especial, é tarefa árdua porque ainda o fazemos tradicionalmente, ainda que imersos em um oceano de informações, separando a gramática da leitura, da literatura e da produção textual, como se fossem coisas separadas.  Um dos objetivos propostos pelos PCNs para o Ensino Médio, na área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias é possibilitar ao aluno “a compreensão e o uso de sistemas simbólicos das diferentes linguagens como meios de organização cognitiva da realidade pela constituição de significados, expressão, comunicação e informação” (PCNs – Ensino
  4. 4.  A interdisciplinaridade, segundo Ivani Fazenda (1998), consiste em “ser capaz de ver e entender o mundo de forma holística, em sua rede infinita de relações, em sua complexidade”;  Realiza-se como uma forma de ver e sentir o mundo, de estar no mundo, de perceber, de entender as múltiplas implicações que se realizam, ao analisar um acontecimento, um aspecto da natureza, isto é, os fenômenos na dimensão social, natural ou cultural.
  5. 5. ANIMES E MITOLOGIA NAS AULAS DE LITERATURA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIAS  Pensamos em trabalhar com algum instrumento metodológico que causasse o interesse dos alunos nas aulas de literatura, principalmente. Assim, dentre as opções, apareceram os animes.
  6. 6.  Basicamente, animes são os desenhos animados produzidos no Japão. Para os japoneses os animes são todos os desenhos animados, independente da sua origem, nacional ou estrangeira. Para o mundo ocidental, os animes são apenas os desenhos animados do Japão.
  7. 7.  Yoga e Camus são cavaleiros que usam o frio como força e poder. No decorrer da batalha, o mestre relembra ao discípulo a explicação sobre o zero absoluto, habilidade essencial para vencer uma luta entre cavaleiros de gelo.  Por volta do século XIX, o cientista inglês William Thompson, mais conhecido como Lorde Kelvin, percebeu, através de experimentação, que quando um gás a volume constante era resfriado de 0°C a -1°C sua pressão diminuía cerca de 1/273 do valor inicial. Sendo a pressão do gás uma consequência da agitação térmica das partículas, Kelvin concluiu que a temperatura deveria diminuir de 273°C até que cessasse o movimento das partículas, ou seja, o estado de agitação térmica das partículas deveria ser nulo, e adotou o valor -273 °C como
  8. 8. A Ioga é a linha mestra desta arte misteriosa. A ioga é interrupção intencional da atividade espontânea do conteúdo mental. Para os Hindus, a Ioga serve para liberar a energia espiritual, que consiste em uma serpente em forma de espiral, situada como um novelo, em volta da espinha dorsal, à altura
  9. 9. O primeiro lótus ou chakra chama-se muladhara, que significa “base-raiz”. Ela é como um dragão. Todos sabem como é o temperamento dos dragões – pelo menos os dragões do ocidente: vivem em cavernas, lá ocultam o ouro de seu tesouro e mantêm ainda uma bela jovem como refém. Não podem fazer absolutamente nada com o tesouro, nem com a jovem, mas querem simplesmente a posse
  10. 10. Dragões, assim como pessoas que centram suas vidas em torno do primeiro chakra, vivem agarradas ao poder, presas a uma vida que não é uma vida, pois nela não nenhuma animação, alegria ou vitalidade, mas tão-somente um viver sombrio e obstinado (CAMPBELL, 2006). A natureza da kundalini da mudlahara é semelhante à do personagem Ebenezer Scrooge, antes de empreender a importante jornada de sua transformação interior, pelas mãos dos três fantasmas, na obra de Charles
  11. 11. O segundo chakra acha-se ao nível da genitália e chama-se swadhishthana, que significa “seu refúgio predileto”. Esse é o chakra que está totalmente centrado na experiência do prazer, ou kama. Quando a energia espiritual de alguém funciona nesse nível, sua psicologia é completamente freudiana. O sexo é sua única meta. O
  12. 12. O terceiro ponto de chakra fica ao nível do umbigo ou do estômago. Esse chakra se chama manipura, que significa “a cidade da joia brilhante”. Nele, o interesse está em consumir tudo, controlar tudo, comer de tudo, transformar tudo em sua própria substância. Quando a energia de alguém está nesse nível, sua psicologia é totalmente nietzschiana ou adleriana. São pessoas que querem consumir e obter poder para si sobre tudo o mais. São movidos pela vontade de potência (ou de poder). Esse é o nível em que se acha
  13. 13. CONSIDERAÇÕES FINAIS A presente pesquisa demonstra que os animes podem ser uma ótima ferramenta para atingir os objetivos propostos pelos PCNs e a LDB 9.394/96, além de aproximar os alunos do Ensino Médio da pesquisa científica, ao entrarem em contato com autores como Joseph Campbell (2001), Gaston Bachelard (2008), Gilbert Durand (1997), entres outros, que nos permitem estudar o imaginário que se apresenta nesses animes.  É óbvio que esta tarefa demanda grande esforço do educador para pesquisar, planejar, criar e executar atividades que necessitam de um olhar interdisciplinar, mais próximo da complexidade em que vive o homem contemporâneo.  Educar com animes é divertido e gostoso e essa é a pedagogia em que acreditamos, a pedagogia da alegria, qualquer que seja o recurso. 

×