Nestaediçãoconfiraosencartes:www.slideshare.net/jornaloexpresso - E-mails: oexpresso@gmail.com / expresso@comnet.com.brCRU...
2 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO(55)3303-5995Vinculado a:OEXPRESSOAdministração,Assinaturas, Publicid...
3Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSONossa VelhaNova Cruz AltaDesfiles MilitaresParte 06Por que eu leio O ...
4 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO85 anos do Clube InternacionalNo dia 19 deabril, o ClubeInternacional...
5Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOWestphalen recebe homenagemOpresidente do Legislativogaúcho, Pedro We...
6 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSODIA DO TRABALHADOR:Sindicato dos Trabalhadores da Construção CivilDe ...
7Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOdata para ser lembradade Cruz Alta Sindicato dos Municipáriosde Cruz ...
8 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO( Folclore, Tradição, Chasques e outras Gauderiadas)ANGELINO ROGERIO*...
9Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOZuleika Edler• Cultura • Arte• Atualidades • Dicas• Moda • Curiosidad...
10 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOGICÉLIA CARVALHO, Ge-rente Executiva da ACI,recentemente convidada,c...
11Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOA HECATOMBE NUCLEARA 5ª GUERRA MUNDIALGermano SchwartzO CONCEITO DEG...
12 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOO QUE RESTOUNa déca-da de oi-tenta foiefetivada vultuosatransação im...
13Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSO* Por Luiz Lenio Gai - AdvogadoCRITICA E AUTOCRÍTICAUTILIDADE PÚBLIC...
14 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOINFORMA:Vacinação contra aftosaAprimeira etapa doano da campanhade v...
15Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSONo 1º sorteio daNotaFiscalGaú-cha, realizado em 27 demarço, saíram t...
16 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO
17Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOAlmoço do SimcaOS i n d i c a t odo Munici-pários de Cruz Alta,atrav...
18 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSODia das Mães teráprogramação especialAssim comona Páscoa, aPraça Gen...
19Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSONOTA PÚBLICA DE EMPREENDIMENTONo que se refere ao Artigo 78, parágra...
20 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOFesta da Paróquia N. Sra. de FátimaHoje (04), às 19 horas,acontece a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

04demaio2013 oexpresso

2.754 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.754
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

04demaio2013 oexpresso

  1. 1. Nestaediçãoconfiraosencartes:www.slideshare.net/jornaloexpresso - E-mails: oexpresso@gmail.com / expresso@comnet.com.brCRUZ ALTA - RS | Sábado e Domingo | 04 e 05 de maio de 2013 | Ano 17 | Edição nº 806 R$ 1,50o expressoA HECATOMBE NUCLEARDr. Germano Schwartz - PÁGINA 09- PÁGINA 18- PÁGINA 19Vacinação contrafebre aftosa - PÁGINA 14Centenas de pessoas participaramda 30ª Rústica do TrabalhadorPraça começa a receberdecoração para o Dia das Mães182 anos do 29º GAC-APNa manhã de hoje, 04 de maio, o Ten. Cel.Art. Alexandre Saraiva do Nascimento, Co-mandante do 29º GAC-AP recebe autoridades civis,militares e convidados especiais para comemorar os182 anos desta unidade militar.A solenidade terá início às 11 horas, com forma-tura, nas dependências do quartel.
  2. 2. 2 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO(55)3303-5995Vinculado a:OEXPRESSOAdministração,Assinaturas, Publicidade e Redação:RuaJoãoManoel,810-CEP:98005-170-Centro-CruzAlta-RSE-mails:oexpresso@gmail.com/expresso@comnet.com.brCNPJ: 92.930.171/0001-38ResponsávelTécnico:JornalistaDr.Assis Brasil Soares FilhoRegistro nº:15.893/RSDiagramação eArtes:Odilar ZillmannEditora Chefe:Sônia GaiCirculação:Todos os sábadosImpressão:Cia deArte - IjuíOs artigos assinados sãode inteira responsabilida-de de seus autores, nãorepresentando necessa-riamente a opinião destejornal.ABSPUBLICIDADEEREPRESENTAÇÕESLTDAResponsável Técnico:JornalistaDr. Assis Brasil Soares FilhoRegistro nº:15.893/RSDiagramação e Artes:Odilar ZillmannEditora Chefe:Sônia GaiOPINIÃOProfº Claudino AlbertoniE-mail: faria@comnet.com.brO PERDÃOOperdão é uma virtude. Sob o pon-to de vista humano, não importaquantas vezes caímos, mas quan-tas vezes levantamos. A dificuldade é perdoar oserros, especialmente dos outros. A arrogânciafaz com que as pessoas minimizem seus próprioserros e condenem sem piedade os erros dos ou-tros. A convivência humana nos mostra a realida-de das relações. O que sabemos de nossas limita-ções e fraquezas? Somos imperfeitos e incapazesde compreender as imperfeições que perpassamnosso comportamento no dia a dia. Reconhece-mos, no entanto, que ninguém é perfeito.Não foi em vão que o Mestre disse aos dis-cípulos que é mais fácil ver o argueiro que estáno olho do próximo e não enxergar o galho queestá no seu. Isso é uma clara advertência a to-dos, pois é hábito olhar o outro com visão críti-ca e, em todas as situações, fazer juízo quer dapessoa, quer dos fatos relacionados. É da natu-reza humana julgar pelas aparências. Embora sesaiba que nas redes sociais são divulgadas frasese comentários dos mais diversos tons de críticaou julgamento, elogios ou pedidos de desculpas,temos dificuldade de compreender. As mentirase as verdades proliferam sem que haja de fato osenso de responsabilidade. É um tema diferente,embora esteja enquadrado no comportamento enas atitudes de todos.Essa característica do ser humano foi mos-trada pelo Mestre no episódio da mulher adúl-tera. Os fariseus queriam que Jesus a julgasse econdenasse. Eles estavam prontos para apedre-já-la conforme a lei. Jesus, no entanto, devolveua exigência a cada um dos presentes, dizendo:“quem não tiver nenhum pecado, nenhum erro,nenhum deslize, que atire a primeira pedra”. Oque aconteceu, então, foi um súbito exame deconsciência dos julgadores e acusadores e nin-guém se achou limpo o bastante para jogar a pri-meira pedra. A mulher ficou ali, prostrada, espe-rando ser morta a pedradas, pois, sem protestar,sabia dos seus pecados. Jesus lhe perguntou: “Mu-lher, ninguém te condenou?” Ela respondeu: “nin-guém”. Nesse momento acontece o maravilhosogesto do perdão. “Levanta-te e vai! Teus pecadosestão perdoados, mas não voltes a pecar”!O fato nos impele para uma volta para den-tro. Antes de qualquer atitude para fora, isto é,antes de julgar os outros é fundamental olharpara dentro de si mesmo e reconhecer a fragi-lidade e a imperfeição do caminhar. A vida é odom perfeito para cada indivíduo, mas o que oindivíduo faz é que é questionado. Sua arrogân-cia e sua pretensão de se achar um deus é queproduz uma mente preconceituosa, homofóbica ecruel. Vai chegar um momento em que tudo des-morona e a consciência começa a aflorar. Ninguémé tão poderoso que não se assuste com a explosãodo seu castelo de orgulho. Quando não ficar pedrasobre pedra, talvez não seja tarde para pedir abri-go no coração de Deus, o Pai das Misericórdias.O perdão é um apelo profundo pela neces-sidade de ser acolhido no coração de Deus queé amor. Só o amor é capaz de perdoar. O perdãoestá além do mundo material e se insere profun-damente no ser humano que sofre e é ameaçadono próprio coração de sua existência e de suadignidade. Não se precipite. Pense.DataNome IdadeCartório de Registro CivilÓBITOSLUIZI SOUZA RODRIGUESVALDEMAR EBLING DE FREITASMARLISOLANGEDESOUZAMESSERCHIMIDTANA MARIA DOS SANTOSESTHER CARDOSO DHEINJUREMA DA COSTA OLIVEIRAALADIM DA ROSA NUNESFLORI DE SOUZA NETOROMARIO BARBOZA SIQUEIRAPERY BECKJOMAR CÔRTES GALVÃOÁLVARO VICENSIARIZOLÍ BATÚ RITTESCARLOS OSVALDO CAMARGO NORONHAHILDA WERLANGANTONIO FACCOANASTÁSIA ELDI BONAMIGOLIDIA DA COSTAAREOVALDINA SANTOS DA SILVAMARIA MODESTA ROSADO RODRIGUESFRANCISCO RODRIGUES DE CASTROMARIA EVA BUENO FONTOURAPEDRO PADILHACLAUDIO FERREIRA DA CUNHADIDIMO CEZAROTTOMATILDE BITTENCOURT SCHMORANTZJACIR ESCOBAR DE MORAESDELMAR MELLO LOPESANTONIO CARLOS FAGUNDES MAYERJOÃO ROSA DE OLIVEIRAMARCILINO HORTÊNCIO DOS SANTOSGENTIL GONÇALVES DA CRUZ20/04/201321/04/201322/04/201322/04/201322/04/201322/04/201322/04/201322/04/201323/04/201323/04/201323/04/201324/04/201324/04/201324/04/201325/04/201326/04/201326/04/201326/04/201326/04/201327/04/201327/04/201329/04/201329/04/201329/04/201301/05/201301/05/201301/05/201302/05/201302/05/201303/05/201302/05/201303/05/2013Cruz Alta, 03 de Maio de 20132072456595789261827573265754889080888567817464717787587961926364Novo empreendimentoDomingo tem costelão Inaugurou nesta semana, o mais novo empreendi-mento do casal Luis Carlos dos Santos e Maria Therezade Mello dos Santos, a LC Materiais de Construções.O destaque para a diversidade de produtos queoferecem aos consumidores, além de facilitar o paga-mento com vantagens especiais nas compras feitas naloja, localizada na Rua Barão do Rio Branco, 909, anti-ga Embalagens Noronha.De acordo com Luis Carlos, “Estamos oferecendouma grande variedade de materiais com qualidade epreço baixo, além de uma estrutura que atende todasas exigências do mercado consumidor local”.Neste domingo, 5 de maio, o músico, compositore cantor Rubens Alonso recebe no Rancho da Coste-la muitas pessoas para saborear o Costelão assado amoda ‘campeira’, com fogo de chão e lenha de mato.Além do churrasco será um momento de passarhoras agradáveis com amigos escutando boas músi-cas gaúchas.
  3. 3. 3Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSONossa VelhaNova Cruz AltaDesfiles MilitaresParte 06Por que eu leio O Expresso?Talita Toledo de Souza:“ Sempre leio no sábado aqui no trabalho,acompanho as notícias sociais, o horóscopo etambém as receitas de culinárias que semanal-mente anoto para colocar em prática”.Alfredo Roeber -roeber@comnet.com.brwww.unimedplanaltocentralrs.com.br/cruz-altaHojeAVENIDA GENERAL OSÓRIODrª Simone Manjabosco e Drª Vanessa Rubin:“Recebemos aqui em nosso laboratório e bus-camossemprelerasnotíciasdeCruzAlta,alémdeacompanharacolunasocial.Aproveitamosepara-benizamos o jornal pelo aniversário”.Projeto de Lei:ACâmara de Ve-readoresdeCruzAlta, aprovou em sessãoordinária o projeto queregulamenta a realizaçãodas Feiras Itinerantes nacidade. O vereador EverleiMartinscriadordoprojeto,dizquesemoapoiodasen-tidades Sindilojas, atravésdo Presidente João Gobbo,ACI, Presidente EmersonSouza, e Dra. Claudia Bal-di, primeira empresária aprocurar o gabinete.De acordo com o ve-reador este Projeto nãoquer impedir a vinda dasFeiras para o município,mas visa regulamentar avinda das mesmas para acidade, assim protege a co-munidadeempresarialcruz-altense, jáque é elaque gerao emprego, renda e oportu-nidadesaomunicípio.Segundo o presiden-te do Sindilojas de CruzAlta, João Gobbo, umadas atribuições do Sindi-cato dos Lojistas de nos-sa cidade é defender osinteresses da categoria.“Este projeto de lei é umadas ações que o Sindilo-jas vinha buscando umasolução desde o ano pas-sado, pois nossos lojistastrabalham de segunda asábado, geram a distri-buição de renda no muni-cípio, porque vêm essasfeiras e têm incentivospara acolhê-las? Estamosna expectativa da aprova-ção do projeto de lei peloexecutivo. Hoje, para asempresas manter um ní-vel de emprego, precisamter vendas. Estas feiraschegam em um momen-to, no inverno, onde oslojistas se preparam comestoques, e tem que girarseus produtos, vindo em-presas de fora da cidadeque atrai os consumido-res para a feira. Além, éclaro que os produtos temgarantia, e a troca podeser direto na loja, agorase o que você comprou nafeira apresentar proble-mas, reclamar para quem?Existem outras ações, porexemplo, projeto de revita-lização do calçadão, que fazparte das melhorias da in-fraestruturaurbana,ondeosconsumidores terão ótimasoportunidadesdecompraselazer”,enfatizaJoão.Regulamenta Feiras Itinerantes
  4. 4. 4 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO85 anos do Clube InternacionalNo dia 19 deabril, o ClubeInternacional CulturalRecreativo realizou jantarbaile em comemoraçãoaos 85 anos da entidade.A sociedade cruz-altenseprestigiou a festa, que tevea troca de faixa das rainhase apresentação das novassoberanas. Também foramentregues títulos de sócioshonoráriosesóciosremidose não faltou o tradicionalboloeo‘parabénsà você’.
  5. 5. 5Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOWestphalen recebe homenagemOpresidente do Legislativogaúcho, Pedro Westpha-len (PP), recebeu em CruzAlta, sua terra natal, na noite de quinta-feira (25), uma homenagem do SindicatoRural do município, no Clube Internacio-nal. Em um jantar festivo o deputado foirecebido pelo prefeito da cidade, Julianoda Silva, e pelo presidente da Câmara deVereadores, Hélio Amaral.Westphalen destacou o quanto éimportante estar perto da sua terra ereceber o carinho das pessoas. “Vocêspara mim são como o cordão que servede elo para o mais belo colar de pérolas.Sem o cordão não existiria o colar e denada adiantaria a beleza das pérolas.Aqui vocês são o cordão da amizade,que me ajuda a seguir em frente”, falouemocionado. No seu pronunciamento,também destacou que para ele o impor-tante na vida é ser um instrumento paraajudar a melhorar a vida dos outros.Estiveram presentes no evento li-deranças da região; prefeitos; vice-pre-feitos, empresários e comunidade.
  6. 6. 6 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSODIA DO TRABALHADOR:Sindicato dos Trabalhadores da Construção CivilDe acordo com Oslenio Coelho, Presidente do Sin-dicato dos Trabalhadores da Construção Civil, o dia 1ºde maio foi uma data para ser lembrada por todos ostrabalhadores. Nossa categoria está em bom momento,e graças a Deus está gerando muitos empregos. Há quasetrês anos, a construção civil vem crescendo em nossa ci-dade. Então, nossa classe tem muito a comemorar nestaquarta-feira, onde todos estamos satisfeitos. Por ser nos-so sindicato novo, não fizemos ainda grandes eventos atéporque envolve questões financeira, e estamos preparan-do a construção de nossa sede própria, e assim no próxi-mo ano pretendemos comemorar na sede do sindicato oDia do Trabalhador.Nós já temos o terreno que fica na rua Andrade Ne-ves esquina com General Portinho, próximo a Lenda daPanelinha, pois é um terreno que já era do antigo Sindica-to. Apenas fizemos a reintegração de posse, e com o proje-to quase pronto, esperamos logo começar a construção.Uma reinvindicação é que a nossa classe aindaestá desunida devendo haver uma maior aproximação,estamos tentando fazer um trabalho sério para melho-rar as condições de nossos associados. Há poucos diasfizemos um convênio com a Unimed, onde terão des-contos em consultas e exames, além de parceria comfarmácias e supermercados. Esse já é um belo começo.Também aproveito e desejo um feliz dia do trabalha-dor a todas as classes.Sindicato dosTrabalhadores RuraisCírculo OperárioPara o Presi-dente do Sindica-to, Agnelo Dreher,a data não só paraos agricultores,mas para todosos trabalhadoresem geral é mui-to importante,e este ano tudoocorreu bem parao trabalhador docampo, já que emmodo geral foi fa-vorável. O climaajudou e tivemosuma boa safra e nacomercialização de produtos o preço está razoavelmentebom. Todos os preços dos produtos quando foi plantada alavoura estavam alto, por isso a colheita foi boa, mas o in-vestimento em insumos foi alto. Além, é claro, perdemosvalores com a venda da soja, já que devemos recuperar osinvestimentos. Mesmo com as dificuldades os nossos agri-cultores não desistem, e esperamos também que nas próxi-mas safras sejam boas como esta.Neste mês, tivemos um grande evento em SantoÂngelo, o 3º Grito de Alerta Missões Fronteira Noroeste,tendo grande participação dos trabalhadores rurais de Ijuí,onde a grande preocupação é com os alimentos que vemdo campo, já que o índice da população aumentará como passar do anos, e os trabalhadores do campo está cadavez mais baixo. Consequentemente teremos problemas naprodução de alimentos, ou seja, a falta deles. Olhando paraas grandes cidades, são milhões de pessoas que necessitamdestes alimentos vindos do campo, pois a melhor qualidadede alimento é a vinda do campo. Muita gente acha que o lei-te já vem pronto em um caixinha, mas não, alguém precisalevantar de madrugada e tirar o leite, para assim colocar adisposição das empresas, além dos grandes gastos que tempara manter a produção.Nossas reinvindicações do Grito da Terra já foramentregues ao governador do Estado, e nos próximos estare-mos entregando esta pauta para a Presidente Dilma.Não fizemos nenhuma programação festiva para reunirnossos agricultores, no dia do trabalho, porém, temos que pa-rabenizar estes bravos homens do campo que permanecem lá,trazendo o alimento para a cidade. E deixo aqui uma questão,daqui há 10 anos quem estará no meio rural para produzir oalimento? Já que os jovens estão saindo do campo.Fundado em 15 de março de 1932, pelo Pe. Jesuí-ta Leopoldo Bretano em Pelotas-RS, o Circulo Operárioteve como princípios a valorização do trabalho humano,e consequentemente o desenvolvimento local e uma exis-tência digna, através de um comprometimento ético nasrelações com os associados, com a comunidade e com opoder público, guiando-se pelos princípios da oticidade,impessoalidade, economicidade, eficiência, publicidade,transparência e da responsabilidade socioambiental, dotrabalho em rede, da capacitação e do apartidarismo.Segundo o Presidente do Circulo Operário de Cruz1º de maio de 1978
  7. 7. 7Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOdata para ser lembradade Cruz Alta Sindicato dos Municipáriosde Cruz AltaSegundo Geni Lucero Leal, Presidente do SIMCA,o primeiro de maio é uma data muito importante, poisé quando comemoramos o dia do trabalhador. “NossosMunicipários são trabalhadores, e nós como sindica-to temos que comemorar a data. Realizamos na quarta,em nossa sede campestre, um almoço onde recebemos ofuncionalismo. Liberamos convites aos funcionários paracomparecerem aqui no sindicato e retirar seus cartões.O associado não paga no almoço, o acompanhante pagauma pequena diferença.Hoje, dentro do sindicato temos uma advogada etambém dentista, já que a demanda é grande. Estamospensando em fazer mais um contrato com o serviçoodontológico. Nossas reinvindicações dentro da classe,geralmente são coisas relativas ao trabalho, entre estesas professoras das escolinhas infantis que esperam o au-mento que o prefeito prometeu.Uma das procuras maior do funcionalismo é parasaber sobre o banco que a prefeitura irá depositar o pa-gamento. Esta semana foi escolhida a Caixa, e logo estesterão que virem aqui para realizarem seus cadastros”.Alta, João David Schmidt Ertel, este dia tem que sercomemorado já que os Círculos Operários colaborarampara a formação do primeiro grupo de sindicatos, reco-nhecidos pelo Ministério do Trabalho. “Estamos como oresto do Pais, passando por uma turbulência o que nosfaz repensarmos sobre algumas atitudes, ou seja, temosque pensar muito bem antes de realizarmos algum even-to para comemorar o 1º de maio, pois necessitamos nosadequar a uma nova realidade que exige investimentode recursos na segurança das pessoas, por isso é inviávelgastar com festejos mesmo que extremamente justificá-veis. Quero ressaltar que na inauguração do Círculo emnossa cidade, em 16-09-34 o presidente foi o Sr. Amân-cio de Camargo. Teve ainda como presidentes os Srs.Leopoldo Plentz, Genaro Caino, Heitor Silveira Netto,Cincinato G. de Freitas, Cel. Luciano M. Prates, Lotá-rio Kunzer, Álvaro Gayer, Crescencio Teixeira, Decio B.Caino, Lauro Haas, Alcides Borges, Fernando Pompeu,Cecícia Bonamigo Sandri, Sadi Miranda Portela e JoãoDavid S. Ertel. Tivemos participação em um Curso deElaboração de Projetos em Passo Fundo, visando qualifi-car seus quadros no sentido de poder retomar um maiorentrelaçamento com o poder público do nosso municí-pio, e com órgãos do Governo Estadual e Federal, vol-tando às parcerias para podermos servir melhor a nossacomunidade”, diz João David.
  8. 8. 8 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO( Folclore, Tradição, Chasques e outras Gauderiadas)ANGELINO ROGERIO* • angelinorogerio@terra.com.br* Advogado, Músico e CompositorDIVINA COMÉDIA HUMANA“Estava mais angustiado, que um goleiro nahora do gol...”Assim começava a música “A Divina ComédiaHumana” do Belchior, sucesso lá dos anos 70/80.Já a gauchada poderia traduzir para “Estavamais angustiado, que anão em comício...” e por aívai, tal a situação que se encontra a economia do es-tado e do País.Temos uma super safra, com soja até na raizdas plantas, e não temos estrutura para transportara mega produção de grãos.Temos tecnologia de ponta e faltam armazénspara estocar a produção.Temos caminhões, milhares deles rodando poraí, sem estradas apropriadas.Mas sabe-se também que muitas estradas fo-ram destruídas pelo mau uso dos próprios caminho-neiros, que insistem trafegar nesse asfaltinho mise-rável com excesso de peso nas suas cargas.As estradas estão um horror, muitos trechos vi-raram um “tobogã”, com aquelas costelas de asfalto“esmerilhando” o assoalho de nossos frágeis carrosde passeio. Sem falar nos enormes buracos que umaroda de caminhão não sente... Mas um carro peque-no pode ser facilmente tragado pela cratera.Enquanto isso, vemos falcatruas de todo tipoemperrando a construção de ferrovias, única solu-ção para o progresso desse País. Quanto se economi-zaria em combustível, em equipamentos, em tempo,utilizando a malha ferroviária? Até viajar seria umadelícia, a exemplo de países europeus, que priori-zam esse tipo de transporte mais barato, econômicoe prático.O problema maior são os interesses particula-res, grandes impérios do transporte que impedemque isso seja realidade por aqui. É aí que “a porcatorce o rabo”, como diria o outro.E esse governo larápio a nos surrupiar impos-tos, enquanto o contribuinte passa dificuldades nascoisas básicas a que teria direito, como verbas prásaúde, educação, segurança, transporte público!...Aqui em nossa cidade respingam gotas desseácido. Nossa querida escola “Margarida Pardelhas”foi manchete em todos jornais pelo abandono a quefoi submetida, a ponto de sofrer interdição e seusalunos serem forçados a fazer protesto por uma edu-cação digna para professores e alunos.Só não falta dinheiro prá os “coitadinhos”, paraos protegidos do governo Dilma, gente que a cadadia nos decepciona mais e mais.Pois acabaram de aprovar um prêmio de R$100.000,00 e uma pensão vitalícia de R$ 4.100,00para cada jogador de futebol que vestiu a “amareli-nha” nos anos de 1958, 1962 e 1970, conquistandoo tri campeonato da copa do mundo!... Mas o queque é isso?O que produz um jogador de futebol prá mere-cer isso, sem nunca ter contribuído um tostão paraa previdência?E o coitado do cidadão brasileiro trabalhando econtribuindo por mais de 35 anos prá se aposentar- quando consegue - e receber um mísero “saláriomínimo”..!Isso aqui tá virando uma Cuba, uma Venezuela,uma Ilha do Tesouro.Com que moral, com que ânimo, com que moti-vação vamos comemorar o “Dia do Trabalhador”?“Que País é esse”? já denunciava a música dogrupo Legião Urbana em 1987.VENDE-SEUma casa mista medindo 13x6m, com bra-silite de 6mm, 3 quartos, sala, cozinha, lareira dealvenaria, banheiro com box. Boa localização, naRua Coronel Marins, 0163, ao lado do Monumen-to de Fátima. Motivo da venda, negócio em outracidade. Valor R$ 50.000,00. Preço por até 60 dias.Tratar fone: (55) 9619.1252 / 9616.4748.
  9. 9. 9Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOZuleika Edler• Cultura • Arte• Atualidades • Dicas• Moda • CuriosidadesO excesso de cobrança causa angústia e insatisfação. Então, tenha cuidado com as palavras.MINGUANTE: 02/05 a 09/05Áries 21/03a20/04Touro 21/04a20/05Câncer 21/06a21/07Leão 22/07a22/08Virgem 23/08a22/09Libra 23/09a22/10Escorpião 23/10a21/11Sagitário 22/11a21/12Capricórnio 22/12a20/01Aquário 21/01a19/02Peixes 20/02a20/03Energia determinada e aguerrida queauxilia a expressar seus talentos e sesentir valorizado. Uma coisa é perseve-rança e outra é apego. Saiba distinguir.Luta pelo que lhe mobiliza numanova direção de vida. E que significaadeus ao passado. Onde está canali-zando toda essa energia?Questões profissionais estão em foco.Equilíbrio emocional é fundamental.A Lua, seu regente, está em Libra. Vocêpondera e coloca as coisas na balança.O desenvolvimento de seus talentosestáestimulado.Eviteatitudesteimosasna carreira e com chefias. Realizaçõesprofissionais estão estimuladas.Excelente momento para se dedicar a es-tudos,aoaprimoramentodeconhecimen-tos. Luta pelo que você acredita, pelo quepercebequeampliaráosseushorizontes.Força interna para superar adversidades,percebendo o que é valioso e prioritário.O contato com a natureza auxilia na res-tauração de energias.Questões relacionadas a negóciosestão em pauta. Percepção das mu-danças necessárias para uma vidamais de acordo com os seus valores.Cooperaçãoepropósitosemcomumlhe aproximam das pessoas. Compe-tição pode estar acirrada. Realizaçõesconjuntas favorecidas. Cuidado comteimosia, ciúme e posse.Exercícios físicos e alimentaçãoequilibrada são fundamentais para sesentir mais energizado. Bom momen-to para se aprimorar e para perceberonde você está agindo por hábito.Perceba como está agindo em relaçãoàs suas emoções e instintos, capricor-niano. A maneira como lida com aspessoas, os relacionamentos é funda-mental em termos profissionais.Momentoimportanteparaseenvolverintensamente com questões privadas,íntimas. Perceba o que verdadeiramen-te significa sustentação e segurançapara você. Mas não se apegue.Fase que estimula conhecimentos,contatos. Mas não seja teimoso aoexpressar suas idéias. Inteligência serevela na capacidade de colocar emprática o que era apenas um desejo.Gêmeos 21/05a20/06SOLUÇÃO ANTERIORDicas de cozinha:HORA DO LANCEVai fritar?Brownie super fácilUse somente claras de ovo quando for empanarou fazer a milanesa. Deixe as gemas para outraspreparações. Assim os empanados ficam mais leves e combaixo teor de colesterol.INGREDIENTES:• 6 colheres (sopa)bem cheias de mar-garina (sem sal) • 3/4xícara (chá) achoco-latado • 1/2 xícara(chá) chocolate empó • 1 1/4 xícara (chá) farinha de trigoMODO DE PREPARO:1. Misture os ovos e o açúcar e depois agregue todos os in-gredientes até formar um creme uniforme 2. Despeje numaassadeira forrada com papel manteiga e leve ao forno médiopor 40 minutos. 3. O brownie está pronto quando a parte decima está levemente corada e ao se espetar um palito o mes-mo está levemente úmido (devido ao chocolate derretido) 4.Corte em quadrados ainda quente e sirva com uma bola desorvete de creme, ou congele num saquinho para freezer 5.Para descongelar, coloque o brownie num prato de sobreme-sa e aqueça no microondas, potência alta, por 1 minuto.• 2 xícara (chá) açúcar • 4 ovos • 2 pitadas de sal • 1 colheres(chá) extrato ou essência de baunilha • 1 tablete de choco-late meio-amargo picado em cubinhos • ½ xícara ( chá) denozes picadas (ou castanhas de caju granulada).Ouvi esta frase, confessoquepensandoemtudoqueestá acontecendo, até concordei.Mas será que o mundo é mau,ou, nós o deixamos assim?Quem sabe até tenhamos nostornando mais agressivos, sempoesia, sem gestos nobres, sempalavras de amor, de afeto, semmúsica por dentro.Será que perdemos toda a es-perança, ou, esquecemos de en-contrar a felicidade?Estamos desistindo de nos dei-xar contagiar pelo belo.Deus com seu amor, não nosdiz nada?A vontade de ser feliz é umestado de espírito que tomaposse da gente. Quando real-mente acreditamos e nos empe-nhamos numa tarefa, por maissimples que seja, naturalmentese manifesta dentro de nós umpoder extraordinário atingindoa meta desejada.Quando se tem fé, uma sere-nidade incomum invade o nos-so coração, a vida fica mais bela,embora nos pregue suas peças.Às vezes a felicidade está bempróxima, só que nesse corre-cor-re em busca do ter, não consegui-mos encontrá-la!É necessário pararmos umpouco, pensar mais, orar muito,desejar ardentemente o bem.O mundo poderá melhorar.Mas é preciso colaborarmos, bas-ta que cada um faça a sua parte,com humildade, com dignidade,sem esperar nada em troca.Comentando... Vai fritar ?Presenteie damelhor maneiraQuando forpresentearalguém comflores, prefira as que estão emvasos. Assim você não correo risco de pegar a pessoa des-prevenida, sem ter onde colo-car as flores, caso elas venhamem um buquê. Além disso, asflores já plantadas têm umadurabilidade muito maior doque as dos arranjos.
  10. 10. 10 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOGICÉLIA CARVALHO, Ge-rente Executiva da ACI,recentemente convidada,compõe o grupo de asses-sores daquela entidade.Sábado, 27 de abril, MA-THEUS MELLO SANTOS,colou grau em Administra-ção, em Santa Catarina.Felizes por esta conquistaseus pais LUIS CARLOS eMARIA THEREZA.Na noite 25 de abril, o Sindicato Rural de Cruz Alta, através de seu pre-sidente, Airton Becker, realizou no Clube Internacional, um jantar emhomenagem ao Deputado e presidente da Assembleia Legislativa, ocruz-altense Dr. Pedro Westphalen. Participaram do evento liderançasda região; prefeitos; vice-prefeitos e empresários e sociedade local.Muito prestigiadopela sociedade oJantar Baile emcomemoração as85 anos do Clu-be InternacionalCultural e Re-creativo de CruzAlta, realizado nasede o Clube dia19 de abril.DestaqueGente em
  11. 11. 11Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOA HECATOMBE NUCLEARA 5ª GUERRA MUNDIALGermano SchwartzO CONCEITO DEGUERRA :A discutida conceituaçãodo vocábulo “guerra”evoluiu por três etapasdistintas, mas semprefundamentadas no resultadoa ser obtido a final. Essasetapas resultam conhecidaspelos nomes de seus três teóricos, e paulatinamenteconduziram a posicionamentos distintos, até hojevigorantes nas regiões onde aplicados :Primeira etapa – Sun Tzu :Adoutrina de Sun Tzu alicerça-se na necessidade decompleta destruição do povo inimigo, principalmentea fim de evitar a repetição dos embates. Em latim :“Vae victis!”(ai do vencido!).Segunda etapa – Clausewitz :A metodologia bélica imposta em ”Von Kriege”alteraoconceitodedestinonãosódopovoinimigo(afimde transformá-lo agora em escravo político-econômico),como também previamente direciona o destino dopróprio país vencido (a ser agora transformado em partedo território do país vencedor). Em resumo: o vencedorpassa a dispor não só do povo vencido, como tambémdo próprio território do país vencido.Terceira etapa – Rondon :A doutrina pacifista de Rondon representouuma inversão total tanto nos conceitos de SunTzu(aniquilaçãodoinimigo)comotambémnaestruturaçãoclausewitziana(escravizaçãodoinimigoeapossamentode seu território). Estrutura-se no conceito de que oinimigo representa um futuro e precioso aliado, a serpreservado tanto pessoal quanto territorialmente.Sua primeira aplicação prática ocorreu porocasião da chamada “Batalha da Paz”, no redutofanático “Santa Maria”, onde Estillac Leal evitouuma ternária repetição de Canudos e secundáriade Irani. E sua segunda aplicação prática ocorreupor parte de MacArthur, o qual, já impregnadopela doutrina rondoniana, evitou que uma terceirabomba atômica fosse lançada agora sobre Tóquio,transformando assim o atual Japão no primeiro eprecioso aliado americano.A ALIANÇA RONDONIANA ENTRE PAÍSESIRMÃOS :a construção de Itaípu, o Paraguai sempre obteve econtinua obtendo integralmente seus “royalties”,de considerabilíssimo valor. Da mesma maneira,a produção da soja fronteiriça tem seus royalties eimpostos consumidos “in totum” pelo Paraguai. Narealidade, essas representam as duas maiores fontesde renda daquela nação. Portanto, revela-se não sóantieconômico com também contrário aos interesses danação vizinha o eventual fechamento de fronteiras, e/ouseu isolamento e consequente ilhamento. Muito maisprofícua, sem dúvida, não só uma aliança de defesa (jáanteriormente existente) como também uma aliançaeconômica, favorável a ambos os países, isto seguidoda atual e profícua irmandade de fronteiras. Ademais,o abrandamento fronteiriço deve ser acompanhado poruma política de privilégios, que assim poderá conduzir opaís-irmão à instalação de uma sólida base industrial, talcomo seu povo aliado sempre desejou e aspira. E a uniãodas respectivas forças de defesa, inclusive reestruturadasnos princípios rondonianos de paz, fornece os elementosque asseguram o êxito da iniciativa industrializadora,cujo trilhar esse país aliado ora pretende iniciar. Esseprocesso é lento mas factível, e depende, em essência, deprodução energética., que será, sem dúvida, plenamenteampliada através de incentivos, reunidos ao transpasse daexperiência e da sólida base industrial já aqui existente efirmada. É o caminho da paz. É nosso objetivo e nossoideal, pois “a paz queremos com fervor, e a guerra sónos causa dor”.b)O Uruguai, com sua economia voltadacrescentemente para o turismo, não abandonou suapecuária, agora gradual e crescentemente escoadavia Rio Grande, e não mais portenhamente. Ademais,o fluxo turístico gaúcho cresce rapidamente, e jáultrapassa 40% da arrecadação turística uruguaia. EmPunta, as residências nativas para o turismo aumentamnão só em número, e rapidez, como também em luxo.Aprevisão do turismo gaúcho, crescentemente aliado aoturismo paulista, faz antever para breve a hegemonianativa nesse setor da economia uruguaia. Ademais, orepasse dos encargos de defesa para a Grande Naçãolibera os recursos locais para o incremente turísticoe pecuário. E relembremos que o Estado-Tampãorepresenta um prolongamento do solo gaúcho, eportanto, os laços entre os irmãos não são apenashumanísticos, mas também físicos, isto face à totalidentidade territorial.c) Merece também calorosos elogios a atuaçãoda Presidenta, que esmera-se pessoalmente nocumprimento de sua missão de aperfeiçoamentodos laços de interesses estratégicos comuns com aVenezuela, consorte da Grande Nação no inegável eirrefutável direito de livre acesso ao Mar do Caribe,bem como no livre navegação do Essequibo. Assim,em lugar de imitar os argentinos e invadir as Malvinas,os dois países irmãos buscam, além de livre acessoao mar interno, e em comum aliança de paz, nãosó recuperar pacificamente a área de Pirara, comotambém proporcionar a criação do Polo Naval doNorte e proteger nossas preciosas reservas de nióbio.Os dois países falam perfeitamente a linguagem deRondon, e entendem que a aliança para a defesa dosinteresses comuns representa o melhor caminho para osucesso, isto em lugar de uma sangrenta guerra (a qual,conforme a teoria clausewitziana, seria perfeitamentejusta, mas que é repudiada pelo pacifismo rondoniano,adotado por ambos os organismos de defesa comolinha de procedimento categorizado e prescrito), eo que se repete e reitera, cercado de crescente e muielogiável sucesso. Pois essa aliança é fundamentalpara a consecução dos objetivos estratégicos comuns.A respeito, meditemos muito e sempre sobre arespectiva antítese comportamental: a invasão dasMalvinaseseusangrentoinsucesso.Erelembremostambémque a prudência não é um defeito, e sim uma virtude.REESCREVENDO CLAUSEWITZ :Existe uma corrente belicista (na realidadeantipacifista) que pretende reescrever “Von Kriege”,adaptando-o às modernas técnicas da guerra, e emespecial às estratégias e táticas relativas ao armamentonuclear e a um conflito de internet. Ocupam o topodessa moderna lista de países belicistas:a) A França napoleônicab) AAlemanha hitleristaSomos de opinião totalmente contrária: em lugarde reescrever Clausewitz, ensinar Rondon. Isto é, emlugar de incentivar a guerra, buscar a paz.ENSINANDO RONDON :Repete-se: a tarefa consiste não em redesenhar nemem reescrever Clausewitz, e sim em ensinar Rondon.E Rondon é muito coerente, pois acompanha a palavracom atos, e por certo levaria os dois Presidentes (daFrança e da Alemanha), a assistirem aulas práticas depacifismo, apresentando-os inclusive pessoalmente aEstillac Leal e a MacArthur.Um dos remédios para mudar o comportamentodesses dois países belicistas seria convidar seus doisPresidentes para assistirem as aulas de pacifismo queRondon ministra diariamente (exceto aos sábados,domingos e feriados, é claro) na Urca, na cidade doRio de Janeiro; e isto financiado por uma bolsa deestudos de nosso Governo Federal. Garanto que, embreve, ambos abandonariam o belicismo, e trocá-lo-iam pelo pacifismo rondoniano.Sugerimos que os dois Presidentes fiquemhospedados no Copacabana Palace, e assim possaminclusive aproveitar a praia nos fins de semana.A NOVA BATALHA DAS TERMÓPILAS :Complementarmente, demonstra-se continuadamentecrescente e digno de todos os encômios o imenso sucessoque vem sendo obtido pelos organismos de defesa, istocom a adoção das modernas teses sobre a guerra,todas fulcradas na orientação pacifista oriunda dosensinamentos de Rondon. Citaremos apenas algunsexemplos diretos :a)A descompressão da fronteira leste do Paraguai,isto após a queda e substituição do anterior Presidente.Assim, conforme Rondon, obteve ali vigência plenao princípio da territorialidade, que foi e vem sendocumprido e observado pela Grande Nação. Pois,embora não tenha cooperado financeiramente paraAdesproporçãonuméricaentrepacifistasebelicistasnão espanta nem aturde. Tal como nas Termópilas, apaz sairá vencedora. Apesar da enorme desproporção,os trezentos espartanos acabaram saindo vitoriosos.Por isso, e em alta voz, proclamamos:“A PAZ SAIRÁ VITORIOSA! E OS IDEAISPACIFISTAS DAGRANDE NAÇÃOACABARÃOPOR TRIUNFAR.”O SHOW DE ROBERTOCARLOS :Na foto, a entrada para o show de Roberto Carlos,na Arena do Grêmio.
  12. 12. 12 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOO QUE RESTOUNa déca-da de oi-tenta foiefetivada vultuosatransação imobiliária,com recursos públicos,recursos esses advin-dos dos cofres públicos.Na antiga estrada doAeroporto, prédios emdesuso de empreendi-mento industrial esta-vam já sofrendo a açãodo tempo e da falta decuidados. Concluída atransação, foi ali instala-da uma empresa públicamunicipal que deveriater ampla ação em toda acomunidade, executan-do serviços necessáriosa população, como reco-lhimento de lixo, o calça-mento de ruas e outrasatividades correlatas. Oproposto era prestaçãode serviços industriaise de desenvolvimentourbano, para o que foibuscado conhecimentosde iniciativa existenteem estado vizinho.Com o decorrerdos tempos e com recei-ta não condizente comdespesa, foi, por curial,sendo procedido proces-so de endividamento. Econsequente emprésti-mocomentidadeestatal.E o tempo foi passandoe as dificuldades sendoacrescidas, sem soluçãoa vista. E com cargos di-retivos atraentes e commudanças conforme adireção governamental.Até que foi resolvi-da a mudança da sede doempreendimento paralugar de maior visibilida-de e de mais comodida-de. À beira de rodoviaasfaltada e onde haviafuncionado uma orga-nização particular queteve tempo de fastígioe depois sucumbiu.Local que não deve teraluguel modesto.No antigo local, naEstrada do Aeroporto, osvelhos prédios apresen-tam situação constrista-dora, muitos já semi-des-truidos, sem cobertura erodeados de matagal. Nolocal, atualmente, exis-tem precárias instalaçõespara acolhimento de cãesde rua, que ali são colo-cados sem condições decuidados.Os jornalistas Pau-lo Pinto e Hélio Moraes,acompanhados do fotó-grafo Marcos Vargas, ve-rificaram o que sobroudo empreendimento pú-blico e foi colhida a fotoque mostra um aspectoatual do local.O SANTO GUERREIRONa terça, dia 23, transcorreuo dia dedicado ao SantoGuerreiro, São Jorge, entidade muitocultuada nos terreiros de Umbanda. –Em tempos pretéritos o dia se iniciavacom, ao amanhecer, homenagens aovencedor do dragão, com representa-ções de adeptos fazendo saudação emcampo aberto, ao surgirem os primei-ros raios do astro-rei. – À noite, eramprocedidas várias homenagens, nosdiversos centros localizados em vá-rios pontos da geografia citadina.O primeiro Centro de Umbandaa funcionar na cidade, foi o São Se-bastião, que teve sua sede num gran-de chalé de madeira, na rua Voluntá-rios da Pátria, ao lado da farmácia doseu Arnaldo Sebastião, num terrenoamplo que hoje está ocupado por umposto de gasolina.Dali a religião de espraiou porvários locais e o Centro São Sebas-tião, passando para a direção de TiaLili. Construiu sua sede própria naMarechal Floriano, um pouco abaixodo ‘Sobradinho de Gaúcha’. Ali, todosos 23 de abril, se realizavam grandese belas solenidades, prestigiadas porgrande público. – E um coro bem orga-nizado e vibrante saudava o Cavaleirode São Jorge, com o ‘ponto’: ‘Ogumolha a sua bandeira/ Ela é branca, ver-de e encarnada/ Ogum dos campos debatalha/ Ele venceu demanda e nãoperdeu soldado’.Em 1968, o seu Cristovão, fun-dador da União de Umbanda, realizouuma procissão luminosa, partindo daMontanha de Ouro e vindo até a Praçada Matriz. Com grande público.FINALEnquanto se espera os aconte-cimentos que se sucederão,nada melhor do que ‘uns que outros’bem dotados para evitar resfriados.Até a próxima.Princípio de incêndio assusta moradoresNa noite de quinta-feira, 25 de abril, umprincípio de incêndio naIgreja Pentecostal, assus-tou moradores da RuaGeneral Portinho, onde afumaça chegou até a RuaPinheiro Machado. Umaação rápida dos bombei-ros evitou o que poderiaser pior.DeacordocomoSgt.Abel, do Corpo de Bom-beiros, primeiramentefomos informados pelotelefone 193 que estavasaindo muita fumaça deuma igreja na GeneralPortinho. Imediatamen-te nos deslocamos para olocal e ao chegar consta-tamos que havia grandequantidade de fumaça.No momento tivemos ainformação de que teriapessoas dentro da igreja.Entramos lá e vimos queno interior do prédio nãohavia ninguém, posteriora isso nos informaramque as pessoas estavamnos fundos. Constata-mos que eles estavambem e assim saímos paracombater o princípio deincêndio. No subsolo hána garagem um depósi-to, e nele tinha cerca de8 colchões e cadeiras deplásticos, sendo que oscolchões estavam pró-ximos de uma lâmpadaincandescente que com oaquecimento resultou nofogo naquele local. Cercade 5 pessoas que estavamno templo foram encami-nhadas ao hospital já queinalaram a fumaça e apósliberadas”, diz Abel.Segundo Anoir Bu-legon, que reside ao ladoda igreja, diz que ao che-gar em casa enquanto es-perava o portão abrir, vigrande volume de fuma-ça saindo do prédio. “Aoverificar vi que havia umprincípio de incêndio, acio-nei o corpo de bombeiros,que em cerca de 4 minutoschegaram no local, sendomuito rápidos. Ao entrarno meu apartamento, fuiatéajaneladosfundosparaversehaviagenteládentro,quando percebi um grupode pessoas que não conse-guiam.Foiquandoaviseiosbombeiros que tinha genteno pátio”, diz Anoir.
  13. 13. 13Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSO* Por Luiz Lenio Gai - AdvogadoCRITICA E AUTOCRÍTICAUTILIDADE PÚBLICA: GRIPEGripe:IMPORTANTESegundo os jornais,vamos ter um surto degripe lá para meados deABRIL. Assim reenvioesta recomendação/avisoque recebi hoje e que vouseguir escrupulosamente.O Dr. Vinay Goyal,urgentista reconhecidomundialmente, diretorde um departamento demedicina nuclear, tiroí-dica e cardíaca pede paravocê divulgar a mensa-gem abaixo para o maiornúmero de pessoas pos-sível, a fim de contribuirparaminimizaronúmerode casos da Gripe A, cau-sada pelo vírus H1N1.“As únicas vias deacesso para o vírus dagripe são as narinas, aboca e a garganta. Em re-lação a esta epidemia tãovastamente propagada,apesar de todas as pre-cauções, é praticamenteimpossível não estar emcontato com portadoresdo vírus que a promove.Contudo, alertopara o seguinte: o pro-blema real não é tantoo contato com o vírus,mas a sua proliferação.Enquanto estamos emboa saúde e não apre-sentamos sintomasde infecção da gripe A(H1N1), há precauções aserem tomadas para evi-tar a proliferação do ví-rus, o agravamento dossintomas e o desenvol-vimento das infecçõessecundárias. Infeliz-mente, estas precauções,relativamente simples,não são divulgadas su-ficientemente na maiorparte das comunicaçõesoficiais.Porque será? Porser barato demais e nãohaver lucros?Eis algumas pre-cauções:1. Como menciona-do na maior partedas publicidades, lave asmãosfrequentemente.2. Evite, na medidado possível, tocarno rosto com as mãos.3. Duas vezes pordia, sobretudoquando esteve em con-tato com outras pessoas,ou quando chegar emcasa, faça gargarejos comágua morna contendo salde cozinha. Decorremnormalmente 2 a 3 diasentre o momento em quea garganta e as narinassão infectadas e o apare-cimento dos sintomas.Os gargarejos feitos re-gularmente podem pre-venir a proliferação dovírus. De certa maneira,os gargarejos com águasalgada têm o mesmoefeito, numa pessoa emestado saudável, que avacina sobre uma pessoainfectada. Não devemossubestimar este métodopreventivo simples, bara-to e eficaz. Os vírus nãosuportam a água mornacontendo sais.4. Ao menos umavez por dia, à noi-te, por exemplo, limpe asnarinas com a água mor-na e sal. Assoe o narizcom vigor, e, em seguida,com um cotonete paraouvidos (ou um poucode algodão) mergulhadonuma solução de águamorna com sal, passe nasduas narinas. Este é umoutro método eficaz paradiminuir a propagaçãodo vírus. O uso de potesnasais para limpeza dasnarinas, contendo águamorna e sal de cozinha, éum excelente método pararetirar as impurezas quealbergam os vírus e bacté-rias; trata-se de um costu-me milenar, da Índia.5. Reforce o seu sis-tema imunitáriocomendo alimentos ricosem vitamina C. Se a vita-mina C for tomada soba forma de pastilhas oucomprimidos, assegure-se de que contém Zinco, afim de acelerar a absorçãoda vit. C.6. Beba tantoquanto possívelbebidas quentes (chás,café, infusões etc.). Asbebidas quentes lim-pam os vírus que po-dem se encontrar depo-sitados na garganta eem seguida depositam-nos no estômago ondenão podem sobreviver,devido o pH local serácido, o que evita a suaproliferação.”Fonte: InternetDisponibilizamoso serviço deCAIXA AQUI
  14. 14. 14 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOINFORMA:Vacinação contra aftosaAprimeira etapa doano da campanhade vacinação contra a febreaftosa ocorre de 1º a 31de maio no Rio Grande doSul. O lançamento oficialaconteceu no feriado daquarta-feira na FazendaVitória, em Cristal, no Sulgaúcho. A meta é imuni-zar 90% das mais de 13milhões de cabeças de bo-vinos e búfalos.A febre aftosa é umadoença viral extremamen-te contagiosa que afetaprincipalmente bovinose bubalinos. Mesmo nãosendo uma zoonose, causagrandes perdas produtivasdiretas, além de ser moti-vo de embargos comerciaispor países livres da enfer-midade. A pecuária no Es-tado do Rio Grande do Sulrepresenta um segmentode grande importância eco-nômica e social, razão pelaqual a prevenção, por meioda campanha de vacinação,é de suma importância.Segundo VilsonHoffmeister, médicoveterinário da Inspeto-ria Veterinária de CruzAlta, já foi iniciada pri-meira etapa seguindo ocalendário de vacinaçãocontra a aftosa. “No mêsde maio é realizado umacampanha de vacinaçãoem todo o Brasil, paraos bovinos e bubali-nos. Já em novembro érealizado uma campa-nha de vacinação paraos animais jovens, deaté 24 meses. Ou seja,compreende duas dosespor ano. A campanha seestende até o dia 31 demaio. O Estado adquiriu8 milhões de doses paradoação, 5 milhões serãodoadas nesta primeiraparte, 2,5 milhões nacampanha de novembropara os animais jovens.A nova mudança desteano, é que as vacinasgratuitas já estão dispo-níveis desde o dia 29 deabril, para serem retira-das na Inspetoria Vete-rinária. Porém, a data alimite para retira é atéo dia 24 de maio. A úl-tima semana será de fis-calização das vacinaçõesnas propriedades. Paraaqueles produtores quecompram as vacinas, po-dem sedeslocaraoslocaisquevendeela,semautori-zação de compra. É muitoimportante ressaltar queparalelamente a vacina-ção, o produtor tem quefazerumadeclaraçãoanu-al de seus rebanhos, não éassociada, mas tem do co-meço de janeiro a final demaio para declarar seusanimais”, diz Vilson.Comissão de mobilização e articulação emprol da BR 377 e do anel rodoferroviáriorealiza reuniões semanaisAs reuniões da comissão demobilização e articulaçãoem prol da BR 377 e do anel rodo-ferroviário acontecem semanal-mente na ACI Cruz Alta. Compostapor representantes de instituições,do poder público e legislativo, acomissão assume o compromissode articular ações e mobilizar oprocesso de implantação da BR edo anel rodoferroviário no entornode Cruz Alta.Os próximos passos a seremrealizados são as pesquisas deestudo econômico, ambiental etécnico para definição do traça-do. Como lembrou o presidenteda ACI Cruz Alta, Manoel EmersonCezar de Souza, “a comunidadetem o direito, o dever e a obriga-ção de influenciar na elaboraçãodo traçado que melhor atenda asnecessidades do município”.As mobilizações para implan-tação da BR 377 e do anel rodofer-roviário levam em consideração asquestões logísticas de Cruz Alta, etem como objetivo possibilitar ainterligação dos munícipios da re-gião e propiciar o desenvolvimentoregional. Tendo em vista os proble-mas atualmente discutidos sobrea circulação de trens no centro dacidade, o presidente Emerson Sou-za, aponta que “é fundamental eimprescindível a construção de fer-rovias ao redor do município”.A instalação da BR 377 que faráintersecção com a BR 392 tambémpode ser considerada uma rota al-ternativa para o Mercosul, possibi-litando o escoamento de produçãoregional e melhorando a logística.Para tanto, Emerson Souza lembrouque é necessária uma grande mobili-zação a nível regional. A fim de agre-gar forças, está sendo feito o contatocom o Corede do Vale do Jaguari ecom o Corede da Produção para quesejam apoiadores da causa.
  15. 15. 15Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSONo 1º sorteio daNotaFiscalGaú-cha, realizado em 27 demarço, saíram três prêmiosno valor de R$ 1.000,00para Cruz Alta. Já, no 2ºsorteio, realizado em 24 deabril, foi sorteado um prê-mionovalordeR$1.000,00paraCruzAlta.No 1º sorteio fo-ram sorteados 1 prê-mio no valor de R$1.000.000,00, que saiupara a cidade de CerroGrandedoSul,5prêmiosno valor de R$ 20.000,00,que saíram para PassoFundo, Santa Cruz do Sul,Taquara, Jaguarão e Laje-ado, e 500 prêmios de R$1.000,00. No 2º foramsorteados 1 prêmio no va-lor de R$ 100.000,00, quesaiu para Porto Alegre, 5prêmios de R$ 20.000,00,que saíram para Caxiasdo Sul, Harmonia, Ijuí,Novo Hamburgo e SãoLeopoldo, e 500 prêmiosNOTA FISCAL GAÚCHA DÁ 4 PRÊMIOS PARA CRUZ ALTAde R$ 1.000,00. Na regiãode abrangência da Agênciada Receita Estadual de CruzAlta foram sorteados 4 prê-mios para Cruz Alta, 5 prê-mios para Ibirubá e 1 prê-mio para Pejuçara, no valorde R$ 1.000,00 cada um.Os sorteios da NFGsão mensais. O próxi-mo ocorrerá em 29 demaio de 2013, com umprêmio máximo no va-lor de R$ 500.000,00 epremiação total de R$1.300.000,00.Para concorrer aossorteios é muito fácil. Bas-ta entrar no site https://nfg.sefaz.rs.gov.br, indicaras entidades beneficentesque também receberãorepasses em dinheiro doEstado, assinalar que querconcorrer aos sorteios dosprêmios e solicitar a inclu-são do seu CPF nas notasfiscais quando fizer com-pras nas empresas creden-ciadas.Tambéménecessá-rio informar um endereçodee-mail.Ositetraztodasas informações sobre aNFG, tais como empresascredenciadas, entidadessociais habilitadas, pontu-ação, sorteios, premiação,notas fiscais, número depontos obtidos, bilhetesgerados, etc.O cidadão pode fazero seu cadastro, de familia-res, amigos e colegas.Quem encontrar di-ficuldade para fazer o ca-dastro pode comparecer àAgência da Receita Estadu-al de Cruz Alta, sita na Av.GeneralCâmara,910e,emcaso de dúvida, ligar para otelefone 3322.6222.Jantar de PosseOP a r t i d oDemocrá-ticoTraba-lhista reuniu-se na noitede ontem (3), no GalpãoCrioulo da Polícia Civil,para comemorar a pos-se do novo Diretório doPartido, o qual conso-lidou por aclamação damaioria a reeleição dapresidência do PDT, docompanheiro MarinoMarangon.O jantar transcor-reu em um clima de per-feito entrosamento en-tre os correligionáriose admiradores do maiorpartido organizado emCruz Alta.
  16. 16. 16 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSO
  17. 17. 17Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSOAlmoço do SimcaOS i n d i c a t odo Munici-pários de Cruz Alta,através de sua Pre-sidente Geni LuceroLeal, realizou no dia1º de maio um almo-ço, na sede do Sindi-cato, para comemoraro Dia do Trabalho. Nolocal foi servido umdelicioso churrascopara homenagear aospresentes, em grandenúmero.Segundo Geni, oevento foi um sucessograças a participaçãode todos, já que a dataé sempre lembradapara confraternizar-mos com nosso fun-cionalismo.
  18. 18. 18 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSODia das Mães teráprogramação especialAssim comona Páscoa, aPraça Gene-ral Firmino de Paula jácomeça a receber umadecoração especial parao Dia das Mães. A deco-ração é a cargo do Clubede Mães e Gabinete daPrimeira Dama.Além da decoraçãotambém terá uma pro-gramação especial alusi-va a data, dentre as atrações aconteceno dia 11 de maio, em frente a Prefeitu-ra, um recital da Orquestra Louvores deSieu da Assembleia de Deus, sendo queas mães que comparecerem no local irãoreceber um mimo de presente, que serãoconfeccionados pelo Clube de Mães.Nos próximos dias tambémacontecerá a Feira de Artesanato,onde as artesãs irão expor e comer-cializar seus trabalhos em frente aPrefeitura Municipal.Escola Municipal Olaria Charruarecebe computadoresCom o objetivo de promover a inclu-são digital nas escolas das redes públicasforam entregues na manhã de quinta-feira(02) dezesseis computadores para os alu-nos da Escola Municipal Olaria Charrua. Oscomputadores vieram através do “ProgramaUmComputadorporAluno”(Prouca)doGovernoFederale contemplou pela primeiravez uma escola de Cruz Alta.Os computadoresportáteis novos possuemconteúdos pedagógicosdestinados ao desenvol-vimento dos processos deensino-aprendizagem. AEscola Olaria Charrua foiinscrita no programa gra-ças ao trabalho desenvol-vimento ao longo de doisanos com a comunidaderural próxima a escola.A diretora Sônia Lermerdisse que esta conquistaé fruto da integração dosmoradores com a comuni-dade escolar. “Os pais dosalunos estão participandocada vez mais no cotidianoda escola e isso contribuino crescimento da escola”.
  19. 19. 19Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013 O EXPRESSONOTA PÚBLICA DE EMPREENDIMENTONo que se refere ao Artigo 78, parágrafo 2º, previstopela LEI COMPLEMENTAR Nº 0040/2007 (Plano Dire-tor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Cruz Alta- PDDUA), venho por meio deste solicitar análise do Rela-tório de Impacto de Vizinhança (RIV).Nº PROTOCOLO: 3395/2013EMPREENDIMENTO:IGREJAPENTECOSTALAS-SEMBLÉIA DE DEUS MINISTÉRIO RESTAURAÇÃOCNPJ: 06.299.433/0001-76ATIVIDADES DESENVOLVIDAS:IC.5 SERVIÇOS RELIGIOSOS5.1 IGREJAATIVIDADE INCÔMODA 1INCÔMODO TIPO 2ENDEREÇO: RUA TUPANCIRETÃ, 530 – BAIRROSÃO FRANCISCO – CRUZ ALTA (RS)Rústica do Trabalhador reuniu 346 atletasA prefeitura de CruzAlta, por meio da Secreta-ria Municipal de Esportes,Lazer e Juventude (SME-LJ), realizou no dia 01 demaio, a 30ª edição da Rús-tica do Trabalhador e a 9ªCorrida de Rua Adptada.A Rústica do Dia doTrabalhador busca princi-palmente, envolver toda acomunidade para a práticade atividades físicas, plan-tando a idéia de que para seter uma vida saudável, é devitalimportânciatrazeroes-porte para o nosso dia a dia.Além da SecretariaMunicipal de Esportes,Lazer e Juventude, a orga-nização também contou como apoio do DepartamentoMunicipaldeTrânsito,Secre-taria Municipal de Saúde, Se-cretaria Municipal de Obras,AD/3, EASA, Polícia Civil,UCCA, CORCA, Caixa Eco-nômica Federal, Centro dePinturas e Rede Super Sul.A Classificação Geraldas categorias disputadasna 30ª edição da Rústicado Trabalhador e da 9ªCorrida de Rua Adaptadapodem ser visualizadas nolink:w w . u c r s m .om/01052013resultado.htm.* * V E N D E - S E * *** Móveis para loja de roupas: balcão, pra-teleiras, manequins de primeira linha, exposi-tor para calças. Tratar com Idalci Gambini, Av.Saturnino de Brito, 146. Fone: 3322.1973.**Moto CG Titan 2003 KSE, partida elétri-ca, freio a disco. Em ótimo estado. Tratar comLucas (9199.5631).** Kadet GL ano 96, com alarme, trava evidro elétrico. Ótimo estado. Tratar pelo tele-fone: (55) 8144.6600 com Samuel.
  20. 20. 20 Sábado e Domingo, 04 e 05 de maio de 2013O EXPRESSOFesta da Paróquia N. Sra. de FátimaHoje (04), às 19 horas,acontece a última noiteda novena em home-nagem aos 60 anos da Paróquia Nos-sa Senhora de Fátima. Domingo, 5de maio, às 9 horas missa festiva,venda de churrasco, galeto e almo-ço no Salão da Paróquia. Os cartõesdo churrasco estão sendo vendidosno valor de R$ 25,00 e podem seradquiridos com os festeiros ou nahora. Já o galeto custa R$ 15,00.

×