03denovembro2012 oexpresso

766 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
766
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

03denovembro2012 oexpresso

  1. 1. EDUCAÇÃO SIMCALuiz Noé apresenta proposta comemora ao reajuste salarial dos Dia do Provas professores Funcionário neste final Público de semana o expresso | PÁGINA 13 | PÁGINAS 8 e 9 | ÚLTIMA www.slideshare.net/jornaloexpresso oexpresso@gmail.com / expresso@comnet.com.br REGIONAL CRUZ ALTA - RS | Sábado e Domingo | 03 e 04 de novembro de 2012 | Ano 16 | Edição nº 787 R$ 1,50 Novo presidente da ACAF | PÁGINA 15 Dia de Finados é marcado por saudade e lembranças | PÁGINA 12 Novidades no Salão do Automóvel 2012 Confira nesta edição encarte: | PÁGINA 06
  2. 2. 2 Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 OPINIÃO JANTAR DANÇANTE Atendimento aos integrantes No próximo dia 10 de novembro, (Sexta-feira), da família militaracontecerá um grande fandango dançante com mui-ta música campeira. O atendimento de saúde, via Fundo de Saúde do Profº Claudino Albertoni O jantar está sendo organizado pelos comuni- VOLTAR PARA Exército (FUSEx), para os militares e dependentes dacadores da Rádio Popular-FM-107.9, PAULO MO- Guarnição de Cruz Alta-RS em hospitais civis conve-RAES e BERNADA CAMARGO. niados para consultas de rotina esteve por ser suspen- No jantar terá tertúlia e trova entre os gaúchosque prestigiarem este encontro de amigos no Gal- so. A atual situação deveu-se às divergências de valores percentuais que impediam a renovação dos contratos CASA Upão Crioulo da CEEE. com a UNIMED e com os hospitais Santa Lúcia e São m dito aborígene australiano explica A animação musical para dançar ficará a car- Vicente de Paulo. que todos nós estamos de visita nestego do conjunto da cidade de Ijuí “Estrela Gaúcha. Na tarde de segunda-feira, 29 de outubro, em momento e lugar. Só estamos de pas-O Paulinho, quer receber todos seus amigos nesta reunião que contou com a presença do Inspetor de sagem. Viemos amar, observar, aprender, crescernoitada, confirme sua presença com antecedência. Saúde do Comando Militar do Sul, o Estado-Maior e voltar para casa. É impressionante a simplici- do Cmdo AD/3 e as entidades de saúde chegaram a dade com que se conscientizam da finitude hu- um acordo, garantindo o atendimento aos integran- mana. Um dia todos voltam para casa. tes da família militar. A própria natureza humana nos prepara para essa volta para casa. Ninguém simpatiza com a reflexão sobre a morte, embora todos saibam CARTORIO DO que é real e faz parte da história de cada um. O REGISTRO CIVIL dia de finados é visto de maneira diferente pe- las tradições culturais dos povos. Todos desejam EDITAL DE CASAMENTO homenagear seus entes queridos que já voltaram nº 045/2012 para casa. As nossas tradições cristãs nos indicam que a matéria vai desaparecer e que nossa alma retornará ao seio da família espiritual e eterna. * DOUGLAS DIAS NUNES Assim como a vida, a morte é o grande mis- E ALINE SANTOS DA SILVA tério que vai questionar o ser humano todos os dias. O monge Anselm Gruhn nos explica que * CLOVES GOMES DE OLIVEIRA a meditaçãosobre a morte “trata de, cotidia- E NADIR INACIA FERNANDES namente, ser agradecido pelo tempo que fo- * CLÉU ADAIR MARTINS SOARES mos agraciados e viver cada dia, novamente, como um presente que Deus nos concede, mas E ELIZETE MARTINS NOGUEIRA tambem como oportunidade de tornar-nos um * CRISTIANO DE CASTRO BARASUOL presente para os outros. O pensamento sobre a finitude de nossa vida deveria despertar-nos E MARIANE CRISTINA POTT para o hoje. Deve ser um estímulo para, final- * JOÃO DE ALMEIDA BUENO mente, viver. Aqui e Agora”. O mesmo autor recomenda: “enquanto vi- E NARA REGINA VICENTI VIEIRA vemos, queremos também gostar de viver, e vi- Quem souber algum impedimento acuse-o na forma da lei. ver bem o tempo que nos é presenteado. Não devemos querfer morrer imediatamente. Nossa Cruz Alta, 1 de novembro de 2012. tarefa é contgar com o morrer, e viver a vida Rui Fontana - Oficial de tal maneira que tenhamos sensibilidade paa sua transcendência. Então estamos prontos para morrer, embora também gostemos de viver”. Porque se diz isso? Porque cada dia é precioso mesmo quando não acontece nada exteriormen- te. Com que atitude, porém, vivo o dia depende de mim. O ser humano que envelhece, quer quei- ra, quer não, prepara-se para a morte. Assim, no dia de finados, a homenagem aos entes queridos é manifestada nas mais diversas formas. Os usos e costumes indicam levar flo- res ao cemitério, limpar e pintar os túmulos. Os responsáveis pelo cemitério procuram tornar o ambiente limpo e adequado para a visitação. Al- gumas pessoas procuram fazer orações e pedir para que Deus acolha com bondade os familiares e amigos já falecidos. Muitos visitam os lugares por curiosidade. Fazem um passeio para reme- morar, lembrar, buscar explicações. O dia de finados nos ajuda a despertar a consciência de que somos todos passageiros O EXPRESSO desta nave chamada terra. Num dia misterioso Responsável Técnico: Responsável Técnico: Vinculado a: vamos todos desembarcar e sguir outros cami- Jornalista Jornalista nhos também misteriosos. Todo mundo sabe Dr. Assis Brasil Soares Filho Dr. Assis Brasil Soares Filho que isso é a lógica da vida. É muito difícil con- Registro nº:15.893/RS Registro nº:15.893/RS vencedr-se de que aqui é uma morada passa- Diagramação e Artes: Diagramação Artes: ABS PUBLICIDADE E REPRESENTAÇÕES LTDA Odilar Zillmann Odilar Zillmann geira, uma espécie de acampamanto que será Os artigos assinados são desfeito no tempo oportuno. CNPJ: 92.930.171/0001-38 Editora Chefe: Editora Chefe: Sônia Gai de inteira responsabilida- Pierre Teilhard de Chardin declarou: “Você Sônia GaiAdministração, Assinaturas, Publicidade e Redação: de de seus autores, não não é um ser humano em busca de uma experi- Rua João Manoel, 810 - CEP: 98005-170 - Centro - Cruz Alta-RS Circulação: ência espiritual. Você é um ser espsiritual imerso representando necessa- E-mails: oexpresso@gmail.com / expresso@comnet.com.br Todos os sábados em uma experiência humana”. Essa é uma afir- riamente a opinião deste mativa que deve nos estimular a viver mais e me- Impressão: (55) 3303-5995 Cia de Arte - Ijuí jornal. lhor sem jamais esquecer a realidade.
  3. 3. Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 3 Nossa Velha Chuvas intensas prejudicam agricultura Nova Cruz Alta CLUBE ARRANCA O s altos índices acumulados de chuva e os temporais das é o caso do trigo, que mui- tas áreas já estão prontos para colheita. Mas tam- últimas semanas têm sido bém os produtores de prejudiciais à agricultura leite estão tendo proble- no RS. mas, uma vez que as es- Na região de Cruz tradas do interior ficam Alta, que foi considerada péssimas, sem condições a capital do trigo, já é no- para os caminhões irem tável a redução da produ- até a propriedade buscar ção, bem como o atraso o leite. A soja foi planta- na colheita do mesmo. da apenas 5%, sendo que Além do trigo a produ- Década de 1970 já poderia estar em 20% ção do leite e hortifrúti plantada. A Emater é um foi afetado. Em função instituto que não cobra da queda na produção Antônio Marisco, agrô- vouras como na criação pelas orientações e servi- leiteira, o preço subiu e o nomo da Emater Cruz de animais. “As chuvas ços prestados. consumidor final é quem Alta, hoje a entidade tem constantes estão prejudi- Durante o mês de paga mais caro. três técnicos para dar cando principalmente os outubro choveu em Cruz De acordo com Luis assistência tanto nas la- cereais de inverno, como Alta mais de 300mm.HOJE Coletânea da Alpas 21 será lançada na PRAÇA GENERAL FIRMINO Feira do Livro de Porto Alegre Um grupo de escrito- res de Cruz Alta e região, integrantes da ALpas 21, estará, no dia 09 de no- vembro, lançando, duran- te a Feira do Livro de Porto 1945 Alegre, a Coletânea Verís- simos. Neste ano, através do interassociativismo, a ALPAS 21 e a editora Al- ternativa de Porto Alegre, editam esta Coletânea que conta com o projeto edito- rial de Milton Pantaleão, capa de Eveline Silveira,HOJE organização de Rozelia AVENIDA VENÂNCIO AIRES Scheifler Rasia, Ilda Maria Costa Brasil e Alba Pires Ferreira, com poesias, con- tos e crônicas de autores de diversos países. O autor homenageado é Júlio Pepe Barradas, de Brasília - DF, que sugeriu o título em homenagem a Erico Veríssimo e a Luís Década de 1960 Fernado Veríssimo.HOJE Alfredo Roeber - roeber@comnet.com.br www.unimedplanaltocentralrs.com.br/cruz-alta
  4. 4. te em4 Gen Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 5º Almoço Campeiro da Liga D estaque nina de Combate ao Câ ncer de Cruz Alta realiza na próxima horas, no O CTG Rodeio da Saudade rece- beu no último domingo, 28, a Pop Rock, foi apresentado diretamen- te daquele local, pelo comunicador A Liga Femi waianas, a partir das 20 5ª edição do projeto Almoço Campeiro. Carlos Costa. Mais de quatrocentassexta-feira, 09 de novembro, o Jantar das Ha Uma parceria das Rádio Cruz Alta AM, pessoas lotaram as dependências do Internacional.Salão de Festas do Clube , arroz branco, frango 4 queijos, lasanha de Rádio Pop Rock FM e a Liga Feminina CTG. Após o almoço os participantes No ca rdápio Scalopinho de filé havaiana. de Combate ao Câncer. O evento teve puderam aproveitar um baile anima- salada tropical e saladalegumes, mix de folhas, todos os lucros revertidos para a Liga. do por vários artistas locais, com gai- O programa Bailanta 105, da rádio taço e muita diversão. Após receber sua carteira da OAB há 25 anos atrás, o nosso colunista AN-GELINO ROGÉRIO sentiu-se orgulhoso e emocionado ao assistir a filha MARCELESCAPIN ROGERIO receber sua Carteira da Ordem do Advogados do Brasil, naquarta-feira, 31 de outubro, na Seccional de Cruz Alta.
  5. 5. Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 5 CRÍTICA & AUTOCRÍTICA • a.b.s. fº I nicialmente desejamos ao novo prefeito todo o sucesso, respaldado pelos valoresda ética, coerência, dignidade e respeito à terão de conviver com a lama, por algum tempo, concordam? A comunidade toda observa e critica, semcomunidade que o elegeu. receber resposta de alguns assuntos, por Fica uma pergunta para a administração exemplo:atual, quando virá o convênio entre os 1º O excessivo número de casas, salasmédicos do Hospital Conceição de Porto alugadas pela prefeitura, com altos aluguéisAlegre, que estava tudo certo, até a vinda de pagos por quem? Pelo poder Público,médicos residentes? indiretamente pelo povo, enquanto que Uma vez que o resultado das eleições existem muitos prédios OCIOSOS no município,foi adverso ao pretendido pelo Prefeito alguns velhos na verdade, mas com pequenasVilson e ainda mais que a UPA, não será mais reformas e ajustes comportaria se instalarinaugurada este ano. ali estes órgãos públicos e diminuiria as Esperamos que JULIANO, o novo Prefeito, despesas, sendo empregado em benfeitoriaspensando no povo dê continuidade a essa da comunidade. para o desenvolvimento de Cruz Alta.idéia e se for boa procure desenvolver o Já que falamos em conserto e recuperação,projeto para melhorar a saúde dos cruz- gostaríamos de ver juntamente com a doaltenses, que estão doentes e precisam de Ginásio a recuperação total das calçadas queuma rápida solução. estão tri- remendadas isto é realmente uma Sendo que o tema SAÚDE, foi o “cavalo Vergonha, para nosso cartão de visita.de batalha” de sua campanha entre outros, Outro problema que estamos apontandocertamente deverá ser lembrado pelo novo e que deve ser estudado junto a SecretáriaPrefeito e seus assessores. de Obras é das RÓTULAS, que realmente foi A população de nossa cidade aguarda uma excelente iniciativa a implantação destesuma verdadeira revolução de melhoriasem todas as áreas da administração públicaprincipalmente na saúde onde Vossa Senhoriaé um ‘Expert’. Continuando nossa coluna falaremos de Um exemplo é o Centro de Convergênciasalguns problemas que registramos por nossa a antiga Estação Ferroviária que estácâmera digital ou fomos informados por praticamente entregue aos vândalos quenossos leitores. não respeitam nenhuma fechadura, alarme Não tivemos resposta concreta da ou cadeado. Um bonito prédio com poucoadministração atual sobre solução dos aproveitamento, quase abandonado!mesmos que registramos nas ruas “in loco”,por muitas vezes. Perguntamos, em muitas das colunassemanais que perdemos a conta, quando vão,corrigir o problema das Lagoas do Ginásio? Esta se forma ao redor do Ginásio e daDisk Pizza quando chove, permanecendo a reguladores de velocidade. Notamos que oágua suja por no mínimo 3 a 4 dias parada, responsável pela obra, na época não tinhaaté evaporar-se. muito conhecimento na área de engenharia, uma vez que não pensou no escoamento d’água, pois agora com essa quantidade de chuva que vem caindo nos últimos meses, estas Rótulas, não estão suportando a quantidade de terra encharcada. Os módulos estão praticamente rachados a água se infiltrando e escorrendo para fora e vai estourar e a terra irá se espalhar no asfalto. Por certo os moradores próximos Comentamos várias vezes que a prefeituraestava cultivando o respeitável mosquitoAedes Aegypti (Dengue) em um criadormunicipal. Claro! Que é um estudo técnico,de Engenheiro, para Secretaria de Obras. Masa prefeitura existe para atender os reclames
  6. 6. CARROS 6 Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 CHEVROLET TRAILBLAZER A Blazer está de volta, mas em nova geração — chamada de Trail- blazer. Passou pelas mesma transformações de chassi e estilo que a picape S10. O grande lançamento — no sentido literal — deixa claro seu público alvo: clientes endinheirados. Inicialmente chega apenas na luxuosa versão LTZ. Os motores po- dem ser o novo V6 a gasolina de 3,6 litros (239cv) ou o já conhecido 2.8 turbodiesel CTDI, com 180cv. A caixa será automática de seis velocida- des, com opção de tração 4x4. Com projeto brasileiro, a TrailBlazer será vendida em mais de 50 países. ESPECIAL - JORNAL O EXPRESSO - SÁBADO E DOMINGO, 03, NOVEMBRO DE 2012 === SALÃO DO AUTOMÓVEL 2012 === 2 Briga entre os compactos promete novos rounds Volkswagen, Ford, Hyundai e JAC investem no principal segmento do mercado e surgem opções interessantes1 - FORD FIESTA em expectativas, o Up! é a gran- 5 - HYUNDAI HB20XA Ford escolheu o Brasil para de aposta da Volks. O presiden- A marca sul-coreana optou 3fazer a estreia mundial da carro- te da marca no Brasil, Thomas Schmall, chegou a chamá-lo de pelo caminho mais fácil paraceria sedã do remodelado New “Fusca dos novos tempos”... apresentar seu segundo car-Fiesta (a versão hatch foi mostra- No Anhembi, o subcompacto é ro nacional: criou uma versãoda no Salão de Paris, no mês pas- mostrado com uma roupa es- do HB20 toda maquiada comsado). Visualmente, as novidades portiva GT, um disfarce de car- penduricalhos pseudo-aven-são faróis mais estreitos e com- ro-conceito. É para ir acostu- tureiros. Estão lá molduraspridos, além da grade dianteira à mando o público brasileiro, já nos para-choques, o bagageiromoda Aston Martin. E será com que o carro será fabricado aqui no teto, os faróis com másca-esta cara que o compacto come- a partir de 2014 com o inédito ra negra, além de cromados,çará ser produzido em São Ber- motor 1.0 de três cilindros da forrações diferentes e suspen-nardo do Campo, no primeiro família EA 211. Se o preço for são elevada em 2cm. Mas Otrimestre de 2013. Primeiro, en- bom como se fala (na casa dos HB20X chega em janeiro, sótrará no forno o sedã. No meio doano será a vez do hatch. R$ 25 mil), a Fiat pode até res- com motor 1.6 16v e opções de 4 suscitar o projeto City Car, por câmbio manual ou automático. enquanto engavetado. Por enquanto, nada de preços2 - VW GOL DUAS PORTAS oficiais — a estimativa é deA Volks fez uma apresentação que os enfeites representarãosuperproduzida, com direito 4 - JAC J2 um aumento de R$ 4 mil. Noàs presenças de Martin Win- Mais curto do que um Celta e início, falava-se que haveriaterkorn (o presidente mundial com peso em torno de 900 qui- um utilitário esportivo feitodo grupo) e do craque Neymar. los, o pequenino chinês J2 traz o sobre a plataforma HB. PeloNo palco entrou o novo Gol de mesmo motor 1.4 de 16 válvulas visto, subiu no telhado.duas portas, que sepulta de vez (e 108cv), do ir-o velho modelo G4. Os preços mão maiorsão atraentes: com o motor 1.0, J3. As vendas no 1o Gol de duas portas custa a Brasil começam 5partir de R$ 26.690. Com o 1.6, em dezembro, como valor sobe para R$ 30.590. preços a partir deSua aparência é até esportiva e, R$ 33.900 — restade quebra, relembra o passado saber ser alguém(entre 1980 e 1998 só havia Gol vai comprar essede duas portas...). carrinho, podendo levar o nacional3 - VW UP! Hyundai HB20Pequeno em tamanho, enorme pelo mesmo valor.
  7. 7. Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 7 Presidente da OAB Gaúcha, ClaudioLamachia, por seu Ex-Assessor de Imprensa diálogo com Sua Senhoria, na condição de Presidente da OAB. Por isso me senti- ria grato se me fosse feita, se possível por escrito, uma proposta ou fosse marcado um encontro para debatermos, em termos ÉPOCA MOVIMENTADA rua do 8ºRI), esquina com a Barão do financeiros, a criação e a produção dos ar- A ‘Rainha da Serra’ como foi Rio Branco, em diagonal com a então tigos por mim elaborados e textualizados e conhecida Cruz Alta, foi, du- movimentada potente ‘Casa Nova’ de publicados como de autoria do Presidente rante muito tempo, Centro de Mo- Naum Pomeraniec. A plateia e o me- da Ordem na imprensa local, estadual e vimentação social que atraia os dos zanino do Cine Rio, como foi denomi- nacional. Fico, pois, num prazo que reputo razoável de quinze dias, aguardando uma arredores e que fazia os finais de se- nado o novo cinema, comportavam mil resposta. Limitado ao assunto, subscrevo- mana atrativos. Na época do Theatro assistentes. me atenciosamente”. Então o jornalista Carlos Gomes, situado na Praça da In- Na parte fronteira à Barão, foi Carol Majewski enviou a segundo carta ao tendência, lado sul, hoje está a Igreja construído um espaço para um bar e presidente da OAB, Claudio Lamachia, no de Fátima, grandes companhias ali se café, que, de início teve grande movi- dia 16 de outubro de 2012: “Senhor Pre- apresentavam, inclusive companhias mento. No piso superior o espaço foi sidente - Não me foi dada a satisfação de de operetas italianas que vinham destinado a um restaurante. Nesse uma resposta à carta que enviei há mais para temporadas de vários espetácu- local, inclusive, foi feita a solenidade de quinze dias em que tomei a liberdade los. Além dos locais, aportavam aqui de inauguração do Cine Rio, em ato A eleição para a Ordem dos Advogados do de lhe pedir uma apreciação sobre o meu famílias apreciadoras do bel-canto de festivo que contou com a presença deBrasil no Rio Grande do Sul começa a pegar fogo. direito autoral pela criação e elaboração de outras cidades que se hospedavam no autoridades e figuras expressivas daNo sábado, 27 de outubro de 2012, às 19h45m, artigos que foram publicados na imprensa Hotel Espellet e que percorriam o co- sociedade local. Mas, com o adventoo jornalista Carol Corsetti Majewski compare- local, estadual e nacional, em que Sua Se- mércio local, fazendo compras. dos novos tempos a época dos grandesceu na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Ale- nhora chamou a si a lavra dessa produção O Pouso dos Tropeiros foi, igual- cinemas de calçada começou a entrargre, onde registrou queixa contra o presidente literária, em detrimento da verdadeira au- mente, uma das primeiras localidades em declínio e o Rio teve que encerrarda OAB gaúcha, advogado Claudio Lamacchia. toria. Trata-se de um assunto importan- do interior do Estado a cotar com a as atividades. Em 1931, no local, foiDisse o jornalista Carol Corsetti Majewski no te, delicado e de intensa repercussão em grande sensação da época que era o ci- realizada a primeira edição da Coxilhahistório de seu boletim de ocorrência: “O comu- véspera de novas eleições da OAB-RS, no nema. Isso se deveu a instalação da luz Nativista que contou com público re-nican trabalhou para a OAB quase nove anos na campo legal, moral e financeiro, diante da elétrica, fato ocorrido no ano de 1913. corde que lotou as dependências e for-função de assessor de imprensa, sendo terceiri- “soberania do direito do autor” consagrada Com a luz elétrica ocorreu uma verda- mou grande aglomeração na rua.zado, tendo empresa própria. Informa que foi na Lei 9.610/98 e obviamente adotada nos deira revolução nos usos e costumes, Vida social, cinemas, teatros, ca-dispensado das funções em 10 de fevereiro de julgamentos da matéria pelos Tribunais do com a supressão da iluminação a gás fés, bares e restaurantes movimenta-2011. Em final de setembro de 2012 foi envia- País. A ocultação do meu nome na publi- nas melhores residências e os lampi- ram Cruz Alta, sem falar nos clubesda uma carta ao presidente da OAB, para tratar cação dos artigos, elaborados e textualiza- ões nas áreas mais modestas. Inclusive sociais que todos os sábados abriamde verbas referente a direito autoral, de textos dos, sempre foi um motivo de intensa per- a Rua do Comércio, antes da eletrici- seus salões para festas de luxo e re-de autoria do comunicante, publicados nos jor- turbação emocional, negativa, que gerou dade, era iluminada por lampiões. O quinte. Um jornal da capital deno-nais e revistas, com a assinatura do presidente um sofrimento continuado, suportado por primeiro cinema foi o Biographo Idela, minou Cruz Alta de ‘Cidade SocialClaudio Pacheco Prates Lamacchia. Em virtude mim em silêncio e com certo estoicismo debruçada nos Pampas’. depois Cine Teatro Ideal, instalado porde não ter resposta, foi enviada nova carta, tra- diante da imperiosa necessidade de man- Abel Espellet, pioneiro do setor que, ESPORTEStando sobre o mesmo assunto. No dia e hora ter a relação de trabalho, como “assessor A inclusive, fundou o Circuito Espellet, lém da vida social movimen-descrito, o comunicante recebeu telefonema do de imprensa” da OAB, cargo que exerci, du- com casa em Ijuí, Santo Ângelo, Tu- tada, a vida esportiva igual-presidente da OAB, diretamente ao seu ramal rante todo o tempo, na forma indevida de panciretã, Panambi. O Cine Theatro mente era dinâmica. Além dos clubesno jornal O Sul, e após se identificar falou os um simples terceirizado. Estão sacramen- Ideal, tinha majestoso prédio na rua de futebol, existia o Jockey Club deseguintes termos: ‘Eu tô te ligando para te dizer tados os direitos moradis do autor, no art. principal, ao lado do clube da elite, o Cruz Alta, com um prado com pista deque eu tô com uma ação contra ti de extorsão, 24, inciso II, da Lei 9.610/98: “são direitos Comercial, e contava com camarotes, corridas circular, com páreos de 1.200as pessoas que estão te orientando não têm co- morais do autor: ... II - o de ter o seu nome, pseudônimo ou sinal comercial indicado frisas, torrinhas e plateia. Seu pal- e 1.500 metros, o Jockey situava-se banhecimento da jurisprudência sobre o assunto ou anunciado, como sendo o do autor, na co, com caixa de teatro, hospedou as área hoje ocupada pelo E.C. Nacional.que tu estás tratando, se tu continuares levan- utilização de sua obra”. maiores companhias teatrais do Brasil, Nos fins de semana os adeptos do tur-do adiante o que tu vens fazendo, tu não vaiconseguir mais emprego nem de padeiro’. que, em turnê pelo sul, faziam escala fe das localidades vizinhas se desloca- A inobservância da norma legal, pas- na chamada ‘Metrópole da Serra’. vam para Cruz Alta e o movimento era O comunicante solicitou rastreamento da sa a caracterizar usurpação de um bem Outro grande cine-teatro foi o Rex, grande a sede do Jockey contava comligação e foi informado que não havia tal registro alheio. No elenco de tarefas de assessor, fundado pela firma Peixoto, Mirando e salão de festas, pavilhões e acomoda-do telefonema na rede do jornal O Sul. Informa por outro lado, a mim reservadas não fi- Cia Ltda., funcionando no local espe- ções para os animais e jóqueis. Tudoque, após este telefonema, ficou transtornado, gura a produção de matéria literária. Mas, cialmente construído no Edifício Peixo- proporcionando intenso movimento.quase sem condições de trabalhar”. A primeira mesmo que fosse lista, a autoria das obras literárias e os direitos morais e patrimo- to, do boticário João Peixoto. Mais tarde Que trazia dividendos para a cidade.carta enviada pelo jornalista Carol Majewski ao nias delas decorrentes são inalienáveis e o Rex passou para a administração doadvogado Claudio Lamachia, referente a direi- FINAL Circuito Espellet. O sucessor de Abeltos autorais, no dia 24 de setembro de 2012,tem o seguinte teor: “Senhor Presidente, valho-me desta correspondência para comunicar-lhje irrenunciáveis (art. 27 da Lei 9.610/98). Não gostaria, de maneira alguma, bus- car meus direitos pela via judicial porque Espellet, seu filho Oscar Espellet, dina- mizando as atividades, tratou descen- A té a próxima. E não esqueçam que ‘uns que outros’ bem do- sados ajudam a evitar resfriados.me-que, durante muitos meses procurei informar- é desgastante e morosa. Preferiria a via tralizar as casas exibidoras, iniciando o tros, o Jockey situava-se ba área hojeme sobre um assunto que vem me perturban- do acordo livremente adotado, para en- projeto com a construção de um gran- ocupada pelo E.C. Nacional. contrar uma solução razoável e amigável de prédio na Av. Benjamin Constant (a do a mente e a consciência, para essa minha pretensção. Diante da o chamado nova tentativa, expressa nesta segunda Direito Auto- missiva, fico, pois, na expectativa de sua ral. Consultei manifestação, subscrevendo-me. Aten- pessoas mais ciosamente, Carol Corsetti Majewski”. informadas Estas duas cartas integram o boletim de do que eu para ocorrência registrado pelo jornalista re- me orientar latando a ameaça que teria recebido do sobre o assun- presidente da OAB do Rio Grande do Sul, to. Conclui que advogado Claudio Lamachia. Videversus, deveria abor- naturalmente, está aberto para a mani- dá-lo e tentar festação das partes interessadas. estabelecer um Fonte: www.poncheverde.blogspot.com.br/
  8. 8. 8 Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 Sindicato dos Municipários O CTG Querência da Serra ficou de 600 pessoas prestigiaram o jantar em co- completamente lotado no sába- memoração ao dia do Servidor Público. do, 29 de outubro, quando cerca Segundo o presidente do SIMCA, João Vieira, o evento foi um sucesso, graças a parti- cipação de todos. “Após o jantar houve a entrega de troféus aos colegas, referente a competições esportivas que ocorre- ram durante a semana, nas diversas modalida- des. O baile foi um su- cesso”, diz João. Além da grande parti- cipação do funcionalismo municipal, o Prefeito elei- to Juliano da Silva e o vice Moacir Marchesan, verea- dores e convidados espe- ciais estiveram presentes no evento.
  9. 9. Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 9comemora Dia do Servidor Público
  10. 10. 10 Jornal O EXPRESSO | Sábado e Domingo, 03 e 04 de novembro de 2012 Cartório de Registro Civil ÓBITOS Nome Data Idade( Folclore, Tradição, Chasques e outras Gauderiadas) JURACY DOS SANTOS SILVEIRA 29/10/2012 86 ANGELINO ROGERIO • angelinorogerio@terra.com.br JUREMA DE FÁTIMA DUTRA SILVEIRA 30/10/2012 53 PIB amigo meu ali na “esquina democrática”, entre EVA DE FÁTIMA POMPÉO DA ROSA ELZA DA ROSA 29/10/2012 30/10/2012 49 82 os dois calçadões. Tava muito brabo e já foi logo OTTILIA MARIA DAMBROS falando: - Mas tchê, não basta as siglas da eleição me VENDRUSCOLO 29/10/2012 94 aborrecerem durante três meses, agora me vem EVA SILVEIRA DE OLIVEIRA 31/10/2012 89 um tal de PIB me atazaná a vida!... - Como assim, gaudério? ZELAÍR AMARAL NABARRO 27/10/2012 65 - Tão dizendo por aí que nesta cidade todo mundo é rico, que não falta saúde, nem educação, ALINE DOS SANTOS FERNANDES 27/10/2012 22 que não tem desemprego e temo lavoura e gado à ANDRE LUÍZ VARGAS DA SILVA 26/10/2012 28 pamparra!..Mas o que que é isso? - Calma, calma, o PIB é apenas um indicador ALTAIR CARDOSO RAMOS 27/10/2012 50 de economia que... - Não venham me “atochá” com esses dados do JOÃO DIAS 28/10/2012 81 tal IBGE, que isso prá mim é tudo teoria...quero ver ANA TEREZINHA LIRIO 29/10/2012 63 na prática. Veja só: não temos indústrias na cidade e estamos na frente de Panambi, Ijui e Ibirubá...me Cruz Alta, 1 de novembro de 2012. N explica essa mágica. ada melhor que morar numa cidade Tentei argumentar que temos aqui o “maior emergente. Poucos sabem disso, pois polo regional do agronegócio”, com utilização de a gente não tem mais tempo de ler alta tecnologia, e somos uma das cidades que maisjornal, nem de escutar rádio. A verdade é que, nessa produz soja no sul do país, dados que gerou matériacorreria louca, mal sobra um tempinho prá assistir até na revista Exame.um jogo de futebol ou um capítulo de “Salve Jorge”. - Sim, mas e dai? Produzimos milhões deDeixar de tomar um mate descansado depois da soja e não temos nem uma indústria de óleolida prá assistir o Jornal Nacional? - Bem capaz!... vegetal.!!...Produzimos grãos “a granel”, matéria- Pois saibas que vivemos numa cidade que está prima às pampas e nem uma usina de Biodieselentre os 10 maiores índices de desenvolvimento temos por aqui!!..E trigo, meu amigo. Já fomossocioeconômico do Rio Grande do Sul!... até “capital nacional do trigo” e não temos um Prá ser exato, Cruz Alta ostenta hoje a 23ª moinho siquer. E nem uma Cooperativa!...Issoposição no ranking do PIB do estado, uma cousa de é uma barbaridade!.. PIB? Que PIB é esse? -loco, tchê!... Esbravejava o gaudério, chamando a atenção de Mas, você sabe o que é o tal PIB? todos que passavam por ali. O “Produto Interno Bruto” é o principal A “revolução” estava se formando e, antesmedidor do crescimento econômico de uma região, que chamassem a Brigada, dei um tchau pro amigoseja ela uma cidade, um estado, um país ou mesmo e segui meu caminho. Fui pensando, pensando, naum grupo de nações. “Sua medida é feita a partir da tarde de sol e vento frio do calçadão da Pinheiro.soma do valor de todos os serviços e bens produzidos ---na região escolhida em um período determinado. OAB São medidas a produção na indústria, na Numa bonita solenidade na sede da OAB,agropecuária, no setor de serviços, o consumo das quarta-feira dia 31, foram entregues as carteirasfamílias, o gasto do governo, o investimento das aos novos advogados aprovados no exameempresas e a balança comercial. Entram no cálculo nacional da Ordem. Senti um orgulho enormeo desempenho de 56 atividades econômicas e a ao ver minha querida filha receber sua credencialprodução de 110 mercadorias e serviços.” de advogada, a mesma emoção que senti 25 anos Isso quer dizer, indiada, que vivemos numa atrás. Parabéns, Dra.Marcele Scapin Rogerio,cidade de Primeiro Mundo. Aqui não falta nada. agora minha mais nova colega. Boa sorte e Pois bueno, terça-feira encontrei um gaudério muito sucesso na tua carreira.

×