Apresentação Lidiane

198 visualizações

Publicada em

Apresentação Lidiane

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Lidiane

  1. 1. Universidade Federal do Rio Grande FURG Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde Tecnologias Digitais no Ensinar Estatística pelos Professores de Matemática das escolas Públicas do Ensino Médio. Lidiane Santos de Freitas Mestranda Profa. Dra Suzi Samá Pinto Orientadora
  2. 2. Trajetória percorrida • TV, rádio, vídeo. Ensino Básico Ingresso na FURG • Programa de Letramento • Contato com as tecnologias digitais; • Disciplina de Probabilidade e Estatística; • Grupos de Pesquisa, projetos e programas; • Especialização. Multimídia Estatístico – LeME/FURG Motivação
  3. 3. Questão de pesquisa Como os professores de Matemática vislumbram a inserção das tecnologias digitais, na sua prática pedagógica, ao ensinar Estatística?
  4. 4. Objetivo geral Investigar como os professores de Matemática vislumbram a inserção das tecnologias digitais na sua prática pedagógica ao ensinar Estatística.
  5. 5. Objetivos específicos • Identificar em quais programas de incentivo ao uso das tecnologias as escolas estão inseridas • Verificar a infraestrutura das escolas em relação às tecnologias digitais • Dialogar com os professores de Matemática
  6. 6. Localização geográfica das escolas
  7. 7. Revisão da literatura Concepção de Ciência MBARGA e FLEURY A Ciência nasce da vontade natural que o ser humano tem em investigar algo que desperte seu interesse, pois, quando investigamos a partir do nosso interesse, nos motivamos. Essa motivação e curiosidade impulsionam o indivíduo a pesquisar, a tentar entender e encontrar soluções para o fenômeno instigado. CHASSOT A Ciência é uma linguagem construída para explicar nosso mundo natural e a define como um “Conhecimento amplo adquirido via reflexão ou experiência” (p.64). A Ciência não possui uma verdade, mas aceita verdades provisórias.
  8. 8. Ensino da Estatística Cazorla, Kataoka e Silva (2010) Estatística como uma ciência que tem como objetivo a coleta, organização e análise de dados que serão transformados em informações. Educação Estatística, como uma área da pesquisa que vem se intensificando através da incorporação da estatística na Escola Básica.
  9. 9. Ensino da Estatística Importância de trabalhar questões que envolvam a estatística desde as séries iniciais. Através da Estatística os indivíduos tem a oportunidade de lidar com vários fatores que contribuem para o exercício da cidadania.
  10. 10. Ensino da Estatística Possíveis causas dos estudantes terem dificuldades em Estatística Relacionar os conteúdos estatísticos com experiências mal sucedidas em Matemática. Por vezes os professores não percebem a aplicabilidade da mesma em inúmeras áreas do conhecimento. Trabalhar as questões de maneira desvinculada da realidade. Foco em algoritmo e fixação de exercícios. Campos, Wodewotzki e Jacobini (2011)
  11. 11. Tecnologias no Ensino Através da cultura digital estamos descobrindo uma nova maneira de aprender em diversos espaços, sejam on ou off-line (KENSKI, 2013). A autora identifica a sociedade atual como sociedade da aprendizagem. Ambiente educacional precisa acompanhar o desenvolvimento tecnológico, inserindo-os no currículo e nas ações pedagógicas.
  12. 12. Tecnologias no Ensino da Estatística As tecnologias digitais podem auxiliar no processo de ensino e aprendizagem dos conceitos estatísticos, visto que os estudantes estão imersos nas tecnologias e têm facilidade e interesse por utilizar tais recursos.
  13. 13. Tecnologias no Ensino da Estatística
  14. 14. Tecnologias na Escola
  15. 15. Tecnologias na Escola Barbosa (2011, p.21) acredita que “conhecer a disponibilidade e o uso da infraestrutura tecnológica nas escolas é importante para avaliar o quão acessível estão as novas aplicações no país”. Outras questões apontadas por Barbosa: • Quais as habilidades que os professores têm no uso dessas tecnologias? • Quem são os principais agentes motivadores e quais são as limitações no espaço escolar que impedem o uso destas tecnologias pelos profissionais da Educação?
  16. 16. Paradigma Educacional Paradigma proposto por Moraes (2003): Considera a diversidade de ideias, valores, crenças, ideais e experiências. Paradigma Educacional atual: Conhecimento cartesiano, hierárquico. O aluno não pode se expressar, cabendo apenas assimilar o conteúdo. Fagundes (2011) defende um ambiente educacional permeado pelas tecnologias digitais.
  17. 17. Documentos oficiais da Educação Documento para orientar a construção do currículo nas escolas. Padronização dos conteúdos por série. Não apresenta uma grade fixa de conteúdos, insere princípios educativos. Estatística e Tecnologias nas Políticas Públicas Estatística Auxilia na tomada de decisão, na coleta, organização, análise e argumentação dos dados coletados. Tecnologias Podem auxiliar professores e alunos nas pesquisas. Possibilita o acesso a outras maneiras de aprender. Tecnologia como aliada no processo de aprendizagem, visto que esta influencia a vida e a forma dos seres humanos se relacionarem.
  18. 18. Metodologia de Produção de dados Entrevista semiestruturada • Número de alunos no Ensino Médio; • Número de turmas por turno; • Número de alunos por série e turma; • Número de professores de matemática no Ensino Médio; • A escola participa ou participou de algum programa de incentivo ao uso das tecnologias digitais para a ação pedagógica? • Quais tipos de tecnologias digitais a escola disponibiliza aos professores? • São oferecidos cursos de formação continuada para os professores se familiarizarem com as tecnologias digitais oferecidas pela escola? Como funcionam esses cursos? • Os professores de Matemática da escola utilizam alguma dessas tecnologias digitais?
  19. 19. Metodologia de Produção de dados Entrevista semiestruturada • Qual é sua formação profissional? • Sua carga horária semanal ( ) 20 h ( ) 40 h ( ) 60 h • Lecionas em quantas turmas? • Em qual (is) série (s) é (são) trabalhado (s) os conceitos de Estatística? • Qual o período/tempo da disciplina de Matemática é dedicado ao Ensino da Estatística? • Como trabalhas os conceitos de Estatística dentro da disciplina de Matemática? • Que conteúdos/conceitos são esses? • Utilizas algum tipo de tecnologia digital no processo de ensinar estatística? Como? Se não utilizas, porque não utilizas? • Que mudanças percebes no teu planejamento e na tua prática pedagógica com o uso da tecnologia? E em relação a aprendizagem dos alunos? • Tu achas que a tecnologia digital potencializa ou dificulta o ensino da Estatística?
  20. 20. Metodologia de Análise Questões quantitativas Questões qualitativas Estatística Descritiva Discurso do Sujeito Coletivo (Lefèvre e Lefèvre, 2005)
  21. 21. Metodologia de Análise Lefèvre e Lefèvre (2005) acreditam que, para conhecermos o pensamento de uma comunidade, precisamos realizar uma pesquisa qualitativa, pois o pensamento é subjetivo. A pesquisa quantitativa não dá oportunidade para as pessoas se expressarem mais abertamente, a expressão do pensamento só pode ser feita através de questões abertas (qualitativas).
  22. 22. Metodologia de Análise O discurso é elaborado partindo dos manifestações individuais que são decompostos em expressões-chave que são os fragmentos que melhor descrevam o conteúdo. A seguir o pesquisador identifica as ideias centrais que expressa o conteúdo do fragmento. O DSC é a reunião das Expressões – chaves que tem as ideias centrais semelhantes ou complementares.
  23. 23. Cenário da Pesquisa Dos dados obtidos até o momento, temos que aproximadamente 4780 estudantes estão matriculados no Ensino Médio, tendo em média 35 alunos por turma.
  24. 24. Cenário da Pesquisa • Todas as escolas possuem equipamentos digitais, porém nem todos estão instalados; • Algumas tecnologias não estão sendo utilizadas por falta de conhecimento; • Nem todos os laboratórios de informática possuem internet; • A maioria dos computadores possuem sistema operacional Linux; • Nem todos os entrevistados souberam dizer de quais programas governamentais receberam os equipamentos; • Falta técnico/ monitor – recursos humanos; • Os cursos de formação continuada nas escolas estaduais na área tecnológica são oferecidos pelo Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE); • Para utilizar as tecnologias digitais que a escola disponibiliza o professor precisa agendar previamente o horário na secretaria das escolas.
  25. 25. Caminhos a serem percorridos Entrevistar os professores de Matemática; Aprofundamento teórico; Análise dos dados.
  26. 26. Cronograma Etapas 2013/2 2014/1 2014/2 2015/1 Obtenção de créditos X X X Revisão da literatura X X X X Produção de dados X X Análise de dados X X Defesa da Dissertação X
  27. 27. Obrigada 

×