Embalagem dos produtos

5.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.276
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Embalagem dos produtos

  1. 1. A embalagem é um recipiente ou envoltura que armazena produtos temporariamente e serve principalmente para agrupar unidades de um produto, com vista à sua manipulação, transporte ou armazenamento. Outras funções da embalagem são: proteger o conteúdo, informar sobre as condições de manipulação, exibir os requisitos legais como composição, ingredientes, etc. E fazer promoção do produto através de gráficos.
  2. 2.  Um dos pontos mais importantes a serem observados num projeto de design de embalagens é a linguagem visual da categoria a que o produto pertence. Isto porque um produto nunca é visto isoladamente, mas sempre apresentado aos consumidores ao lado de seus concorrentes. As categorias têm história e uma linguagem visual própria que precisa ser considerada. Em função da linguagem da categoria podemos posicionar o produto de maneira vantajosa. Devemos também compreendê-la para evitar que o produto saia completamente fora e não seja mais percebido pelo consumidor como participante de uma categoria específica. Analisar com atenção e compreender corretamente a linguagem visual de uma categoria de produto é fundamental para o sucesso do projeto de design.
  3. 3.  A rotulagem dos produtos alimentares destina-se a garantir que os consumidores disponham de informação completa sobre o conteúdo e a composição destes produtos, a fim de proteger a sua saúde e os seus interesses. Outras informações podem fornecer dados sobre determinadas características do produto, como a origem ou o método de produção. Alguns géneros alimentícios são objecto de mais do que uma regulamentação específica, como os organismos geneticamente modificados, os alimentos alergénios, os alimentos destinados aos bebés lactentes ou ainda bebidas diversas. A rotulagem de alguns produtos não alimentares deve igualmente mencionar informações particulares, para garantir a segurança da sua utilização e permitir que o consumidor efectue uma verdadeira escolha. Além disso, na embalagem dos produtos alimentares devem ser respeitados critérios de fabrico, a fim de evitar a contaminação destes produtos.

×