Grécia antiga 1º ano tarde

704 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grécia antiga 1º ano tarde

  1. 1. HISTÓRIA GERAL ENSINO CIVILIZAÇÕES OCIDENTAIS MÉDIO GRÉCIA ANTIGA 2º ANO ALUNO: ...........................................................................Nº:....... DATA:.../.../12 Mediterrâneo. Destruição de Tróia “Cavalo de Tróia”. Domínio comercial no Egeu.  Eólios – fundaram Tebas  Jônios – fundaram Atenas  Dórios: destruição da civilização creto- micênicaprimeira Diáspora grega (deslocamento de parte da população para as ilhas do Egeu e para a Ásia Menorcolonização) regressão sócio- econômica (agrária e rural)  formação dos génos. 3. PERÍODO HOMÉRICO (século XII a.C. – VIII a.C.)  Fontes Históricas: os poemas Ilíada e Odisséia de Homero.  Formação dos Génos  Pequenas comunidades agrárias, gentílicas, coletivistas e de membros aparentadosunidade econômica, política, social e religiosa. 1. INFLUÊNCIAS DO MEIO FÍSICO-GEOGRÁFICO:  Poder do Páter: chefe patriarcal. 9.1. Localização: Península Balcânica.  Propriedade coletiva dos meios de produção  Interior: solo árido e rochoso  dificultava a (terras) e dos bens produzidos (alimentos). agricultura.  Economia natural. Atividades agropastoris.  Litoral: recortado em penínsulas e portos naturais   Igualitarismo social. facilitava a navegação e a pesca  comércio marítimo.  Destruição dos génos 1.2. O relevo montanhoso dificultava a comunicação entre os  Aumento da população e do consumo; núcleos populacionais e estimulava o fracionamento  Falta de terras férteis; políticocidades-estados (polis).  Produção limitada e; 1.3. Áreas:  Tecnologia rudimentar.  Grécia Continental, formada por cadeias de montanhas  Reflexos: conflitos por terras, propriedade privada, intercaladas por planícies férteis; desigualdade social; Segunda Diáspora grega  Grécia Peninsular, possuía um litoral recortado e (migração para a Magna Grécia [sul da Itália] e profundo, propiciando a existência de portos naturais; Mediterrâneo ocidental [Nice, Marselha]) e formação  Grécia Insular, formada por inúmeras ilhas espalhadas das polis (fratriatribodemospolis). pelo Mar Egeu;  Magna Grécia, localizada no sul da Itália;  Ásia Menor, localizada entre o Oriente e o Ocidente (hoje, a Turquia). DICA A Grécia não tinha unidade políticadividida em cidades- estados independentes. A Grécia possuía unidade culturalidioma e religião. 2. PERÍODO PRÉ-HOMÉRICO (século XX a.C. - XII a.C.). as informações deste período são cheias de lendas e mitos (exemplo, Lenda do Minotauro) 2.1. Povoamento: povos indo-europeus.  Pelágios ou pelasgos.  Aqueus: fundaram Micenas, Tirinto e Argos. Invadiram Creta “Minotauro”. Formação da civilização creto- micênica: urbana e comercial. Domínio comercial no1Página Jorge-oliveira1962@bol.com
  2. 2. 4. PERÍODO ARCAICO CIDADES ATENAS ESPARTA Localização  Península Ática.  Península do Peloponeso. Origem  Jônios  união das quatro tribos jônicas (sinecismo).  Dóriosunião da três tribos dórias. Economia  No início, agricultura, depois, comércio marítimo.  Agrícola e o Estado era o proprietário das terras férteis e dos hilotas. Governo  Monarquia (basileu).  Oligarquia Legislador: Licurgo.  Oligarquia (arcontado).  Diarquia: dois reis (funções religiosas e  Tirania: ditadores que usurparam o guerreiras). poderPsistrato obras públicas.  Eforato: cinco membros (funções  Legisladores: Drácon, Sólon, Clístenes e Péricles. executivas).  Democracia: todos os cidadãos participavam. Uma  Gerúsia: 28 membros anciãos (funções minoria. Era direta. Escravista. Excluía os legislativas) conselho. estrangeiros, os escravos e as mulheres.  Ápela: assembléia popular  cidadão  Órgãos: Bule – Conselho. Eclésia – Assembléia maiores de 30 anos. popular. Helieu – Tribunal de Justiça. Sociedade  Dinâmica, com mobilidade social.  Estamental, rígida, militarista,  Grupos: Eupátridas  proprietários das melhores conservadora. terras, cidadãos; Georgóis: pequenos proprietários,  Grupos: Espartanos: cidadãos (direitos sem direitos políticos; Thetas: camponeses, sem políticos); Periecos: pequenos direitos políticos; Demiurgos: comercianteslutas por proprietários, comerciantes, artesãos, direitos políticos; Metecos: estrangeiros, sem direitos livres, sem direitos políticos. Hilotas: políticos; Escravos: atuaram em todos os ofícios. escravos. Educação  Formar cidadão – guerreiros. Procurava harmonizar  Rígida e militarista, formação aos corpo e mente. cuidados do Estado. Xenofobia, laconismo e kryptia. 5. PERÍODO CLÁSSICO: Hegemonias: imperialismo ( Péricles 5.1. As Guerras Médicas: Gregos X persas (medos).  Motivos: o imperialismo ateniense e as diferenças  Motivo: o avanço do imperialismo persa. políticas e culturais entre Atenas e Esparta.  Primeira Guerra Médica: os gregos derrotam os persas  Paz de Nícias: trégua. na Batalha de Maratona.  Vitória de Esparta na Batalha de Egos Potamos.  Segunda Guerra Médica: os espartanos são derrotados  Conseqüências: fim do imperialismo ateniense e da na Batalha das Termópilas, mas os gregos derrotam os democracia e início do imperialismo espartano. persas nas Batalhas de Salamina e Platéia.  Esparta foi derrotada por Tebas na Batalha de  Terceira Guerra Médica: Confederação de Delos (liga Leutras: início do imperialismo tebano. militar das cidades gregas, lideradas por Atenas, que  Declínio da Grécia: tinha por objetivo proteger a Grécia dos ataques  Motivos: as constantes guerras entre as polis e a persas): as polis contribuíram com navios e dinheiro falta de unidade grega. Esparta não participou.  Conquista da Grécia:  Os gregos derrotam definitivamente os persas na  Em 338 a.C., o território grego é conquistado pelos Batalha de Eurimedon. macedônios de Filipe II na Batalha de Queronéia.  Tratado de Susa (Paz de Calias ou Paz de Címon): fim 6. PERÍODO HELENÍSTICO: do conflito.  Helenismo:  Conseqüência: o imperialismo ateniense sobre as  Alexandre Magno: Expansionismo militar e cidades participantes da Confederação de Delos (que territorial e da cultura grega (aprofundamento); não foi dissolvida): beneficiou-se das riquezas. Incremento do comércio internacional; Fundação de 5.2. A Guerra do Peloponeso: Atenas (Confederação de cidades de cultura grega: Alexandria. Delos) X Esparta (Liga do Peloponeso).  Helenismo: fusão da cultura grega com a cultura oriental.  Formação dos reinos helenísticos. 7. CULTURA As realizações culturais de Atenas ultrapassaram os seus limites geográficos.2Página Jorge-oliveira1962@bol.com
  3. 3.  Tragédia: Ésquilo – Orestia, Prometeu Acorrentado; Sófocles – Édipo rei, Antígona e Electra; Eurípedes – Medeia, As troianas;  Comédia: Aristófanes – A paz, As nuvens; Menandro – O intratável  Filosofia. Assentava-se na razão. Surgiu na Ásia Menor com Tales de Mileto   Democracia: práticas republicanas e participativas de poder.  Influência sobre a civilização ocidental.  Concepções de beleza, equilíbrio e harmonia.  Racionalismo, humanismo e antropocentrismo.  Produção teatral, filosófica e cientifica.  Religião politeísta e sem dogmas.  Estilos arquitetônicos: dórico, jônico e coríntio.  Teatro – foi uma das mais ricas formas de arte. Originou-se das festas dionisíacas, festas em homenagem a Dionísio. EXERCICIOS 1. (UFPE) A construção da narrativa histórica é feita não O deslocamento do poder político da acrópole para a ágora só por meio de consulta a acervos oficiais, mas faz parte, no contexto da evolução dos sistemas democráticos, também por depoimentos e interpretações do da Antiguidade aos dias atuais, da significado da cultura produzida na sociedade A - permanência, na Grécia Antiga, de uma sociedade humana. Nesse sentido, na Grécia, escrevendo suas desigual, dividida em classes, que separava a população por narrativas sobre a época, Heródoto: critérios de cidadania. A - enfatizou o heroísmo dos atenienses, destacando o valor da B - transferência do modelo da democracia direta da Grécia pesquisa como base para o rigor científico, à semelhança de Antiga para as sociedades hoje existentes. historiadores positivistas. C - separação entre interesses políticos e econômicos, tanto na B - seguiu o modelo de análise estruturado, relacionando causas Grécia Antiga quanto nas sociedades contemporâneas. e consequências, como nos relatos de Tucídides sobre a Guerra D - defesa da democracia pelos países ricos como mecanismo do Peloponeso. para independência econômica das nações em C - preocupou-se em ressaltar o valor da memória na vida dos desenvolvimento. povos estudados pela História, para evitar o esquecimento dos seus feitos. 3. (UCS/RS) Relacione os deuses da mitologia grega, D - afirmou a existência de uma superioridade racial dos indicados na Coluna A, às características que os gregos, fortalecendo o etnocentrismo comum na Antiguidade identificam, listadas na Coluna B. europeia. COLUNA A COLUNA B E - aproveitou suas viagens para colher depoimentos 1. Afrodite ( ) Deusa da fertilidade, das frutas e das colheitas. importantes e escrever suas narrativas, preocupado em 2. Ártemis ( ) Deus dos oceanos e das águas. focalizar os costumes dos povos. 3. Deméter ( ) Deusa da lua e da caça, protetora dos animais e das crianças. 2. (UERN) 4. Posseidon ( ) Deusa da beleza e do amor. ACRÓPOLE. Acrópole significa cidade alta. De modo geral, Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente toda cidade grega possuía a sua acrópole, isto é, a parte alta os parênteses, de cima para baixo. em contraste com a parte baixa. Não era comum que a A - 1, 2, 3, 4 acrópole ficasse situada no centro da cidade, como no caso de B - 3, 4, 2, 1 Atenas. A posição da acrópole a transformava no baluarte C - 4, 3, 2, 1 natural de defesa e, primitivamente (séculos XVIII-XII a.C.), na D - 2, 4, 1, 3 sede do poder político. E - 3, 4, 1, 2 Conquistar a acrópole era derrotar a cidade. No século VI a.C., quando os tiranos tomam o poder, eles o fazem dominando a 4. (PUC-RS) INSTRUÇÃO: Para responder à questão, acrópole. considere as afirmativas abaixo, sobre a cidade- ÁGORA. Praça pública das cidades gregas, parte essencial da estado (polis), base da organização sociopolítica da polis, sendo ponto convergente de inúmeras atividades sociais, Grécia Antiga. econômicas, religiosas e culturais. Sua função dominante, porém, I. Esparta, que englobava as regiões da Lacônia e da era política, e o lugar, democrático por excelência. No decorrer Messênia, e Atenas, que correspondia a toda a região da da época arcaica (séculos VIII-VI a.C.), a vida política da Ática, eram exceções quanto à grande dimensão territorial, se cidade transferiu-se lentamente da acrópole para a ágora que, comparadas à maioria das demais cidades-estado. rapidamente, se tornou o centro de toda a comunidade. Na II. As cidades-estado consolidaram suas estruturas fundamentais ágora concentravam-se as assembleias, os tribunais e demais no chamado período arcaico da história grega e conheceram edifícios administrativos e políticos. Concomitantemente, cresceu sua máxima expressão política e cultural durante o período sua significação no plano religioso: ali podiam ser encontrados clássico. altares, santuários, túmulos de heróis. Várias cerimônias III. A acrópole, parte alta da zona urbana da polis, concentrava3 populares e cívicas se desenrolavam também na ágora, como, as atividades econômicas essenciais para o sustento material da por exemplo, as dionisíacas. (AZEVEDO,1990, p. 13 -16). cidade, suplantando a produção agrícola da zona rural nessePágina setor. Jorge-oliveira1962@bol.com
  4. 4. IV. As cidades-estado formavam unidades politicamente democráticas, tomadas em praça pública e com a participação autônomas e economicamente autossuficientes, não tendo de toda a população de Atenas. desenvolvido processos significativos de expansão territorial por colonização de novas áreas até o período helenístico. 7. (MACKENZIE/SP) Frank Miller inspirou-se na Estão corretas apenas as afirmativas verdadeira Batalha de Termópilas, ocorrida em 438 A - I e II. a.C, na Grécia, para escrever “Os 300 de Esparta”. A B - II e III. adaptação da história em quadrinhos de Miller foi C - III e IV. levada ao cinema, em 2006, pelo diretor Zack D - I, II e IV. Snyder, com o título “300”. A respeito do contexto das E - I, III e IV. Guerras Médicas (500-479 a.C), tema abordado no filme, assinale a alternativa correta. 5. (UFRGS) Considere o enunciado abaixo e as três A - O domínio e a expansão naval fenícia ameaçavam a propostas para completá-lo. hegemonia da Grécia sobre o mar Egeu, o que ocasionou a Para um grande número de historiadores, a Atenas do século V formação de uma aliança defensiva grega. a.C. tornou-se um modelo de democracia e de liberdade. B - Desenvolvendo uma política imperialista, Atenas entrou em Entretanto, esse modelo de democracia tem sido questionado, conflito com Esparta que, agrária e oligárquica, permaneceu porque, em Atenas, fechada à expansão territorial. 1 – a sociedade era dividida em três classes distintas: C - O expansionismo persa, que já havia dominado cidades cidadãos, metecos e escravos. gregas da Ásia Menor e estabelecido o controle persa sobre 2 – a democracia e a liberdade eram limitadas a uma minoria rotas comerciais do Oriente, ameaçava a soberania da Grécia, composta por homens adultos nascidos em solo ateniense. tornando inevitável o conflito grego-pérsico. 3 – a ação da Assembleia Popular era limitada pelo Conselho D - Esparta, por priorizar a formação física e militar, cultivando dos Quinhentos, que preparava os projetos de lei a serem no indivíduo o patriotismo incondicional ao Estado, liderou a votados. ofensiva grega contra os assírios, que ameaçavam as Quais propostas estão corretas? instituições democráticas gregas. A - Apenas 1. E - O forte espírito militarista presente na cultura helenística e B - Apenas 2. difundido em todas as pólis gregas permitiu que, no conflito C - Apenas 3. contra os medos, a Grécia obtivesse a supremacia militar e se D - Apenas 1 e 2. sagrasse vencedora. E - 1, 2 e 3. 8. (UNAMA/PA) Analise o texto abaixo que representa 6. (UFSC/SC) Entre os pobres muitos se dirigem a terras a história dos deuses gregos Perséfone (Deusa das estranhas, vendidos e cobertos de correntes [...]. estações do ano) e Hades (Dono do mundo Quantos dos que tinham sido vendidos, uns subterrâneo ou do inferno). injustamente, outros com justiça, fiz voltar para Atenas, Mito de Perséfone: Perséfone foi raptada do Olímpo por sua pátria, fundada pelos deuses [...]. Dei liberdade a Hades. Sua mãe, Demétris (deusa da agricultura), entristeceu e outros que, aqui mesmo (em Atenas), sofriam servidão acabou por se descuidar de suas tarefas, deixando as terras indigna e tremiam diante do humor dos patrões. Eis o tornaram-se estéreis. Também Perséfone recusou-se a ingerir que realizei, graças à soberania da lei, fazendo com qualquer alimento, em sinal de sua não aceitação a Hades. que a força e a justiça agissem concordemente. Sólon, Deméter, junto com Hermes, foram buscá-la do mundo dos Elegias. Apud HOLANDA, S. Buarque de. História da mortos. Contudo, Perséfone havia comido uma romã e daí Civilização. 6. ed. São Paulo: Nacional, 1979. p. 58. concluiu-se que não tinha rejeitado inteiramente Hades. Assim, Com base no texto acima e nos seus conhecimentos sobre a estabeleceu-se um acordo: ela passaria metade do ano junto a sociedade e a democracia ateniense, assinale a(s) seus pais, quando seria a eterna adolescente cheia de vida, e o proposição(ões) CORRETA(S). restante do ano com Hades, quando se tornaria a sombria 1 - Na experiência democrática vivida pelos atenienses durante Perséfone. Este mito justifica o ciclo anual das estações do ano e o período helenístico, a escravidão foi eliminada através da das colheitas para os antigos gregos. legislação elaborada por Sólon, sobrevivendo apenas a (Tradução livre da www.wikipedia. servidão voluntária. http://pt.wikipedia.org/wiki/Pers%C3%A9fone acessada em 2 - As leis de Sólon, consideradas avançadas para a época da 30/05/2009). sua promulgação, admitiam a escravização dos endividados ou Por seus conhecimentos e pelo texto acima, é correto afirmar filhos de escravos, pois a perda de direitos individuais não que, para os gregos, as diferentes estações do ano feria os princípios da democracia ateniense. significavam épocas em que: 4 - Na sociedade ateniense, as três principais classes sociais A - às vezes se plantava e colhia com abundância (no verão eram representadas por: cidadãos nobres, homens livres quando imperava o casamento de Hades e Perséfone no fogo nascidos de pai e mãe ateniense; metecos, estrangeiros do inferno) e às vezes não se fazia nada (quando Perséfone autorizados a viver na Ática; e escravos, prisioneiros de guerra estava no Olimpo com sua mãe e a terra vivia o inverno). ou filhos de escravos. B - igualmente se plantava e colhia em todas as estações. Isto 8 - Drácon publicou as primeiras leis escritas em Atenas e com se justifica, porque Perséfone, ao comer a romã, trouxe elas reforçou o direito dos nobres de interpretar as leis segundo fertilidade ao reino de Hades e, no Olimpo, ela já existia as próprias conveniências, dando origem à tirania e ao adjetivo devido à presença de Demétris, deusa da agricultura. “draconiano”, que significa severo, rígido. C - ora existia vida, calor e fertilidade na terra (quando 16 - As manifestações de descontentamento com as leis de Perséfone estava junto com sua mãe Demétris), ora havia Drácon fez com que a administração de Atenas fosse confiada tristeza, frio e infertilidade na terra (quando a mesma deusa ia ao arconte Sólon, que realizou importantes reformas: proibiu a para o trono de Hades). escravização de pessoas endividadas e perdoou as dívidas dos D - havia momentos de tristeza e do uso do trabalho escravo pequenos lavradores, devolvendo-lhes as terras perdidas. para se plantar na terra (no inverno quando Perséfone 32 - As reformas implantadas por Sólon foram rechaçadas melancólica estava ao lado de sua mãe no Olimpo) e outra4 pelos tiranos, nobres empobrecidos pelas decisões época das pragas e frio na terra quando Perséfone ia para o reino de Hades e não se podia plantar nada.Página Jorge-oliveira1962@bol.com

×