Aula11e12

799 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
799
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
439
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula11e12

  1. 1. MATEMÁTICA - AULA 11 E 12. Prof. Dr. Nilson José Machado A MATEMÁTICA NA COMPREENSÃO DA REALIDADE Pode-se afirmar, sem equívoco, que desde os primórdios das civilizações a matemática tem servido como uma ferramenta para auxiliar o homem a entender a realidade que o cerca e a agir sobre ela utilizando o raciocínio e não somente a intuição. A partir da contagem e das operações mais simples como soma e subtração, com o passar dos séculos a matemática evoluiu no sentido de cada vez mais buscar formas de retratar a realidade de maneira mais precisa possível. A matemática ajuda a entender a realidade que nos cerca porque traduz em números alguns conceitos que seriam difíceis de serem entendidos ou quantificados utilizando-se somente a linguagem cotidiana. Trabalhar com números torna possível quantificar as coisas, medi-las, projeta-las, resolver problemas das mais diversas formas. A precisão com que a linguagem matemática funciona minimiza a possibilidade de erros comuns à intuição humana. Na atualidade, existem centenas, quem sabe até milhares de formulas que buscam descrever os fenômenos naturais. Isso tem ajudado a prever o tempo, prevenir catástrofes, enfim, ajudado a humanidade a superar suas dificuldades. É claro que as fórmulas matemáticas precisam ser sempre analisadas para permanecerem atuais, ou seja, devem ser capazes de representar com a maior precisão possível a realidade. Pequenos ajustes às vezes fazem uma enorme diferença na interpretação de dados. Por exemplo, a utilização da média geométrica ao invés da média aritmética no cálculo do IDH tornou possível descrever melhor a situação de desigualdades encontradas entre o crescimento econômico de um país e sua distribuição das riquezas, uma vez que a média geométrica “pune” aqueles países que possuem uma diferença muito grande entre a riqueza produzida (PIB) e a qualidade dos cidadãos (saúde e escolaridade).
  2. 2. Saber utilizar bem essa ferramenta, portanto, é imprescindível para ter respostas confiáveis e, a partir delas, ter sempre a melhor escolha. Joel Vieira de Lima Júnior. 11/09/2014.
  3. 3. Gráfico de f(x)
  4. 4. Gráfico de g(x) Qualquer uma dessas diferenças é igual a três, o que significa que cada unidade de “x” representa 3 unidades de “y”. Qualquer uma dessas diferenças é igual a sete, o que significa que cada unidade de “x” representa 7 unidades de “y”.
  5. 5. f(x) g(x)
  6. 6. h(x)

×